oalib

Publish in OALib Journal

ISSN: 2333-9721

APC: Only $99

Submit

Any time

4 ( 1 )

2020 ( 14 )

2019 ( 204 )

2018 ( 328 )

Custom range...

Search Results: 1 - 10 of 194931 matches for " Alessandro Severo Alves de;Moreira "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /194931
Display every page Item
Paniculite mesentérica: aspectos na tomografia computadorizada
Moreira Luiza Beatriz Melo,Pinheiro Ricardo Andrade,Melo Alessandro Severo Alves de,Alves José Ricardo Duarte
Radiologia Brasileira , 2001,
Abstract: A paniculite mesentérica é um processo inflamatório que constitui o segundo estádio de uma doen a rara e progressiva que envolve o tecido adiposo do mesentério. Entre os métodos radiológicos utilizados no diagnóstico est o os estudos baritados, a ultra-sonografia, a tomografia computadorizada e a ressonancia magnética do abdome. A tomografia computadorizada tem importancia tanto no diagnóstico e avalia o da extens o da doen a quanto no planejamento do tratamento, e os aspectos tomográficos variam de acordo com o estádio da doen a e se o componente predominante é inflamatório ou fibroso, tendo boa correla o com os achados da anatomopatologia. Os autores estudaram dez casos de paniculite mesentérica submetidos a tomografia computadorizada, sendo que em um deles foi realizada ressonancia magnética. Em todos os casos o aspecto tomográfico era o de forma o expansiva heterogênea, com densidade predominantemente adiposa, apresentando vasos ectasiados e bandas lineares com densidade de partes moles de permeio, localizada no mesentério.
Les?es traumáticas do mediastino: aspectos na tomografia computadorizada
Melo, Alessandro Severo Alves de;Moreira, Luiza Beatriz Melo;Marchiori, Edson;
Radiologia Brasileira , 2003, DOI: 10.1590/S0100-39842003000500006
Abstract: traumatic mediastinal lesions are unusual findings in patients with thoracic trauma but may represent poor prognosis and be associated with severe lesions. mediastinal trauma is increasingly being diagnosed by computed tomography due to the fast acquisition times of helical techniques, allowing the evaluation of critically ill patients and the adoption of efficient therapeutic measures. the authors studied 11 patients with mediastinal lesions who were submitted to computed tomography due to thoracic trauma. the most frequent finding was mediastinal bleeding characterized by infiltration of mediastinal fat, dense material within the mediastinal spaces or hematoma. hemopericardium was the second most common lesion in this series, appearing as dense or liquid material in the pericardium. aortic lesions such as wall irregularities or pseudoaneurisms were less commonly seen (three patients). in this study blunt thoracic traumas were observed in six cases whereas penetrating trauma occurred in five cases. the causes of blunt trauma were pedestrians struck by car, motor vehicle accidents and falls. penetrating trauma was due to lesions produced by bullets or knifes.
Hematopoiese extramedular intratorácica: relato de um caso
Moreira, Luiza Beatriz Melo;Melo, Alessandro Severo Alves de;Marchiori, Edson;
Radiologia Brasileira , 2001, DOI: 10.1590/S0100-39842001000300013
Abstract: the authors report a case of a 40-year-old male patient with sickle cell disease who presented with intra-thoracic extramedullary hematopoiesis and paravertebral expansive lesions that appeared as soft tissue density masses on conventional x-ray films. a computed tomography of the chest demonstrated soft tissue density masses in the lower third of the paravertebral spaces. these masses presented well-defined limits, lobulated edges and were heterogeneous due to areas of interposed adipose and soft density tissues. the lung parenchyma had no abnormalities. computed tomography of the abdomen revealed diffuse hiperdensity and enlargement of the liver that was attributed to hemosiderosis, and an atrophic and calcified spleen due to repeated episodes of infarction.
Les?es traumáticas do parênquima pulmonar: aspectos na tomografia computadorizada
Melo, Alessandro Severo Alves de;Moreira, Luiza Beatriz Melo;Marchiori, Edson;
Radiologia Brasileira , 2003, DOI: 10.1590/S0100-39842003000300004
Abstract: traumatic lesions of the lung are common findings in patients with thoracic trauma. these lesions are increasingly diagnosed using computed tomography, mostly due to the fast acquisition time helical techniques that allow evaluation of critically ill patients and an efficient therapeutic management. the authors studied 150 patients with thoracic trauma submitted to computed tomography that demonstrated lung contusions, atelectasies, lacerations and hematomas. lung contusions were the most frequent lesions appearing as consolidation or ground-glass attenuation areas. atelectasies, in subsegmentar and compressive patterns, were the second most common lesions observed. lacerations appeared as consolidations with air or liquid level. lung hematomas, characterized by round opacities, were the most rare lung lesions seen in only five cases. in this study, blunt thoracic trauma accounted for the majority of 120 cases whereas penetrating trauma occurred in 30 cases. the causes of blunt trauma in decrescent order of frequency were motor vehicle accidents, pedestrian hit by car, falls, motorcycle accidents and trashing. penetrating traumas were caused by bullets or knives.
Hematopoiese extramedular intratorácica: relato de um caso
Moreira Luiza Beatriz Melo,Melo Alessandro Severo Alves de,Marchiori Edson
Radiologia Brasileira , 2001,
Abstract: Os autores relatam o caso de um paciente do sexo masculino, de 40 anos de idade, portador de anemia falciforme, que desenvolveu a forma intratorácica de hematopoiese extramedular, apresentando les es expansivas com densidade de partes moles, localizadas posteriormente, nas goteiras paravertebrais, na radiologia convencional. A tomografia computadorizada do tórax demonstrou massas bem delimitadas, de contornos lobulados, com densidade heterogênea à custa de áreas de tecido gorduroso e de densidade de partes moles, localizadas no ter o inferior das goteiras paravertebrais. Os pulm es tinham coeficientes de atenua o preservados. A tomografia computadorizada de abdome revelou importante aumento da densidade e do volume do fígado, atribuídos à hemossiderose, e ba o atrófico e calcificado devido a infartos esplênicos de repeti o.
Pseudomixoma peritoneal: aspectos tomográficos e na ressonancia magnética - relato de três casos
Moreira Luiza Beatriz Melo,Melo Alessandro Severo Alves de,Pinheiro Ricardo Andrade,Crespo Sheila Jandhyra Vianna
Radiologia Brasileira , 2001,
Abstract: O pseudomixoma peritoneal é um tumor incomum, de curso indolente, que se caracteriza pela presen a de ascite mucinosa ou implantes na cavidade peritoneal. Origina-se geralmente de les es no apêndice ou no ovário. O diagnóstico pode ser feito por meio da citologia de aspira o por agulha fina, ultra-sonografia, tomografia computadorizada ou ressonancia magnética. Os autores relatam três casos de pseudomixoma peritoneal cujo sítio primário era o ovário, e que foram submetidos a tomografia computadorizada e a ressonancia magnética do abdome. Este trabalho enfatiza a importancia destes métodos em fun o de sua capacidade de resolu o espacial, imagens multiplanares e diferentes seqüências (na ressonancia magnética), permitindo melhor avalia o das les es. Os exames tomográficos demonstraram massas lobuladas, hipodensas, com limites bem definidos, determinando "lobula es" nas margens hepática e esplênica por compress o extrínseca secundária a implantes peritoneais, sem invas o dos órg os. A ressonancia magnética revelou les es expansivas com baixo sinal nas imagens ponderadas em T1 e alto sinal em T2, de localiza o peritoneal, junto às margens do fígado e ba o.
Les es traumáticas do parênquima pulmonar: aspectos na tomografia computadorizada
Melo Alessandro Severo Alves de,Moreira Luiza Beatriz Melo,Marchiori Edson
Radiologia Brasileira , 2003,
Abstract: As les es pulmonares s o achados freqüentes no trauma torácico, sendo cada vez mais diagnosticadas pela tomografia computadorizada, em especial pelo rápido tempo de aquisi o decorrente da técnica helicoidal, que permite a avalia o de pacientes em estado grave, possibilitando a ado o de conduta terapêutica eficiente. Os autores estudaram 150 pacientes vítimas de trauma torácico submetidos a tomografia computadorizada, que apresentaram les es pulmonares, representadas por contus es, atelectasias, lacera es e hematomas pulmonares. As contus es pulmonares se caracterizaram por consolida es e atenua o em vidro fosco, sendo as les es pulmonares mais comuns. As atelectasias foram observadas com os padr es subsegmentar e compressiva, e foram a segunda les o mais comum. As lacera es se apresentaram como consolida es com ar ou nível líquido no interior. Os hematomas pulmonares representaram a les o pulmonar mais rara, presentes em apenas cinco casos, caracterizados por opacidades arredondadas. Neste trabalho o trauma torácico fechado predominou, com 120 casos, enquanto o trauma aberto ocorreu em 30 casos. As causas de trauma fechado, em ordem decrescente de freqüência, foram: colis o automobilística, atropelamento, queda de altura, acidente de motocicleta e espancamento. A forma penetrante de traumatismo torácico decorreu de duas causas de agress o: les o por arma de fogo e les o por arma branca.
Les es traumáticas do mediastino: aspectos na tomografia computadorizada
Melo Alessandro Severo Alves de,Moreira Luiza Beatriz Melo,Marchiori Edson
Radiologia Brasileira , 2003,
Abstract: As les es traumáticas mediastinais constituem achados pouco freqüentes no trauma torácico, mas s o de extrema importancia, por representarem mau prognóstico, dada a sua gravidade e les es associadas. O trauma mediastinal é cada vez mais diagnosticado pela tomografia computadorizada, em especial pelo rápido tempo de aquisi o decorrente da técnica helicoidal, que permite a avalia o de pacientes em estado grave, possibilitando a ado o de conduta terapêutica eficiente. Os autores estudaram 11 pacientes com trauma torácico submetidos a tomografia computadorizada, os quais apresentaram les es mediastinais. A hemorragia mediastinal representou a les o mais comum nesta casuística, manifestando-se sob a forma de infiltra o da gordura mediastinal, com a presen a de material denso permeando os espa os mediastinais, ou sob a forma de hematoma. O hemopericárdio representou a segunda les o mais comum, caracterizado por material denso ou líquido no interior do pericárdio. As les es aórticas foram observadas em três casos, caracterizadas por irregularidade parietal no contorno aórtico ou por pseudo-aneurisma. Neste trabalho o trauma torácico fechado foi observado em seis casos, enquanto o trauma aberto ocorreu em cinco pacientes. As causas de trauma fechado foram atropelamento, colis o automobilística e queda de altura. A forma penetrante de traumatismo torácico decorreu de dois modos de agress o: les o por arma de fogo e les o por arma branca
CARCINOMA BRONQUíOLO-ALVEOLAR: ASPECTOS NA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE ALTA RESOLU O
Moreira Luiza Beatriz Melo,Marchiori Edson,Melo Alessandro Severo Alves de,Magnago Marcelo
Radiologia Brasileira , 2002,
Abstract: O carcinoma bronquíolo-alveolar é um tipo de carcinoma broncogênico de crescimento insidioso, que surge nas paredes das vias aéreas distais e se dissemina utilizando o septo alveolar como um estroma, preservando a arquitetura pulmonar. Neste trabalho foram analisadas as tomografias computadorizadas de alta resolu o de 17 pacientes com carcinoma bronquíolo-alveolar. Ao contrário do relatado na literatura, foram observados predomínio no sexo masculino (71%) e maior freqüência da associa o das formas de consolida o e multinodular (53%) em rela o à forma nodular solitária (12%), multinodular (12%) e de consolida o (23%). Os aspectos mais encontrados foram: áreas de consolida o (76%), broncograma aéreo (71%), áreas de baixa atenua o provavelmente devidas à presen a de muco (60%), espessamento de septos interlobulares, opacidades em vidro fosco e nódulos confluentes (54% cada), e pavimenta o em mosaico (36%). Os nódulos cavitados, a atelectasia, o sinal do halo e o aspecto de "árvore em brotamento" foram observados em apenas um caso cada.
Apendicite epiplóica: aspectos na ultra-sonografia e na tomografia computadorizada
Melo Alessandro Severo Alves de,Moreira Luiza Beatriz Melo,Pinheiro Ricardo Andrade,Noro Fábio
Radiologia Brasileira , 2002,
Abstract: A apendicite epiplóica é uma condi o inflamatória incomum, porém cada vez mais freqüentemente diagnosticada pelos métodos de imagem atuais (tomografia computadorizada e ultra-sonografia), os quais possibilitam a ado o de conduta terapêutica n o-invasiva e eficiente. Os autores estudaram seis casos de apendicite epiplóica por meio de tomografia computadorizada, que mostraram les es ovaladas de 1 a 2 cm de diametro, de localiza o paracólica, com atenua o de gordura e pequena lamina hiperdensa periférica com gordura marginal peritoneal espessada. Dois desses pacientes foram submetidos a ultra-sonografia, que demonstrou forma es expansivas hiperecóicas, de aspecto ovóide, n o compressíveis, localizadas sob o sítio de maior sensibilidade do abdome.
Page 1 /194931
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.