All Title Author
Keywords Abstract


Adi o de probiótico ao leite integral ou sucedaneo e desempenho de bezerros da ra a holandesa

Keywords: Lactobacillus , substituto do leite , ganho de peso , bezerro leiteiro , bovino

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

A possibilidade de proibi o do uso de antibióticos como promotores de crescimento para animais de produ o tem feito com que consumidores e produtores procurem por alternativas. Os probióticos têm se mostrado promissores em cumprir este papel e por esta raz o, setenta e nove bezerros da ra a Holandesa foram utilizados para avaliar a adi o de probiótico constituído por Lactobacillus acidophilus, Enterococcus faecium e Saccharomyces cerevisiae ao aleitamento. Os animais foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, com arranjo fatorial de tratamentos 3x2, correspondendo ao tipo de dieta líquida (leite integral, sucedaneo ao 3° dia ou sucedaneo ao 15° dia de idade, com adi o ou n o de probiótico). O período experimental foi do nascimento até 15 dias após a desmama. O fornecimento de probiótico a bezerros(as) aleitados(as) com sucedaneo a partir dos 3 dias de idade melhorou o ganho de peso (com probiótico=0,22 vs. sem probiótico=0,16 kg dia-1) e convers o alimentar (2,62 vs. 3,85) até a desmama, e convers o alimentar (1,66 vs. 2,03) pós-desmama. Os bezerros aleitados com sucedaneo consumiram mais concentrado em rela o aos que receberam leite integral (sucedaneo=0,22 vs. leite=0,19 kg dia-1), mas consumiram menos matéria seca total (0,61 vs. 0,67 kg dia-1) e apresentaram menor peso à desmama (49 vs. 59 kg). Quando o uso de sucedaneo foi iniciado aos 3 dias, os bezerros apresentaram maior consumo de concentrado (sucedaneo aos 3 dias=0,25 vs. sucedaneo aos 15 dias=0,20 kg dia-1) e menor peso à desmama (47,3 vs. 51 kg) em rela o aos bezerros aleitados com sucedaneo aos 15 dias.

Full-Text

comments powered by Disqus

Contact Us

service@oalib.com

QQ:3279437679

微信:OALib Journal