oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
DESENVOLVIMENTO DE FORMULA O DE IOGURTE DE ARATICUM E ESTUDO DA ACEITA O SENSORIAL  [cached]
KEILY ALVES DE MOURA OLIVEIRA,LUCIANA SILVA RIBEIRO,GLAUCO VIEIRA DE OLIVEIRA,JOESSE MARIA DE ASSIS TEIXEIRA KLUGE PEREIRA
Alimentos e Nutri??o , 2009,
Abstract: Este trabalho teve como objetivos principais desenvolver um iogurte de araticum (Annona crassi ora Mart.), fruta t -pica do Cerrado brasileiro, e avaliar sua aceita § £o sensorial. Foram realizadas an lises f -sico-qu -micas e microbiol 3gicas, e medida da inten § £o de compra pelo consumidor. Foram preparadas quatro formula § μes de iogurte de araticum nas concentra § μes de 0%, 12,5%, 25% e 50%. As an lises realizadas foram: pH, s 3lidos sol oveis em oBrix, acidez, coliformes a 30 oC, coliformes a 45 oC, fungos lamentosos e leveduras e an lise sensorial. Os resultados obtidos indicaram que todas as amostras de iogurte de araticum, apresentaram valores de pH e acidez que atendem aos regulamentados pela legisla § £o. As an lises microbiol 3gicas indicaram que, as contagens de fungos lamentosos e leveduras apresentaram valores inferiores aos limites estabelecidos pela legisla § £o. Todas as amostras apresentaram contagens de coliformes a 30 oC e coliformes a 45 oC menor que 0,3 NMP.g-1. Os resultados do teste de aceita § £o, com rela § £o ao sabor mostraram existir diferen §a signi cativa (p<0,05) entre as amostras de iogurte de araticum. Quanto inten § £o de compra do produto avaliado, mais de 55% dos consumidores demonstraram inten § £o de comprar o iogurte de araticum com concentra § μes de 12.5 e 25.0%. Conclui-se que a utiliza § £o de polpa de araticum na formula § £o de iogurte uma op § £o interessante para a ind ostria, uma vez que o produto apresentou uma boa aceita § £o e disposi § £o de compra pelo consumidor.
Análise da aceita o de aguardentes de cana por testes afetivos e mapa de preferência interno  [cached]
CARDELLO Helena Maria André Bolini,FARIA Jo?o Bosco
Ciência e Tecnologia de Alimentos , 2000,
Abstract: A aceita o de 11 amostras de aguardentes de cana envelhecidas e n o envelhecidas foi avaliada por testes sensoriais afetivos e análises estatísticas uni e multivariada. As aguardentes estudadas compreenderam seis amostras comerciais de diferentes marcas, (sendo três n o envelhecidas e três envelhecidas) e ainda outras cinco amostras correspondentes a zero, 12, 24, 36 e 48 meses de envelhecimento em um tonel de carvalho de 200L. As amostras foram avaliadas por 100 provadores consumidores do produto, recrutados por questionário de avalia o quanto à afetividade. Para os testes afetivos foi utilizada escala hed nica n o estruturada de 9cm, sendo os dados obtidos avaliados por dois métodos estatísticos distintos: o Mapa de Preferência Interno (MDPREF) e a análise de variancia univariada (ANOVA) com compara o de médias pelo teste de Tukey e análise de correla o. As amostras de aguardente envelhecidas por 12, 36 e 48 meses obtiveram maior aceita o, com médias ao redor de 7,0 na escala hed nica. A amostra com menor aceita o foi a correspondente ao tempo zero de envelhecimento (controle). As demais amostras obtiveram aceita o intermediária. A análise por MDPREF gerou em espa o multidimensional (onde as varia es com rela o aos dados de preferência foram extraídas em eixos ortogonais e para cada dimens o de preferência), coordenadas relativas aos produtos, que foram geradas em fun o da resposta dos consumidores. Os dados de aceita o de cada provador foram utilizados para o desenvolvimento de vetores individuais de preferência, resultando na constru o de um mapa mutidimensional das amostras, em fun o dos dados de aceita o. No presente estudo o MDPREF foi gerado pelas primeira e segunda dimens es de preferência, as quais explicaram em conjunto 89,83% das varia es observadas entre as amostras com rela o à aceita o. O MDPREF confirmou os resultados da ANOVA, indicando uma maior preferência dos provadores pelas amostras de aguardentes envelhecidas. Os resultados sugerem também que aguardentes envelhecidas por mais de 24 meses em tonel de carvalho de 200L s o preferidas pelos consumidores, em detrimento das comerciais n o envelhecidas e mesmo das comerciais envelhecidas, que podem ser adicionadas de aguardente n o envelhecida (processo denominado corte) e também ter corre o da cor, conforme permite a Legisla o Brasileira. O conteúdo de polifenóis totais e a intensidade de cor também foram determinados, e ambos apresentaram correla o linear positiva significativa (p<=0,05) com o aumento do tempo de envelhecimento das amostras.
Influence of consumer expectation on the acceptability of organic cacha a Influência da expectativa do consumidor na aceita o de cacha a organica  [cached]
Carolina Celia Tito Garcia,Natalia Soares Janzantti
Semina : Ciências Agrárias , 2011,
Abstract: The influence of consumer expectation on the acceptability of four samples of commercial brands of organic and conventional cacha a was assessed by fifty-six consumers. The cacha as were evaluated in blind sensory test, expectation test and real sensory test. In blind test, consumers evaluated the samples in absence of any expectation, followed by expectation test, when consumers had read organic cacha a information and indicated how much they expected to like or dislike the drink and finally, in real test, evaluated the drink with information and carry through new sensory evaluation. The assessed attributes were appearance, overall liking, flavor liking and purchase intention. Information of organic cacha a had positive influence on sensory acceptance and improved buying intention of all evaluated cacha as. Predominant effect were assimilation under negative disconfirmation, that is, although cacha as samples were not as well received by consumers as expected, consumers higher expectations resulted in higher acceptance of the samples, whether they were organic or not. The effect of consumer expectation on the acceptability of the beverage was statistically significant (p < 0.05) for all samples evaluated. A influência da expectativa do consumidor na aceita o de quatro marcas comerciais de cacha as organicas e convencionais foi avaliada por cinquenta e seis consumidores. As cacha as foram avaliadas usando teste sensorial cego, da expectativa sobre cacha a organica e real. No teste cego, os consumidores avaliam a cacha a, na ausência de qualquer expectativa, em seguida, no teste da expectativa, os consumidores leram informa es sobre cacha a organica e indicaram o quanto esperam gostar ou desgostar desta bebida e finalmente, no teste real, avaliam a bebida acompanhada das informa es e realizam nova avalia o sensorial. Foram avaliados os atributos sensoriais aparência, aceita o global e sabor, além da inten o de compra. A informa o de cacha a organica influenciou positivamente a aceita o sensorial e melhorou a inten o de compra de todas as cacha as avaliadas. O modelo predominante foi de assimila o sob n o confirma o negativa da expectativa, ou seja, embora as cacha as fossem piores do que o esperado pelos consumidores, estes assimilaram a alta expectativa e aumentaram sua aceita o, independente de serem ou n o organicas. O efeito de expectativa observado foi significativo (p < 0,05)para todas as cacha as e atributos avaliados.
Bibliotheca Rio-Grandense: trajetória e percal os de uma biblioteca mais que centenária
Josiane Silva
BIBLOS : Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informa??o , 2011,
Abstract: O presente artigo busca em meio à analogia comparativa, tra ar a trajetória de existência da Biblioteca mais antiga do estado. Nesse apanhado histórico elencam-se episódios da história da institui o que determinam seu caráter e o forte apego a comunidade rio-grandina. Mudan as de endere o, percal os percorridos até a aquisi o de sede própria, peculiaridades da administra o e a contribui o da Bibliotheca Rio-Grandense para a educa o rio grandina s o alguns episódios relatados nestas poucas linhas.
O Plano de Saneamento da Amaz?nia (1940-1942)
Andrade, R?mulo de Paula;Hochman, Gilberto;
História, Ciências, Saúde-Manguinhos , 2007, DOI: 10.1590/S0104-59702007000500011
Abstract: the article addresses the amazon sanitation plan and the political context in which it was formulated between 1940 and 1941. it examines the role of getúlio vargas, the activities of the plan's main protagonists (such as evandro chagas, jo?o de barros barreto, and valério konder), its key proposals, and its demise as of 1942 upon creation of the special public health service (sesp), which grew out of cooperation agreements between brazil and the us following both nations' involvement in world war ii. a reproduction of the plan as published in the arquivos de higiene in 1941 is included.
O eclipse da na??o (1940-1945)
Mastrogregori, Massimo;
Estudos Avan?ados , 2008, DOI: 10.1590/S0103-40142008000100004
Abstract: the observation of some documents and facts of the cultural history of the period from 1940 to 1945 gives us the impression that the nation and some correlated terms (such as patriotism, people, national community, state) continuously disappear and reappear, especially in the reconstructions of the final facts of the second world war. a kind of void - in the convergence of world changes and "national" events - was, then, created; which could be called a "nation?s eclipse". the "histories by historians", briefly presented here, indicate that this void has involved a series of decisive cultural elements in the structuring of national social relations. the void is soon concealed and filled with new contents, but one should be aware of it in order to understand how "new" communities of citizens were formed after the second world war.
Teoria moral de Skinner e desenvolvimento humano  [cached]
Abib José Ant?nio Damásio
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 2001,
Abstract: Argumenta-se neste ensaio que Skinner adota um ponto de vista moral quando defende a sobrevivência das culturas como o último valor na ordem da descoberta e o primeiro na ordem da gera o de valores derivados. Argumenta-se ainda que os valores derivados funcionam como critério de escolha de práticas culturais com o objetivo de promover o bem da cultura, isto é, sua sobrevivência. Com base nas críticas de Skinner e de autores pós-modernos redefine-se o conceito de desenvolvimento humano. Sugere-se que, como política de identidade pós-moderna, o conceito de desenvolvimento humano pode ser um valor para orientar práticas culturais com condi es de promover a sobrevivência das culturas. Ou pode mesmo vir a ser o principal valor em uma cultura de direitos humanos.
INFLUêNCIA DA TEXTURA E DO SABOR NA ACEITA O DE CREMES DE AVEIA POR INDIVíDUOS DE DIFERENTES FAIXAS ETáRIAS  [cached]
Chayze de Souza CUNHA,Cinara Fonseca de CASTRO,Christiano Vieira PIRES,Ivy Scorzi Cazelli PIRES
Alimentos e Nutri??o , 2010,
Abstract: As características sensoriais como cor, sabor e textura est o entre os principais determinantes na aquisi o, consumo, aceita o e preferência dos produtos alimentícios por diferentes faixas etárias. Com o objetivo de avaliar a infl uência da textura e do sabor na aceita o de cremes de aveia em três diferentes faixas etárias: infancia, adolescência e adulta, os cremes foram avaliados sensorialmente nas texturas: arenosa, pastosa e fl oculada nos sabores: abacaxi, tutti-frutti, uva, lim o e morango. O teste de aceita o foi realizado com escala hed nica facial de 7 pontos para as crian as, e estruturada de 9 pontos para os adolescentes e adultos e convertido em índice de aceita o. Em geral, os cremes foram mais aceitos pelas crian as e menos aceitos pelos adultos; o sabor de abacaxi foi o mais aceito e a textura fl oculada a mais apreciada. As crian as aceitaram da mesma forma todas as texturas, e quanto ao sabor, o de tutti-frutti foi o mais apreciado. No grupo dos adolescentes houve intera o entre sabor e textura, sendo o sabor abacaxi o mais aceito em todas as consistências e a textura fl oculada a preferida na maioria dos sabores. Os adultos aceitaram igualmente as diferentes texturas e sabores. Por tanto a textura n o infl uenciou as crian as a aceitarem os cremes, já o sabor as infl uenciou de forma isolada. No grupo dos adolescentes, a textura e o sabor os influenciaram a apreciar as amostras. Entretanto para os adultos n o houve influência da textura nem do sabor na aceita o dos cremes de aveia.
Considera es sobre a trajetória histórica da forma o profi ssional no Brasil de 1940 a 1990 (Historical considerations on the trajectory of vocational training in Brazil from 1940 to 1990)  [cached]
Ubiratan Augusto Domingues Batista,Michelle Fernandes Lima
Revista Emancipa??o , 2011,
Abstract: Resumo: Este artigo é parte integrante da pesquisa intitulada “Reflex es sobre a rela o entre Educa o e trabalho no contexto da forma o profissional”. Seu eixo norteador é a busca pela compreens o da constru o histórica da forma o profissional no Brasil, em especial, na década de 1990. Portanto, analisaremos no presente trabalho as políticas existentes frente à profissionaliza o do trabalhador desde meados da década de 1940 – período em que a Educa o sofre algumas reformas e no qual temos também o surgimento do SENAC e do SENAI para dar suporte educacional, visando atender à demanda do capital – até o término da década de 1990, identificando a constru o política do Ensino Médio no Brasil e os interesses do sistema capitalista, implícitos nessas reformula es. Abstract: This article is part of a research entitled “Reflections about the relationship between education and work in the context of professional education”. It seeks to understand the historical development of professional education in Brazil, especially in the 1990s. Therefore, the article analyzes the politics towards the training of workers since the 1940s – a time when education underwent reforms, and institutions such as SENAC and SENAI emerged to give educational support to workers in order to meet the demands of capitalism – until the end of the 1990′s. The article also seeks to identify the political development of secondary education in Brazil and the interests of the capitalist system on these reforms.
Anna Nava, baluarte da Escola Anna Nery (anos 1940/1970)
Baptista, Suely de Souza;Barreira, Ieda de Alencar;
Escola Anna Nery , 2009, DOI: 10.1590/S1414-81452009000300013
Abstract: a historical biographical research that presents nurse anna jaguaribe da silva nava′s life path (1910-2005). during the period in which her life elapsed, the national panorama changed radically for many times. her performance as escola anna nery′s professor took place from 1940 to 1977. the text was built over the protagonist′s own oral report, given in 2003 and donated by herself to the documentation center of anna nery nursing school. the present work focuses mainly at the intertwinement of this character′s life story with the management of three ean′s directors, beginning from the time escola anna nery was the official standard in the country for nursing teaching until when the law775/49 was in force.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.