oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

2019 ( 19 )

2018 ( 27 )

2017 ( 30 )

2016 ( 31 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 11701 matches for " Domicio do;Cecato "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /11701
Display every page Item
Dinamica da pastagem e desempenho de novilhos em pastagem de capim-tanzania sob diferentes ofertas de forragem
Barbosa, Marco Aurélio Alves de Freitas;Nascimento Júnior, Domicio do;Cecato, Ulysses;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2006, DOI: 10.1590/S1516-35982006000600004
Abstract: this experiment was carried out from march to august 2000, to study the dry matter yield dynamic and performance of steers grazing tanzania grass (panicum maximum jacq. cv. tanzania), under continuous stocking with variable stocking rate, and four forage allowances (3, 7, 11, and 15% bw). crossbred nelore x charolais steers, averaging 18 months and 350 kg bw, were used. a randomized block design, with three replicates, was used. when tanzaniagrass was managed in the 7 to 11% interval of forage allowance, the fertilizer input was minimal (30 kg/ha/yr n), and high average daily gain (adg) was obtained, with no effect on the gain/ha (g/ha). under this condition, pasture showed 1,528 kg/ha green leaf lamina dry matter (glldm); 56 cm of stubble height; 97% soil cover; 62 kg/ha/day of glldm accumulation rate; and 34% green leaf lamina in the total dry matter, with adg of 0.5 kg/day and 126 kg of g/ha.
Avan?os na pesquisa com plantas forrageiras tropicais em pastagens: características morfofisiológicas e manejo do pastejo
Silva, Sila Carneiro da;Nascimento Júnior, Domicio do;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2007, DOI: 10.1590/S1516-35982007001000014
Abstract: grazing management has been the focus of the research with forage plants in brazil for many years. however, it was during the last decade that significant changes and advance occurred regarding the understanding of important factors and processes that determine adequate use of tropical forage plants in pastures. the objective of this text is to provide a brief history of the research on forage plants and grasslands in brazil, highlighting its evolution, trends, results and transition phases. that will help to put things into perspective and provide the basis for discussing the importance and relevance of studies involving evaluations of morphophysiological traits and responses of forage plants towards planning and definition of sound and efficient grazing management practices. the information is presented in a systematic manner, favouring an integrated view of the different trends and research philosophies used, indicating, critically, the need for revising and changing paradigms as a means of improving and consolidating the knowledge on animal production from pastures.
Syndromic surveillance: etiologic study of acute febrile illness in dengue suspicious cases with negative serology. Brazil, Federal District, 2008
Silva, Ailton Domicio da;Evangelista, Maria do Socorro Nantua;
Revista do Instituto de Medicina Tropical de S?o Paulo , 2010, DOI: 10.1590/S0036-46652010000500003
Abstract: with the aim of identifying the etiology of acute febrile illness in patients suspected of having dengue, yet with non reagent serum, a descriptive study was conducted with 144 people using secondary serum samples collected during convalescence. the study was conducted between january and may of 2008. all the exams were re-tested for dengue, which was confirmed in 11.8% (n = 17); the samples that remained negative for dengue (n = 127) were tested for rubella, with 3.9% (n = 5) positive results. among those non reactive for rubella (n = 122), tests were made for leptospirosis and hantavirus. positive tests for leptospirosis were 13.9% (n = 17) and none for hantavirus. non reactive results (70.8%) were considered as indefinite febrile illness (ifi). low schooling was statistically associated with dengue, rubella and leptospirosis (p = 0.009), dyspnea was statistically associated with dengue and leptospirosis (p = 0.012), and exanthem/petechia with dengue and rubella (p = 0.001). among those with leptospirosis, activities in empty or vacant lots showed statistical association with the disease (p = 0.013). syndromic surveillance was shown to be an important tool in the etiologic identification of ifi in the federal district of brazil.
Características morfogênicas e estruturais na rebrota??o da Brachiaria brizantha cv. marandu submetida a três doses de nitrogênio
Alexandrino, Emerson;Nascimento Júnior, Domicio do;Mosquim, Paulo Roberto;Regazzi, Adair José;Rocha, Fernanda Cipriano;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2004, DOI: 10.1590/S1516-35982004000600003
Abstract: an experiment was arranged in a randomized blocks design, in a 3 x 8 factorial scheme, three nitrogen (n) levels (0, 20 e 40 mg dm-3 week-1 of n) and eight regrowth ages (0, 2, 4, 8, 16, 24, 32 and 48 days after the standardized harvest) in pots in greenhouse, with three replicates for each treatment, to evaluate the morphogenesis (leaf appearance rate [tapf] and leaf elongation rate [talf]) and structural characteristics (average leaf length [cmf], number of alive leaves tiller-1 [nfvp], average tiller weight [pmp] and density tiller [dp]) of brachiaria brizantha cv. marandu. tapf showed significant effect as the nitrogen level increased. plants that received 40 mg dm-3 week-1 of n showed phyllochrons inferior (6.99 days leaf-1) than those observed in the control (12.20 days leaf-1). talf was very sensible to the n application and increased as the n level increased (185.24 and 264.32%, respectively, for plants that received 20 and 40 mg dm-3 week-1 of n). cmf showed positive and significant effect, as the nitrogen level increased. n levels and regrowth age showed significant and positive effect on nfvp and pmp. although the higher nfvp, plants that received n levels had higher loss by senescence. the quantitative factors also showed significant and positive effect on dp.
Características Morfogênicas e Acúmulo de Forragem do Capim-Tanzania (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) em Dois Resíduos Forrageiros Pós-Pastejo
Barbosa Rodrigo Amorim,Nascimento Júnior Domicio do,Euclides Valéria Pacheco Batista,Regazzi Adair José
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: O experimento foi conduzido no Centro Nacional de Gado de Corte da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Gado de Corte). Foram avaliadas as características morfogênicas de folhas e perfilhos, acúmulo de matéria seca verde e índices de crescimento do capim-tanzania em dois resíduos forrageiros pós-pastejo (Resíduo alto -- RA 3,6 t de MS/ha e Resíduo baixo -- RB 2,3 t de MS/ha), até os 35 dias após o pastejo. O delineamento experimental foi em blocos casualizados completos com os tratamentos no esquema de parcelas subdivididas com três repeti es. Para a dinamica de perfilhamento houve diferen a entre resíduos somente no aparecimento de novos perfilhos basilares. A taxa de aparecimento de novos perfilhos, tanto basilares quanto aéreos, decresceu linearmente com os dias de rebrota o após o pastejo. As taxas de alongamento e senescência de folhas n o diferiram entre resíduos e tipos de perfilho. Em contrapartida, a dura o de alongamento foliar foi menor no resíduo baixo e no perfilho novo, porém produzindo folhas com menor comprimento final. Houve intera o entre resíduo e tipo de perfilho para a taxa de aparecimento de folhas, com maiores valores para o resíduo baixo no perfilho novo e remanescente. O acúmulo de matéria seca verde n o diferiu entre resíduos, sendo, em média, 61,4 e 47,9 kg/ha.dia, nos resíduos baixo e alto, respectivamente. A taxa de crescimento relativo e o índice de área foliar n o apresentaram diferen as entre resíduos forrageiros, porém apresentaram comportamento inverso em fun o dos dias após o pastejo.
Caracteriza o da distribui o espacial das fezes por bovinos em uma pastagem de Brachiaria decumbens
Braz Sérgio Pereira,Nascimento Júnior Domicio do,Cantarutti Reinaldo Bertola,Martins Carlos Eugênio
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: O experimento foi conduzido no campo Experimental de Coronel Pacheco pertencente à EMBRAPA Gado de Leite, na Zona da Mata de Minas Gerais, com o objetivo de avaliar a distribui o espacial das fezes depositadas por bovinos na pastagem. Foi demarcado um piquete de forma quadrada com 110 m de lado numa pastagem de Brachiaria decumbens, com boa disponibilidade de forragem e cobertura homogênea. A área foi dividida em bordadura (faixa de 5 m em toda periferia) e área útil de avalia o (regi o central com 1 ha), onde se estudou a distribui o e cobertura das placas de fezes pelos animais na pastagem. As placas de fezes produzidas pelos três animais que permaneceram na área por 10 semanas cobriram 0,81% da superfície da área experimental. Os dados obtidos permitiram constatar a existência de duas regi es distintas quanto à densidade de deposi o das defeca es, uma associada ao ato de pastejo quando parte das defeca es foram distribuídas na maior parte da área da pastagem, porém com densidade de defeca es inferior a outra regi o distinta que está associada aos atos de descanso e rumina o, a qual ocupa menor área da pastagem, porém apresenta maior densidade de defeca es.
Efeitos de métodos de estabelecimento de braquiária e estilosantes e de doses de calcário, fósforo e gesso sobre alguns componentes nutricionais da forragem
Mesquita Eduardo Eustáquio,Fonseca Dilermando Miranda da,Nascimento Júnior Domicio do,Pereira Odilon Gomes
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar, em dois anos, os efeitos de métodos de estabelecimento (sulcamento: 1,5 e 1,0 m entre linhas em etapa única; 1,5 e 1,0 m em duas e três etapas, respectivamente; ara o, gradea o e sulcos espa ados de 1,0 m entre linhas), doses de calcário (25, 50, 75 e 100% da necessidade de calagem-NC, obtida pelo método do Al, Ca e Mg trocáveis), gesso agrícola (0, 230, 940, 1.880 e 2.820 kg/ha, referentes à substitui o de 0, 3,0, 12,5, 25,0 e 37,5% do CaO do calcário pelo CaO do gesso, na dose de 100% da NC) e P2O5 (50, 100, 150, 200 e 250 kg/ha) nas concentra es de minerais (P, K, Ca, Mg e S), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e lignina na matéria seca e na DIVMS de Brachiaria decumbens consorciada com Stylosanthes guianensis cv. Mineir o. Os métodos de estabelecimento em duas e três etapas propiciaram maiores concentra es de K na braquiária e Ca no estilosantes. As maiores concentra es de PB na braquiária foram alcan adas com o estabelecimento com ara o e gradea o do solo. A substitui o do calcário pelo gesso elevou as concentra es de S, Ca e PB na matéria seca da braquiária e do estilosantes e reduziu as concentra es de FDN na gramínea. As doses de P elevaram as concentra es de P, PB e a DIVMS e reduziram as concentra es de FDN na braquiária, melhorando seu valor nutritivo.
Disponibiliza o dos Nutrientes das Fezes de Bovinos em Pastejo para a Forragem
Braz Sérgio Pereira,Nascimento Junior Domicio do,Cantarutti Reinaldo Bertola,Regazzi Adair José
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Em local adjacente aos ensaios realizados por Braz et al. (2001) foi estabelecida outra área, com objetivo de avaliar a degrada o das placas de fezes depositadas pelos bovinos e a influência dos nutrientes liberados na produ o e nos teores de nutrientes da forragem. Foram coletadas 50 placas de fezes imediatamente após a excre o pelo animal e mantidas no campo sob incuba o por períodos de 7, 14, 28, 56 e 112 dias. Foi verificada contínua e intensa varia o nos teores de potássio das placas, que passaram de 0,25 para 0,05% após os 112 dias; neste período, a libera o do nutriente da placa correspondeu a 90% da quantidade inicial. Os teores de FDA apresentaram, na primeira semana, redu o de 50% do inicial, que provavelmente favoreceu a concentra o das cinzas na placa, como observado. N o se observou varia o dos teores de N e P, sendo que o desaparecimento ocorreu de forma restrita, apresentando a mesma tendência do desaparecimento de matéria seca, provavelmente em fun o da a o de agentes físicos, já que a atividade biológica nas placas foi baixa. Quanto à influência dos nutrientes liberados da placa na produ o e teor de nutrientes da forragem, foram verificadas, após 112 dias de incuba o, diferen as quanto à produ o e aos teores de K na regi o central de avalia o, ou seja, num raio de até 25 cm do centro da placa, n o foi verificada diferen a quanto à produ o ou aos teores dos nutrientes em outras regi es avaliadas.
Dinamica de decomposi o e mineraliza o de nitrogênio em fun o da qualidade de resíduos de gramíneas e leguminosas forrageiras
Monteiro Hélida Christine de Freitas,Cantarutti Reinaldo Bertola,Nascimento Junior Domicio do,Regazzi Adair José
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar a dinamica de decomposi o e mineraliza o de nitrogênio de resíduos de algumas gramíneas e leguminosas forrageiras. Utilizaram-se quatorze resíduos, que variaram quanto à procedência e ao local de coleta, e a sele o foi realizada baseando-se nas características qualitativas desses resíduos e utilizando a distancia euclidiana média, como medida de dissimilaridade. Desse modo, foram selecionados os resíduos de B. humidicola, B. brizantha, A. pintoi, D. ovalifolium, L. leucocephala, S. guianensis e C. pubescens. A decomposi o dos resíduos selecionados foi medida por meio da libera o de C-CO2. Para a análise dos dados de decomposi o, adotou-se o esquema de parcelas subdivididas, em que os resíduos constituíram as parcelas e as avalia es no tempo, as subparcelas. às quantidades de CO2 evoluídas em fun o do tempo (horas) ajustou-se uma fun o logística. Para o ensaio de mineraliza o, foram realizadas amostragens semanais de nitrogênio amoniacal e nítrico, por um período de sete semanas. Observou-se que o teor de polifenóis e a capacidade destes em complexarem proteínas foram os atributos qualitativos que mais afetaram os processos de decomposi o e mineraliza o líquida de nitrogênio. Os resíduos vegetais que apresentaram carbono organico mais facilmente degradável apresentaram maior taxa de decomposi o (evolu o do CO2) e mineraliza o líquida de N. Os resíduos de C. pubescens e A. pintoi apresentaram as maiores taxas de decomposi o e mineraliza o líquida de N. O resíduo de B. brizantha também apresentou alta taxa de decomposi o. A nitrifica o no solo foi mais intensa sob as condi es de mineraliza o do resíduo de A. pintoi.
Avalia o de Três Cultivares de Panicum maximum Jacq. sob Pastejo: Composi o Química e Digestibilidade da Forragem
Brancio Patrícia Amarante,Nascimento Junior Domicio do,Euclides Valéria Pacheco Batista,Regazzi Adair José
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: O estudo foi conduzido com o objetivo de estimar o valor nutritivo da MS de três cultivares de Panicum maximum Jacq. submetidas ao pastejo rotativo, através dos teores de proteína bruta, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, lignina, celulose, sílica e digestibilidade in vitro da matéria organica em amostras de folhas e colmos. Estudou-se, também, no cultivar Tanzania, a aduba o nitrogenada no final do período chuvoso, adicional à de manuten o comum às demais cultivares. As amostragens foram realizadas em junho, setembro e novembro de 1998 e mar o de 1999. Algumas diferen as entre tratamentos foram observadas, apresentando, em geral, menor valor nutritivo no cv. Massai, com menores teores de proteína bruta e digestibilidade e maiores teores de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido e lignina tanto nas folhas, como nos colmos. Sua utiliza o como op o forrageira deve basear-se em outras características agron micas. O cv. Momba a apresentou, em geral, maiores teores de sílica e seu valor nutritivo n o foi afetado pela aduba o nitrogenada no final do período chuvoso, exceto pelo aumento no teor de proteína bruta e pela redu o do conteúdo de lignina e sílica em mar o. O valor nutritivo dos colmos foi inferior ao das folhas. O início do período chuvoso foi, em geral, a época de maior valor nutritivo da forragem em todos os tratamentos.
Page 1 /11701
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.