oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

4 ( 1 )

2019 ( 3 )

2018 ( 24 )

2017 ( 32 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 73714 matches for " Falha de tratamento "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /73714
Display every page Item
Reconstitui o do trato digestivo após falha de esofagogastro ou esofagocolo anastomose Digestive tract reconstitution after failed esophago-gastro or esophago-coloanastomosis
Italo Braghetto,Gonzalo Cardemil,Attila Csendes,Aliro Venturelli
ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (S?o Paulo) , 2013,
Abstract: RACIONAL: Disfagia grave ou mesmo afagia pode ocorrer após esofagectomia secundária à necrose do órg o ascendido com estenose severa ou separa o completa dos cotos. Ruptura catastrófica esofágica ou gástrica impulsiona a decis o de "desconectar" o es fago, a fim de evitar graves complica es sépticas. As opera es utilizadas para restabelecer a descontinuidade do es fago n o s o padronizadas e reopera es para restabelecimento do transito digestivo superior s o um verdadeiro desafio. MéTODOS: Este é estudo retrospectivo da experiência dos autores durante 17 anos incluindo 18 pacientes, 14 previamente submetidos à esofagectomia e quatro esofagogastrectomia. Eles foram operados com o fim de restabelecer o trato digestivo superior. RESULTADOS: Refazer esofagogastro anastomose foi possível em 12 pacientes, 10 por meio da abordagem cervical e combinando esternotomia em quatro, a fim de realizar a nova anastomose. Em cinco pacientes esofagocolo anastomose foi novamente realizada. Interposi o de enxerto livre de jejuno foi realizada em um paciente. As complica es ocorreram em 10 pacientes (55,5%): deiscência anastomótica em três, estenose em quatro, condrite esternal em dois e abscesso cervical em um. N o se observou mortalidade. CONCLUS O: Existem diferentes op es cirúrgicas para o tratamento desta situa o clínica difícil e arriscada; deve ser tratada com procedimentos adaptados de acordo com o segmento anat mico disponível para ser usado, escolhendo o procedimento mais conservador. BACKGROUND: Severe dysphagia or even aphagia can occur after esophagectomy secondary to necrosis of the ascended organ with severe stricture or complete separation of the stumps. Catastrophic esophageal or gastric disruption drives the decision to "disconnect" the esophagus in order to prevent severe septic complications. The operations employed to re-establish esophageal discontinuity are not standardized and reoperations for re-establishment of the upper digestive transit are a real challenge. METHODS: This is retrospective study collecting the authors experience during 17 years including 18 patients, 14 of them previously submitted to esophagectomy and four to esophagogastrectomy. They were operated on in order to re-establish the upper digestive tract. RESULTS: Redo esophago-gastro-anastomosis was possible in 12 patients, 10 through cervical approach and combined with sternotomy in four in order to perform the new anastomosis. In five patients a new esophago-colo anastomosis was performed. Free jejunal graft interposition was performed in one patient. Complications occurr
Vulnerabilidades presentes no percurso vivenciado pelos pacientes com HIV/AIDS em falha terapêutica Vulnerabilidades presentes en la ruta vivida por pacientes con VIH / SIDA en falla terapéutica Vulnerabilities present in the path experienced by patients with HIV / AIDS in treatment failure
Petra Kelly Rabelo de Sousa,Daniele Viana Maia Torres,Karla Corrêa Lima Miranda,Amanda Carneiro Franco
Revista Brasileira de Enfermagem , 2013,
Abstract: Um grande avan o no tratamento da AIDS deu-se com o surgimento da terapia antiretroviral. Entretanto, diversas vulnerabilidades podem estar presentes no percurso vivenciado pelos pacientes durante o tratamento. Objetivou-se analisar as vulnerabilidades dos pacientes com HIV/AIDS em falha terapêutica. Estudo qualitativo realizado com sete usuários com AIDS considerados em falha terapêutica, em uma Unidade de Servi o Ambulatorial Especializado em HIV/AIDS, em Fortaleza-CE. Para interpreta o dos dados, utilizou-se uma técnica de análise de conteúdo. Nos discursos, percebeu-se que os depoentes enfrentavam conflitos na família e, no ambiente de trabalho, dificuldades de relacionamento com as pessoas e estigma. Observou-se que os pacientes haviam vivenciado diversas situa es que os tornaram mais suscetíveis à infec o por HIV e ao adoecimento. Un gran avance en el tratamiento del SIDA se llevó a cabo con el advenimiento de la terapia antirretroviral. Sin embargo, numerosas vulnerabilidades pueden estar presentes en la ruta vivida por los pacientes durante el tratamiento. Este estudio tuvo como objetivo analizar las vulnerabilidades de los pacientes con VIH / SIDA en falla terapéutica. Estudio cualitativo en que fueran incluidos siete usuarios con el SIDA y en falla terapéutica, atendidos en una Unidad de Servicios Ambulatorios en VIH / SIDA, en Fortaleza-CE. Para interpretar los datos, se utilizó una técnica de análisis de contenido. Por medio de los discursos, verificó-se que los pacientes enfrentaban conflictos en la familia y, en el trabajo, relaciones difíciles con la gente y el estigma. Fue observado que los pacientes han experimentado muchas situaciones que les hizo más susceptibles a la infección por el VIH y la enfermedad. A major breakthrough in AIDS treatment occurred with the advent of antiretroviral therapy. However, several vulnerabilities may be present in the path experienced by patients during treatment. This study aimed to analyze the vulnerabilities of patients with HIV / AIDS in treatment failure. It is a qualitative study, involving seven users with AIDS considered in treatment failure in an Outpatient Service Unit on HIV / AIDS, in Fortaleza-CE. To interpret the data, it was used the technique of content analysis. In the speeches, it was realized that the deponents faced conflicts in the family and, difficult relationships with people and stigma at work. It was observed that patients had experienced various situations that made them more susceptible to HIV infection and illness.
Quebra de ponta de canula, no plano gorduroso, durante lipoaspira o Breakage of the tip of the cannula in the adipose tissue during liposuction
Moisés Wolfenson,Claudio Roncatti,Edvaldo Alfredo da Silva Júnior
Revista Brasileira de Cirurgia Plástica , 2012,
Abstract: Durante procedimento de lipoaspira o, uma canula teve seu segmento distal de 3 cm quebrado no plano adiposo. Os autores apresentam, neste trabalho, a conduta adotada para solu o do caso, de maneira simples e rápida, com emprego de um intensificador de imagens, sem grandes dificuldades. During liposuction, 3 cm of the distal segment of the cannula broke within the patient's adipose tissue. We used an image intensifier to easily and quickly address this complication without the development of any sequelae for the patient.
Análise de falhas de implantes cirúrgicos no Brasil: a necessidade de uma regulamenta o adequada
Azevedo Cesar R. de Farias,Hippert Jr. Eduardo
Cadernos de Saúde Pública , 2002,
Abstract: Este artigo apresenta alguns casos de análise metalúrgica de falhas de implantes cirúrgicos metálicos utilizados no Brasil. Investigaram-se as causas das falhas de duas placas de compress o de a o inoxidável, uma placa-lamina de a o inoxidável, uma placa de reconstru o de maxilar de liga de Ti com 6% de alumínio e 4% de vanádio (Ti-6Al-4V) e cinco arames de Nitinol (liga níquel-titanio). Adicionalmente, investigou-se a conformidade destes materiais às especifica es técnicas da norma ABNT (Associa o Brasileira de Normas Técnica). A investiga o revelou que todos os implantes analisados n o estavam de acordo com os requisitos mínimos da ABNT/ISO, e que as fraturas prematuras ocorreram por mecanismos assistidos por corros o e/ou pela presen a de defeitos (de fabrica o, montagem ou de manuseio). Dados de literatura indicam que implantes de materiais n o biocompatíveis podem causar diversos tipos de rea es adversas no corpo humano, além de promover a falha prematura do componente e causar danos para o paciente e prejuízos para o investimento público. N o há no Brasil legisla o sanitária que tornem compulsórios os procedimentos de notifica o e de investiga o dos casos de falhas de implantes cirúrgicos.
EFICIêNCIA DE ESPéCIES VEGETAIS NA PURIFICA O DE ESGOTO SANITáRIO VEGETAL SPECIES EFFICIENCY ON WASTEWATER TREATMENT
Rogério de Araújo Almeida,Luiz Fernando Coutinho Oliveira,Huberto José Kliemann
Pesquisa Agropecuária Tropical , 2007, DOI: 10.5216/pat.v37i1.1839
Abstract: O presente estudo objetivou avaliar a eficiência de substratos e de espécies vegetais no tratamento de esgoto sanitário, num sistema do tipo zona de raízes com fluxo subsuperficial descendente, após decanta o. O experimento foi conduzido no campus Samambaia, da Universidade Federal de Goiás, em Goiania, Goiás, Brasil. As espécies avaliadas foram taboa (Typha angustifolia L.), lírio do brejo (Hedychium coronarium J. K nig), conta-de-lágrima (Coix lacryma-jobi L.) e capim Angola (Urochloa mutica (Forssk.) T.Q. Nguyen). O sistema mostrou-se eficiente na remo o de poluentes do esgoto, atendendo aos padr es estabelecidos pela legisla o brasileira vigente, exceto para o nitrogênio amoniacal. A taboa e o lírio-do-brejo mostraram-se mais eficientes na redu o da DBO, na oxigena o do substrato, na remo o do nitrogênio amoniacal e na remo o de coliformes. A taboa foi mais eficiente na remo o de fosfatos. A eficiência na remo o de coliformes atingiu níveis próximos à totalidade. Dentre os substratos avaliados, a casca de coco foi o menos eficiente na redu o da DBO e da DQO e na remo o do nitrogênio amoniacal e dos coliformes. PALAVRAS-CHAVE: Tratamento de esgotos; alagados. The objective of this study was to evaluate the efficiency of substrates and vegetal species to treat sanitary wastewater, in a subsurface downward flow root zone system, after previous decantation. The experiment was carried out at Samambaia Campus, Federal University of Goiás, Goiania, Goiás State, Brazil. The vegetal species were narrow-leaf cattail (Typha angustifolia L.), white ginger (Hedychium coronarium J. K nig), Job's tears (Coix lacryma-jobi L.), and para grass (Urochloa mutica (Forssk.) T.Q. Nguyen). The system revealed to be efficient on wastewater pollutants removal, meeting the effluent standards established by current Brazilian regulation, except for ammoniumnitrogen. Narrow leaf cattail and white ginger showed to be more efficient on BOD reduction, substrate oxygenation, and ammonium-nitrogen and coliforms removal. Narrow leaf cattail was more efficient on phosphate removal. The efficiency on coliforms removal reached levels close to totality. Coconut fibre was the less efficient substrate for BOD and COD reduction and withdrawal of ammonium-nitrogen and coliforms. KEY-WORDS: Wastewater treatment, constructed wetlands, rootzone.
Consenso sobre o tratamento da dependência de nicotina
Marques Ana Cecilia P R,Campana Angelo,Gigliotti Analice de Paula,Louren?o Maria Teresa C
Revista Brasileira de Psiquiatria , 2001,
Abstract: Têm sido atribuídas à dependência de nicotina 20% das mortes nos EUA. Estudos têm mostrado que 30% a 50% das pessoas que come am a fumar escalam para um uso problemático. Nos últimos 20 anos, a educa o e a persuas o n o foram suficientes para promover uma mudan a política, cultural e social relacionada ao comportamento de fumar. As interven es para interromper o uso de tabaco ainda n o est o integradas às rotinas dos servi os de saúde no mundo. A falta de estratégias de integra o, de tempo disponível para acoplar a es assistenciais mais específicas e mesmo a percep o dos profissionais de saúde de que os tratamentos para a dependência de nicotina s o pouco efetivos s o algumas das barreiras apontadas. Assim, elaborar um consenso sobre a dependência de nicotina teve como objetivos: ? levantar dados epidemiológicos relevantes relacionados ao uso do tabaco no mundo e no Brasil; ? revisar as a es gerais e centrais da nicotina; ? elaborar um protocolo de triagem mínimo para servi os de aten o primária à saúde; ? recomendar diretrizes básicas de avalia o, diagnóstico e tratamento para todos os níveis de aten o à saúde em rela o à dependência de nicotina; ? fornecer sugest es para a abordagem de grupos especiais de pacientes: adolescentes, gestantes, idosos, pacientes em regime de interna o, obesos e pacientes com comorbidades psiquiátricas, cardiovasculares e respiratórias.
Apical extrusion of debris after hand, engine-driven reciprocating and continuous preparation =Extrus o apical de “debris” após o preparo manual e mecanizado oscilatório e contínuo
Luisi, Simone Bonato et al.
Revista Odonto Ciência , 2010,
Abstract: Objetivo: Este estudo, in vitro, avaliou a quantidade de extrus o apical de “debris”, após o preparo químico-mecanico do canal radicular, utilizando diferentes técnicas. Metodologia: Sessenta incisivos inferiores humanos hígidos foram aleatoriamente divididos em três grupos: Grupo A: técnica coroa-ápice manual; Grupo B: técnica coroa-ápice mecanizada com sistema de rota o oscilatória; Grupo C: Protaper, técnica mecanizada com sistema de rota o contínua. As raízes foram imersas em 2,3 ml de água destilada. Após os preparos, a água destilada de cada amostra foi filtrada, e o filtro de papel, contendo o material sólido extruído, foi pesado em uma balan a analítica de precis o. Resultados: Os testes Kolmogorov-Smirnov e Kruskal-Wallis demostraram que o grupo C apresentou valores superiores de “debris” do que os grupos A e B. Conclus o: A técnica rotatória contínua com Pro-taper produziu maior quantidade de extrus o apical do que as técnicas coroa-ápice manual e mecanizada com sistema de rota o oscilatória. A dire o da instrumenta o, se cérvico-apical ou ápico-cervical, parece ser o fator mais determinante na extrus o de “debris” independente desta ser realizada manual ou mecanizada.
Apical internal inflammatory root resorption and open apex treated with MTA: a case report = Reabsor o apical inflamatória interna e ápice aberto tratado com MTA: relato de caso
Brun, Débora Franzon et al.
Revista Odonto Ciência , 2010,
Abstract: Objetivo: A reabsor o radicular interna inflamatória é uma condi o rara caracterizada por progressiva perda de substancia dentária, que se inicia nas paredes do canal radicular. Geralmente o processo é assintomático e diagnosticado em exame radiográfico de rotina. O presente relato de caso mostra o tratamento de um caso de les o periapical e reabsor o interna apical que atingiu a superfície radicular externa. Descri o do caso: Um paciente do sexo masculino de 16 anos foi encaminhado para tratamento odontológico de rotina para reabilita o oral. O exame radiográfico mostrou uma les o de reabsor o no ter o apical e les o periapical no dente 21. O preparo coronário foi realizado e hidróxido de cálcio foi colocado por duas semanas. Um tamp o com MTA branco foi condensado na cavidade da reabsor o e ent o o canal foi obturado com guta-percha e cimento AH Plus. As radiografias de acompanhamento mostraram resolu o satisfatória. Conclus o: Este caso mostrou os resultados do tratamento com tamp o apical de MTA. A técnica evitou um procedimento invasivo e apresentou algumas vantagens, tais como propriedades biológicas dos materiais e capacidade de selamento.
Eficácia da cirurgia endoscópica nasal no tratamento da rinossinusite cr nica
Basílio, Flávia Machado Alves,Arantes, Murilo Carlini,Ballin, Annelyse Cristine,Dallagnol, Moises Rafael
Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia , 2010,
Abstract: Introdu o: A cirurgia endoscópica nasal (FESS) é encarada atualmente como o padr o ouro no tratamento da rinossinusite cr nica (RNSC), associada ou n o à polipose nasal, refratária ao tratamento clínico otimizado. Objetivo: Avaliar a melhora dos sintomas da RNSC após FESS, através de um questionário dirigido. Método: Trata-se de um estudo prospectivo, em que foram incluídos 34 pacientes submetidos à FESS durante o ano de 2009, no servi o de Otorrinolaringologia do Hospital de Clínicas/UFPR. Desses, 22 tinham o diagnóstico de RNSC e 12 apresentavam RNSC associada à polipose nasal. Todos os pacientes foram submetidos a um questionário sobre a sintomatologia pré-operatória, comorbidades e grau de melhora dos sintomas no pós-operatório, 6 meses após o procedimento. Resultados: A melhora percentual dos sintomas mais prevalentes no grupo com RNSC foi a seguinte: obstru o nasal 87,4%; cefaleia 80,5%; dor/press o facial 91,6%; secre o nasal posterior 81,2%. No grupo com polipose associada, a melhora foi: obstru o nasal 76,6%; secre o nasal posterior 76,6%; hiposmia 68,7%; cefaleia 83%. Em nosso estudo encontramos uma melhora global dos sintomas de 83,74% nos pacientes com RNSC e de 80,5% nos pacientes com polipose nasal associada. Conclus o: A FESS é altamente eficiente no controle dos sintomas da RNSC, associada ou n o à polipose, sendo, em nosso estudo, sua eficácia semelhante à encontrada na literatura internacional. Com rela o aos portadores de polipose nasal, s o necessários estudos com seguimento maior, visto que essa patologia apresenta alto grau de recorrência.
REVISTANDO ALGUMAS DAS ATUAIS PERPLEXIDADES DO CONCEITO NORMATIVO DE PROPRIEDADES DE INVESTIMENTO
Ana Maria Gomes Rodrigues
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ , 2013, DOI: 10.12979/rcmcc.2013101
Abstract: O artigo versa, numa primeira parte, sobre o conceito de propriedades de investimento. Elencam-se as principais orienta es do legislador contabilístico. Posteriormente realiza-se, de modo sumário, uma análise ao seu atual tratamento fiscal. Terminar-se-á com algumas notas conclusivas sobre estas temáticas.
Page 1 /73714
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.