All Title Author
Keywords Abstract

Publish in OALib Journal
ISSN: 2333-9721
APC: Only $99

ViewsDownloads

Relative Articles

A INFLUêNCIA DO AMBIENTE COMPETITIVO NAS ESTRATéGIAS DAS SUBSIDIáRIAS ESTRANGEIRAS DE MULTINACIONAIS BRASILEIRAS

Transferência, desenvolvimento e reconhecimento de competências organizacionais em subsidiárias de empresas multinacionais brasileiras Transference, development and recognition of organizational competences in subsidiaries of Brazilian multinationals

MULTINACIONAIS BRASILEIRAS E INVESTIMENTO EXTERNO DIRETO: uma revis o da pesquisa nacional

Qualification and innovation: aspects of internal and external development in brazilian multinationals Capacitación e innovación: aspectos del desarrollo interno y externo en las multinacionales brasile as Capacita o e inova o: aspectos do desenvolvimento interno e externo nas multinacionais brasileiras

O Impacto da Cultura sobre o Sistema de Controle Gerencial: uma Análise de Empresas Brasileiras Adquiridas por Capital Estrangeiro

Compartilhamento do conhecimento em incubadoras brasileiras associadas à ANPROTEC

On the Greenfield-Wallach and Katok conjectures

DIVULGA O DO RISCO OPERACIONAL EM CORPORA ES MULTINACIONAIS BANCáRIAS: COMPARA O ENTRE SUBSIDIáRIAS BRASILEIRAS E MATRIZES ESTRANGEIRAS [doi: 10.5329/RECADM.20070601006]

EVIDêNCIAS COMPARATIVAS EM EMPRESAS BRASILEIRAS E ESTRANGEIRAS NA TRANSFERêNCIA DE CONHECIMENTO NO FRANCHISING

KNOWLEDGE MANAGEMENT AT BRAZILIAN INCUBATORS GEST O DO CONHECIMENTO EM INCUBADORAS BRASILEIRAS

More...

ESTRATéGIAS DE TRANSFERêNCIA DE CONHECIMENTO EM MULTINACIONAIS BRASILEIRAS: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS SUBSIDIáRIAS ADQUIRIDAS E AS GREENFIELD

Keywords: multinacional brasileira , conhecimento , modo de entrada

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Este estudo teve como objetivo principal explorar o processo de transferência de conhecimento entre a subsidiária e a matriz, no ambito das multinacionais brasileiras, identificando os mecanismos de transferência de conhecimento mais utilizados, bem como as barreiras existentes nesse processo, comparando-se as subsidiárias adquiridas com as greenfield. Salienta-se que estudos apontam que existem diferen as no processo de transferência de conhecimento devido à forma de origem das unidades estrangeiras. Para isso, realizou-se uma survey entre 2006 e 2007, cuja amostra foi de 66 subsidiárias de multinacionais brasileiras com atividades no exterior. Sobre os resultados, em rela o à transferência de conhecimento da matriz para a subsidiária, observa-se que as reuni es com os principais executivos da matriz e a recep o de brasileiros executivos s o as duas práticas mais utilizadas em ambos os tipos de unidades. As barreiras à transferência de conhecimento existem de forma branda, sendo mais evidentes no caso das subsidiárias adquiridas. A resistência cultural é a mais eminente. No caso das unidades adquiridas, a estrutura hierárquica é vista como uma barreira, provavelmente refletindo uma postura centralizadora da matriz, enquanto, nas unidades greenfield, a falta de incentivos para o compartilhamento de conhecimento é evidenciado. Além disso, a síndrome do “n o inventado” aqui é uma barreira percebida pelas unidades adquiridas.

Full-Text

comments powered by Disqus

Contact Us

service@oalib.com

QQ:3279437679

微信:OALib Journal