oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

3 ( 1 )

2019 ( 50 )

2018 ( 740 )

2017 ( 724 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 59684 matches for " Music hybridism | pós-modernidade "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /59684
Display every page Item
NOVAS IDENTIDADES E GêNEROS MUSICAIS NO MUNDO GLOBALIZADO: UMA REFLEX O A PARTIR DO ESTUDO DOS FESTIVAIS DE MANTRAS DO RIO DE JANEIRO, BRASIL
WOLFF, Marcus Straubel
European Review of Artistic Studies , 2011,
Abstract: Taking an investigation about the “Festivals of Mantras” performed in Rio de Janeiro by different groups as astarting point, one intends to reflect about the development of hybrid musical genres, understanding them as partof the wider process of globalization that generated the “world music” as well as mediascapes and madepossible, by another side, for Brazilian music groups to enter in contact with what is produced in the “globalvillage”. Also one tries to reflect on the possibility of arising new identities through this new musicalproduction. In order to do so one has focused in the musical groups of Rio de Janeiro that took part on the socalled “Festivals of Mantras” organized in the town in 2003 and 2004, understanding them as part of the processof globalization once these groups, linked to Indian culture, try to express their peculiarities and differencesthrough the festivals of music that they organize. The model of research adopted was based in a dialogicperspective, searching to elaborate a “polyphonic text” that results from a dialogue with the consultants, givingvoice to their routes, the differences among them and between the groups and Rio’s cultural scene.ResumoA partir da investiga o realizada sobre os festivais de Mantras realizados no Rio de Janeiro por diversos grupos,pretende-se refletir sobre o desenvolvimento de gêneros musicais híbridos, compreendendo-os como parte doprocesso mais amplo da globaliza o que gerou a “world music , bem como as mediascapes (que permitem adissemina o, em escala mundial, das possibilidades de se produzir informa es por meios eletr nicos) por umlado e possibilitou, por outro, que grupos musicais brasileiros entrassem em contato com o que se produz na“aldeia global”. Também se procura refletir sobre a possibilidade de surgirem novas identidades através dessanova produ o musical. Para isso focalizamos os grupos cariocas que participaram dos “Festivais de Mantras” de2003 e 2004 na cidade do Rio de Janeiro, RJ, Brasil, compreendendo-os como parte de um processo deglobaliza o. Tais grupos cariocas, vinculados à cultura indiana, procuram expressar suas particularidades ediferen as através dos festivais de música que organizam.. O modelo de pesquisa adotado baseou-se numaperspectiva dialógica, buscando-se a elabora o de um “texto polif nico”, resultante do diálogo com osconsultores, de modo a dar voz às trajetórias dos grupos, às diferen as existentes entre eles, e entre os grupos e ocenário cultural carioca.
Por uma ciência do riso e da sabedoria
Paula Corrêa Henning,Attico Inácio Chassot
Revista Espa?o Acadêmico , 2010,
Abstract: O artigo busca problematizar a história das ciências, especialmente o ethos da Modernidade e Pós-modernidade. Para isso, utiliza autores que se anteciparam à Pós-modernidade como Friedrich Nietzsche e Michel Foucault. Na esteira dessa discuss o busca uma problematiza o acerca da Ciência nos rastros da Modernidade e algumas fissuras e fragilidades produzidas na ciência num cenário contemporaneo. Apresenta ainda alguns discursos midiáticos acerca de propagandas televisivas que trazem o discurso científico como legítimo e inabalável. Traz para o campo de discuss o uma ciência alegre, como aprendemos com Nietzsche ou prosaica por vezes, anunciando o riso e a sabedoria na produ o do conhecimento científico.
DO FRACASSO MORAL AO RETORNO DA éTICA
Prof. Dr. Frei Nilo Agostini
Revista Eletr?nica Espa?o Teológico , 2009,
Abstract: A modernidade e a pós-modernidade est o atravessando um processo corrosivo da moral, numa relativiza o de valores em várias esferas. No desejo emancipatório, o indivíduo acaba desconfiado e descrente frente aos projetos históricos, cético frente aos padr es éticos e valores morais. Deseja viver intensamente, embalado pelo prazer. Cai, sem perceber, num individualismo narcisista. No entanto, este individualismo reinante já dá mostras de graus de responsabilidade, aberto às regras morais, à eqüidade, aberto ao futuro, como que numa reabilita o da inteligência sob forma de ética. Verificamos um retorno à ética.
O Moderno e o Contemporaneo: a topologia das redes propondo visibilidade de estratégias para localiza o
Pimentel, Myriam Elisa Melchior
Sess?es do Imaginário , 2005,
Abstract: N o possui resumo
O ESFACELAMENTO DA IDENTIDADE DO SUJEITO PóS -MODERNO VULNERáVEL AO NOVO E ANTIGO MAL: O BULLYING
Danielle Gomes Dias,Shayane Ferreira dos Santos,Talita da Silva Ernesto
Perspectivas Online : Humanas e Sociais Aplicadas , 2012,
Abstract: Nosso mundo, e nossa vida, vêm sendo moldados pelas tendências conflitantes da globaliza o e da identidade. A desconstru o da família ocasionada por tantas mudan as sociais, refletiu significativamente na constru o das identidades contemporaneas. A revolu o da tecnologia da informa o aliada a perda de sentido de si, fez com que a sociedade ficasse vulnerável a atitudes que transgridem as normas sociais, os valores morais, como o bullying e o ciberbullying. Segundo Dante e Cleo (2005, p.28) a defini o de bullying é compreendida como “um subconjunto de comportamentos agressivos, sendo caracterizado por sua natureza repetitiva e por desequilíbrio de poder”. Este desequilíbrio caracteriza-se pelo fato de que a vítima n o consegue se defender com facilidade, devido a inúmeros fatores: por ser de menor estatura ou for a física; por estar em minoria; por apresentar pouca habilidade de defesa; pela falta de assertividade e pouca flexibilidade psicológica perante o autor ou atores dos ataques. Com rela o ao ciberbullying a tecnologia é apenas um instrumento que reflete a identidade esfacelada deste sujeito pós- moderno, n o sendo assim o grande algoz dos últimos tempos. Para fundamentar tais ideias, utilizou-se a pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo.
The art of Joseph Beuys and Vision Andreas Huyssen in Postmodernity A arte de Joseph Beuys e a vis o de Andreas Huyssen na pós-modernidade
Eduardo Portanova Barros,Lívia Garcez de Oliveira Padilha
Semina : Ciências Sociais e Humanas , 2012, DOI: 10.5433/1679-0383.2012v33n1p61-70
Abstract: This article aims do present reflections on art in post-modernity, which encourages a reading of the ambivalence between the technique and aesthetics. We focus the environmentalist work of artist Joseph Beuys and the critical German essayist Andreas Huyssen and the paradoxical thinking of vanguard and mass culture. Is it possible to think like that in a dualist way? Or we can see a shift in sensitivity towards what touches us by affection? We believe, nevertheless, that exists a permanent state of artistic tension which stimulates a more relativistic than categorical culture in the XXI century. Este artigo tem como objetivo apresentar reflex es sobre a arte na pós-modernidade - que estimula uma leitura da ambivalência entre técnica e estética - por meio de duas obras “ambientalistas” do artista plástico Joseph Beuys e do olhar crítico, mas de cunho compreensivo, do ensaísta alem o Andreas Huyssen. O enfoque é o paradoxo entre a arte dita culta ou de vanguarda (?) e a sua possível massifica o (?). Estas duas express es – vanguarda e massifica o - ainda se sustentam na paisagem pós-moderna? Ou percebe-se um redirecionamento da sensibilidade em dire o àquilo que nos toca pela afetividade? Consideramos, por meio da fenomenologia, que se enfrenta, em tempos pós-modernos, um permanente estado de tensionamento artístico, o que estimula uma vis o mais relativista do que categórica da cultura no século XXI.
Sem tinta, sem tela, sem moldura: reflex es sobre a arte em fluxo
Buss, Gustavo
Sess?es do Imaginário , 2010,
Abstract: Propomos, no presente artigo, uma reflex o dialógica sobre a arte contemporanea e as interferências e as possibilidades tecnológicas sobre a mesma. Referimo-nos ao termo arte em fluxo em alus o à arte feita sob a lógica da rede (internet), bem como o transito virtual da arte nos dias coêtaneos. A narrativa artística em lógica de fluxo apresenta particularidades e, dessas especificidades, notamos tra os característicos da pós-modernidade. Entendemos, pois, este artigo como um ensaio reflexivo oriundo da observa o do cenário artístico e tecnológico que vemos desenhado em nosso cotidiano. We propose, in the present article, a dialogical reflection on contemporary art and the technological possibilities and interferences around itself. We refer to the term art in flux as the artwork made under the net logic (internet) and also to the virtual traffic of arts nowadays. The artistic narrative in a flux logic features particularities and, within these specificities, we can see proper traces of the post-modernity. We understand this article as a reflexive piece, born from the observation of the artistic and technological scene that we see painted in our day- -by-day experience.
Da Cultura Midiático/Tecnológica Contemporanea: linguagens estéticas do cinema
Rahde, Maria Beatriz Furtado
Sess?es do Imaginário , 2012,
Abstract: A comunica o e suas culturas poderiam ser estudadas com maior ênfase nas manifesta es visuais da tecnociência, das suas linguagens e das mídias imaginárias do contemporaneo. Este artigo estabelece algumas rela es entre cinema e imaginário, cinema e culturas tecnológicas, bem como suas varia es estéticas. Em transi o iconográfica, o cinema tem recorrido à literatura de fic o científica ou recriado histórias, transformando-as em obras cinematográficas. Torna-se possível perceber o reflexo das visualidades que permearam a modernidade, apresentando novas possibilidades estéticas no imaginário da pós-modernidade, nas linguagens do cinema contemporaneo. The communication and their cultures could be studied with more emphasis on their expressions and technoscience, their languages and media of contemporary imaginary. This paper establishes some relationships between cinema and imaginary, movie and technological culture as well as their aesthetic changes. With this iconographic transition, cinema has appeal to science fiction literature or recreated stories, turning them in cinematographic languages. It is possible to see the reflection of modern visualities, on this expressions, with a new aesthetic, showing possibilities in the imaginary postmodern, on this news contemporary languages of cinema.
Cultura e classe social na pós-modernidade: tens es e perspectivas
Assis, Aline Silveira de
Textos & Contextos (Porto Alegre) , 2006,
Abstract: O presente trabalho objetiva trazer algumas reflex es suscitadas no decorrer do curso de Mestrado em Servi o Social do PPG/FSS/UERJ, acerca do tema da cultura, objeto de estudo do presente curso. Entretanto, para este artigo, objetiva-se introduzir o tema através da discuss o do conceito de classe social, conceito de suma importancia, de modo a articular a cultura a um projeto transformador de sociedade. Neste sentido, é necessário, primeiramente, levar em considera o que tal identidade, outrora ligada ao vínculo com o mundo do trabalho, hoje aparece fragmentada. Assim sendo, faz-se necessário levantar algumas indaga es sobre o conceito de classe que, na pós-modernidade, parece ter perdido centralidade, o que pode ser entendido como um desdobramento das transforma es societárias em curso no atual momento histórico, as quais, desde a década de 1970, têm-se configurado como fruto das estratégias político-econ micas de supera o da crise estrutural do capital, instaurada neste período. Devido à inser o tardia e subordinada do Brasil no sistema capitalista, tais efeitos têm aqui maior profundidade e gravidade. Como decorrência disto, o trabalho pretende chamar aten o para a importancia de o Servi o Social enfrentar este debate criticamente, uma vez que o conflito Capital x Trabalho n o deixou de ser central na sociedade e, assim, a profiss o continua lidando cotidianamente com as express es deste conflito.
A constitui??o das teorias pedagógicas da educa??o física
Bracht, Valter;
Cadernos CEDES , 1999, DOI: 10.1590/S0101-32621999000100005
Abstract: the present rehearsal analyzes the process of construction of the pedagogic theories of the physical education in brazil, seeking demonstrate how these theories reflect the conception and the meaning body human engendered in modern society. the text presents the pedagogic theories that, in the field of the physical education, are placed in a critical perspective in relation to the uses and meanings attributed by the capitalist society to the corporal practices. and, finally, through this discussion, there's a possibility of breaking the modern vision of body, contemplating on the challenges that this transition places for education and physical education.
Page 1 /59684
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.