oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Prepara o, caracteriza o e aplica o de membranas anisotrópicas de poliacrilonitrila
Lavall Rodrigo C.,Garcia Maria Elizabeth F.,Nobrega Ronaldo
Polímeros , 1999,
Abstract: A pervapora o, que é um dos processos com membranas empregado em separa es seletivas específicas, como misturas azeotrópicas, misturas diluídas e misturas organicas, tem despertado um grande interesse nos últimos anos. Neste trabalho foram estudadas a influência de parametros, tais como concentra o da solu o polimérica, tempo de exposi o, concentra o de aditivo e temperatura de tratamento térmico na prepara o de membranas assimétricas de poliacrilonitrila. Em fun o destes parametros, as membranas foram observadas por microscopia eletr nica de varredura (MEV), e determinada a cinética de precipita o em experimentos de transmiss o de luz. Os resultados mostram que a precipita o é instantanea. As membranas compostas de poliacrilonitrila, obtidas pelo espalhamento de uma solu o diluída de poli(álcool vinílico) sobre as membranas assimétricas de poliacrilonitrila, foram caracterizadas na separa o de misturas de água/etanol por pervapora o. Os resultados foram comparados com a membrana comercial da GFT de poli(álcool vinílico)/poliacrilonitrila.
Forma o de membranas planas celulósicas por espalhamento duplo para os processos de nanofiltra o e osmose inversa  [cached]
Carvalho Roberto B. de,Borges Cristiano P.,Nobrega Ronaldo
Polímeros , 2001,
Abstract: No presente trabalho é estudado o preparo de membranas anisotrópicas compostas, em uma única etapa, para os processos de NF e OI, através do espalhamento simultaneo de duas solu es poliméricas [acetato de celulose - AC/formamida/acetona (26,3/23,7/50 % p/p) e AC/poli(vinil pirrolidona) - PVP/N,N-dimetilformamida - DMF (15/10/75 % p/p)]. A precipita o das solu es, em água destilada, foi acompanhada por medidas de transmitancia de luz. Estudou-se a influência das condi es de preparo das membranas, na sua morfologia e nas suas propriedades de transporte (fluxo de permeado e reten o de solutos - Polietilenoglicol (PEG) para a NF e NaCl para a OI). Realizou-se também um tratamento térmico nas diferentes membranas produzidas. Os resultados mostraram que é possível obter membranas celulósicas com total aderência das diferentes camadas, a qual pode ser atribuída às condi es de transferência de massa que retardam a precipita o na regi o próxima à interface das solu es espalhadas simultaneamente. Com rela o aos testes de OI e NF, as membranas desenvolvidas apresentaram valores de fluxo permeado (7 - 465 L/h.m2) dentro da faixa das membranas comerciais, reten o salina (NaCl) entre 24-63 % e reten o do PEG entre 53-82 %, mostrando o potencial de aplica o destas membranas.
Morbidade Materna e Morbimortalidade Perinatal Associada à Infec o Ascendente na Rotura Prematura das Membranas  [cached]
Rocha José Elias Soares da,Tomaz Ana Claire Pimenteira,Rocha Dinalva Bezerra da,Bezerra Ant?nio Fernando
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2002,
Abstract: Objetivo: avaliar as repercuss es da infec o ascendente sobre a m e, o feto e o recém-nascido (RN) nos casos de rotura prematura das membranas (RPM). Métodos: estudo prospectivo, avaliando 50 gestantes portadoras de RPM e seus RN. A corioamnionite clínica foi rastreada por meio de critérios clínicos (curva térmica, dor abdominal à palpa o e/ou amolecimento uterino, odor e características da secre o vaginal) e subsidiários (leucograma e proteína C reativa). Por sua vez, a corioamnionite histológica foi avaliada com estudo macroscópico e microscópico da placenta, membranas e cord o umbilical. No estudo microscópico, utilizou-se a microscopia óptica com colora o pela hematoxilina-eosina. Os RN foram avaliados pela mensura o do peso e índice de Apgar no 1o e 5o minuto. O leucograma e a cultura do material colhido do ouvido e aspirado gástrico complementaram o estudo. Para análise estatística foram utilizados os testes exato de Fisher e t de Student, com nível de significancia de 5% (p<0,05). Resultados: a taxa de corioamnionite clínica foi de 29,4% (15/50), ao passo que a de corioamnionite histológica foi de 40% (20/50). Todos os casos de corioamnionite clínica apresentaram período de latência (PL) superior a 24 horas. Os RN apresentaram sinais de infec o em 31,4% (16/51), todos com PL maior que 24 horas. Os principais microrganismos isolados do conduto auditivo e aspirado gástrico dos RN foram: Klebsiella pneumoniae, Staphylococcus aureus, cocos Gram positivos e Streptococcus agalactiae - Grupo B de Lancefield (SGB). Os RN infectados apresentaram menor escore de Apgar no 1o e 5o minuto, peso ao nascer inferior e maior morbidade e mortalidade perinatal quando comparados com os RN n o infectados. Conclus es: baseados na análise dos resultados obtidos no presente estudo, foi possível concluir que o período de latência prolongado aumenta a chance de infec o ascendente, que, por sua vez, proporciona maior probabilidade de parto prematuro, aumentando portanto a morbidade materna (corioamnionite clínica), bem como a morbidade e mortalidade perinatal.
Repercuss es maternas e perinatais da ruptura prematura das membranas até a 26a semana gestacional
Pierre Alessandra Maria Mont'Alverne,Bastos Germana Zélia Gomes,Oquendo Régis,Alencar Júnior Carlos Augusto
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2003,
Abstract: OBJETIVO: avaliar o prognóstico materno e perinatal em casos com amniorrexe prematura ocorridas até a 26a semana de gravidez. MéTODOS: análise retrospectiva dos casos de ruptura prematura das membranas ocorridas até a 26a semana gestacional, sem sinais de trabalho de parto, sem qualquer tratamento para esta condi o antes da admiss o, acompanhados no período de janeiro de 1994 a dezembro de 1999. Os casos com idade gestacional menor que 22 semanas e peso ao nascimento inferior a 500 gramas foram excluídos. A amniorrexe foi confirmada pelo exame especular. Em caso de dúvida realizaram-se o teste da cristaliza o e a determina o do pH. Todas as grávidas foram submetidas a exame ultra-sonográfico para determina o da idade gestacional e índice de líquido amniótico. Os dados referentes ao resultado final da gravidez e as conseqüências para m e, feto e neonato foram tabulados. RESULTADOS: preencheram os critérios de inclus o 29 casos de amniorrexe prematura. A ruptura ocorreu entre a 17a e a 26a semana, com média de 23,6 semanas. A dura o média do período de latência foi de 21,7 dias. Ocorreram 22 partos vaginais espontaneos e três induzidos, além de quatro cesarianas. Houve sinais de infec o antes do parto em seis casos. Em 37,9% dos casos foram administrados antibióticos e em 6,9%, corticóides. Nenhuma paciente foi submetida a tocólise. Ocorreram três óbitos fetais e 25 neonatais. Apenas um recém-nascido sobreviveu, tendo permanecido na unidade de neonatologia por 19 dias devido a infec o e síndrome do desconforto respiratório. N o ocorreram óbitos maternos. CONCLUS O: a amniorrexe prematura até a 26a semana gestacional tem sido doen a com prognóstico extremamente sombrio para fetos e neonatos em nossa institui o.
Reactor network synthesis for isothermal conditions = Síntese de redes de reatores para condi es isotérmicas
Lincoln Kotsuka da Silva,Mauro Antonio da Silva Sá Ravagnani,Giovani Pissinati Menoci,Marcia Marcondes Altimari Samed
Acta Scientiarum : Technology , 2008,
Abstract: In the present paper, a computational systematic procedure for isothermal Reactor Network Synthesis (RNS) is presented. A superstructure of ideal CSTR and PFR reactors is proposed and the model is formulated as a constrained Nonlinear Programming (NLP) problem. Complex reactions (series/parallel reactions) are considered. The objective function is based on yield or selectivity, depending on the desired product, subject to different operational conditions. The problem constraints are mass balances in the reactorsand in the considered reactor network superstructure. A systematic computational procedure is proposed and a Genetic Algorithm (GA) is developed to obtain the optimal reactor arrangement with the maximum yield or selectivity and minimum reactor volume. Results are as good as or better than those reported in the literature. No presentetrabalho apresenta-se um procedimento computacional para síntese de redes de reatores (SRR) operando em condi es isotérmicas. Uma superestrutura de rede de reatores formada por reatores ideais CSTR e PFR é proposta e o problema apresenta uma formula o de programa o n o linear (PNL). S o consideradas rea es complexas (série/paralelas). A fun o objetivo é baseada no rendimento ou na seletividade em rela o ao produto desejado, sujeito a diferentes condi es de opera o. As restri es ao problema s o provenientes dos balan os de massa e da configura o da superestrutura considerada.No procedimento computacional é proposto um Algoritmo Genético (AG) para obten o do arranjo ótimo de reatores com máximo rendimento ou seletividade com menor volume reacional. Os resultados obtidos s o condizentes com os obtidos na literatura.
Obten o e caracteriza o de membranas assimétricas via sol-gel  [cached]
Lenza R. F. S.,Costa R. O. R.,Vasconcelos W. L.
Ceramica , 2002,
Abstract: Foram obtidas membranas de sílica via sol-gel, utilizando-se tetraetilortossilicato (TEOS) como precursor em meio ácido. A estrutura da membrana é composta de uma camada de sílica mesoporosa (raio médio de poros igual a 21,6 nm) recoberta por um filme microporoso de sílica (raio médio de poros igual a 1,1 nm). A camada suporte foi obtida utilizando-se ácido fluorídrico como catalisador, enquanto que para a fabrica o do filme ativo foi utilizado ácido nítrico. A camada suporte apresenta área superficial específica de 148 m2/g e volume específico de poros de 1,60 cm3/g. O filme de sílica possui área superficial de 547 m2/g e volume específico de poros de 0,31 cm3/g. O filme microporoso de sílica apresenta uma maior quantidade de grupos silanol, conforme observado através de termogravimetria (TGA) e espectroscopia no infravermelho (FTIR). A ades o do filme ativo foi analisada por microscopia eletr nica de varredura. A resistência ao fluxo de gás através da membrana assimétrica é devida principalmente ao filme de sílica ativo.
Correla o entre a idade materna, paridade, gemelaridade, síndrome hipertensiva e ruptura prematura de membranas e a indica o de parto cesáreo  [cached]
Cabral Simone Angélica Leite de Carvalho Silva,Costa Cícero Ferreira Fernandes,Cabral Júnior Sérgio Fernandes
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2003,
Abstract: OBJETIVO: verificar a contribui o da idade materna, paridade, gemelaridade, síndrome hipertensiva, ruptura prematura das membranas como fator de risco para cesárea. MéTODOS: após aprova o do Comitê de ética em Pesquisa da Maternidade Professor Monteiro de Morais, situada em Recife-PE, realizou-se estudo de caso-controle com 3919 gestantes, sem antecedente de duas ou mais cesáreas, que deram à luz concepto vivo, com idade gestacional igual ou superior a 28 semanas, peso mínimo de 1.000 g, em apresenta o cefálica, no período de 1 de setembro de 1999 a 31 de agosto de 2000. No grupo caso foram incluídas mulheres submetidas a opera o cesariana e no grupo controle, a parto vaginal. Com os dados constantes dos prontuários neonatais e obstétricos, realizou-se análise multivariada por regress o logística, buscando a equa o matemática que relacione a probabilidade de ocorrência de cesárea decorrente de mais de uma variável independente atuando como fator de risco, utilizando odds ratio e intervalo de confian a de 95% (IC 95%), consideradas as variáveis: idade materna, paridade, gemelaridade, síndrome hipertensiva e ruptura prematura das membranas. RESULTADOS: as chances de cesárea foram aumentadas em 8,3 vezes (OR = 8,3; IC 95%: 3,7-19,1) na gemelaridade, 3,4 na síndrome hipertensiva (OR = 3,4; IC 95%: 2,9-4,0), 1,9 na primiparidade (OR = 1,9; IC 95% : 1,8-2,0), 1,5 na idade superior a 34 anos (OR = 1,5; IC 95%: 1,2-1,8) e 1,2 na presen a de ruptura prematura das membranas (OR = 1,2; IC 95%: 1,0-1,4). CONCLUS ES: ruptura prematura das membranas, idade superior a 34 anos, primiparidade, síndrome hipertensiva e gemelaridade constituíram fatores de risco para cesárea.
Performance of UASB reactors in two stages under different HRT and OLR treating residual waters of swine farming Desempenho de reatores UASB em dois estágios sob diferentes TDH e COV tratando águas residuárias de suinocultura  [cached]
Estev?o Urbinati,Rose M. Duda,Roberto A. de Oliveira
Engenharia Agrícola , 2013,
Abstract: In this study it was evaluated the effects of hydraulic retention time (HRT) and Organic Loading Rate (OLR) on the performance of UASB (Upflow Anaerobic Sludge Blanket) reactors in two stages treating residual waters of swine farming. The system consisted of two UASB reactors in pilot scale, installed in series, with volumes of 908 and 188 L, for the first and second stages (R1 and R2), respectively. The HRT applied in the system of anaerobic treatment in two stages (R1 + R2) was of 19.3, 29.0 and 57.9 h. The OLR applied in the R1 ranged from 5.5 to 40.1 kg CODtotal (m3 d)-1. The average removal efficiencies of chemical oxygen demand (COD) and total suspended solids (TSS) ranged, respectively, from 66.3 to 88.2% and 62.5 to 89.3% in the R1, and from 85.5 to 95.5% and 76.4 to 96.1% in the system (R1 + R2). The volumetric production of methane in the system (R1 + R2) ranged from 0.295 to 0.721 m3CH4 (m3 reactor d)-1. It was found that the OLR applied were not limiting to obtain high efficiencies of CODtotal and TSS removal and methane production. The inclusion of the UASB reactor in the second stage contributed to increase the efficiencies of CODtotal and TSS removal, especially, when the treatment system was submitted to the lowest HRT and the highest OLR. Neste trabalho, avaliou-se o efeito do tempo de deten o hidráulica (TDH) e da carga organica volumétrica (COV) no desempenho de reatores UASB (Upflow Anaerobic Sludge Blanket), em dois estágios, tratando águas residuárias de suinocultura. O sistema foi constituído por dois reatores UASB em escala-piloto, instalados em série, com volumes de 908 e 188 L, para o primeiro e segundo estágios (R1 e R2), respectivamente. Os TDH, aplicados no sistema de tratamento anaeróbio, em dois estágios (R1 + R2), foram de 19,3; 29,0 e 57,9 h. As COVs aplicadas no R1 variaram de 5,5 a 40,1 kg DQOtotal (m3 d)-1. As eficiências médias de remo o de demanda química de oxigênio total (DQOtotal) e sólidos suspensos totais (SST) variaram, respectivamente, de 66,3 a 88,2% e de 62,5 a 89,3% no R1, e de 85,5 a 95,5% e de 76,4 a 96,1% (no sistema R1 + R2). A produ o volumétrica de metano no sistema R1 + R2 variou de 0,295 a 0,721 m3 CH4 (m3 reator d)-1. Verificou-se que as COVs aplicadas n o foram limitantes para a obten o de altas eficiências de remo o de DQOtotal e SST e produ o de metano. A inclus o do reator UASB no segundo estágio contribuiu para o aumento das eficiências de remo o de DQOtotal e SST, sobretudo quando o sistema de tratamento foi submetido aos menores TDHs e maiores COVs.
ROTURA PREMATURA DE MEMBRANAS AL TERMINO: MANEJO EXPECTANTE POR 24 HORAS E INDUCCION CON OXITOCINA  [cached]
Masami Yamamoto C.,Jorge Carrillo T.,Daniel Erazo C.,Juan Cárcamo R.
Revista Chilena de Obstetricia y Ginecología , 2002,
Abstract: La conducta más difundida en pacientes con rotura prematura de membranas (RPM) al término es la inducción inmediata por el riesgo de infecciones maternas y neonatales. Para reducir estas complicaciones y mantener una adecuada tasa de parto vaginal se comunican diversos métodos de inducción del parto y profilaxis antibiótica. Este estudio retrospectivo muestra los resultados de una conducta expectante por 24 horas en 115 pacientes consecutivas con embarazos de término entre enero y abril de 2001 con el diagnóstico de RPM; sin signos clínicos de infección, sufrimiento fetal o trabajo de parto al momento de consultar. Una vez cumplidas las 24 horas, las pacientes que no iniciaron trabajo de parto fueron inducidas con oxitocina. Los resultados muestran una tasa de parto vaginal de 84% y un 9,5% de infección ovular clínica en trabajo de parto. La incidencia de infección neonatal fue de 6,9%, sin mortalidad ni secuelas a mediano plazo Prelabor rupture of membranes at term is a condition that most obstetricians manage with inmediate labor induction in order to reduce maternal and neonatal infection. Different methods for labor induction and prophylaxis antibiotic treatments are proposed in the medical literature to prevent neonatal sepsis and to lower the cesarean section rate. This retrospective observational study reports the results of a policy of expectant management of 24 hours in 115 consecutive cases between January and April, 2001, in the presence of prelabour rupture of membranes at term. Patients were excluded if clinical chorioamnionitis, fetal distress or labor were present at admission. Patients who did not begin spontaneous labor after 24 hours received intravenous oxytocin for labor induction. The incidence of cesarean section was 16%, with 9.5% of patients with corioamnionitis during labor. There was a 6.9% of neonatal infection without mortality or long term sequelae were present
Síntese de sistemas de reatores para a rea o de Trambouze = Synthesis of reactor networks for Trambouze’s reaction
Admilson Lopes Vieira,Wagner André dos Santos Concei??o,Cid Marcos Gon?alves Andrade
Acta Scientiarum : Technology , 2009,
Abstract: Atualmente, a síntese de sistemas de reatores é normalmente abordada por procedimentos heurísticos nos cursos de gradua o em Engenharia Química e como um problema de otimiza o matemática nos cursos de pós-gradua o. A técnica da regi o acessível se prop e a abordar o problema do ponto de vista geométrico, procurando identificar todas aspossíveis saídas, para dada alimenta o e determinada cinética, mas n o a ótima da rede de reatores que possibilite a maior convers o. O objetivo deste trabalho é apresentar essa técnica, aplicada à síntese de um sistema de reatores para uma rea o de Trambouze para vários valores das constantes cinéticas. Para a implementa o da técnica, utilizou-se o software Matlab . A técnica mostrou-se poderosa e de fácil execu o, principalmente pelo uso do Matlab , que já possui embutida uma fun o que encontra regi es c ncavas. Currently, the synthesis of reactor networks is usually approached by heuristic procedures in undergraduate chemical engineering courses and as a problem of mathematical optimization in graduate level courses. The attainable region approach addresses reactornetwork feasibility, for a given composition and a given system of reactions based on geometric properties, and allows one to identify feasibility, but not optimal reactor sequences for the production of a desired product. The objective of this work is to presentthe attainable region technique, applied to the synthesis of reactor networks for a chemistry reaction that follows the kinetics proposed by Trambouze’s reaction, for different kinetic constants. For the implementation of this technique, the software Matlab was used. Thetechniques proved to be powerful and of easy implementation, especially by using Matlab , which already features a built-in function to find concave regions.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.