oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

4 ( 1 )

2019 ( 54 )

2018 ( 80 )

2017 ( 61 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 42974 matches for " Ana Archangelo Guimar?es "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /42974
Display every page Item
O Professor Construtivista: Desafios De Um Sujeito Que Aprende
Ana Archangelo Guimares
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: Este trabalho procurou refletir sobre a experiência vivida coletivamente na APAE de Presidente Prudente - SP, de junho de 1993 a junho de 1994. Nesse processo de investiga o, criou-se um espa o que, mais que verificar o que se explicitava e/ou ocultava nas falas e nas praticas de sala de aula pretensamente construtivistas, construiu uma metodologia de pesquisa capaz de estabelecer uma estrutura comunicativa, promover disposi es a conhecer e agir, de discutir e analisar a realidade. Construiu, também, um campo de estudo e de reflex o sobre a própria prática, num movimento de redescoberta da importancia da leitura e da teoriza o. Por fim, o estudo constatou que o maior desafio do professor que se pretende construtivista consiste na supera o do mascaramento do n o-saber, na busca de uma leitura do construtivismo realizada a partir de indaga es pr6prias, introjetadas e significativas.
O Amor e o ódio na Vida do Professor: Passado e Presente na Busca de Elos Perdidos
Ana Archangelo Guimares
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: O Amor e o ódio na Vida do Professor: Passado e Presente na Busca de Elos Perdidos
Conselho de Curso de Pedagogia: um Projeto em Movimento
Alberto Albuquerque Gomes,Ana Archangelo Guimares
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: Este texto e resultado da experiência vivida pelo Conselho de Curso de Pedagogia da Faculdade de Ciências e Tecnologia - UNESP de Presidente Prudente no ano de 1995, durante o período destinado ao planejamento das atividades didático-pedagógicas do curso e o trabalho desenvolvido no decorrer do ano letivo, buscando a integra o de conteúdos, o planejamento integrado dos conteúdos programáticos e supera o da dicotomia entre teoria e pratica.
O Significado da Indisciplina no Cotidiano da Escola
Ana Archangelo Guimares,Ana Claudia de Souza,Ivanice Trindade da Silva
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: Esta pesquisa procurou identificar e analisar diferentes manifesta es de indisciplina escolar e as raz es de sua ocorrência. Ao verificarmos as freqüentes queixas de professores quanto ao comportamento de seus alunos, decidimos buscar o sentido destes comportamentos considerados indisciplinados. Optamos pelo método de pesquisa qualitativa e participante, realizando entrevistas, observa es e análise das aulas de duas salas do período .vespertino em uma escola estadual. Verificamos que os atos considerados indisciplinados resultam em estigmas e persegui es, que fazem com que estes alunos, vistos como os piores da escola, introjetem esses conceitos, fragilizando a rela o professor-aluno. Entretanto, notamos que mesmo a sala escolhida como a mais indisciplinada da escola, pode reconstruir sua auto-imagem, refletindo claramente as atitudes do professor em rela o a ela.
O desenvolvimento da coes o: estratégias da passagem do contexto ao texto O desenvolvimento da coes o: estratégias da passagem do contexto ao texto
Ana Maria Guimares
Ilha do Desterro , 2008,
Abstract: Este artigo pretende apresentar os princfpios embasadores do estudo da coesao lingiiistica no texto produzido por criancas de 9 a 12 anos e resultados obtidos mediante a analise desse 'corpus', sintetizando algumas conclusOes de minha tese de doutorado (Guimaries 1990). Nesse estudo, coesio é vista como uma propriedade relacional da ocorrencia de elementoslingilisticos na superficie textual. Tais elementos se apresentam ligados entre si de modo a assegurar uma relacio significativa entre eles e a garantir o sentido e a unidade do texto. Esses elementos lingilisticos foram agrupados em quatro mecanismos ou recursos coesivos: referencia, seqiiencia temporal, conexio frasica e conexio interfrisica. No presente artigo, seri° explorados apenas os mecanismos de referencia e de seqilencia temporal.
O LUGAR DA INTERPRETA O NA METODOLOGIA DE PESQUISA SOCIAL
Ana Archangelo
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2010,
Abstract: Este artigo foi elaborado a partir de um esfor o de sistematiza o de algumas quest es referentes à pesquisa que se prop e a estudar fen menos sociais tendo a psicanálise como aporte teórico-metodológico. As idéias defendidas aqui se articulam em torno de um diálogo com o texto de Clarke (2002) e da reflex o sobre uma experiência de pesquisa relacionada ao campo da Educa o. Entre outros aspectos, Clarke discute o papel da entrevista na pesquisa, e defende que a interpreta o psicanalítica n o tem lugar no momento da entrevista; interpreta o é dos dados coletados. A tese central neste trabalho, ao contrário, defende a relevancia da interpreta o da transferência estabelecida no processo de entrevista, guardados, evidentemente, alguns cuidados. Isso permite um vínculo diferenciado entre pesquisador e pesquisado, pois ligado à comunica o inconsciente que se estabelece entre eles. Permite ainda a melhor delimita o do objeto de pesquisa e contribui para a compreens o da dinamica social que se quer investigar. Para isso, é preciso que o pesquisador fa a uso de alguns procedimentos metodológicos originados na psicanálise, mas n o exclusivos dela. A discuss o final conclui que ao introduzir o inconsciente na investiga o de quest es sociais, o pesquisador introduziu-se a si mesmo como sujeito do inconsciente e precisa construir instrumentos metodológicos capazes de apreender os conteúdos determinados pela intera o entre os inconscientes e a temática da pesquisa.
Como as linguagens significam as coisas
Ana Maria Guimares Jorge
Galáxia , 2008,
Abstract:
Pensamento e Complexidade: algumas reflex es
Ana Carolina Andrade Guimares
Revista Letrando , 2012,
Abstract: Aborda-se o homo sapiens, enquanto sujeito pensante e cognoscente, contrapondo-se as ideias de Morin e Lipman às de Battisti e Descartes. Os primeiros prop em a quest o da complexidade e abrangência do conhecimento e dos seus tipos, culminando na ideia do pensar bem; Battisti e Descartes desenvolvem sua tese partindo do pressuposto de que existe um método para o alcance do conhecimento pertinente e que o homem consegue colocá-lo em prática.
Simplifica??o do índice CPO dos 18 aos 25 anos
Guimares,Luiz O. C.; Guimares,Ana M. R.;
Revista de Saúde Pública , 1990, DOI: 10.1590/S0034-89101990000500009
Abstract: the dmf index can be estimated at double the value observed in the exam of two hemiarchs (upper right and lower left), or at four times the value obtained from six teeth (first molar and central incisor upper right, first bicuspid upper left, second molar and lateral incisor lower left and second bicuspid lower right. the estimates were made by the use of methods of descriptive statistics, averages, percentages and the coefficient of the prevalence of caries, in a sample of 100 people, aged from 18 to 25 years.
Hiperalgesia visceral e dor abdominal cr?nica: abordagem diagnóstica e terapêutica
Kraychete, Durval Campos;Guimares, Ana Cristina;
Revista Brasileira de Anestesiologia , 2003, DOI: 10.1590/S0034-70942003000600014
Abstract: background and objectives: chronic abdominal pain is one of the most frequent reasons for medical consultation. there is, however, no well-established protocol for its diagnostic approach and, most of the times, investigation becomes an expensive and invasive medical practice. this review aimed at explaining visceral pain pathophysiology and establishing diagnostic and therapeutic goals for these patients, based on specific criteria. contents: chronic nonspecific or functional abdominal pain is a complex interaction among impaired motility, visceral hypersensitivity and inadequate neuroendocrine and psychosocial responses. peripheral and central nociception mechanisms seem to be involved in visceral hyperalgesia. diagnosis requires detailed history and clinical evaluation, taking into consideration rome ii criteria. based on known or assumed pathophysiological mechanisms, new drugs have been researched, and some have been more recently used to control abdominal pain, such as 5-ht4 receptor agonists and sodium channel blockers. conclusions: chronic pathophysiological abdominal pain mechanisms are still not well understood. therapy and diagnosis require the understanding of such mechanisms, as well as of rome ii criteria. on the other hand, good patient-physician relationship and multidisciplinary team?s performance seem to be critical in improving treatment response and patients? quality of life.
Page 1 /42974
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.