oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

2013 ( 190 )

2012 ( 383 )

2011 ( 196 )

2010 ( 94 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 1424 matches for " Enfermagem "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /1424
Display every page Item
O modelo conceitual de sistemas abertos interatuantes e a teoria de alcance de metas de imogene king
Moreira Thereza Maria Magalh?es,Araújo Thelma Leite de
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2002,
Abstract: O trabalho descreve o Modelo Conceitual de Sistemas Abertos Interatuantes e a Teoria de Alcance de Metas de Imogene King, refletindo sobre o cuidar a partir dessa proposta. Foi realizado a partir de extenso estudo da estrutura teórica de King, assim como de sua aplica o junto aos pacientes. Foi possível observar que a estrutura teórica fornece um arcabou o teórico-conceitual necessário ao cuidado de enfermagem humanizado, estando atualizada e inserida no contexto atual de saúde.
A interpreta o do cuidado com o ostomizado na vis o do enfermeiro: um estudo de caso
Gemelli Lorena Moraes Goetem,Zago Márcia Maria Font?o
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2002,
Abstract: Este estudo teve como objetivo identificar como os enfermeiros de uma institui o hospitalar interpretam o cuidado com o ostomizado, por meio do método de estudo de caso. Os resultados obtidos deram origem a quatro categorias: o paciente precisa de um cuidado especial; é preciso orientar; para orientar a enfermagem precisa...; reconhecimento das dificuldades para o cuidado especial. Por essas categorias consideramos que os enfermeiros fornecem um cuidado inadequado devido à falta de conhecimentos específicos.
Vivendo infarto: os significados da doen a segundo a perspectiva do paciente
Santos Francisca Lígia de Medeiros Martins dos,Araújo Thelma Leite de
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2003,
Abstract: O presente estudo buscou identificar o significado do Infarto Agudo do Miocárdio para os pacientes, a partir do relato de suas vivências. Dada a natureza do problema, este estudo, de caráter descritivo, utilizou como referencial metodológico o Interacionismo Simbólico. Os dados foram obtidos através de entrevista semi-estruturada, tendo como atores treze pacientes, com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio, internados num centro coronariano de um hospital público especializado de Fortaleza-CE. A análise dos dados possibilitou identificar que "Viver o Infarto Agudo do Miocárdio Segundo a Perspectiva do Paciente" foi predominantemente inexplicado, gerador de sentimentos negativos e repentinos.
ENFERMAGEM COMPREENDIDA COMO VOCA O E SUA RELA O COM AS ATITUDES DOS ENFERMEIROS FRENTE àS CONDI ES DE TRABALHO
Rodrigues Rosa Maria
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2001,
Abstract: A proposta é refletir sobre a enfermagem enquanto trabalho, afastando sua concep o amplamente aceita que a identifica a uma atividade de ajuda, sendo que tal concep o poderia ser fator dificultante para o enfrentamento e transforma o das condi es de trabalho. Tenta situar na história o contexto em que é elaborado o modelo vocacional/religioso e identificar nas falas de alunos do primeiro e quarto ano de um curso de Gradua o em Enfermagem as manifesta es daquela concep o, apontando para a necessidade da atividade docente ser permeada pela concep o da enfermagem/trabalho.
Pesquisa básica na enfermagem
Alves Leila Maria Marchi,Nogueira Maria Suely,Godoy Simone de,Cárnio Evelin Capellari
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2004,
Abstract: A integra o da ciência básica à pesquisa em enfermagem é um tema emergente e em expans o em muitos países. Entretanto, no Brasil, os investigadores pouco têm se voltado à explora o dessa linha de pesquisa, a despeito dos muitos benefícios que pode trazer à prática assistencial do enfermeiro. Neste artigo, por meio de uma revis o bibliográfica, abordaremos a importancia da pesquisa básica e teceremos considera es sobre nossas experiências e expectativas enquanto enfermeiras pesquisadoras, enfatizando a possibilidade de articular a ciência fundamental e experimental às pesquisas e a es do enfermeiro.
A gerontologia e a interdisciplinaridade: aspectos relevantes para a enfermagem
Camacho Alessandra Concei??o Leite Funchal
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2002,
Abstract: Este artigo retrata a Gerontologia como área rica e cheia de lacunas a serem preenchidas pelas disciplinas que a comp em, indo além das abordagens convencionais à clientela idosa, visando a caminhos renovados para a Enfermagem, que, dentre tantas disciplinas, também está no processo construtivo de conhecimento. Tem como objetivo destacar a importancia da Gerontologia para a atua o interdisciplinar, principalmente para Enfermagem, ressaltando o cliente idoso no contexto social. A interdisciplinaridade é instrumento condutor para Gerontologia em busca de mudan as que venham a somar conhecimentos e redundar em esfor os no processo de desenvolvimento da área da saúde em rela o ao cliente idoso e às diversas disciplinas que contemplam uma atua o relevante que, sem dúvida, permitem avan os para a Enfermagem.
A produ o científica na gradua o em enfermagem (1997 a 2004): análise crítica
Kelly Graziani Giacchero,Adriana Inocenti Miasso
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2006,
Abstract: Este estudo tem o propósito de identificar o perfil da produ o científica da gradua o em enfermagem apresentada no Simpósio de Inicia o Científica da USP (SIICUSP) entre os anos de 1997 a 2004, descrever fatores que podem influenciar o perfil dessa produ o e estabelecer uma compara o com o estudo de PEREIRA et al (1999) que realizou estudo no período de 1993 a 1996 do referido evento. A metodologia baseou-se na análise dos resumos referentes à área de enfermagem nos anais do SIICUSP do período citado mediante a classifica o por tipos de pesquisa, temáticas abordadas, agências fomentadoras e institui es/departamentos de origem. Identificou-se que a maioria dos estudos é financiada por agências de fomento, houve predomínio de pesquisas n o-experimentais e os aspectos sócio-culturais foram destaque entre as temáticas abordadas. As institui es públicas s o as que mais contribuíram na produ o de conhecimento científico. Tais características s o similares às encontradas por PEREIRA et al (1999) no período de 1993 a 1996 e a análise comparativa dos achados da produ o entre 1997 a 2004 revelou, ainda, um aumento progressivo do número de trabalhos apresentados, bem como a crescente participa o de outras universidades no SIICUSP (que até 1996 era restrito à USP). Concluiu-se que a inicia o científica é importante etapa da forma o do pesquisador e espa o para o desenvolvimento da cultura de consumo e produ o do conhecimento. é fundamental ainda a observa o de que ela n o se desvincule das necessidades da sociedade atual e dos assuntos que motivam o aluno, visando garantir o crescimento, a qualidade e a valoriza o da produ o de conhecimento na área da enfermagem.
AS POSSIBILIDADES DE USO DA INTERNET NA PESQUISA EM ENFERMAGEM
Yolanda Dora Martinez évora
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2004,
Abstract: O alto nível de conectividade da Internet apresenta oportunidades incomparáveis para o acesso e o compartilhamento da informa o. Toda a essência da Internet se resume na transmiss o de informa es na forma eletr nica com velocidade e confiabilidade. O objetivo deste estudo é apresentar as possibilidades de uso da Internet como ferramenta para o desenvolvimento de pesquisa em Enfermagem e para a divulga o do conhecimento. Trata-se de uma pesquisa de atualiza o onde s o apresentados alguns recursos disponíveis na World Wide Web (www) como em especial os sites de busca, correio eletr nico, acesso à base de dados, fóruns e listas de discuss o, transferência de arquivos (FTP), homepages e videoconferência que se tornam indispensáveis e fundamentais quando se pensa em pesquisa. Conclui-se que a Internet é um recurso valioso para quem n o tem as informa es que precisa ao encontrar um problema na prática. O computador permite às pessoas acharem todo tipo de informa o facilmente. Quando a informa o está on-line, uma busca adequada pode recuperar a informa o que se necessita de forma muito mais rápida do que quando realizada manualmente. O estudo demonstra que é possível o acesso a bases de dados nacionais e internacionais, com busca on-line em tempo real. Além disso, a Internet possibilita o intercambio entre pesquisadores de diferentes regi es geográficas em um curto espa o de tempo, por meio da utiliza o dos recursos disponíveis descritos e muito utilizados para o desenvolvimento da pesquisa em enfermagem.
O processo de municipaliza o da saúde sob o olhar do ser humano-trabalhador de enfermagem da rede básica de saúde
Ferreira Juliana Moretti,Mishima Silvana Martins
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2004,
Abstract: Objetiva-se identificar e analisar transforma es presentes no processo de municipaliza o, na percep o dos auxiliares de enfermagem que atuam na rede básica de saúde de Marília-SP. Trata-se de estudo descritivo, para o qual o material coletado por meio de entrevistas semi-estruturadas foi organizado em dois núcleos temáticos: a incorpora o tecnológica na rede básica e, em foco, a amplia o do acesso. Apesar dos grandes avan os identificados pelo conjunto dos entrevistados em rela o à incorpora o tecnológica e à amplia o do acesso da popula o ao sistema de saúde, n o é possível afirmar que os trabalhadores se apropriaram do projeto político e ideológico que vem sendo construído no município.
Perfil dos profissionais de enfermagem que atuam em maternidades em Londrina, PR
Maria Angélica Motta da Silva Esser,Fabiana Villela Mamede,Marli Villela Mamede
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2012,
Abstract: A redu o da mortalidade materna é um dos indicadores de saúde cujo elemento principal é a assistência de qualidade ao parto e nascimento. Este estudo teve como objetivo caracterizar os profissionais de enfermagem que atuam na assistência ao parto. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado em três maternidades, junto a 63 profissionais de enfermagem. Os resultados mostram que há predominancia de profissionais de nível médio. Apesar da maioria das enfermeiras possuir especializa o em obstetrícia, estas referem desempenhar papel burocrático e pouco assistencial. Além da especialidade, a enfermeira deve se fundamentar nas competências essenciais para a enfermagem obstétrica. Observou-se pouca participa o dos profissionais em curso e eventos na área da saúde da mulher. Concluiu-se que há necessidade de implementa o de cursos de capacita o com o objetivo de incentivar a es preconizadas para diminuir os índices de mortalidade materna, melhorando a assistência prestada às mulheres e a seus filhos.
Page 1 /1424
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.