oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

2019 ( 27 )

2018 ( 54 )

2017 ( 50 )

2016 ( 37 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 19753 matches for " Wagner dos;Jobim "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /19753
Display every page Item
Características da carca?a de cordeiros alimentados com dietas contendo gr?os de milho conservados em diferentes formas
Reis, Wagner dos;Jobim, Clóves Cabreira;Macedo, Francisco A. F.;Martins, Elias Nunes;Cecato, Ulysses;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001, DOI: 10.1590/S1516-35982001000500026
Abstract: the objective of this study was to evaluate the use of corn grains in different forms (corn dry grain, high moisture corn silage, moisturized corn silage) in the diet of confined lambs, and its possible effects on the qualitative and quantitative characteristics of the carcass. twenty male bergamacia x corriedade lambs were used. the animals were confined and fed ad libitum, assigned to five treatments consisted of dry corn: high moisture corn silage or moisturized corn silage (0:100, 50:50, 100:0). there was not effect of the treatments on the main carcass characteristics. the average true yield of carcass was 51.5%, while the yield of commercial carcass was 42.4%. differences were not observed between the variable body condition and conformation of the carcass, in function of the treatments. the variables fat covering, fat color and fat thickness were similar. the forms of the corn grains used in the feeding of the lambs did not affect the qualitative and quantitative characteristics of the carcass.
Características da carca a de cordeiros alimentados com dietas contendo gr os de milho conservados em diferentes formas
Reis Wagner dos,Jobim Clóves Cabreira,Macedo Francisco A. F.,Martins Elias Nunes
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar o uso de gr os de milho em diferentes formas (gr os secos, silagem de gr os úmidos, gr os hidratados e ensilados) na dieta de cordeiros confinados, e seus possíveis efeitos sobre a qualidade da carca a, compreendendo avalia es quantitativas e qualitativas. Vinte cordeiros machos cruza Bergamácia x Corriedade foram utilizados. Os animais foram confinados, distribuídos em cinco tratamentos, que consistiram de diferentes rela es gr os de milho secos:silagem de gr os úmidos ou de milho hidratado (0:100, 50:50, 100:0). N o houve efeito dos tratamentos sobre as características de carca a. O rendimento verdadeiro médio de carca a foi de 51,5% e o rendimento de carca a comercial, de 42,4%. N o foram observadas diferen as entre as variáveis condi o corporal e conforma o da carca a, em fun o dos tratamentos. As variáveis cobertura de gordura, cor da gordura e espessura de gordura foram semelhantes. As formas dos gr os de milho utilizados na alimenta o dos cordeiros n o causaram efeitos sobre a carca a, considerando-se as variáveis quantitativas e qualitativas.
Desempenho de cordeiros terminados em confinamento, consumindo silagens de milho de gr os com alta umidade ou gr os de milho hidratados em substitui o aos gr os de milho seco da dieta
Reis Wagner dos,Jobim Clóves Cabreira,Macedo Francisco de Assis Fonseca,Martins Elias Nunes
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O experimento foi conduzido para avaliar o uso dos gr os de milho em diferentes formas (gr os de milho secos, silagem de gr os de milho hidratado e silagem de gr os de milho úmido) sobre o desempenho de cordeiros terminados em confinamento. Foram usados 60 cordeiros (machos e fêmeas), distribuídos aleatoriamente em cinco tratamentos com doze repeti es e alimentados com dietas isoprotéicas e isoenergéticas, em diferentes tratamentos: T1 (silagem de gr os de milho hidratados - SMGH), T2 (Gr os de milho seco - GMS), T3 (50% SGMH + 50% GMS), T4 (silagem de gr os de milho úmidos - SGMU) e T5 (50% SGMU + 50% GMS). O volumoso utilizado foi feno de aveia. Foram avaliados ganho de peso diário e convers o alimentar aos 28, 56 e 73 dias de confinamento. A dieta com substitui o total dos gr os de milho seco por silagem de gr os de milho úmidos apresentou maior ganho de peso aos 73 dias em rela o àqueles obtidos aos 56 e 28 dias de confinamento. Este fato pode ser explicado pela melhor digestibilidade apresentada pelas silagens, atribuída à gelatiniza o que o amido sofre durante o processo. Assim, a silagem de gr os úmidos pode ser usada com eficácia em dietas para cordeiros.
Desempenho de cordeiros terminados em confinamento, consumindo silagens de milho de gr?os com alta umidade ou gr?os de milho hidratados em substitui??o aos gr?os de milho seco da dieta
Reis, Wagner dos;Jobim, Clóves Cabreira;Macedo, Francisco de Assis Fonseca;Martins, Elias Nunes;Cecato, Ulysses;Silveira, Amauri da;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001, DOI: 10.1590/S1516-35982001000200040
Abstract: this experiment was conducted to evaluate the replacement of different corn grains (dry corn grain, reconstituted grain corn silage and high-moisture grain corn silage) on th epreformance of feedlot lambs. sixty lambs (males and females) were randomly assigned to five treatments with twelve replicates and fed iisoprotein and isoenergetic diets, in different treatments: t1= (rcgs) reconstituted grain corn silage; t2 = (dcg) dry corn grain; t3 = 50% rcgs + 50% dcg; t4 = (hmgcs) high-moisture grain corn silage; t5 = 50% hmgcs + 50% dcg. oat hay was the used forage. average daily gain and feed: gain ratio at 28, 56 and 73 days of feedlot were evaluated. the diet with the total replacement of the dry corn grain by the high-moisture grain corn silage showed higher average daily gain at the 73 days than at that one at 28 and 56 days of feedlot confinement. this can be explained by the best digestibility presented by the silages, attributed to the gelatinization suffered by starch during the process. in that case, the high-moisture grain corn silage can be efficiently used in diets for lambs.
Simultaneous detection of Neisseria meningitidis, Haemophilus influenzae and Streptococcus sp. by polymerase chain reaction for the diagnosis of bacterial meningits
Failace, Luciane;Wagner, Mario;Chesky, Marisa;Scalco, Rosana;Jobim, Luiz Fernando;
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2005, DOI: 10.1590/S0004-282X2005000600003
Abstract: the simultaneous detection of neisseria meningitidis, haemophilus influenzae, and streptococcus sp. was assessed by polymerase chain reaction (pcr) for the diagnosis of bacterial meningitis, as well as the applicability of pcr as a routine test. a cohort study was carried out with 182 children (2 months to 12 years of age) with suspicion of bacterial meningitis. routine tests identified the etiologic agent in 65/84 children whose clinical status and laboratory findings suggested the presence of bacterial meningitis. bacterial meningitis was ruled out in 98 children. in 19 children, the etiologic diagnosis was not possible using standard methods; in 14 of these patients, the etiologic agent was identified by pcr (n. meningitidis=12; h. influenzae=1; streptococcus sp.=1). the sensitivity of pcr was 88.1%; specificity, 99.0%; positive predictive value, 98.7%; and negative predictive, 90.1%. pcr is a useful complementary diagnostic technique, especially when gram stain, culture, or antigenic detection are negative or inconclusive.
ácidos graxos como marcadores biológicos da ingest?o de gorduras
Vaz, Juliana dos Santos;Deboni, Fabíola;Azevedo, Mirela Jobim de;Gross, Jorge Luiz;Zelmanovitz, Themis;
Revista de Nutri??o , 2006, DOI: 10.1590/S1415-52732006000400008
Abstract: dietary fatty acids have been associated with the development of chronic diseases. the methods commonly used in dietary assessment for estimating nutrient intake in clinical and epidemiological studies present limitations regarding data collection. the use of plasma and adipose tissue fatty acid composition as markers of the type of fat ingested has been studied and can provide a more accurate measurement of dietary fat intake. the aim of this study is to evidence the metabolic aspects of some fatty acids and their role as markers of dietary fat intake, and to present the analytical methods used in their determination. analysis of the fatty acid composition of adipose tissue provides long-term information on dietary fat intake, whereas the determination of the fatty acid composition of serum lipid fractions accounts for the short- and medium-term dietary intakes. the essential fatty acids, the saturated fatty acids with an odd number of carbon atoms (15:0 and 17:0) and the trans fatty acids are used as biological markers of dietary fat intake or of these individual components, since they are not synthesized endogenously. gas chromatography and high-performance liquid chromatography are the main analytical methods used to determine fatty acid composition. at present, the most comprehensive evaluation of dietary fat intake comprises the determination of biological markers in association with dietary assessment methods.
Determina o do consumo, digestibilidade e fra es protéicas e de carboidratos do feno de Tifton 85 em diferentes idades de corte
Gon?alves Geane Dias,Santos Geraldo Tadeu dos,Jobim Clóves Cabreira,Damasceno Júlio Cesar
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: Objetivou-se determinar o consumo de matéria seca (MS), a digestibilidade aparente da MS, matéria organica (MO), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) e a digestibilidade in vitro da MS (DIVMS) e, também, quantificar as fra es de proteína e carboidratos do feno de Tifton 85, cortado aos 28, 42, 63 e 84 dias de crescimento. O delineamento experimental utilizado para a análise dos dados referentes ao consumo e digestibilidade aparente foi em Quadrado Latino 4 x 4 e, para o fator idade de corte, foi usada regress o. Houve decréscimo linear, à medida que se aumentou a idade de corte para o consumo de MS e para a digestibilidade aparente da MS, MO, PB e FDN. Os valores encontrados para a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) foram bastante próximos aos encontrados para digestibilidade aparente. Para as fra es de proteína e carboidratos, observaram-se aumentos para a fra o C, com o aumento na idade de corte, que variaram de 17,4 a 22,8 e de 10,9 a 14,3%, respectivamente. Da mesma forma, a fra o B3 da proteína aumentou e a B2 apresentou pouca varia o, com o aumento da idade de corte, enquanto as fra es A e B1 dos carboidratos totais diminuíram. Os resultados referentes ao consumo de MS e digestibilidade da MS foram de 2,4, 2,2, 2,1 e 1,1% e de 60,5, 58,8, 56,3 e 53,8%, para as idades de crescimento de 28, 42, 63 e 84 dias, respectivamente.
Composi o e digestibilidade aparente da silagem de baga o de laranja
ítavo Luís Carlos Vinhas,Santos Geraldo Tadeu dos,Jobim Clóves Cabreira,Voltolini Tadeu Vinhas
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: Avaliou-se a silagem de baga o de laranja, com ou sem aditivo enzimático microbiano e ácido fórmico ou acético, com o objetivo de determinar a digestibilidade aparente da matéria seca (MS), matéria organica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), extrato etéreo (EE) e carboidratos n o-estruturais (CNE). O baga o de laranja foi ensilado por 70 dias, em tubos de concreto com capacidade de 700 kg, em um ensaio com ovinos, machos, alojados em gaiolas metabólicas. O alimento fornecido foi feno de aveia (70%) e silagem (30%) com base na MS. N o houve diferen a entre os tratamentos para os coeficientes de digestibilidade da silagem. Os aditivos n o alteraram o valor nutricional do alimento. A silagem demonstrou ter alta digestibilidade aparente.
Avalia o da silagem de baga o de laranja com diferentes aditivos por intermédio dos parametros de fermenta o ruminal de ovinos e contribui o energética dos ácidos graxos voláteis
ítavo Luís Carlos Vinhas,Santos Geraldo Tadeu dos,Jobim Clóves Cabreira,Voltolini Tadeu Vinhas
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: O baga o de laranja, com aditivo enzimático microbiano, ácidos fórmico e acético, ensilado por 70 dias, em tubos de concreto com capacidade de 700 kg, foi avaliado por intermédio dos parametros de fermenta o ruminal, em ensaio experimental realizado com ovinos, machos, alojados em gaiolas metabólicas. O alimento fornecido foi feno de aveia (70%) e silagem de baga o de laranja (30%), com base na MS. O fluido ruminal foi coletado por sonda esofagiana nos tempos 2, 5 e 8 horas após o fornecimento do alimento e antes da alimenta o, tomado como tempo zero (0). Foram avaliados pH, N amoniacal, ácidos graxos voláteis (acético, propi nico e butírico) e contribui o energética desses ácidos em kcal. N o houve diferen a entre os tratamentos para os parametros avaliados. As equa es de regress o apresentaram comportamento quadrático para todas as características estudadas e as médias dos parametros foram: pH, 6,97; N amoniacal, 6,78 mg/100 mL de fluido ruminal e dos AGV; e acético, propi nico e butírico, 45,99; 11,16; e 5,50 mM/mL de fluido ruminal, respectivamente. Os aditivos n o alteraram o valor nutricional do alimento, quando avaliados os parametros de fermenta o ruminais. Entretanto, para a produ o de AGV, houve melhor eficiência de transforma o (kcal de AGV/kcal de glicose), 72,92% para o tratamento sem aditivo (controle).
Aditivos na conserva o do baga o de laranja in natura na forma de silagem
ítavo Luís Carlos Vinhas,Santos Geraldo Tadeu dos,Jobim Clóves Cabreira,Voltolini Tadeu Vinhas
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: Estudaram-se os efeitos de aditivos na fermenta o e composi o do baga o de laranja, em silos laboratoriais de PVC com capacidade para 15 kg, distribuídos ao acaso com três silos por tratamento: sem aditivo (CT), inoculante enzimático microbiano (IN) e ácidos fórmico (FO), propi nico (PP) e acético (AC). As amostras foram tomadas antes (0) e 2, 8, 16, 32 e 64 dias após a ensilagem. Analisaram-se os teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) e detergente ácido (FDA), a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) e da parede celular (DIVPC), o pH, a capacidade tamp o (CATP) e o N amoniacal. A silagem sem aditivo apresentou os menores teores de MS. Os teores de PB, FDN e FDA da silagem tratada com ácido fórmico (FO) foram os menores. As DIVMS e DIVPC foram constantes, com exce o do tratamento com ácido fórmico (FO), que foi linear negativo, em fun o do tempo de ensilado. O comportamento do pH apresentou equa es de regress o cúbicas, com exce o do tratamento com ácido fórmico, que foi linear. A silagem tratada com ácido fórmico apresentou os menores valores de CATP (25,7 a 39,1 mg HCl/100 g MS) e os maiores de N amoniacal (3 a 4% N total). Os aditivos n o melhoraram a qualidade e o valor nutricional da silagem de baga o de laranja
Page 1 /19753
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.