All Title Author
Keywords Abstract


Avalia o experimental do escoamento e da eros o num Luvissolo Háplico de Mértola: impactos da fertiliza o em pastagens Experimental evaluation of runoff and erosion in an Haplic Luvisol of Mértola: impacts of fertilization in pastures

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Numa área experimental situada a meia encosta, na regi o de Mértola, Alentejo, com um Luvissolo Háplico (FAO, 2001) e um declive médio de 15%, procedeu-se à avalia o, de Outubro de 2001 a Junho de 2004, do escoamento de água superficial, provocado pela precipita o, e da perda de solo por eros o, em 3 ensaios designados por A (pastagem melhorada), B (pastagem semeada), ambos instalados em 1997, e D (pastagem semeada), estabelecido em 2001. A cobertura vegetal incorporava uma mistura de sementes constituída por azevém anual, panasco, algumas espécies de trevo, bisserula e serradela. Aqueles parametros foram quantificados através de pequenos talh es de eros o de 4?1 m2, com a maior dimens o no sentido do declive, sobrepostos em 6 talh es de cada um dos ensaios (3 modalidades e 2 repeti es, para cada ensaio). As 3 modalidades consideradas nos ensaios A e B foram as seguintes: 1 - Sem fertiliza o; 5 - Aduba o completa, corrigida anualmente; 7 -Fertiliza o organica com 8 t/ha de lama residual urbana (LRU), aplicada em 1997 + aduba o complementar. O ensaio D incluiu a aplica o de 3 níveis de LRU (L0 – 0, L1 – 12 e L2 – 24 t/ha, respectivamente). Em cada caixa de eros o, procedeu-se à medi o do volume de água escoado e à quantifica o de sedimentos, quando a capacidade de infiltra o de água no solo era excedida pela quantidade de precipita o ocorrida em um ou vários dias consecutivos. Nos ensaios A e B, os valores mais altos do coeficiente de escoamento referem-se à modalidade 1 sendo a situa o mais favorável correspondente à modalidade 7 do ensaio B. No ensaio D, os valores para aquele coeficiente situaram-se entre 0,07 e 0,10, para as 3 modalidades, que s o manifestamente baixos. Quanto à perda de solo, observou-se que foi a modalidade 7 dos ensaios A e B a que registou os valores mais baixos, no conjunto dos 3 anos. No ensaio D, observaram-se valores superiores aos verificados nos ensaios A e B, nos 3 anos, sendo mais elevados na modalidade sem fertiliza o. In a experimental area located in a hillside of Mértola region, Alentejo, with an Haplic Luvisol (FAO, 2001) and a mean slope of 15%, soil loss by erosion and surface runoff after rainfall occurrence were evaluated in small erosion plots, from October 2001 until June 2004, in 3 field experiments (A, B, and D) with a sown pasture mixture under different fertilization treatments. The experiments A (improved pasture) and B (sown pasture) were established in 1997, but the experiment D (sown pasture) was only installed in 2001. The sown mixture consisted of ryegrass, cocksfoot, some clover species,

Full-Text

comments powered by Disqus