All Title Author
Keywords Abstract


Folhas verdes, folhas secas, fibra do colmo e a clarifica o do caldo de cana-de-a úcar

Keywords: cana-de-a úcar , impureza , folha , clarifica o

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

A presen a de impurezas vegetais, como folhas verdes e secas, nos carregamentos de cana-de-a úcar entregues nas usinas de a úcar, tem preocupado os técnicos n o somente por se tratar de um material sem qualquer valor tecnológico para processamento, como ainda por poder causar aumento na cor do caldo clarificado e conseqüentemente na cor do a úcar produzido, com redu o de sua qualidade para o mercado; outro problema é o volume do lodo decantado nos clarificadores, cujo aumento causa maior recircula o e maior volume do caldo filtrado, com maiores perdas de sacarose e maior utiliza o dos filtros rotativos a vácuo. O trabalho teve como objetivo avaliar a clarifica o do caldo de cana-de-a úcar com a adi o de folhas verdes e folhas secas, tendo como controle a adi o de fibra do colmo. Os ensaios foram delineados tendo como base a adi o de quantidades das fontes fibrosas - folha verde, folha seca e fibra do colmo - para formular amostras que correspondessem a acréscimos absolutos de 0,25 , 0,50 e 0,75 ponto percentual sobre o teor de fibra do colmo da cana. Os efeitos sobre a clarifica o do caldo, conduzida em clarificador de bancada em laboratório, foram avaliados pela cor do caldo clarificado e o volume de lodo decantado. Na presen a de folhas verdes ocorreu uma eleva o da cor do caldo clarificado e do volume de lodo decantado. Da folha verde s o extraídos água e compostos que s o responsáveis por altera es na composi o do caldo; devido à presen a de componentes n o-sacarose o extrato foliar interfere na clarifica o do caldo. Da folha seca também foram extraídos compostos solúveis, todavia n o detectados através das análises do caldo. A fibra do colmo n o afetou a clarifica o.

Full-Text

comments powered by Disqus

Contact Us

service@oalib.com

QQ:3279437679

微信:OALib Journal