All Title Author
Keywords Abstract

Odonto  2009 

Infec es bacterianas da cabe a e pesco o: estudo retrospectivo

Keywords: Infec es Bacterianas , Transtornos de Degluti o , Epidemiologia.

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Objetivos: avaliar retrospectivamente as características das infec es de origem odontogênica ou n o, acometendo a regi o da cabe a e pesco o. Material e Métodos: por meio de uma análise retrospectiva de 50 prontuários de pacientes com diagnóstico de infec es bacterianas da cabe a e pesco o (IBCP) tratados no ambito hospitalar pela disciplina de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial da Faculdade de Odontologia de Araraquara – UNESP, no período de 1998 a 2006, analisou-se aspectos como gênero, idade, etiologia, tempo de permanência hospitalar, sinais e sintomas, espa os fasciais envolvidos e protocolo de tratamento. Resultados: nesta pesquisa observou-se que as IBCP geralmente têm origem odontogênica (94%), do quadrante póstero-inferior (49%), por meio de les es de cárie (66%), acometendo preferencialmente sujeitos do gênero masculino (1.6:1), acima dos 18 anos de idade. Geralmente, os pacientes apresentam-se com edema, eritema, dor, odinofagia, trismo e disfagia, permanecendo internados durante cinco dias em média. Estas infec es acometem com freqüência mais de um espa o fascial (74%), sendo o submandibular o mais envolvido (80%). S o infec es de natureza polimicrobiana, com predomínio de aeróbios. O protocolo de tratamento mais empregado para estes pacientes incluiu exodontia, drenagem e antibioticoterapia, correspondendo a 94% da amostra. Optou-se pelas cefalosporinas como antibiótico para terapia empírica em 94% dos casos, utilizando associa es de antimicrobianos na maior parte dos pacientes (94%). Conclus o: a maior parte das IBCP é de origem odontogênica, advinda do quadrante póstero-inferior, acometendo mais frequentemente o espa o submandibular de homens com mais de 18 anos, caracterizando-se usualmente por edema, eritema, trismo, odinofagia, disfagia e dor. O protocolo de tratamento padr o incluiu exodontia, drenagem e antibioticoterapia.

Full-Text

comments powered by Disqus

Contact Us

service@oalib.com

QQ:3279437679

微信:OALib Journal