oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Práticas educativas, estilos parentais e abuso físico no contexto familiar  [cached]
Cecconello Alessandra Marques,De Antoni Clarissa,Koller Sílvia Helena
Psicologia em Estudo , 2003,
Abstract: Este artigo apresenta uma revis o de literatura sobre práticas educativas e estilos parentais no contexto familiar, com o objetivo de analisá-los como fatores potenciais de prote o ou de risco para o abuso físico, sob o enfoque ecológico do desenvolvimento humano. S o discutidos vários indicadores nas esferas familiar, pessoal e social, tais como: características individuais, experiência dos pais em suas famílias de origem, rede de apoio social e eventos estressantes no ciclo vital. A compreens o destes aspectos permite subsidiar a elabora o de programas de interven o e preven o de casos de abuso físico na família, além de promover novas pesquisas.
PAIS BIóGRAFOS. ESCRITURAS PARENTAIS E DIáRIOS DE NASCIMENTO (Tradu o). PARENT BIOGRAPHERS. FAMILY SCRIPTURES AND BIRTH DIARIES (Translation)  [PDF]
Francis, Véronique
Revista Eletr?nica de Educa??o , 2011,
Abstract: Este artigo analisa as escrituras parentais acerca do nascimento e da primeira infancia. Fragmentos biográficos ou enunciados desenvolvidos acompanhados ou n o de fotografia, estas escrituras podem se inserir nas se es de um diário de nascimento no setor de edi o, ser arquivadas em um caderno em nome da crian a ou fixadas na Internet por meio do formato eletr nico do blog. Vários estudos qualitativos (FRANCIS, 2006, 2007, 2010) permitiram cruzar diferentes tipos de dados: a estrutura e a organiza o do diário de nascimento, os textos realizados pelos futuros pais e parentes, assim como, as entrevistas realizadas com as famílias – pais e filhos – tendo por objetivo abordar as práticas familiares em torno destes objetos. Os resultados mostram que as escrituras parentais demonstram as representa es sobre a família, a infancia e sobre o papel dos pais. Na fronteira entre as “escritas de si” e as “escritas para os outros” (SIMONET-TENANT, 2001; LEJEUNE ET BOGAERT, 2006), os diários de nascimento podem ser definidos como objetos de conota o memorial. Eles s o uma oportunidade para as atividades de linguagem que buscam, em primeiro lugar, fixar pela escrita e pela imagem a história familiar e, em segundo lugar, para evocar e transmitir a memória familiar. Se o estudo das práticas familiares em torno dos blogs e dos diários de nascimento destacam as figuras dos pais biógrafos (FRANCIS, 2006) e o papel da crian a, o estudo situa igualmente a atividade biográfica dos pais em sua extens o socializadora. This paper examines the parental writings about birth and infancy. Biographic fragments or texts, with or without photographies, can fit into the sections of a baby record book. They can also be archived in babies’ diaries or on the Internet, in the family’s blog. Several qualitative researches (FRANCIS, 2006, 2007, 2010) cross various types of data: the structure and the organization of babies’ books, texts written by parents and semi-directives interviews with parents and children. The purpose was to approach the family practices. The results show that the parental writings depict representations of family, childhood and mothers’ and fathers’ roles. At the border of the “self-writings” and “writings for others” (SIMONET-TENANT, 2004; LEJEUNE & BOGAERT, 2006) babies’ books and blogs can be defined as memory objects. They give opportunity of linguistic activities to fix the family history and the family memory. The study of the family practices in blogs and babies’ books underlines the figures of the parent biographer (FRANCIS, 2006) and places also the bibliog
Estilos e práticas educativas parentais: análise da rela o desses construtos sob a perspectiva dos adolescentes  [PDF]
Pacheco, Janaína Thaís Barbosa,Silveira, Luiza Maria de Oliveira Braga,Schneider, Andréia Mello de Almeida
Psico , 2008,
Abstract: Este estudo objetivou relacionar os conceitos de estilos e práticas educativas através da análise dos resultados encontrados nas Escalas de Responsividade e Exigência Parentais e no Relatório de Pais. Com isso pretende-se discutir a rela o entre as práticas educativas utilizadas pelos pais e as dimens es responsividade e exigência. Participaram deste estudo 20 adolescentes com idade entre 15 e 19 anos, estudantes de escolas particulares da regi o metropolitana de Porto Alegre. A análise dos dados apontou que quanto aos estilos parentais, pais e m es mostram-se mais responsivos do que exigentes, sendo que as m es obtiveram médias mais altas em ambas as dimens es. A discuss o dos dados foi feita a partir da descri o dos itens de cada categoria de práticas, apontando para diferen as nas condutas maternas e paternas, bem como aspectos valorizados pelos adolescentes na sua educa o como a participa o em decis es e respeito a sua privacidade.
Ansiedade, sexo, nível sócio-econ mico e ordem de nascimento  [cached]
La Rosa Jorge
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 1998,
Abstract: O objetivo do estudo foi verificar o efeito do sexo, nível sócio-econ mico (NSE) e ordem de nascimento em ansiedade tra o-estado. Participaram 437 estudantes do 1° e 2° graus, de ambos os sexos, de níveis sócio-econ micos médio-alto e baixo, primogênitos e n o-primogênitos. No que se refere à ansiedade estado (AE), observaram-se efeitos principais de sexo e NSE. As mulheres apresentaram escores mais altos que os homens, e também os sujeitos de NSE baixo com rela o aos de NSE médio-alto. Houve intera o entre NSE e ordem de nascimento. Os estudantes primogênitos de NSE médio-alto evidenciaram menor AE que os primogênitos e n o-primogênitos de NSE baixo. Em outra intera o, as mulheres primogênitas de NSE baixo apresentaram maior AE que os homens de NSE médio-alto, primogênitos e n o-primogênitos, e, também, que as mulheres primogênitas de NSE médio-alto. Nos resultados de ansiedade-tra o, as mulheres obtiveram pontua o mais alta que os homens, e também os sujeitos de NSE baixo com rela o aos de NSE médio-alto. N o houve intera es. Discutem-se os resultados enfatizando-se a importancia do sexo, nível sócio-econ mico e ordem de nascimento nos níveis de ansiedade tra o-estado.
Ordem política e sujeito de direito no debate sobre direitos humanos  [cached]
Koerner Andrei
Lua Nova: Revista de Cultura e Política , 2002,
Abstract: O debate teórico sobre os direitos humanos durante os anos noventa é analisado a partir de dois eixos: a ordem política que garante esses direitos e a rela o do sujeito à regra de direito. Estes eixos têm como pontos extremos: o primeiro, a ordem estatal e a ordem global e o segundo, uma concep o institucional e uma concep o sociológica da rela o do sujeito à regra de direito. Isso permite identificar quatro posi es polares, juntamente com os problemas teóricos e práticos que enfrentam.
Socializa o de conhecimentos e experiências sobre o processo de nascimento e tecnologias do cuidado  [PDF]
Daiane Zocche Darós,Pamela Tasca Hess,Patrícia Sulsbach,Maria de Fátima Mota Zampieri
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2010,
Abstract: A cidade de Florianópolis, a exemplo do país, vive um período crítico na obstetrícia, onde taxas de cesárea s o altas, assimcomo traumas relacionados ao parto. Partindo desta percep o, enfermeiras e acadêmicas desenvolveram pesquisa qualitativa convergente assistencial com mulheres que participaram, enquanto gestantes/parturientes, de prática educativa durante o processo de nascimento. O estudo realizou-se na comunidade dos Ingleses em 2007, buscou conhecer a importancia do processo educativo e as contribui es ao socializar conhecimentos sobre o processo de nascimento e ao praticar tecnologias de cuidado na gesta o. Tais tecnologias s o a es terapêuticas e n o farmacológicas, podem minimizar a dor e ajudar gestantes a conhecerem seus corpos e potenciais. Os dados foram coletados por meio de observa oparticipante e as mulheres foram questionadas sobre percep o e significado da gravidez, orienta o pré-natal, dúvidas. Apósanálise originaram-se categorias - compreender o significado da gravidez e do processo de nascimento; incorporar as tecnologias do cuidado e viver o parto com tranquilidade; sentir-se valorizada por profissional da unidade básica de saúde; favorecer participa o ativa no processo de nascimento. A prática educativa colaborou na vivência do processo e na satisfa o da mulher. O conhecimento produzido pode subsidiar mudan as no cotidiano do cuidado à gestante na aten o básica.
Razonando sobre la idea de diferencia en las políticas educativas chilenas  [cached]
Marta Infante Jaras,Claudia Matus Cánovas,Ruby Vizcarra Rebolledo
Universum : Revista de Humanidades y Ciencias Sociales , 2011,
Abstract: En este artículo se analiza cómo las políticas educativas entendidas como prácticas discursivas, producen problemáticas relacionadas con la noción de diferencia. Primero, se indican los planteamientos metodológicos utilizados, luego se examina críticamente el neoliberalismo como supuesto que organiza y enmarca las políticas educativas chilenas. A continuación se presenta cómo se produce la idea de diferencia y cómo se genera un sistema de razonamiento sobre esta idea. Finalmente, se concluye mostrando la producción y circulación de subjetividades en las políticas educativas chilenas. This article presents educational policies as discursive practices that not only construct systems to reason difference but also they create particular problems to be solved through specific strategies. First, we show the methodological approach to study educational policies in Chile. Second, we problematize the effects of neoliberal logics in organizing and framing educational policies. Third, we present the analyses with an emphasis on the production, reproduction, and circulation of discourses that essentialize difference. The article concludes with the troubling of those subjectivities produced in the documents examined.
Efeitos de Ambiente e de Heterose sobre o Ganho de Peso do Nascimento ao Desmame e sobre os Escores Visuais ao Desmame de Bovinos de Corte  [cached]
Dal-Farra Rossano André,Roso Vanerlei Mozaquatro,Schenkel Flávio Schramm
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Os objetivos deste trabalho foram a obten o de fatores de corre o para efeitos de idade do bezerro, idade da vaca e data juliana do nascimento sobre o ganho de peso do nascimento à desmama (GND) e sobre os escores visuais de conforma o (C), precocidade (P) e musculatura (M) e a estima o dos efeitos das heteroses materna e individual nessas características. Foram utilizados dados dos Programas de Melhoramento Genético Natura e Conex o Delta G, totalizando 187.610 bezerros puros e cruzas, nascidos no período de 1989 a 1999 em vários estados do Brasil. Os modelos estatísticos utilizados nas análises consideraram os efeitos fixos de grupo contemporaneo, idade do bezerro (regress o quadrática), idade da vaca (regress o polinomial quadrática-quadrática com nó aos 7 anos), data juliana de nascimento (regress o polinomial quadrática-quadrática-quadrática com nós aos 165 e 260 dias para GND, 150 e 240 dias para C, 165 e 270 dias para P e 155 e 260 dias para M) e heterozigoses materna e individual (regress es lineares). Todos os efeitos considerados no modelo influenciaram de forma significativa o GND e os escores de C, P e M. Os valores estimados de heterose materna e individual foram, respectivamente, 8,9% e 9,9% para GND, 10,0% e 6,6% para C, 8,5% e 4,8 % para P e 10,9% e 5,0% para M.
Saúde bucal: uma revis o crítica sobre programa es educativas para escolares
Pauleto Adriana Regina Colombo,Pereira Maria Lucia Toralles,Cyrino Eliana Goldfarb
Ciência & Saúde Coletiva , 2004,
Abstract: Em saúde bucal, a situa o epidemiológica brasileira ainda é grave devido às condi es sociais e econ micas da popula o, à pequena parcela de investimentos que a área recebe em rela o ao total do SUS e à falta de informa o sobre os cuidados básicos de saúde. Embora a odontologia se mostre muito desenvolvida em tecnologia, n o responde em níveis significativos às demandas dos problemas de saúde bucal da popula o. Nesse contexto, a educa o em saúde bucal tem sido cada vez mais requisitada, considerando o baixo custo e as possibilidades de impacto odontológico no ambito público e coletivo. A importancia de práticas preventivas e educativas em saúde bucal nos levou a realizar este estudo, apontando diferentes programas odontológicos, mediante estudo de revis o, para analisá-los em suas propostas, metodologias, possibilidades e limita es, visando refletir sobre o tema com foco nos aspectos educativos que ainda desafiam os programas de saúde bucal. Identificaram-se quatro tendências nos programas analisados. O estudo apontou para a necessidade de se repensar as práticas educativas.
Transtornos alimentares de ordem comportamental e seus efeitos sobre a saúde bucal na adolescência  [cached]
TRAEBERT Jefferson,MOREIRA Emília Addison Machado
Pesquisa Odontológica Brasileira , 2001,
Abstract: Anorexia nervosa é um distúrbio de ordem comportamental definido como inani o deliberada e auto-imposta seguida de busca constante de magreza e medo mórbido de engordar. Bulimia nervosa também é um distúrbio de comportamento caracterizada pela ingest o compulsiva de grande quantidade de alimentos, alternando-se com a es dirigidas a evitar ganho de peso, como por exemplo o v mito auto-induzido. A ocorrência destas doen as tem aumentado, embora n o existam dados epidemiológicos de ordem populacional no Brasil. Tais distúrbios geram freqüentemente eros o dental devido ao ambiente bucal extremamente ácido resultante do comportamento dos pacientes. O cirurgi o-dentista pode ser o primeiro profissional a detectar estas doen as. Assim, o objetivo deste trabalho é contribuir para a familiariza o do cirurgi o-dentista com os primeiros sinais e sintomas destas importantes doen as de ordem comportamental.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.