oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

4 ( 1 )

2019 ( 15 )

2018 ( 39 )

2017 ( 40 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 73916 matches for " modelos de carreira "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /73916
Display every page Item
RECOMPOSI O DA RELA O SUJEITO -TRABALHO NOS MODELOS EMERGENTES DE CARREIRA
Pedro F. Bendassolli,Pedro F. Bendassolli,Pedro F. Bendassolli
Revista de Administra??o de Empresas , 2009,
Abstract: Nosso objetivo neste artigo é analisar a recomposi o da rela o sujeito-trabalho presente em modelosemergentes de carreira concebidos na confluência de tradi es sociológicas, psicológicas e gerenciais.Utilizamos o termo recomposi o, pois esses modelos têm em comum a partilha de um humor de épocaque se generalizou especialmente nos últimos quarenta anos, consistindo em enfatizar a fragiliza o,a precariza o, a desmontagem e a consequente necessidade de transforma o dos modelos de carreiratradicionais, calcados em torno da no o de emprego herdada da sociedade industrial. Apresentamose analisamos os pressupostos centrais de oito modelos emergentes de carreira e questionamos como, apartir deles, sujeito, trabalho e organiza es s o reelaborados em resposta à desinstitucionaliza o doemprego observada no mesmo período em que eles foram propostos. Concluímos propondo que os modelosemergentes de carreira s o dispositivos discursivos cuja crítica pode nos trazer informa es valiosassobre as ambiguidades e tens es do trabalho na atualidade.
A Percep o sobre Carreira dos Funcionários de uma Empresa Automotiva do Rio Grande do Sul
Anne Griza,Patrícia Augusta Pospichil Chaves Locatelli,Julia Vaz Lorenzetti,Angela Beatriz Busato Garay
Revista Organiza??es em Contexto , 2012,
Abstract: Os estudos sobre carreira têm se mostrado relevantes na área de gest o de pessoas, entretanto, a maioria das pesquisas relativas ao tema é voltada a gerentes e diretores de grandes corpora es. Este artigo, por sua vez, tem como objetivo conhecer a percep o sobre carreira de funcionários das áreas administrativa e de produ o de uma empresa automotiva situada na regi o metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Esta pesquisa, com abordagem qualitativa, caracteriza-se como um estudo de caso de natureza exploratório-descritiva. O quadro teórico utilizado contempla o contexto histórico das teorias de carreira, suas concep es e significados e sua gest o. Para obten o dos dados, utilizaram-se entrevistas semiestruturadas, realizadas com doze funcionários. A escolha dos respondentes considerou que eles n o ocupassem cargos de gerência ou dire o na organiza o, bem como seu nível de escolaridade. Os dados obtidos foram analisados quanto ao conteúdo e revelaram que a maioria dos entrevistados entende carreira como sin nimo de evolu o ou ascens o profissional. Esses funcionários, de níveis hierárquicos inferiores, relacionam sua permanência na organiza o ao oferecimento de possibilidades de satisfa o pessoal, crescimento e motiva o profissional.
O Papel dos Valores Pessoais nas Decis es de Carrreira
Gisele Seabra Abrahim
Contextus , 2008,
Abstract: O objetivo deste artigo é analisar o papel dos valores pessoais nas decis es de carreira. Desse modo, o referencial teórico apresenta um sistema conceitual fundamentado nos estudos de Schein e Rokeach sobre carreiras e valores. A pesquisa de campo propiciou a aplica o simultanea da Escala de Valores de Rokeach e de ancoras de carreira junto a uma amostra de 43 indivíduos selecionados por acessibilidade. A análise dos dados recebeu tratamento estatístico de tabula o simples para obter a hierarquia de valores instrumentais e terminais pela média aritmética da importancia atribuída a cada valor pelos indivíduos que possuem a mesma ancora. Concluiu-se, que há coerência entre os resultados e a hipótese desta pesquisa de que os indivíduos com as mesmas ancoras atribuem importancia semelhante aos valores que guiam suas vidas, contudo demanda-se em pesquisas futuras a utiliza o de procedimentos estatísticos capazes de verificar correla es entre as ancoras e os valores.
Plano de Carreira nos Sistemas de Gest o Público e Privado: Uma Discuss o a luz das Teorias Motivacionais
Marcelo da Silva Schuster,Valéria da Veiga Dias
Revista de Administra??o IMED - RAIMED , 2012,
Abstract: Este artigo apresenta de forma sucinta um ponto de vista sobre o uso do plano de carreira nas organiza es, focando na intensa competitividade presenciada nos últimos anos, apresentando este como uma ferramenta de gest o para o setor de recursos humanos nas organiza es. é sabido que a diferen a das organiza es está centrada nos talentos humanos e sua capacidade de gerar resultados através deles, o bom uso dos recursos tecnológicos disponibilizados pela organiza o. Apresenta-se uma descri o do tema plano de carreira no contexto motivacional visando à reflex o acerca da influência ou n o do plano ou organiza o da carreira na motiva o dos colaboradores e seu desenvolvimento profissional, averiguando através de estudos existentes se a ferramenta pode ser uma fonte de reten o de talentos no mercado de trabalho. Em rela o as considera es sobre o tema, cabe destacar que o plano de carreira pode ser um atrativo nas organiza es para a busca e reten o de talentos corporativos no cenário competitivo que vivenciamos, dependendo apenas da op o de uso dela ou n o dentro do plano de gest o da organiza o.
RETAINING TALENTS ON THE SECRETARY PROFESSION RETEN O DE TALENTOS NA PROFISS O DE SECRETARIADO
Maria do Carmo Ferreira Lima,Marina Santana,Tatiane Ribeiro dos Santos
Revista de Gest?o e Secretariado , 2011,
Abstract: In the corporate world too is invested in technology, specialized processes and techniques increasingly advanced as to achieve the planned growth targets. But there is one factor that is behind all the techniques and processes to be adopted, one item without which nothing would work: the human factor. In the current scenario, it is necessary to know the professional expectation of every employee and seek to meet them. Due to the passage of the Industrial Age to the Information Age, organizations look to service provider’s brain; need the skills with his hands, but the ability of the brain is more valued. Research shows that today, which attracts professionals secretariat is the Career Plan. Remuneration is fixed or variable, has become an item until the second or third priority. This is because the profile of these professionals is to seek personal and professional growth. These data are confirmed in the primary research developed in this work. Most respondents, especially young people, consider a career as a major priority. Based on what was analyzed and compared to academic studies discussed during the work, confirm that is correct there is a trend confirmed in primary and secondary research that the salary is out of the picture when it comes to retaining talent. More than that, to retain the talent it takes to study it, because as noted the priority will vary according to personal and professional phase in which the individual and meets. No mundo corporativo muito se investe em tecnologia, processos especializados e técnicas cada vez mais avan adas para se alcan ar as t o planejadas metas de crescimento. Porém, há um fator que está por trás de todas as técnicas e processos a ser adotado, um item sem o qual nada funcionaria: o fator humano. No cenário atual, é preciso conhecer a expectativa profissional de cada funcionário e procurar atendê-las. Devido à passagem da Era Industrial para a Era da Informa o, as organiza es buscam fornecedores de servi os cerebrais; necessitam das habilidades com as m os, mas a habilidade do cérebro é mais valorizada. Pesquisas apontam que hoje, o que mais atrai os profissionais de secretariado é o Plano de Carreira. Remunera o, seja fixa ou variável, tornou-se um item de segunda ou até terceira prioridade. Isto se dá porque o perfil destes profissionais é buscar crescimento pessoal e profissional. Estes dados ficam comprovados na pesquisa primária elaborada neste trabalho. A maioria dos profissionais entrevistados, especialmente os jovens, considera a carreira como sua maior prioridade. Com base no que foi analisado e
Building up a teacher's career: a secondary school teacher's case Construindo a carreira docente: o caso de um professor de 2o grau.
Ellsabeth Márcia Martucci
Semina : Ciências Sociais e Humanas , 1996, DOI: 10.5433/
Abstract: Analysis and description of a secondary school teacher's career, including personal development, professionalization and socialization process, using (auto) biographical methodology to identify general tendencies in background formation together with empirical studies of other teacher's professional life. Análise do processo de constru o da carreira docente de um professor secundário em nosso país, com a utiliza o do método (auto) biográfico, com os objetivos de compreender seu percurso profissional em rela o ao desenvolvimento profissional, que compreende as perspectivas do desenvolvimento pessoal, da profissionaliza o e da socializa o, e identificar tendências gerais de forma o pelo cotejo com estudos empíricos já realizados sobre os ciclos de vida profissional dos professores.
Professores, desencanto com a profiss o e abandono do magistério
Lapo Flavinês Rebolo,Bueno Belmira Oliveira
Cadernos de Pesquisa , 2003,
Abstract: Ao examinar a quest o do abandono do magistério público na rede de ensino do Estado de S o Paulo, este artigo teve como principal objetivo compreender de que modo esse processo é tecido ao longo da vida e da experiência profissional dos professores. O estudo focalizou o período de 1990-1995 e se baseou em dados quantitativos, obtidos na Secretaria Estadual de Educa o, a partir dos quais verificou-se, no interregno, um aumento da ordem de 300% nos pedidos de exonera o do magistério, e em dados qualitativos, obtidos de um questionário, enviado a 158 ex-professores da rede pública, e de 16 entrevistas sobre histórias de vida profissional. As análises evidenciam que, além dos baixos salários, as precárias situa es, a insatisfa o no trabalho e o desprestígio profissional est o entre os fatores que mais contribuem para que os professores deixem a profiss o docente. Mostram também que esse processo acontece lentamente, por meio de uma série de mecanismos pessoais e institucionais de que os docentes fazem uso, até que ocorra o abandono definitivo.
Gera o dos diagramas de execu o de modelos de lapida o de gemas
Alexandre Lazaretti Zanatta,Alvaro Postal,Juliano Tonezer da Silva,Marcos José Brusso
Revista Brasileira de Computa??o Aplicada , 2010, DOI: 10.5335/rbca.2012.704
Abstract: A lapida o é uma técnica para modelar determinados tipos de materiais. Este trabalho apresenta uma solu o para gera o de diagramas de execu o para o processo de lapida o de gemas. Os indícios e as reflex es apresentadas nesse trabalho indicam que com o uso dos diagramas gerados o processo de lapida o de gemas pode ser mais produtivo. Stone cutting is a technique for modeling certain kinds of materials. This paper presents a solution for the generation of performance diagrams for the gemstones cutting process. The evidences indicate that with the use of these generated diagrams the stone cutting process can be more productive.
A IMPORT NCIA DAS REDES SOCIAIS E DO GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA A INSER AO NO MERCADO DE TRABALHO
Márcia Crespo Ferreira
Revista PRETEXTO , 2006,
Abstract: oprocesso de empregabilidade contém desafios e obstáculos que só poder o ser enfrentados mediante o gerenciamento de carreira, com investimento em pesquisas sobre orienta o, planejamento e desenvolvimento de competências individuais, principalmente quanto ao fator relacionamento intelpessoal "O diferencial exigido pelo mercado deve ser buscado pelo profissional em fontes extracurriculares, em cursos de pós-gradua o ou nas oportunidades oferecidas pelas próprias empresas, afinal, o responsável direto pela defesa da carreira é o próprio profissional" (MALSCHITZKY, 2001). "Atualmente, praticamente n o há como conseguir um bom emprego se n o houver a utiliza o da rede social do individuo" (MINARELLI, 2005). "Este artigo tem como objetivo mostrar a importancia do gerenciamento de carreira, do autoconhecimento, do desenvolvimento da rede social e do aprimoramento do conhecimento para a inser o no mercado de trabalho.
As Concep es de Professores de Matemática em Início de Carreira sobre as Contribui es da Forma o Inicial para a Utiliza o das Tecnologias de Informa o e Comunica o
Reginaldo Fernando Carneiro,Cármen Lúcia Brancaglion Passos
Bolema: Boletim de Educa??o Matemática , 2010,
Abstract: Este artigo prop e-se a discutir as possíveis contribui es que o curso de Licenciatura em Matemática da UFSCar proporcionou para a atua o docente de professores em início de carreira na utiliza o das Tecnologias de Informa o e Comunica o (TIC). As concep es sobre as TIC expressas por professores egressos do curso foram captadas através de questionários e entrevistas semiestruturadas. Os resultados evidenciaram que o curso de Licenciatura em Matemática da UFSCar proporcionou o contato dos professores formados com ambientes de discuss o e reflex o sobre as potencialidades, as dificuldades e os limites da utiliza o das tecnologias em algumas disciplinas do curso. Há indícios de que práticas tais como discuss es sobre as potencialidades e os limites da utiliza o das tecnologias, pesquisas, análises e manuseio de softwares, vídeos e outras atividades para o ensino de Matemática, bem como a elabora o de aulas simuladas com tecnologias na forma o inicial, podem impactar positivamente a atua o pedagógica dos professores.
Page 1 /73916
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.