oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Search Results: 1 - 10 of 1474 matches for " Teoria das Categorias "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /1474
Display every page Item
SOBRE OS FUNDAMENTOS DA ARQUITETURA DA INFORMA O
Alfram Roberto Rodrigues de Albuquerque,Mamede Lima-Marques
Perspectivas em Gest?o & Conhecimento , 2011,
Abstract: Exp e-se o estado atual da disciplina Arquitetura da Informa o quanto a problemática terminológica da defini o do campo de estudo, apresentando-se argumentos para uma defini o de Arquitetura da Informa o de uma forma ampla na qual os usos correntes dessa express o sejam vistos como especializa es. Defende-se uma defini o com a utiliza o de um conjunto de propriedades mínimas cujas intera es levam a uma terminologia formal e cuja abstra o leva a uma defini o formal do conceito que emprega a linguagem de morfismos da Teoria das Categorias. Trata-se de um recorte de alguns dos resultados obtidos na tese de doutoramento de um dos autores, defendida em setembro de 2010. O contexto da pesquisa é exposto e alguns dos resultados obtidos s o delineados.
Institutionalization of social representations: a proposed theoretical integration La institucionalización de representaciones sociales: una propuesta de integración teórica A institucionaliza o de representa es sociais: uma proposta de integra o teórica
Gilberto Clarício Martinez Guerra,Elisa Yoshie Ichikawa
Rege : Revista de Gest?o , 2011,
Abstract: The objective of this study was to propose joint use of the Theory of Social Representations and the Institutional Theory as an option for analysis of organizational phenomena that aim to identify the understanding that members of an organization have of a determined object/subject as well as the formation of this understanding. To achieve the objective, there was a theoretical debate about both theories. To work on the Social Representations Theory, the concepts of Moscovici (1978) and Jodelet (2001) were used primarily as well as other important authors. For the process of institutionalization, we essentially used the authors Berger and Luckmann (1996) and Tolbert and Zucker (2007) whose ideas were complemented by those of other authors. When comparing the common points, the predominantly deterministic beginning of both theories was observed prior to their emphasis on cognitive aspects. In the last section, a figure was elaborated that describes how the process of institutionalization of social representations occurs. The study concludes taking into consideration the aspects of cognitive, emotional, power relations and interests involved in the process and states that the Theory of Social Representations together with the Institutional Theory is adequate for understanding the organizational phenomena, as well as their formation. El objetivo del presente estudio fue proponer la utilización conjunta de la Teoría de las Representaciones Sociales y de la Teoría Institucional como una opción para el análisis de fenómenos organizacionales que se proponga identificar el entendimiento que los miembros de una organización poseen de un determinado objeto/sujeto, así como la formación de ese entendimiento. Para alcanzar el objetivo establecido, se realizó un debate teórico acerca de ambas teorías. Para trabajar la Teoría de las Representaciones Sociales, se utilizaron principalmente los conceptos de Moscovici (1978) y Jodelet (2001), entre otros autores importantes. Ya para el proceso de institucionalización, se recurrió más a los autores Berger y Luckmann (1996) y Tolbert y Zucker (2007), cuyas ideas fueron complementadas con las de otros autores. En la comparación entre los puntos comunes, se observó el inicio predominantemente determinista de ambas teorías y, actualmente, el énfasis en los aspectos cognitivos En el último tópico, se elaboró una figura que describe como ocurre el proceso de institucionalización de las representaciones sociales. El estudio concluye, llevando en consideración los aspectos cognitivos, emocionales, las relaciones de poder y los int
A evolu o da teoria institucional nos estudos organizacionais: um campo de pesquisa a ser explorado
Fernando Antonio de Melo Pereira
Revista Organiza??es em Contexto , 2012,
Abstract: A teoria institucional vem sendo aplicada nas organiza es como elemento central na cria o e perpetua o de grupos sociais duradouros no ambiente de trabalho. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é identificar nos principais periódicos internacionais as pesquisas mais relevantes no período de 2006 a 2012 no ambito de formas inovadoras da abordagem institucionalista. A pesquisa é baseada em um estudo bibliometrico. O artigo apresenta um mapeamento dos estudos em teoria institucional focando nos elementos: caracteriza o geral dos trabalhos, avalia o do conteúdo e avalia o de referências. Os resultados indicam que a teoria institucional vem sendo estudada no ambito teórico e prático e, vem sendo utilizada em diversos contextos organizacionais, demonstrando que as organiza es sentem a necessidade de padronizar comportamentos e de disseminar a identidade organizacional entre os funcionários. Esses resultados podem ser generalizados para toda a comunidade cientifica. O estudo oferece um guia de avalia o e identifica o de tendências de estudos futuros sobre o tema no cenário mundial.
A categoriza o da estatividade: níveis de análise
Marize Mattos Dall'Aglio Hattnher
Alfa : Revista de Linguística , 2001,
Abstract: Este trabalho procura mostrar que, embora a caracteriza o dos verbos estativos possa ser assegurada dentro dos limites da frase, em alguns casos a interpreta o de um verbo como de estado depende de fatores como tempo, aspecto e informa es extrafrasais.
O diálogo interdisciplinar em Rela es Internacionais: o papel e a contribui o da Antropologia
TAíS SANDRIM JULI?O
Meridiano 47 : Boletim de Análise de Conjuntura em Rela??es Internacionais , 2008,
Abstract: O artigo trata da contribui o acadêmica ao campo de rela es internacionais. Nesse sentido, cultura é um conceito chave para este entendimento.
As elites políticas em quest o: no es sobre teoria e método
Tiago Valenciano
Revista Espa?o Acadêmico , 2010,
Abstract: Com o objetivo de revelar as principais características da teoria das elites, o livro “As elites políticas: quest es de teoria e método” (2009), de autoria de Renato Perissinotto, está dividido em duas partes: a primeira, consagrada aos clássicos da teoria – Mosca, Pareto e Michels, busca explicar como se originou o debate elitista; A segunda, destinada ao amadurecimento acadêmico da teoria, evidencia o monismo, o pluralismo, o neoelitismo e as críticas marxistas referente à mesma. Nesta resenha, pretende-se expor as principais ideias exploradas no mesmo, bem como um comentário geral sobre o livro.
Uma proposta de amplia o da taxonomia geral de custos: uma aplica o em uma Institui o de Ensino Superior (IES)
Daniel Pacheco Lacerda,Luis Henrique Rodrigues
Sistemas & Gest?o , 2009,
Abstract: O presente artigo apresenta, a partir de uma ampla revis o da atual taxionomia de custos, uma proposta de amplia o, considerando um novo vetor de classifica o. Esse novo vetor considera a quest o dos custos quanto a sua ocorrência baseado no processo de decis o do mix de produ o da organiza o e afetando os seus respectivos ganhos. Assim sendo, alguns custos poderiam ser classificados em tendo Ganhos Pré-definidos e outros como tendo Ganhos Pós-Definidos. O trabalho relaciona essa nova classifica o com os conceitos de variabilidade e a aloca o direta e indireta de custos, resultando em oito grupos de custos, os quais foram utilizados no sentido de uma revis o teórica na formula o específica do Lucro Global da organiza o. Finalizando e procurando ilustrar a proposta apresentada, a mesma foi aplicada em uma Institui o de Ensino Superior, procurando validar a robustez da proposta desenvolvida.
Estudos sobre a rede urbana: os precursores da teoria das localidades centrais Study concerning urban network: pioneers of the theory of central place
Kelly Bessa
Geotextos : Revista da Pós-Gradua??o em Geografia da Universidade Federal da Bahia , 2012,
Abstract: Dentre os estudos sobre redes urbanas, destacam-se aqueles que dizem respeito à hierarquia de seus centros. Uma das bases teóricas mais ricas e conhecidas é a “teoria das localidades centrais”, formulada por Walter Christaller e publicada em 1933. Nesse contexto, o presente trabalho tem por finalidade apresentar as contribui es dos estudos sobre a hierarquia dos centros urbanos que antecederam a obra clássica do citado autor. Ressalta-se que tais estudos foram, posteriormente, aprofundados por Christaller, por meio de extensa compila o bibliográfica, que resultou na plena sistematiza o da temática da organiza o espacial dos centros urbanos, ainda nos anos de 1930, segundo sua hierarquia. Within studies concerning urban networks those that refer to hierarchies of their centers stand out most. One of the richest and best known bases is the “theory of central place” formulated by Walter Christaller and published in 1933. In this context this study aims at presenting contributions to the study of hierarchies in urban centers which antecede the classic above mentioned study. It is noteworthy that these studies were, later, more profoundly examines by Christaller through a extensive bibliographic collection, which resulted in full systemization of the theme of space organization of urban centers, already in the 1930s, according to his hierarchy.
Enfoque multicritério à teoria das prospectivas: fundamentos e aplica o.
Aderson Campos Passos,Luiz Flávio Autran Monteiro Gomes
Revista de Administra??o Mackenzie , 2005,
Abstract: Este artigo compara dois métodos analíticos de apoio multicritério à tomada de decis o para escolha de material de emprego militar, dentro do ambito do Centro de Avalia es do Exército, uma unidade do Exército Brasileiro. No processo decisório em quest o foi utilizado inicialmente o método multicritério AHP. O outro método utilizado foi o TODIM, que traz em sua estrutura diferentes características, sendo a principal delas a sua estrutura o com base no paradigma da Teoria das Prospectivas. Por esse motivo, o método TODIM permite levar em conta o risco na modelagem dos problemas decisórios multicritério. Assim, diferentemente do método AHP, o TODIM possui características relevantes no bojo de sua formula o, notadamente a possibilidade de trabalhar explicitamente com as atitudes dos agentes de decis o em face do risco. Por outro lado, o estudo de caso realizado indicou que, embora os dois métodos alternativos, TODIM e AHP, baseiem-se em diferentes paradigmas, os resultados obtidos da compara o dos resultados de ambos foram bastante semelhantes, o que sugere que os dois métodos podem ser aplicados em avalia es militares de mesma natureza.
A quest o da acoplagem nas rela es internacionais
Argemiro Procópio Filho
Meridiano 47 : Boletim de Análise de Conjuntura em Rela??es Internacionais , 2010,
Abstract: O artigo trata da renova o teórica das rela es internacionais. Nesse sentido, questiona se a base teórica pode analisar os fen menos atuais. Abstract: the article deals with the theoretical renewal
Page 1 /1474
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.