All Title Author
Keywords Abstract


As percep es de doen a mental na ótica de familiares de pessoas psicóticas

Keywords: Transtornos Mentais , Percep o Social , Família

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Este estudo teve como objetivo conhecer as percep es dos familiares de pessoas portadoras de psicose, sobre doen a mental. Para o alcance destes objetivos, lan amos m o da investiga o de abordagem qualitativa, descritiva, exploratória, do tipo estudo de caso. Os sujeitos do estudo foram seis familiares de pessoas acometidas por transtornos mentais psicóticos, assistidas na Unidade Hospitalar ou residindo na Moradia Terapêutica do Instituto Cyro Martins de Porto Alegre/RS. Para a coleta de dados, realizamos contato com os familiares via telef nica ou pessoalmente, no horário de visita o aos internados. Na medida em que os mesmos aceitaram fazer parte da pesquisa, marcou-se horário e local para realiza o da entrevista. Para a obten o dos dados, utilizamos a entrevista semi-estruturada, cujos depoimentos foram gravados e transcritos na íntegra. Também foi utilizado o diário de campo para o registro de informa es n o captáveis pelo gravador, bem como percep es do entrevistador durante a realiza o da entrevista. Para a análise dos dados, utilizamos a proposta metodológica de MINAYO (2001), constituída por ordena o e classifica o dos dados e análise final. O projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de ética na Universidade Regional do Noroeste do estado do Rio Grande do Sul. Mediante a leitura do material coletado no campo empírico da pesquisa, as informa es foram agrupadas em uma categoria de análise abordando as percep es de doen a mental, considerando a similaridade e diversidade das informa es obtidas. Os depoentes se posicionaram caracterizando a doen a mental como uma patologia opressora, capaz de causar impotência, como um transtorno da cabe a; uma patologia que abala as estruturas familiares, um mal endógeno; um mal dos nervos; um problema de caráter social; como sin nimo de incapacidade e como uma doen a que provoca desrealiza o e despersonaliza o. A partir desta investiga o, percebemos a importancia de assistir os familiares que acompanham o doente mental psicótico, durante o seu tratamento.

Full-Text

comments powered by Disqus

Contact Us

service@oalib.com

QQ:3279437679

微信:OALib Journal