oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

4 ( 1 )

2019 ( 14 )

2018 ( 39 )

2017 ( 40 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 77122 matches for " Medicina de emergência "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /77122
Display every page Item
Adolescentes atendidos num servi o público de urgência e emergência: perfil de morbidade e mortalidade.
Islaine Fernandes Dubuc,Rosangela Aparecidda Pimenta Ferrari
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2006,
Abstract: Trata-se de uma investiga o descritiva transversal para caracterizar as causas de morbidade e mortalidade entre adolescentes atendidos no servi o de urgência e emergência de um hospital público. A coleta de dados foi realizada através das fichas de atendimento, nos meses de janeiro, fevereiro e mar o de 2003, totalizando 2722. A popula o constituiu-se por adolescentes de 10 a 19 anos de idade, residentes no município. As causas de morbi-mortalidade foram classificadas de acordo com a Classifica o Internacional de Doen as (CID-10). Mais da metade dos atendimentos é para a popula o feminina (54,1%). As causas de morbidade predominantes foram as doen as infecciosas e parasitárias no sexo feminino (26,5%) e les es e envenenamento e algumas outras conseqüências de causas externas no sexo masculino (30,5%). O mês de maior atendimento foi mar o (38,4%). O período da noite foi de maior prevalência (37,6%). A clínica médica atendeu 63,9% dos adolescentes. Receberam alta, 84,6% dos casos e n o foram detectados óbitos. Os resultados contribuem para o direcionamento de políticas públicas e efetiva o de medidas preventivas, de controle e redu o das principais causas de morbidade, que levam a popula o adolescente a procurar o servi o de pronto socorro.
Asma aguda em adultos na sala de emergência: o manejo clínico na primeira hora
DALCIN PAULO DE TARSO ROTH,MEDEIROS ALAN CASTOLDI,SIQUEIRA MARCELO KURZ,MALLMANN FELIPE
Jornal de Pneumologia , 2000,
Abstract: Asma é doen a com alta prevalência em nosso meio e ao redor do mundo. Embora novas op es terapêuticas tenham sido recentemente desenvolvidas, parece haver aumento mundial na sua morbidade e mortalidade. Em muitas institui es, as exacerba es asmáticas ainda constituem emergência médica muito comum. As evidências têm demonstrado que a primeira hora no manejo da asma aguda na sala de emergência concentra decis es cruciais que podem determinar o desfecho desta situa o clínica. Nesta revis o n o-sistemática, os autores enfocaram a primeira hora da avalia o e tratamento do paciente com asma aguda na sala de emergência, descrevendo uma estratégia apropriada para o seu manejo. S o consideradas as seguintes etapas: diagnóstico, avalia o da gravidade, tratamento farmacológico, avalia o das complica es e decis o sobre onde se realizará o tratamento adicional. Espera-se que estas recomenda es contribuam para que o médico clínico tome a decis o apropriada na primeira hora do manejo da asma aguda.
Sepsis grave/shock séptico: Hacemos lo que se supone que hay que hacer? Monitorización de la adherencia de un centro a la Surviving Sepsis Campaign = Severe sepsis/septic shock: do we do what we are supposed to do? Monitoring the adherence of one centre to the Surviving Sepsis Campaign
Quiroga, Leticia Seoane et al.
Scientia Medica , 2011,
Abstract: N o possui resumo em português Objetivos: monitorizar la adherencia a las recomendaciones de la Surviving Sepsis Campaign (Campa a Sobrevivir a la Sepsis) en las seis primeras horas de intervención de la sepsis grave/shock séptico en un hospital de tercer nivel. Métodos: se analizaron de manera observacional prospectiva los casos de pacientes que ingresaron durante los meses de Mayo-Junio del 2009 en la Unidad de Cuidados Intensivos del Complejo Hospitalario Universitario A Coru a, Galicia, Espa a, con criterios de sepsis grave/shock séptico. Estudiamos cinco indicadores que constituyen el set de medidas de intervención en las seis primeras horas del diagnostico de sepsis grave/shock séptico: demora en el inicio de la resucitación, determinación del lactato sérico, recogida de cultivos previo a antibióticos, demora de inicio de antibiótico adecuado y resucitación inicial. Resultados: en los 13 pacientes estudiados, la mortalidad hospitalaria fue de un 30,8% (IC 95%: 9,09-61,42). El APACHE II medio fue de 25,46±9,38. La demora en el inicio de tratamiento antibiótico fue de 1,23±1,76 horas. La demora media de inicio de resucitación desde la presentación del cuadro fue de 3,83±8,85 horas. Un 84,62% (IC 95%: 54,55-98,08) lograron saturación venosa central de oxígeno superior al 70% en las seis primeras horas del diagnóstico. Conclusiones: la adherencia al paquete de medidas de resucitación de la sepsis grave/shock séptico fue elevada. $$bspa
Perfil das disserta es e teses brasileiras acerca do trauma: uma pesquisa documental Profile of brazilian dissertations and theses on trauma: a documentary research
Pétala Tuani Candido de Oliveira Salvador,Kisna Yasmin Andrade Alves,Claudia Cristiane Filgueira Martins,Viviane Euzébia Pereira Santos
Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgi?es , 2012, DOI: 10.1590/s0100-69912012000400014
Abstract: OBJETIVO: Caracterizar as disserta es e teses disponíveis no Banco de Teses da Coordena o de Aperfei oamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) que versam sobre a traumatologia. MéTODOS: Trata-se de uma pesquisa documental sobre a caracteriza o das disserta es e teses brasileiras que versam sobre a traumatologia, disponíveis no Banco de Teses da CAPES. A coleta de dados foi realizada no mês de mar o do ano de 2012, por mestrandos e doutores segundo protocolo de pesquisa. RESULTADOS: Foram analisadas 411 disserta es e teses acerca do trauma. Elucidaram-se considera es acerca dos seguintes aspectos dos estudos selecionados: nível acadêmico, local de desenvolvimento, forma o do autor, desenho metodológico, temática e tipo de trauma. CONCLUS O: O quantitativo significante de estudos analisados revela a importancia do trauma no cenário atual, a expans o dos programas de pós-gradua o e a sintonia dos pesquisadores com a temática que aflige de maneira preocupante a epidemiologia nacional e internacional. OBJECTIVE: To characterize the dissertations and theses available in the Bank of Theses of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES) that deal with trauma. METHODS: This is a documentary research on the characterization of Brazilian theses and dissertations that deal with trauma, available at the CAPES Theses Database. Data collection was carried out in March 2012, by master's degree students and PhDs, following a research protocol. RESULTS: A total of 411 dissertations and theses about trauma were analyzed. We elucidated considerations on the following aspects of the selected studies: academic level, location of conduction of the work, author's training, methodological design, theme and type of trauma. CONCLUSION: The significant amount of studies analyzed reveals the importance of trauma in the current scenario, the expansion of graduate programs and researchers being in line with the theme that alarmingly affects the national and international epidemiology.
Perfil do paciente com intoxica o exógena por “chumbinho” na abordagem inicial em servi o de emergência
Jacklyne Stroisner de Sousa Dantas,Sharliane Lemos Uch?a,Tatiana de Medeiros Colletti Cavalcante,Viviane Peixoto dos Santos Pennafort
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2013, DOI: 10.5216/ree.v15i1.15506
Abstract: Objetivou-se com este trabalho conhecer o perfil do paciente intoxicado por chumbinho admitido na emergência, descrevendo a abordagem inicial e o seu desfecho do mesmo, após o tratamento. Trata-se de um estudo descritivo, realizado por meio de pesquisa em prontuários de pacientes atendidos na emergência de um hospital no município de Fortaleza. As maiores ocorrências aconteceram com homens (52,8%), na zona urbana (95,7%), entre faixa etária de 18 a 28 anos (55,7%), em tentativas de autoextermínio (61,4%). No atendimento inicial, foram realizados monitoriza o dos sinais vitais, oximetria de pulso, passagem de sonda nasogástrica, lavagem gástrica, intuba o endotraqueal, aspira o, oxigenoterapia, administra o de carv o ativado e atropiniza o. A maioria dos casos precisou de interna o (98,6%), destes, 68,5% tiveram cura confirmada. Em geral, os registros apresentavam-se incompletos, demonstrando a necessidade de preenchimento sistematizado. Conclui-se que a conduta adequada dos profissionais de saúde influenciará significativamente na inativa o do toxicante, prevenindo complica es e mortalidade.
Tratamento da cefaléia em uma unidade de emergência da cidade de Ribeir o Preto
BIGAL MARCELO EDUARDO,BORDINI CARLOS ALBERTO,SPECIALI JOSé GERALDO
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 1999,
Abstract: Cefaléia é dos sintomas mais comuns na prática clínica. Acarreta considerável impacto econ mico e sobrecarrega as unidades de emergência. A maioria destas, em nosso país, n o disp e de triptans. O presente estudo analisa o tratamento instituído na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas de Ribeir o Preto. Em 1996, 1254 pacientes foram atendidos com esta queixa e 64 necessitaram de interna o. Dos pacientes n o internados (NI), 77% apresentavam cefaléias primárias, contra 29,7% dos pacientes internados (I). A percentagem de melhora nos pacientes com migranea com a dipirona endovenosa foi 83,8%, com o diclofenaco intramuscular 66,7% e com a clorpromazina (endovenosa) 81,8%. As percentagens de pacientes com cefaléia do tipo tensional que melhoraram, frente às mesmas drogas foram, respectivamente 77,8%, 80% e 100%. Dos NI 16,3% tiveram melhora sem qualquer tratamento medicamentoso. Concluímos que as drogas utilizadas apresentam perfis semelhantes de eficácia e custo, podendo ser utilizadas em unidades básicas de saúde. O maior inconveniente é a administra o parenteral.
Custos hospitalares das cefaléias agudas em uma unidade de emergência pública brasileira
BIGAL MARCELO E.,FERNANDES LUCIANA C.,BORDINI CARLOS A.,SPECIALI JOSé G.
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2000,
Abstract: Cefaléia é uma das queixas mais freqüentes na prática médica e causa bastante comum de atendimento em unidades de emergência, implicando custos consideravelmente altos. Foram estudados retrospectivamente os casos de cefaléia atendidos na Unidade de Emergência do Hospital das Clinicas de Ribeir o Preto (UE) no ano de 1996. Neste ano, 1254 pacientes procuraram a UE com queixa de cefaléia aguda, sendo que 64 necessitaram de interna o. O custo estimado com o atendimento, investiga o e tratamento clínico das cefaléias agudas foi da ordem de R$ 138,573.31 (US$ 76,985.17). Os gastos apenas com exames laboratoriais foram R$ 23,801.54 (US$ 13,223.07). Os custos cirúrgicos foram R$ 5,817.90 (US$ 3,232.17). Os custos totais foram RS$ 144,391.21 (US$ 80,217.34), o que equivale a R$ 115,14 (US$ 63.97) por paciente. Tais cálculos estimulam discuss o adicional acerca de custos e eficácia do modelo de saúde vigente, em que os recursos financeiros s o precários e as necessidades da popula o dependente do estado s o proporcionalmente maiores.
Occurrence of insects and use of natural and synthetic insecticides in the storage of seeds of wild radish Ocorrência de insetos e uso de inseticidas naturais e sintéticos no armazenamento de sementes de nabo forrageiro
Geraldo Cabral e Souza,Juliana de Fátima Sales,Fabiano Guimar?es Silva,Márcio Fernandes Peixoto
Semina : Ciências Agrárias , 2012,
Abstract: Knowing the importance of preventive use of insecticides for seed treatment, this study aimed to identify potential insect pests of storage for seeds of radish by means of traps set on the field for six months and to evaluate the effect of natural and synthetic substances insecticides on the emergence of radish seedlings stored for 120 days. The bioassay, field-level, was conducted over a period of six months in the following environments: savannah, area of cultivation of crops, pasture and forest at the Federal Institute Goiano. For each of these environments were placed five traps made of PET bottles, containing respectively in maize, millet, soybean, crambe and wild radish. The traps were inspected every seven days to verify the the occurrence of insects plague. The substances were: 1) saffron, 2) limestone, 3) Gray, 4) neem, 5) diatomaceous earth, 6) chlorpyrifos, 7) deltamethrin and 8) control treatment. The experimental design was randomized blocks in factorial scheme 8 x 2 (8 substances and two storage periods, is not stored seeds and seeds stored for 120 days) with four replications. Were evaluated the percentage of emergence, hold rate of emergence, time to reach 50% emergence and the record of the dry mass of seedlings. The natural and synthetic substances do not interfere with seedling emergence in seeds of wild radish, even after storage for 120 days in a room. In the traps in the field, containing seeds of wild radish noted the presence of the insect Carpophilus sp. Sabendo da importancia do uso preventivo de inseticidas no tratamento de sementes, esta pesquisa teve por objetivos identificar possíveis insetos praga de armazenamento para sementes de nabo forrageiro por meio de armadilhas montadas em campo durante seis meses e avaliar o efeito de substancias inseticidas, naturais e sintéticas na emergência de plantulas em sementes de nabo forrageiro armazenadas por 120 dias. O bioensaio, em nível de campo, foi conduzido por um período de seis meses nos seguintes ambientes: cerrado, área de cultivo de grandes culturas, pastagem e mata do Instituto Federal Goiano. Para cada um desses ambientes foram colocadas cinco armadilhas confeccionadas em garrafas PET, contendo respectivamente sementes de milho, milheto, soja, crambe e nabo forrageiro. As armadilhas foram inspecionadas a cada sete dias para a verifica o da ocorrência de insetos praga. As substancias consistiram de: 1) a afr o, 2) calcário, 3) cinza, 4) nim, 5) terra de diatomáceas, 6) clorpirifós, 7) deltametrina e 8) tratamento controle. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso
PERFIL DOS PACIENTES ATENDIDOS NA SALA DE EMERGêNCIA DO PRONTO SOCORRO DE UM HOSPITAL UNIVERSITáRIO
Tiago de Paula Rosa,Tania Solange Bosi de Souza Magnago,Juliana Petri Tavare,Suzinara Beatriz Soares de Lima
Revista de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria , 2011,
Abstract: Este estudo objetivou tra ar um perfil dos pacientes atendidos na sala de emergência do Pronto-Socorro de um hospital universitário do Rio Grande do Sul. Estudo transversal com 47 pacientes selecionados por conveniência em que se aplicou um formulário semi-estruturado, contendo variáveis sociodemográficos e relacionadas ao atendimento. A coleta de dados ocorreu em setembro e outubro de 2009. Os dados foram organizados no programa Excel, utilizando-se análise estatística descritiva. Evidenciou-se que 74,5% das pessoas atendidas s o do sexo masculino, na faixa etária de 31 a 60 anos (48,9%), casados (61,7%) e com ensino fundamental incompleto (70,2%). A principal causa de atendimento foi por trauma leve (31,9%) e Acidente Vascular Cerebral (8,5%), predominantemente no turno da tarde (49%). A maioria das pessoas atendidas (92%) permaneceu internada no pronto-socorro. O conhecimento do perfil dos pacientes atendidos contribui para o planejamento e execu o de a es que visem atender ao ser humano com qualidade.
Entre o medo da morte e a confian a na recupera o: a experiência da família durante um atendimento de emergência
Nara Marilene Oliveira Girardon-Perlini,Marisa Terezinha Stolz Pilatto
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2008,
Abstract: O presente estudo visa descrever a experiência da família que tem um familiar atendido no pronto-socorro, a partir de uma abordagem qualitativa, descritiva e exploratória. O estudo foi realizado em um hospital localizado na regi o sul do Brasil. Os sujeitos s o nove integrantes de famílias que acompanharam o atendimento de um familiar em uma situa o de emergência ocorrida no mês de outubro de 2005 e que responderam a uma entrevista aberta. A análise temática de conteúdo orientou o tratamento dos dados, resultando em duas categorias analíticas. Uma refere-se aos sentimentos e dificuldades vividos pelos familiares em uma situa o de atendimento de emergência, abordando o impacto da notícia para a família e os sentimentos que emergiram: medo da morte, inseguran a diante do desconhecido e em rela o ao prognóstico e ao futuro do familiar. A outra trata dos recursos encontrados pelas famílias para enfrentar a situa o, em que se destaca a espiritualidade, a presen a dos demais membros da família e dos amigos e o atendimento prestado pela equipe de saúde. O estudo permite concluir que a família, ao aguardar atendimento de emergência de um familiar, tem essa experiência marcada pelo medo da morte e a confian a na recupera o.
Page 1 /77122
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.