oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

4 ( 1 )

2020 ( 2 )

2019 ( 138 )

2018 ( 228 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 103890 matches for " Luiz Ant?nio Franco da Silva "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /103890
Display every page Item
Comportamento diário e reprodutivo de fêmeas bovinas mesti as (Zebu x Holandesa) portadoras de dermatite digital = Daily and reproductive behavior of female crossbred (Bos indicus x Bos taurus) cattle bearing digital dermatitis
Luiz Antnio Franco da Silva,Leandro Guimar?es Franco,Allice Rodrigues Ferreira,Karollina Moraes Bernardes
Acta Scientiarum : Animal Sciences , 2009,
Abstract: No presente estudo avaliaram-se aspectos relacionados ao comportamentodiário e reprodutivo de fêmeas bovinas mesti as (Zebu x Holandesa) portadoras de dermatite digital, durante um período de 24 meses. Os bovinos foram distribuídos em três grupos (GI, GII, GIII), compostos por dez animais cada. No GI foram alocadas fêmeas bovinas portadoras de dermatite digital na forma erosiva, no GII na forma verrucosa eo GIII composto por animais clinicamente saudáveis. No comportamento diário e alimentar, os animais foram observados no piquete e durante a ordenha. Avaliaram-se a atitude do animal, se em posi o quadrupedal ou decúbito, período de alimenta o, frequência de ingest o de água, tempo de rumina o e ócio. Quanto ao comportamento reprodutivo, estudaram-se o período de servi o, presen a de cisto ovariano, reten o de envoltórios fetais, metrite, sinaisexternos de cio, consistência dos ovários e do útero, número de servi os, prenhez e parto. Ao final do estudo, concluiu-se que a dermatite digital bovina, especialmente do tipo verrucosa, alterou de forma negativa o comportamento diário e alimentar de fêmeas bovinasmesti as (Zebu x Holandesa), observadas em diferentes situa es. Com rela o ao comportamento reprodutivo, ao relacioná-lo à presen a ou ausência de dermatite digital, n o foi possível observar diferen as entre os grupos, em rela o aos parametros avaliados. This present study aimed to evaluate aspects related to daily and reproductive behavior of female crossbred (Bos indicus x Bostaurus) cattle bearing digital dermatitis, raised semi-extensively, during 24 months. The animals were distributed in three groups (GI, GII, and GIII) with ten animals each. GI received cows bearing the erosive type of digital dermatitis, whilst GII received those ofverroucous type and GIII received clinically healthy animals. Animals were observed during milking and grassing for daily and feeding behavior. Animal behavior was evaluated, whether standing or lying, as well as feeding period, frequency of water ingestion,rumination time and leisure. The reproductive behavior was studied as: service period, ovarian cyst presence, fetal envoltory retention, metritis, external signs of estrous, consistency of ovaries and uterus, number of services, pregnancy and birth. At the end ofthe study, it was possible to conclude that digital dermatitis, especially in verrucous presentations, do interfere negatively in daily behavior of female crossbred cattle. However, there was no evidence of differences in reproductive behavior among the evaluated groups.
ESTUDO RETROSPECTIVO DE OSTEOSSARCOMA APENDICULAR EM C ES RETROSPECTIVE STUDIES OF CANIS APPENDICULAR OSTEOSARCOMA
Patrícia Rodrigues da Silveira,Carlos Roberto Daleck,Duvaldo Eurides,Luiz Antnio Franco da Silva
Ciência Animal Brasileira , 2008,
Abstract: O osteossarcoma (OSA) é o tumor ósseo primário mais observado em c es. Este estudo retrospectivo, realizado entre janeiro de 2001 a junho de 2004, incluiu um total de 50 c es com OSA apendicular, 28 fêmeas e 22 machos, de diversas ra as, entre 1 e 16 anos. A maioria dos c es era da ra a Rottweiler (16 c es), com idade entre 5 e 9 anos e peso entre 28 e 43kg. Trinta e sete animais apresentaram o tumor em membros torácicos, e as regi es distal de rádio, distal de rádio e ulna (32%) e proximal de úmero (28%) foram as mais acometidas. Para determinar o diagnóstico, empregou-se a citologia aspirativa com agulha fina (CAAF) associada à histopatologia (29 c es). Metástases no momento da consulta foram observadas apenas em dois animais. Conclui-se que c es de meia-idade e com peso superior a 30 kg s o mais predispostos ao desenvolvimento desse tumor. Os membros torácicos s o mais acometidos. Metástases pulmonares raramente s o detectadas no momento da consulta. Animais sem tratamento apresentam tempo de evolu o após a consulta e sobrevida mais curtas. A interven o cirúrgica associada à quimioterapia proporciona maior tempo de sobrevida. PALAVRAS-CHAVES: C o, estudo retrospectivo, osteossarcoma apendicular. Osteosarcoma (OSA) is the most common observed primary bone tumor of dogs. This retrospective study, carried out from January 2001 to June 2004, included a total of 50 dogs with appendicular OSA, 28 females and 22 males, diverse races, aged between 1 and 16 years old. Most of the dogs were Rottweiler race (16 dogs), aged between 5 and 9 years old and weighing between 28 and 43kg. Thirty-seven animals showed the tumor in thoracic members and the most affected regions were distal radius, distal radius and ulna (32%) and the proximal humerus (28%). To determine the diagnosis it was used fine needle aspiration cytology associated to histopathology (29 dogs). Metastasis were observed only in 2 animals at the moment of the medical visit. We can conclude that middle-aged dogs weighting more than 30kg are more predisposed to develop this tumor. Thoracic members are most affected. Pulmonary metastasis are rarely detected at the moment of the medical visit. Animals without treatment have evolution time and shorter survival after medical visit. The surgical intervention associate to chemotherapy provides a greater survival time. KEY WORDS: Appendicular osteossarcoma, retrospective study, dog.
ASPECTOS EPIDEMIOLóGICOS E OCORRêNCIA DE FIXA O DORSAL DE PATELA EM BOVINOS
Olízio Claudino da Silva,Luiz Antnio Franco da Silva,Maria Clorinda Soares Fioravanti,Ediane Batista da Silva
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: A fixa o dorsal de patela é uma síndrome observada em grandes animais, ocorrendo em bovinos, uni ou bilateralmente, em ambos os sexos e em diferentes idades e ra as. O objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência de possíveis fatores de risco relacionados à enfermidade em bovinos submetidos a diferentes manejos. O estudo foi realizado em trinta fazendas de cria o de bovinos entre janeiro de1998 a agosto de2002, em 41 animais enfermos. Usou-se um questionário constando dados como: resenha,estágio de lacta o, de prenhez e grau de parentesco entre os animais, topografia e tipo de solo. Estabeleceram-se escores corporais correlacionando o estado físico e diferentes situa es dos animais. Encontraram-se 56% de animais mesti os na faixa etária entre cinco e nove anos coma enfermidade, com maior ocorrência em fêmeas entre dois e três anos e em touros na esta o reprodutiva. A enfermidade era mais evidente em animais com escore corporal baixo, em lacta o, prenhes e durante a seca. Casos de recupera o espontanea ocorreram no período chuvoso. Observaram-se 76,6% de animais afetados em pastagens de cerrado e 23,4%em pastagens de solo com maior fertilidade. Os índices encontrados sugerem que vários fatores de risco podem contribuir ou estar associados no desencadeamento da fixa o dorsal de patela em bovinos. PALAVRAS-CHAVE: Bovino, sistema locomotor, fixa o dorsal de patela, fatores de risco.
COMPARA O DO MéTODO DA AMPUTA O DO II E III METACARPIANOS (PINIONING) E DA TERMOCAUTERIZA O PARA COIBIR O V O EM POMBOS (Columbia livia)
Luiz Antnio Franco da Silva,Liliana Borges de Menezes,Alessandra da Silva Batista,Ediane Batista da Silva
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: Esse estudo teve como objetivo avaliar o efeito da termocauteriza o do folículo após a remo o das penas rêmiges primárias e da amputa o do II e III metacarpianos (pinioning) para coibir o v o em pombos (Columba livia). Foram utilizadas trinta aves adultas, distribuídas de forma igualitária entre machos e fêmeas. Os animais foram alocados ao acaso em três grupos de dez animais. Nas aves do grupo 1 utilizou-se a técnica de pinioning; nas do grupo 2 praticou-se a termocauteriza o do folículo após a remo o das penas rêmiges primárias. O grupo 3 foi utilizado como controle. Quando se utilizou a técnica de pinioning, n o houve crescimento das penas rêmiges primárias, exceto em um pássaro (10%), em que os ossos foram amputados no ponto médio entre as articula es carpo-metacarpo e falange. No grupo em que se utilizou a termocauteriza o, observaramse no pós-operatório necrose e sinais típicos de queimaduras, além de reposi o parcial ou total das penas rêmiges primárias. Nesse grupo duas aves voaram normalmente, três voaram com dificuldade, duas al aram v os baixos e curtos e três n o voaram. Avaliando os dois procedimentos, concluiu-se que a técnica de pinioning coibiu o v o em 100% das aves operadas enquanto a termocauteriza o só coibiu 20%. PALAVRAS-CHAVE: Asa, pinionig, termocauteriza o, pombo (Columbia livia).
DESCRI O DE DUAS TéCNICAS CIRúRGICAS PARA CASTRA O DE FêMEAS BOVINAS E AVALIA O DO PóS-OPERATóRIO
Luiz Antnio Franco da Silva,Cinara Faria Almeida,Paulo Roberto Lucas Viana Filho,Antnio Carlos Cordeiro Veríssimo
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: Descri o de duas técnicas cirúrgicas de castra o de fêmeas bovinas, com análise das complica es pós-operatórias, em que se utilizaram 1.232 animais de diferentes ra as e idades, procedentes de várias propriedades rurais do estado de Goiás. Os bovinos foram alocados em três grupos, assim constituídos: grupo I – 436 bezerras, com idade entre oito e 12 meses, castradas via flanco; grupo II –397 novilhas e vacas, que foram esterilizadas pelo mesmo método do grupo I; grupo III – 399 vacas ovariectomizadas por via vaginal, utilizando-se o emasculador de Chassaignac.Em avalia o das técnicas cirúrgicas, concluiu-se que a castra o pelo flanco foi o método de mais fácil execu o e que demandou o menor tempo de transoperatório. A análise pelo teste c2 indicou que a cirurgia via vaginal implicou menos complica es pós-operatórias que a via flanco, porém levou a um maior número de óbitos. A castra o via flanco é,– portanto, a técnica mais apropriada para a esteriliza o de fêmeas bovinas PALAVRAS-CHAVE: Ovariectomia, bovinos, pós-operatório.
ABRA ADEIRA DE NáILON: RESISTêNCIA à TRA O EM TESTES FíSICOS E SEU EMPREGO COMO CERCLAGEM NO FêMUR DE C ES
Afonso Henrique Miranda,Luiz Antnio Franco da Silva,Gilberto Antnio Tavares,Andréia Vitor Couto do Amaral
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: A abra adeira é uma fita de náilon 6.6 (poliamida -PA) e tem sido empregada, após esteriliza o, em vários procedimentos cirúrgicos, dentre os quais a redu o de fraturas de ossos longos. Neste estudo, primeiramente, avaliou-se a resistência à tra o dessas abra adeiras mediante testes de esfor o físico específicos, realizados em seu estado natural e autoclavado. Posteriormente, foi realizada uma avalia o qualitativa da resistência empregando-se a abra adeira na redu o ou na imobiliza o de fratura oblíqua de fêmur em c es, para verifica o da resistência do material a tra o e a seguran a de seu sistema de trava após sua aplica o. O dispositivo mostrou-se resistente à autoclavagem, aos testes de esfor o físico e à aplica o no foco de fratura. Concluiu-se que a abra adeira de náilon é resistente à tra o tanto em seu estado natural como após a autoclavagem e pode ser uma op o na fixa o de fraturas oblíquas de fêmur. PALAVRAS-CHAVES: C es, cerclagem, fêmur, fratura, náilon, poliamida.
CARACTERíSTICAS FíSICAS E MICROBIOLóGICAS DO CENTRO TENDíNEO DIAFRAGMáTICO BOVINO CONSERVADO EM GLICERINA A 98% E NO GLUTARALDEíDO A 4%
Rogério Elias Rabelo,Gilberto Antnio Tavares,Neusa Margarida Paulo,Luiz Antnio Franco da Silva
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: Realizaram-se testes físicos de tra o e alongamento até ruptura em dez tiras com 5 a 6 mm de largura, do exemplar in natura e dos respectivos exemplares conservados em glicerina a 98% e glutaraldeído a 4% por 30 dias para a avalia o da influência de ambos os conservantes sobre o tecido biológico, com vistas ao aproveitamento em cirurgias reparadoras. Paralelamente, avaliou-se a atividade anti-séptica dos conservantes, por meio de exames microbiológicos de fragmentos colhidos do material in natura e dos respectivos exemplares submetidos à conserva o. Os testes físicos mostraram que sete amostras conservadas em glutaraldeído a 4% suportaram maior for a de tens o, quando comparadas com os respectivos exemplares in natura e conservados em glicerina a 98%. Duas amostras apresentaram comportamento semelhante quanto ao ponto de rompimento, para ambos os conservantes. Apenas em uma amostra verificou-se que o material in natura apresentou um ponto de rompimento superior às amostras conservadas. Observou-se crescimento bacteriano apenas em quatro amostras no material in natura. Os mesmos exames realizados em amostras conservadas n o revelaram nenhum crescimento. Conclui-se que tanto a glicerina a 98%quanto o glutaraldeído a 4% demonstraram ser eficientes na conserva o do material, bem como na atividade bactericida durante o período de 30 dias.
ETIOLOGIA DA MASTITE CLíNICA BOVINA NA BACIA LEITEIRA DE GOI NIA ETIOLOGY OF THE BOVINE CLINICAL MASTITIS IN GOI NIA
Paulo César Moreira,Luiz Antnio Franco da Silva,Albenones José de Mesquita
Pesquisa Agropecuária Tropical , 2007, DOI: 10.5216/pat.v27i2.2971
Abstract: Estima-se que a presen a de mastite bovina em rebanhos produtores provoque perdas de produ o entre 5 e 35%, o que equivale de 85 a 500 milh es de dólares ao ano. Com o objetivo de mapear os patógenos envolvidos nesse processo e evidenciar os microrganismos com maior freqüência foram examinadas amostras de leite de 231 vacas, em diferentes estágios de lacta o, que apresentaram sinais de mastite clínica e eram pertencentes a 35 propriedades rurais da bacia leiteira de Goiania. Todas as amostras tiveram crescimento bacteriano positivo. Os principais agentes isolados foram o Staphylococcus coagulase positiva (32,90%), Streptococcus sp. (22,07%), Pseudomonas sp. (12,12%), Enterobacter sp. (10,38%), Corynebacterium sp. (8,65%), Escherichia coli (8,22%), Bacillus sp. (8,22%), Proteus sp. (6,49%), Klebsiella sp. (4,32%) e Staphylococcus coagulase negativa (3,46%). O gênero Nocardia foi isolado em 0,86 % dos casos. PALAVRAS-CHAVE: Mastite bovina; etiologia; microrganismos isolados. There is an estimate that the mastitis in dairy herds causes production losses between 5 and 35%, equivalent from 85 to 500 million dollars per year. 231 milk samples from 231 cows on different stages of lactation, with clinic mastitis, from 35 farms of Goiania, were analyzed in order to map the pathogens implicated in these process and to discover the microorganisms with major prevalence. All the samples had positive growth. The principal agents were Staphylococcus coagulase positive (32.90%), Streptococcus sp. (22.07%), Pseudomonas sp. (12.12%), Enterobacter sp. (10.38%), Corynebacterium sp. (8.65%), Escherichia coli (8.22%), Bacillus sp. (8.22%), Proteus sp. (6.49%), Klebsiella sp. (4.32%) and Staphylococcus coagulase negative (3.46%). The Nocardia genus was isolated in 0.86% of the cases. KEY-WORDS: Bovine mastitis; etiology; isolated microorganisms.
BACTERIA’S FREQUENCY ISOLATED FROM ENVIRONMENT, SURGICAL WOUNDS, VETERINARIANS AND SUPPORT STAFF: INFECTION IN A VETERINARY HOSPITAL FREQüêNCIA DE BACTéRIAS ISOLADAS NO AMBIENTE, EM FERIDAS CIRúRGICAS, EM MéDICOS VETERINáRIOS, ENFERMEIROS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM: INFEC O EM HOSPITAL VETERINáRIO
Maria Auxiliadora Andrade,Albenones José de Mesquita,Luiz Antnio Franco da Silva,Neuza Margarida Paulo
Pesquisa Agropecuária Tropical , 2007, DOI: 10.5216/pat.v22i1.2606
Abstract: Two hundred samples were collected from the environment from veterinary hospital, from the staff involved in the hospital work and from surgical wounds of dogs for bacteriological analysis. From 275 strains isolated, the Staphylococcus negative coagulases test showed the highest frequency 97(35.32%), followed by Streptococcus 45 (16.36%), Enterobacter 35 (12.72%) and Micrococcus 29 (9.81%). Bacteria of the genus Staphylococcus which might have had probable source from dogs were most susceptible to antibiotics and chemotherapics than those originated from the human being. Foram analisadas bacteriologicamente 200 amostras colhidas em ambiente de hospital veterinário, em pessoal envolvido nos trabalhos hospitalares e em feridas cirúrgicas de c es. Das 275 cepas isoladas, os Staphylococcus coagulase negativa apresentaram a maior freqüência 97 (35,32%), vindo a seguir o gênero Streptococcus 45 (16,36%), o Enterobacter 35 (12,72%) e o Micrococcus 27 (9,18%). As bactérias do gênero Staphylococcus, que se originaram provavelmente de c es, em geral, foram mais sensíveis aos antibióticos e aos quimioterápicos do que aquelas que se originaram provavelmente do homem.
SUSCEPTIBILITIES/RESISTANCE OF Staphylococcus coagulase POSITIVE AND Streptococcus sp. ISOLATED FROM THE MILK OF COWS PRESENTING CLINICAL MASTITIS IN MILK BASIN OF GOI NIA RESISTêNCIA DE Staphylococcus coagulase POSITIVA E Streptococcus sp. ISOLADOS DO LEITE DE VACAS COM MASTITE CLíNICA NA BACIA LEITEIRA DE GOI NIA
Paulo César Moreira,Luiz Antnio Franco da Silva,Albenones José de Mesquita
Pesquisa Agropecuária Tropical , 2007, DOI: 10.5216/pat.v27i2.2970
Abstract: It was verified the spectrum of susceptibilities/resistance of 76 samples of Staphylococcus coagulase positive and 51 samples of Streptococcus sp., isolated from milk of 231 cows presenting clinical mastitis. The diffusion method was used in plate of Kirby-Bauer, being tested ten active principles used in cases of clinical mastitis. Natural penicillin, chloranphenicol, tetraciclyne, kanamicyn, gentamicyn, nitrofurantoin, trimetopryn + sulfametoxazol, enrofloxacyn, perlimicyn and ceftiofur were tested. The samples of Staphylococcus coagulase positive presented a spectrum of larger resistance for the penicillin (78.9%), followed by trimetoprim + sulfametoxazol (59.2%) and nitrofurantoin (57.8%). The largest susceptibility frequency was found in enrofloxacyn (96%), in perlimicyn (94%) and in ceftiofur (94%). For the samples of Streptococcus sp. there was a profile resistance for penicillin (92%), chloranphenicol (74.5%) and trimetoprim + sulfametoxazol (52%). A sensibility profile was also verified for enrofloxacyn (96%), ceftiofur (92%) and perlimicyn (92%). KEY-WORDS: Bovine mastitis; resistance; susceptibilities. Verificou-se o espectro de sensibilidade/resistência de 76 cepas de Staphylococcus coagulase positiva e 51 cepas de Streptococcus sp., isolados do leite proveniente de 231 vacas que apresentaram mastite clínica. Utilizou-se o método de difus o em placa, segundo Kirby-Bauer, testando-se 10 princípios ativos: penicilina natural, cloranfenicol, tetraciclina, kanamicina, gentamicina, nitrofurantoína, trimetoprim + sulfametoxazol, enrofloxacina, perlimicina e ceftiofur. As cepas de Staphylococcus coagulase positiva apresentaram um espectro de resistência maior para a penicilina (78,9%), vindo a seguir trimetoprim + sulfametoxazol (59,2%) e nitrofurantoína (57,8%). A maior freqüência de sensibilidade foi encontrada frente à enrofloxacina (96%), secundada pela perlimicina (94%) e ceftiofur (94%). Já para as cepas de Streptococcus sp. encontrou-se um perfil de resistência para a penicilina de 92%, para o cloranfenicol de 74,5% e para o trimetoprim + sulfametoxazol de 52%, enquanto o perfil de sensibilidade para enrofloxacina foi de 96%, para ceftiofur, de 92%, e para perlimicina, de 92%. PALAVRAS-CHAVE: Mastite bovina; sensibilidade; resistência.
Page 1 /103890
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.