全部 标题 作者
关键词 摘要


Resultados da gastrectomia D2 para o cancer gástrico: dissec o da cadeia linfática ou ressec o linfonodal múltipla? Results of D2 gastrectomy for gastric cancer: lymph node chain dissection or multiple node resection?

Keywords: Cancer gástrico , Cirurgia , Gastrectomia , Gastric neoplasm , Surgery , Gastrectomy

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

RACIONAL: A literatura oriental é notável por apresentar taxas de sobrevida para o tratamento cirúrgico do adenocarcinoma gástrico superiores àquelas apresentadas nos países ocidentais. OBJETIVO: Analisar o resultado a longo prazo após a gastrectomia D2 por cancer gástrico. MéTODOS: Duzentos e setenta e quatro pacientes foram submetidos à gastrectomia com dissec o linfonodal D2 como tratamento exclusivo. Os critérios de inclus o foram: 1) remo o dos linfonodos de acordo com dissec o linfática padronizada Japonesa, 2) opera o potencialmente curativa descrita no prontuário como dissec o D2 ou mais linfonodos; 3) invas o tumoral da parede gástrica restrita ao órg o (T1-T3); 4) ausência de metástases à distancia (N0-N2/M0); 5) mínimo de cinco anos de acompanhamento. Dados clinicopatológicos incluíam sexo, idade, localiza o do tumor, classifica o de Borrmann do tumor macroscópico, o tipo de gastrectomia, as taxas de mortalidade, tipo histológico, classifica o e estadiamento TNM de acordo com a UICC TNM 1997. RESULTADOS: Gastrectomia total foi realizada em 77 casos (28,1%) e subtotal em 197 (71,9%). O tumor foi localizado no ter o superior em 28 casos (10,2%), no ter o médio em 53 (19,3%), e no ter o inferior em 182 (66,5%). Borrmann foi atribuído cinco casos (1,8%) como BI, 34 (12,4%) BII, 230 (84,0%) BIII e 16 (5,9%) BIV. Os tumores foram histologicamente classificados como Laurén tipo intestinal em 119 casos (43,4%) e como o tipo difuso em 155 (56,6%). De acordo com a UICC TNM foram cancer gástrico precoce (T1) foi diagnosticada em 68 casos (24,8%); 51 (18,6%) T2 e 155 (56,6%) T3. Nenhum envolvimento linfonodal (N0) foi observado em 129 casos (47,1%), enquanto 100 (36,5%) eram N1 (1-6 linfonodos) e 45 (16,4%) N2 (7-15 ganglios linfáticos). O número médio de linfonodos dissecados foi de 35. A sobrevida em cinco anos para os estádios de I a III B foi de 70,4%. CONCLUS O: Cirurgi es digestivos devem ser estimulados a realizarem gastrectomias D2 para n o deixar de lado o único tratamento para adenocarcinoma gástrico que provou ser eficiente os dias atuais. Deve ser enfatizado que a padroniza o da dissec o linfática de acordo com a localiza o do tumor é mais importante do que apenas o número de ganglios removidos BACKGROUND: Eastern literature is remarkable for presenting survival rates for surgical treatment of gastric adenocarcinoma superior to those presented in western countries. AIM: To analyze the long-term result after D2 gastrectomy for gastric cancer. METHODS: Two hundred seventy four underwent gastrectomy with D2 lymph node dissection as exc

Full-Text

comments powered by Disqus