oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

2017 ( 1 )

2013 ( 38 )

2012 ( 108 )

2011 ( 94 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 870 matches for " alto desempenho "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /870
Display every page Item
Performance and carcass characteristics of feedlot Nellore bulls receiving high concentrate diets with different tannin levels Desempenho e características de carca a de bovinos Nelore confinados recebendo dietas de alto teor de concentrado com diferentes níveis de tanino
Antonio Sartor Neto,Edson Luis de Azambuja Ribeiro,Ivone Yurika Mizubuti,Elzania Sales Ferreira
Semina : Ciências Agrárias , 2011,
Abstract: This study had the objective of evaluating the nutrients intake, the performance and carcass characteristics of confined bovines, submitted to high grain diets with the inclusion of different levels of tannin concentrate. Twenty-seven non castrated Nelore were used. The average age and weight at the beginning of the experiment were 18 to 20 months and 317.7 ± 29.8 kg. Treatments had similar formulation, but varying only in the inclusion of tannin, where the control treatment had no tannin added, and the treatment 2 (0.2 TAN) had 0.2% and the treatment 3 (0.4 TAN) had 0.4% in the dry matter. Non hydrolyzed sugar cane bagasse was the only roughage used (13% of the diet dry matter). The other 87% of the diet was composed by a concentrate (corn grain, whole cottonseed, soybean meal, urea and mineral nucleus). It was used a completely randomized design. Treatments did not present statistical differences (P > 0.05) for nutrients intake, feed conversion, weight gain and carcass characteristics. Then the use of concentrated tannin up to 0.4% of the diet is not recommended. O objetivo deste trabalho foi avaliar o consumo de nutrientes, o desempenho e as características de carca a de bovinos em confinamento submetidos a dietas com alto teor de concentrado, adicionados de diferentes níveis de um produto comercial de tanino. Foram utilizados 27 bovinos da ra a Nelore, machos n o castrados com idade de 18 a 20 meses e peso médio de 317,7 kg ± 29,8 kg no inicio do experimento. Os tratamentos consistiram de formula es semelhantes, variando apenas na inclus o de tanino, sendo o tratamento controle sem adi o de tanino, o tratamento 2 (0,2 TAN) com 0,2% e o tratamento 3 (0,4 TAN) com 0,4% da matéria seca. O baga o de cana-de-a úcar cru foi utilizado como fonte exclusiva de volumoso e representava 13% da matéria seca da dieta, sendo os 87% restantes composto por concentrado (milho, caro o de algod o, farelo de soja, uréia e núcleo mineral). O delineamento adotado foi o inteiramente casualizado. Os tratamentos n o apresentaram diferen as estatísticas (P > 0,05) no consumo de nutrientes, convers o alimentar, ganhos de peso e características de carca a. Portanto o uso de até 0,4% de tanino concentrado na dieta n o é recomendado.
Concretos de alto desempenho: um novo conceito em refratários
Pileggi R. G.,Studart A. R.,Inocentinni M. D. M.,Pandolfelli V. C.
Ceramica , 2002,
Abstract: A história recente da indústria de refratários tem sido caracterizada pela contínua evolu o dos concretos. Atualmente, s o comuns os auto-escoantes, os bombeáveis, os de proje o, além dos tradicionais vibráveis, entre outros. Contudo, a classe reológica de um concreto define sua distribui o granulométrica, a qual também é responsável pelo comportamento de mistura, velocidade de secagem, consumo de água, fluência do material, etc. O presente trabalho teve como objetivo desenvolver um novo tipo de concreto, denominado de Alto Desempenho, o qual alia fácil mistura, fluidez elevada com baixo consumo de água, alta velocidade de secagem e reduzida deforma o por fluência. As formula es estudadas foram projetadas no software PSDesigner, sendo misturadas e avaliadas em um re metro para concretos. Os resultados demonstram que determinadas composi es, baseadas no modelo de Andreasen com q = 0,26, resultam em concretos de alto desempenho.
MECHANICAL BEHAVIOR OF HIGH PERFORMANCE CONCRETE WITH RECYCLED AGGREGATES = ESTUDO MEC NICO DO CONCRETO DE ALTO DESEMPENHO COM AGREGADO RECICLADO
Maria da Consola??o Fonseca Albuquerque,Aparecido Carlos Gon?alves
Holos Environment , 2010,
Abstract: The utilization of recycled aggregates can minimize environmental impact, and decreases the consumption of natural resources used for concrete applications. However, recycled aggregates are not suitable for use in the production of High Performance Concrete (HPC) due to their relatively high absorption capacity, instable properties and weaker strength. Such difficulties can be overcome through selection and partial substitution of aggregates. In this paper, recycled aggregates generated from demolished-construction wastes were selected and different perceptual were substituted through natural aggregates for application in the HPC. Results show that specimens containing partially recycled aggregates are optimum for producing normal strength recycled aggregates concrete. = A utiliza o de agregados reciclados em concreto, além de minimizar o impacto ambiental diminui o enorme consumo de fontes naturais. Entretanto, os agregados reciclados n o s o usados na produ o de Concreto de Alto Desempenho (CAD) devido à alta capacidade de absor o de água, propriedades instáveis e fraca resistência. Tais dificuldades podem ser minimizadas com a sele o e a substitui o parcial do agregado. No presente trabalho os agregados, gerados de demoli o das constru es, foram selecionados e diferentes porcentagens do mesmo foram usadas em substitui o ao agregado natural para confec o do CAD. Os resultados mostraram que o agregado reciclado pode substituir parcialmente o agregado natural, para o mesmo tra o, sem perda de resistência e com uma altera o bastante pequena na rela o água/ cimento das composi es estudadas, havendo necessidade de uma maior quantidade de água para se obter um abatimento igual ao obtido para o concreto sem adi o de resíduo.
Concreto oncreto de alto desempenho aplicado em pilares sob carga excêntrica = High performance concrete applied in columns under eccentric loading
Romel Dias Vanderlei,José Samuel Giongo
Acta Scientiarum : Technology , 2007,
Abstract: Este trabalho analisa o comportamento de pilares feitos com concreto de alto desempenho, com resistência média à compress o de 80 MPa, submetidos à compress o excêntrica. Os pilares apresentam se o transversal retangular de 15 x 30 cm e comprimento livre de 174 cm. S o analisados seis pilares, em que as variáveis s o as taxas de armaduras transversais e longitudinais. Foram montados dispositivos de vincula es e sistema de transferências de for as, procurando aproximar as situa es de ensaios às do modelo teórico pretendido. Os pilares com menores taxas de armadura transversal tiveram ruptura frágil com flambagem das barras das armaduras longitudinais. Os pilares com maiores taxas de armadura transversal apresentaram ruptura com ductilidade e esmagamento do concreto do lado mais comprimido. Utilizaram-se modelos teóricos para obter os valores estimados das for as últimas e momentos fletores últimos, e estes foram comparados com os encontrados experimentalmente. This paper analyzes the behavior of columns under eccentric loading, with concrete compressive strength of around 80 MPa. The columns have cross section area of 15 x 30 cm at the test region, and an effective length of 174 cm. Six columns were tested. The main variables are the stirrup volumetric ratio and the longitudinal steel ratio. Articulation devices and load application devices were mounted in order to approach the proposed theoretical model as much as possible. The columns with smaller stirrup volumetric ratio showed a brittle mode of failure accompanied by the buckling of the longitudinal reinforcement. Differently, the columns with larger stirrup volumetric ratio presented ductile failure accompanied by concrete crushing on the most compressed side of the column. Theoretical models were used to obtain values of the maximum axial loads andultimate flexural moment. The results were compared with the experimental ones obtained in the tests.
Polímeros e a indústria automobilística
Hemais Carlos A.
Polímeros , 2003,
Abstract: Gradativamente, devido a raz es econ micas e tecnológicas, nos últimos trinta anos, os plásticos passaram a ocupar um lugar de destaque como um dos materiais mais utilizados pela indústria automobilística. Este trabalho tem por objetivo identificar a intensidade do uso de polímeros pela indústria automobilística brasileira. Inicialmente é apresentada uma classifica o dos polímeros, de acordo com suas características técnicas e econ micas. Em seguida, é feita uma breve explana o sobre a indústria de polímeros no Brasil, bem como sobre a indústria automobilística, com seu grande potencial de atrair inova es tecnológicas. S o apresentados, também, os principais polímeros com aplica o no automóvel. Por último, é discutida a quest o da inova o tecnológica na indústria brasileira de polímeros, tendo como fator catalisador a indústria automobilística.
Biological and physicochemical stability of ceftazidime and aminophylline on glucose parenteral solution
Carolina Alves dos Santos,Laura Oliveira-Nascimento,Marcos Camargo Knirsch,Marco Ant?nio Stephano
Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences , 2012,
Abstract: Ceftazidime is a broad spectrum antibiotic administered mainly by the parenteral route, and it is especially effective against Pseudomonas aeruginosa. The period of time in which serum levels exceed the Minimum Inhibitory Concentration (MIC) is an important pharmacodynamic parameter for its efficacy. One of the forms to extend this period is to administer the antibiotic by continuous infusion, after prior dilution in a Parenteral Solution (PS). The present work assessed the stability of ceftazidime in 5% glucose PS for 24 hours, combined or not with aminophylline, through High Performance Liquid Chromatography (HPLC). The physicochemical evaluation was accompanied by in vitro antimicrobial activity compared MIC test in the 24-hour period. Escherichia coli and Pseudomonas aeruginosa were the microorganisms chosen for the MIC comparison. The HPLC analysis confirmed ceftazidime and aminophylline individual stability on PS, while the MIC values were slightly higher than the mean described in the literature. When both drugs were associated in the same PS, the ceftazidime concentration by HPLC decreased 25% after 24 hours. Not only did the MIC values show high loss of antibiotic activity within the same period, but also altered MIC values immediately after the preparation, which was not detected by HPLC. Our results indicate that this drug combination is not compatible, even if used right away, and that PS might not be the best vehicle for ceftazidime, emphasizing the importance of the MIC evaluation for drug interactions. Ceftazidima é um antimicrobiano administrado por via parenteral, que apresenta amplo espectro de a o, principalmente contra Pseudomonas aeruginosa. O tempo em que a concentra o sérica de ceftazidima permanece acima da concentra o mínima inibitória (MIC) é um importante parametro farmacodinamico para a determina o da eficácia antimicrobiana e pode ser potencializado através da utiliza o de infus o contínua em solu es parenterais (PS). Este artigo visa a avaliar a estabilidade da ceftazidima em solu o de glicose 5%, na presen a e na ausência do fármaco aminofilina, através de cromatografia líquida de alta eficiência HPLC e MIC durante o período de 24 horas. Os microorganismos selecionados para a determina o do MIC foram Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa. Os ensaios em cromatógrafo líquido confirmaram a estabilidade dos fármacos ceftazidima e aminofilina quando s o individualmente associados em PS, enquanto os valores de MIC ficaram maiores que os valores encontrados na literatura. Quando ambos os fármacos foram associados na m
Efeitos de diferentes fontes de concentrado sobre o consumo e a produ o de cordeiros na fase de termina o
ítavo Camila Celeste Brand?o Ferreira,Morais Maria da Gra?a,ítavo Luís Carlos Vinhas,Souza Andréa Roberto Duarte Lopes de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2006,
Abstract: Objetivou-se avaliar os efeitos dos gr os de milho e sorgo, secos ou ensilados úmidos, sobre o consumo de nutrientes e o desempenho de cordeiros em confinamento. O confinamento teve dura o de 77 dias e foi dividido em dois períodos: no primeiro (35 dias), utilizou-se como volumoso capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.), na propor o de 50:50 e, no segundo (42 dias), feno de capim-braquiária (Brachiaria brizantha), na propor o de 30:70. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em blocos, de acordo com o peso, conforme os tratamentos, que consistiram de diferentes fontes de alimento concentrado energético: silagem de gr o úmido de milho; silagem de gr o úmido de sorgo; gr o seco de milho; e gr o seco de sorgo. Os consumos de MS, em g/dia, em %PV e em PV0,75, n o diferiram entre os animais alimentados com gr os de milho e sorgo, secos ou úmidos, e capim-elefante cv. Napier, com média de 920,79 g/dia; 3,59% e 81,01 g/kg PV0,75. Os gr os de milho e de sorgo ensilados úmidos, quando comparados aos gr os secos, proporcionaram melhor ganho de peso (0,17 vs 0,13 e 0,19 vs 0,13 kg/dia), convers o (5,57 vs 6,37 e 5,05 vs 6,86) e eficiência alimentar (17,95 vs 15,69 e 19,79 vs 14,74). O uso de gr os de sorgo, secos e úmidos, em dietas à base de feno de capim-braquiária, resultou em maior ganho de peso, ao passo que o de gr os secos de sorgo promoveu melhor convers o alimentar. Na propor o volumoso:concentrado 50:50, os gr os de milho e sorgo ensilados proporcionaram melhores ganhos de peso, convers o e eficiência alimentar que os gr os secos. Em dietas com maior participa o de concentrado (propor o 30:70), fontes de maior degradabilidade (milho) influenciaram negativamente o ambiente ruminal, resultando em desempenho inferior.
Uso da Farinha Integral da Vagem de Algaroba (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) na Alimenta o de Codornas Japonesas
Silva José Humberto Vilar da,Oliveira José Nilton Corrêa de,Silva Edson Lindolfo da,Jord?o Filho José
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Um experimento foi realizado para testar a inclus o da farinha integral de vagem de algaroba (FVA) nos níveis de 0; 5; 10; 15; 20 e 25% na alimenta o de codornas japonesas. Foram utilizadas 216 codornas com 160 dias de idade e peso vivo de 189 g, distribuídas num delineamento inteiramente ao acaso. As variáveis estudadas foram obtidas em três períodos de 21 dias. O consumo e a massa de ovos do tratamento controle foram superiores aos do tratamento com 25% de FVA. Excluindo-se o controle, o consumo de ra o, produ o de ovos, massa de ovos e convers o por massa de ovos foram afetadas de forma quadrática pelos níveis de inclus o de FVA. Recomenda-se a inclus o de FVA em até 15% ou 150 g/kg em ra es isoenergéticas e isoprotéicas sem afetar, adversamente, o desempenho de codornas.
Efeitos da monensina no desempenho de bezerras leiteiras em crescimento
Salles Márcia Saladini Vieira,Zanetti Marcus Antonio,Conti Renata Maria Consentino,Lima César Gon?alves de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: Foi estudado o efeito da suplementa o de monensina sobre o desempenho de 32 novilhas Holandesas em crescimento, com peso médio de 84 kg, durante quatro meses . Os animais suplementados com monensina apresentaram maior peso e perímetro torácico aos 90 e 120 dias de experimenta o, maior ganho de peso, mostrando um valor de 26,56% maior do que os animais controle. N o foi observada diferen a no comprimento corporal e glicose sangüínea, enquanto a altura na cernelha apresentou tendência a valores mais altos nos animais suplementados. Concluiu-se que a suplementa o de monensina resultou em maior desenvolvimento dos animais, podendo proporcionar precocidade reprodutiva e produtiva de novilhas leiteiras de reposi o.
Avalia o das Farinhas de Peixe e Pena, no Confinamento de Bezerros Leiteiros Desmamados, Através de Dietas Calculadas em Termos de Proteína Bruta ou de Proteína Metabolizável
Oliveira Marcus Vinicius Morais de,Sanchez Luis Maria Bonecarrère,Vargas Júnior Fernando Miranda,Pérez Juan Ramón Olaquiaga
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Os objetivos deste trabalho foram avaliar três fontes protéicas - o farelo de soja e as farinhas de peixe e de pena - e dois métodos de cálculo de ra es - o calculado em termos de proteína bruta (PB), segundo recomenda es do NRC (1988), e o proposto pelo AFRC (1993), calculado em termos de proteína metabolizável (PM) - através do desempenho de bezerros leiteiros. Os animais foram confinados e submetidos a cinco dietas, que variavam apenas as fontes protéicas em sua composi o, assim discriminadas: FS- Farelo de Soja, FPx- Farinha de Peixe, FPn- Farinha de Pena, FPxU- Farinha de Peixe e Uréia, e FPnU- Farinha de Pena e Uréia. Forneceu-se uma dieta completa, composta de 40% de silagem de sorgo e 60% de concentrado, na MS. Todos os tratamentos possuíam cerca de 2,56 Mcal/kg MS de energia metabolizável, sendo os tratamentos FS, FPx e FPn calculados pelo sistema de PB, possuindo 18% de PB, e os tratamentos FPxU e FPnU, calculados pelo sistema de PM, possuindo 16,3% de PB e uma mesma quantidade de proteína metabolizável que o tratamento FS, com 112,0 gramas de PM/dia. Individualmente, os tratamentos n o apresentaram diferen as significativas (P>0,05) no peso vivo final, no ganho de peso diário e no consumo de matéria seca, havendo diferen as apenas na convers o alimentar. A melhor convers o alimentar ocorreu no tratamento FPx, e a pior, no tratamento FPnU. Concluiu-se que o método de cálculo utilizando PM proporcionou resultados semelhantes aos do método de PB. Os tratamentos com farinha de peixe proporcionaram maiores ganhos de peso, menores consumos e melhor convers o alimentar que os tratamentos com farinha de pena, permanecendo o tratamento farelo de soja com o ganho de peso intermediário.
Page 1 /870
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.