oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

2019 ( 88 )

2018 ( 146 )

2017 ( 122 )

2016 ( 176 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 73108 matches for " Robério Rodrigues Silva "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /73108
Display every page Item
Impactos do manejo do uso do óxido cr mico sobre o desempenho de bovinos Nelore suplementados em pastagens de "Brachiaria brizantha"
Robério Rodrigues Silva,Ivanor Nunes do Prado,Fabiano Ferreira da Silva,Lúcia Maria Zeoula
Revista Brasileira de Saúde e Produ??o Animal , 2009,
Abstract: Objetivou-se, com este experimento, estudar os efeitos da aplica o do óxido cr mico sobre o desempenho animal, convers o alimentar e eficiência alimentar em novilhos da ra a Nelore suplementados em pastagens de Brachiaria brizantha. Testaram-se quatro níveis de suplementa o em fun o do peso vivo: sal mineral, 0,3%, 0,6% e 0,9%. Os suplementos continham milho gr o moído, uréia, mineral e farelo de soja. Foram utilizados 10 animais, por tratamento, dos quais cinco receberam óxido cr mico para determina o do consumo de forragem. O experimento teve dura o de 84 dias, com pesagens intermediárias a cada 28 dias. Foram avaliados os impactos da administra o do óxido nos períodos de 28, 56 e 84 dias. Os ganhos de peso diferiram em todos os níveis de suplementa o, dentro dos períodos de 28 e 56 dias. Após 84 dias houve diferen a apenas para os níveis de 0,6 e 0,9%. A convers o alimentar e a eficiência alimentar só foram determinadas nos períodos de 56 e 84 dias devido aos ganhos negativos no período inicial de 28 dias. Nos dois períodos avaliados, verificou-se efeito com eleva o da convers o alimentar e diminui o da eficiência alimentar. Para garantir a precis o dos resultados experimentais, n o devem ser incluídos, nos dados de ganho de peso, convers o e eficiência alimentar, os resultados oriundos das unidades amostrais utilizadas para avalia o do consumo em pastejo, nas quais foi administrado o óxido cr mico.
AVALIA O DO COMPORTAMENTO INGESTIVO DE NOVILHAS HOLANDêS X ZEBU ALIMENTADAS COM SILAGEM DE CAPIM-ELEFANTE ACRESCIDA DE 10% DE FARELO DE MANDIOCA: ASPECTOS METODOLóGICOS
Robério Rodrigues Silva,Fabiano Ferreira da Silva,Gleidson Giordano P. de Carvalho,Cristina Mattos Veloso
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo definir o intervalo de tempo para o registro do comportamento ingestivo de novilhas holandês x xebu com doze meses de idade. Foram observadas quatro novilhas, durante dois períodos de 24 horas, na última semana do período experimental. As variáveis estudadas foram os tempos diários totais, o número de períodos e o tempo/período das atividades de alimenta o, rumina o e ócio. Foram comparados os intervalos de 10, 15, 20, 25 e 30 minutos contra o intervalo de 5 minutos. N o houve diferen as significativas entre os tempos médios diários de alimenta o, rumina o e ócio medidos nas diferentes escalas de tempo, indicando que este tipo de experimento pode ser feito com intervalos de até 30 minutos entre cada observa o, sem comprometer os resultados, pois a média de tempo destas atividades ocorre em períodos discretos superiores a este intervalo médio. PALAVRAS-CHAVE: Alimenta o, etologia, ócio, rumina o.
Comportamento ingestivo de vacas em lacta o alimentadas com níveis de inclus o de baga o de mandioca Ingestive behavior of dairy cows fed with inclusion levels of cassava bagasse
Alyson Andrade Pinheiro,Cristina Mattos Veloso,Leandro Pereira Lima,Robério Rodrigues Silva
Revista Brasileira de Saúde e Produ??o Animal , 2011,
Abstract: Objetivou-se avaliar o comportamento ingestivo de vacas em lacta o recebendo dietas com níveis de baga o de mandioca (0; 5; 10 e 15%). Foram utilizadas 12 vacas leiteiras Holandês x Zebu com 478,5kg de peso corporal médio e com 100 a 150 dias de lacta o, distribuídas em três Quadrados Latinos 4 x 4. Além do consumo de matéria seca, fibra em detergente neutro, carboidratos n o fibrosos e nutrientes digestíveis totais, foi avaliado o comportamento ingestivo dos animais, os quais foram submetidos a quatro avalia es visuais, com dura o de 24 horas cada, em escalas de cinco minutos. As avalia es foram realizadas no último dia de cada período experimental, que tiveram dura o de 12 dias. Os consumos de matéria seca, carboidratos n o fibrosos e nutrientes digestíveis totais aumentaram linearmente com a inclus o do baga o de mandioca. O tempo gasto com alimenta o, rumina o e ócio n o diferiu entre os tratamentos, assim como o número de períodos e o tempo gasto em cada período nas respectivas atividades. Quanto aos aspectos comportamentais, apenas o número de mastiga es por bolo ruminado foi afetado pelas dietas. As eficiências de alimenta o e rumina o só tiveram interferência nos carboidratos n o fibrosos, os quais apresentaram efeito quadrático. O aumento crescente dos consumos de matéria seca, carboidratos n o-fibrosos e nutrientes digestíveis totais demonstraram que o baga o de mandioca em níveis de até 15% n o altera o comportamento ingestivo. The objective was to evaluate the ingestive behavior of lactating cows receiving diets with different levels of cassava bagasse (0; 5; 10 and 15%). Twelve Holstein x Zebu dairy cows with 478.5kg of average body weight and 100 to 150 days in milk, were distributed in three 4 x 4 Latin Squares. The dry matter intake, neutral detergent fiber, non fibrous carbohydrates and total digestible nutrients intake, and the ingestive behavior of the animals was evaluated, when they were submitted to four visual evaluations, with 24 hours of duration each, in five minutes scales. The evaluations were conducted on the last day of each experimental period, which had 12 days. The dry matter, non fiber carbohydrates and total digestible nutrients intakes increased linearly with cassava bagasse inclusion. The time spent with feeding, rumination and idle did not differ among treatments, as well as the number of periods and the time spent in each period in the respective activities. The behavioral aspects, only the number of chewing per ruminated bolus was affected by the diets. The feeding and rumination efficiencies only affec
Comportamento ingestivo de bovino a pasto - Ingestive behavior of cattle in pasture
Santana Júnior, Hermógenes Almeida,Elisangela Oliveira Cardoso,Robério Rodrigues Silva
REDVET , 2010,
Abstract: ResumoO sistema de cria o de bovinos a pasto é caracterizado por uma série de fatores e suas intera es podem afetar o comportamento ingestivo dos animais, comprometendo o seu desempenho e, conseqüentemente, aviabilidade da propriedade. Existe uma alta correla o entre o consumo de forragem e o desempenho animal, uma vez que esta é a principal fonte de nutrientes para ruminantes, principalmente nos trópicos, onde a pecuária se sustenta à base das pastagens. Estudando o comportamento ingestivo dos ruminantes, poderemos adequar práticas de manejo que venham a aumentar a produtividade, garantindo também um melhor estado sanitário e maior longevidade aos animais. A altura do dossel, a densidade, a disponibilidade, a morfologia, o valor nutritivo, e a preferência da forragem, a categoria, estado fisiológico, sanitário e seletividade do animal, topografia e temperatura do ambiente, entre outros, s o fatores que afetam a ingest o e digest o de plantas forrageiras, interferindo diretamente no comportamento ingestivo de bovinos a pasto. Os animaistendem a ser mais seletivos em pastagens que apresentam uma menorrela o lamina: colmo, bem como uma menor disponibilidade de forragem.O animal em pastejo está sob o efeito de muitos fatores, que podeminfluenciar a ingest o de forragem; entre eles, sobressai a oportunidade de selecionar a dieta, pois o pastejo seletivo permite compensar a baixa qualidade da forragem, permitindo a ingest o de partes mais nutritivas das plantas. SummaryThe system of breeding cattle to pasture is characterized by a number of factors and their interactions can affect the ingestive behavior of animals, affecting their performance and, consequently, the viability of the property. There is a high correlation between the consumption of forage and animal performance, since this is the main source of nutrients for ruminants, especially in the tropics, where the livestock is sustained on the basis of the pastures. Studying the ingestive behavior of ruminants, we can tailor management practices that will increase productivity, ensuring also a better health status and greater longevity of animals. The height of the canopy, density, availability, morphology, nutritional value and palatabilityof forage, category, physiological status, health and selectivity of the animal, topography and temperature of the environment, among others, are factors that affect the intake and digestion of forage, interfering directly in the ingestive behavior of cattle grazing. The animals tend to be more selective in pastures that have the lowest blade: stem and lower ava
IN SITU DEGRADABILITY OF DRY MATTER AND FIBROUS FRACTION SUGARCANE BAGASSE TREATED WITH UREA DEGRADABILIDADE IN SITU DA MATéRIA SECA E DA FRA O FIBROSA DO BAGA O DE CANA-DE-A úCAR TRATADO COM URéIA
Gleidson Giordano Pinto de Carvalho,Aureliano José Vieira Pires,Rasmo Garcia,Robério Rodrigues Silva
Ciência Animal Brasileira , 2007,
Abstract: The experiment was conducted to evaluate the in situ degradability of dry matter (iDMD), neutral detergent fiber (iNDFD), acid detergent fiber (iADFD) and hemicel-lulosis of sugar cane bagasse submitted to ammoniation with urea. The treatments consisted of four urea levels (0%, 2.5%, 5.0% and 7.5% on dry matter – DM basis) added to the sugar cane bagasse and addition of 1.2% (DM basis) of ground soybean as urease source. Samples of 3 g of the bagasses were incubated in the rumen of three steers during periods of 0, 12, 24, 48, 72 and 96 hours. The urea addiction to sugar cane bagasse provided increase not only on the iDMD, but also in degradability of cell wall con-tents. The degradability increased of 73.6, 61.3, 45.6 and 65.7% for DM, NDF, ADF and hemicellulosis, respective-ly, at the longer incubation time (96 hours). The iDMD, iNDFD, iADFD and in situ hemicellusosis degradability of sugar cane bagasse were improved by urea treatment. KEY-WORDS: Ammoniation, by product, dry matter, cellular wall. O experimento foi desenvolvido para avaliar a de-gradabilidade in situ da matéria seca (DiMS), da fibra em detergente neutro (DiFDN), da fibra em detergente ácido (DiFDA) e da hemicelulose do baga o de cana-de-a úcar submetido à amoniza o com uréia. Os tratamentos cons-taram de quatro níveis de uréia (0%, 2,5%, 5,0% e 7,5% na base da matéria seca – MS) adicionados ao baga o de cana-de-a úcar e adi o de 1,2% (base da MS) de soja gr o moída como fonte de urease. Amostras de 3 g dos baga os foram incubadas no rúmen de três novilhos por períodos de 0, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. A adi o de uréia ao baga o de cana-de-a úcar promoveu aumento tanto na DiMS como também na degradabilidade dos constituintes da parede celular. Houve incrementos nas degradabilidades de 73,6%, 61,3%, 45,6% e 65,7% para a MS, FDN, FDA e hemice-lulose, respectivamente, no maior tempo de incuba o (96 horas). A DiMS, DiFDN, DiFDA e a degradabilidade in situ da hemicelulose do baga o de cana-de-a úcar foram melhoradas pelo tratamento com uréia. PALAVRAS-CHAVES: Amoniza o, matéria seca, parede celular, subproduto.
GR OS DE LINHA A E DE CANOLA SOBRE O DESEMPENHO, DIGESTIBILIDADE APARENTE E CARACTERíSTICAS DE CARCA A DE NOVILHAS NELORE TERMINADAS EM CONFINAMENTO WHOLE LINSEED AND CANOLA SEED ON PERFORMANCE APPARENT DIGESTIBILITY AND CARCASS CHARACTERISTICS OF NELLORE HEIFERS FINISHED IN FEEDLOT
Fabio Yoshimi Wada,Ivanor Nunes do Prado,Robério Rodrigues Silva,José Luiz Moletta
Ciência Animal Brasileira , 2008,
Abstract: Avaliaram-se três ra es (TES – ra o-testemunha; LIN – ra o com semente de linha a integral e CAN – ra o com gr o integral de canola) sobre o desempenho, digestibilidade aparente, características de carca a e os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca (CDMS), matéria organica (CDMO), proteína bruta (CDPB), fibra em detergente neutro (CDFDN), fibra em detergente ácido (CDFDA), energia bruta (CDEB) e extrato etéreo (CDEE) de novilhas Nelore confinadas. O indicador interno utilizado para estimar a digestibilidade foi a cinza insolúvel em ácido. Como volumoso, utilizaram-se a silagem de milho e a casca de caro o de algod o. Os concentrados consistiram de farelo de soja, gr o de milho moído, resíduo de fecularia de mandioca, sal mineral, uréia e calcário (TES), diferindo pela inclus o ou n o da semente de linha a (LIN) ou gr o de canola (CAN). Empregaram-se 24 novilhas, com idade e peso vivo inicial médio de 18 meses e 277,67 + 32,12 kg, respectivamente. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos e oito repeti es. A dura o do experimento foi de 87 dias. N o foram observadas diferen as (P>0,05) entre os tratamentos na ingest o de matéria seca, matéria organica, proteína bruta, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, convers o alimentar da matéria seca, ganho médio diário, rendimento de carca a quente, espessura de gordura de cobertura e área de olho de lombo. A ingest o de energia bruta e de extrato etéreo mostrou-se superior (P<0,01) para LIN e CAN em compara o ao TES. Além disso, n o se observaram diferen as (P>0,05) entre os tratamentos para o CDPB, CDFDN e CDFDA. O tratamento TES apresentou maiores valores (P<0,05) de CDMS, CDMO e CDEB em rela o ao LIN. O CDEE foi superior (P<0,05) para o TES em rela o ao CAN. A utiliza o desses alimentos se justificaria em casos nos quais a disponibilidade e os custos fossem favoráveis, pois os óleos extraídos deles s o muito valorizados na alimenta o humana, tornando-os raros e de valor econ mico elevado. PALAVRAS-CHAVES: Canola, casca de caro o de algod o, CIA, digestibilidade aparente, linha a, novilhas. This work was carried out to study three rations (CON – control ration, LIN – whole linseed ration, and WCS – whole canola seed ration) on performance, apparent digestibility coefficient of dry matter (DMDC), organic matter (OMDC), crude protein (CPDC), neutral detergent fiber (NDFDC), acid detergent fiber (ADFDC), gross energy (GEDC), ether extract (EEDC) and carcass characteristics in Nellore heifers finished in feedlot. The acid insoluble ash (
Correlation between performance and ingestive behavior of heifers supplemented in grass Correla o entre desempenho e comportamento ingestivo de novilhas suplementadas a pasto
Hermógenes Almeida Santana Junior,Robério Rodrigues Silva,Gleidson Giordano Pinto de Carvalho,Fabiano Ferreira da Silva
Semina : Ciências Agrárias , 2013,
Abstract: The objective of this study was to evaluate the correlation between the performance and ingestive behavior of crossbred heifers in grass. The experiment was conducted at Princesa do Mateiro farm, Ribeirao do Largo, Bahia. 20 heifers were used with blood level 5/8 Guzerá milk lineage and 3/8 Holstein, with an average of 18 months of age and body weight of 187 ± 13.1 kg. The experiment lasted 224 days and the animals raised in a stocking grazing Brachiaria brizantha cv. Marandú. There is a positive correlation between grazing time with weight gain (GMD) and average daily gain (GP). The rumination showed positive correlations with body weight (PC). Negative correlations were found between the time from other activities and feed conversion (CA). The time from other activities was positively correlated with the GP and GMD. There is a negative correlation between the total time spent eating and chewing total with the GMD and GP. The total chewing time was positively correlated with CA. Weight gain, average daily gain and feed conversion did not correlate significantly with discrete periods of ingestive behavior. The performance is not associated with ingestive behavior of crossbred heifers on pasture. So, to demystify, through this study, the relationship between feeding behavior and productive performance. The correlations with aspects of rumination demonstrate that it does not interfere with productive results of the animals. Objetivou-se, com este estudo, avaliar as correla es entre o desempenho e o comportamento ingestivo de novilhas mesti as a pasto. O experimento foi conduzido na fazenda Princesa do Mateiro, município de Ribeir o do Largo, Bahia. Foram utilizadas 20 novilhas com grau de sangue 5/8 Guzerá linhagem leiteira e 3/8 Holandesa, com média de 18 meses de idade e peso corporal médio de 187 ± 13,1 kg. O experimento teve dura o de 224 dias e os animais criados em lota o rotacionada de Brachiaria brizantha cv. Marandú. Verifica-se uma correla o positiva entre o tempo de pastejo com ganho de peso (GP) e ganho médio diário (GMD). O tempo de rumina o apresentou correla es positivas com o peso corporal (PC). Correla es negativas foram verificadas entre o tempo de outras atividades e convers o alimentar (CA). O tempo de outras atividades apresentou correla o positiva com o GP e GMD. Observa-se uma correla o negativamente entre o tempo de alimenta o total e mastiga o total com o GMD e GP. O tempo de mastiga o total apresentou correla o positiva com CA. O ganho de peso, ganho médio diário e convers o alimentar n o apresentaram correla es sig
Efeito da presen a ou n o do bezerro sobre o comportamento ingestivo de vacas leiteiras em pastejo de "Brachiaria decumbens"
Robério Rodrigues Silva,Ivanor Nunes do Prado,Gleidson Giordano Pinto de Carvalho,Aracele Prates de Oliveira
Revista Brasileira de Saúde e Produ??o Animal , 2007,
Abstract: O conhecimento do comportamento ingestivo dos bovinos leiteiros pode ser utilizado pelos produtores, de forma que venha a maximizar a produtividade. O objetivo deste trabalho consistiu em avaliar o comportamento ingestivo de vacas Holandês x Zebu em pastagem de Brachiaria decumbens em diferentes estágios de lacta o com e sem a presen a do bezerro. Foram utilizadas 10 vacas mesti as Holandês x Zebu com peso corporal médio de 450 kg. O experimento foi conduzido na Fazenda Princesa do Mateiro no município de Ribeir o do Largo no estado da Bahia no mês de junho de 2006. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado e medidas repetidas, com 5 vacas por tratamento. Os tratamentos foram: Vacas com menos de 5 meses de lacta o e bezerro ao pé e Vacas com mais de 5 meses de lacta o sem bezerro ao pé. Cada animal foi observado a cada 10 minutos de intervalo conforme metodologia descrita por Silva et. al (2004) no modelo Scan sampling. Os tempos de pastejo dos animais que n o tinham o bezerro ao pé foram estatisticamente superiores (P<0,05) aos que contavam com a presen a do bezerro. Os tempos de rumina o n o foram afetados (P>0,05). Os tempos de ócio apresentaram comportamento inverso ao tempo de pastejo, sendo maior (P<0,05). O NPP e NPR n o foram afetados (P>0,05) pela presen a do bezerro. O NPO apresentou diferen a significativa (P<0,05), sendo superior nos animais que estavam acompanhados pelos bezerros. A variável TPP sofreu efeito de tratamento (P<0,05), TPR e TPO n o foram afetados (P>0,05) pela presen a ou n o do bezerro. O TMT diferiu entre os tratamentos (P<0,05), apresentando-se mais elevado nos animais que estavam desacompanhados dos bezerros. N o houve efeito (P>0,05) para TBR, NMBR e NBR. A presen a dos bezerros junto às vacas no manejo tradicional pode afetar o tempo de pastejo em detrimento de um maior tempo destinado ao acompanhamento da cria e fornecimento do leite, tempo este em que o animal permanece em ócio.
Lipids in diets for Holstein steers: apparent digestibility Lipídios em dietas para novilhos holandeses: digestibilidade aparente
Jo?o Ricardo Vieira Jorge,Lúcia Maria Zeoula,Ivanor Nunes do Prado,Robério Rodrigues Silva
Revista Brasileira de Saúde e Produ??o Animal , 2008,
Abstract: Twelve Holstein castrated steers averaging 26 months old and an initial weight of 471kg were allotted to a completely randomized design to evaluate the effect of adding lipids in the diet on intake and apparent digestibility (ADC) of dry matter (DM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), starch, ether extract (EE), gross energy (GE), and also the possibility of replacing indigestible dry matter (iDM) with indigestible NDF, as an internal marker. No treatment effect on intakes of DM (14.58 kg/day), CP (1.86 kg/day), NDF (6.44 kg/day), ADF (4.22 kg/day) and GE was observed. Nutrient ADC was not affected by dietary lipids inclusion. The iDM can be used as maker to estimate the ADC of CP, EE and starch. Doze novilhos holandeses, castrados, com idade média de 26 meses e peso vivo médio de 471kg, foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, para avaliar o efeito da inclus o de lipídios na dieta sobre o consumo e o coeficiente de digestibilidade aparente (CDA) da matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), amido, extrato etéreo (EE), energia bruta (EB) e a possível substitui o de matéria seca indigestível (MSi) por FDN indigestível, como indicador interno. N o houve efeito da inclus o dos lipídios nos consumos de MS (14,58 kg/dia), PB (1,86 kg/dia), FDN (6,44 kg/dia) e FDA (4,22 kg/dia). Os CDA dos nutrientes n o foram afetados pela inclus o de lipídios na dieta. A MSi pode ser utilizada como indicador para determina o dos CDA de PB, EE e amido.
Effect of the use of three intervals between comments on the precision of the results gotten in the study of the intake behavior of dairy cows in grazing Efeito da utiliza o de três intervalos de observa es sobre a precis o dos resultados obtidos no estudo do comportamento ingestivo de vacas leiteiras em pastejo
Robério Rodrigues Silva,Ivanor Nunes do Prado,Gleidson Giordano Pinto de Carvalho,Hermogenes Almeida de Santana Junior
Ciência Animal Brasileira , 2008,
Abstract: The objective of this work was to evaluate three scales of interval between comments to determine the intake behavior of dairy cows. Had been used 10 crossbred cows Holstein x Zebu with average live weight of 450 kg. The experiment was conducted in the Princesa do Mateiro Farm, Ribeir o of Largo city, Bahia State in June of 2006. The design used was completely randomized and repeated measures, with 10 units for treatments. The treatments had been: ten comments in the scale of 10 minutes; ten comments in the scale of 20 minutes; and ten comments in the scale of 30 minutes. The pasture, ruminating and idle time had not differed statistical (P>0.05) between the tested scales. The number of pasture and ruminating periods had not presented differences (P>0.05) enters the scales of 10 and 20 minutes. The number of idle periods in the intervals of 20 and 30 minutes was different (P<0.05) of those in the scale of 10 minutes. The duration of the gotten pasture periods and ruminating in the scale of 10 minutes of interval was different (P<0.05) of those gotten in the scales of 20 and 30 minutes. The duration of the idle period were statistical similar (P>0.05) for the intervals of 10 and 20 minutes and both had differed from that one gotten with 30 minutes. Work the determine the bovine intake behavior can be evaluated with a variable number of animals. Suggested the maximum of ten minutes to study the intake behavior. KEY WORDS: Intake behavior, methodology, observation intervals. Avaliaram-se três escalas de intervalo entre observa es para determinar o comportamento ingestivo de vacas leiteiras. Foram utilizadas dez vacas mesti as holandês x zebu com peso corporal médio de 450 kg. Desenvolveu-se o experimento na Fazenda Princesa do Mateiro, no município de Ribeir o do Largo no estado da Bahia, no mês de junho de 2006. Empregou-se o delineamento inteiramente casualizado e utilizaram-se medidas repetidas com dez unidades amostrais por tratamento. Os tratamentos consistiram no seguinte: dez observa es na escala de dez minutos; dez observa es na escala de vinte minutos; e dez observa es na escala de trinta minutos. Os tempos de pastejo, rumina o e ócio n o diferiram estatisticamente (P>0,05) entre as escalas testadas. O número de períodos de pastejo, número de períodos de rumina o n o apresentaram diferen as (P>0,05) entre as escalas de dez e vinte minutos. O número de períodos de ócio obtido nos intervalos de 20 e 30 minutos foi diferente (P<0,05) daqueles obtidos na escala de dez minutos. O tempo de dura o dos períodos pastejo e rumina o, obtido n
Page 1 /73108
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.