oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
The perception of Sao Paulo state consumers in relation to ship meat: analysis by principal components Percep o de consumidores paulistas em rela o à carne ovina: análise fatorial por componentes principais
Ricardo Firetti,Celso da Costa Carrer,Vivian Lara Silva,Marco Ant?nio Trindade
Revista Brasileira de Saúde e Produ??o Animal , 2010,
Abstract: In this study, the objective was to identify the satisfaction and preferences degree of Sao Paulo state consumers on the quality of ship meat (color, flavor, tenderness, juiciness and fat), nutritional value, food security, availability, place of purchase and satisfaction with the product customers (cuts, packaging, origin, price, availability). For this, we surveyed the application of 93 questionnaires with 33 questions to the consumers of lamb meat. The data were submitted to a Factor Analysis in Principal Components and Distribution of Frequencies. The main items of sampling were: satisfaction with the product; preferences; consumption of meat; available for purchase; standard of meat and profile of the consumer. Indirectly, consumers appeared as weaknesses in the supply chain: low availability of the product, high prices and high level of informal market. The results indicated the possibility of market segmentation in terms of schooling and income, where the meat characteristics as the amount of fat and flavor should be taken into consideration. Neste trabalho, o objetivo foi identificar conceitos ligados a preferências e satisfa o de consumidores paulistas em rela o à qualidade da carne ovina (cor, sabor, maciez, suculência e gordura), valor nutricional, seguran a alimentar, disponibilidade, local de compra e satisfa o com o produto adquirido (cortes, embalagens, origem, pre o). Para isso, realizou-se levantamento com a aplica o de 93 questionários com 33 perguntas aos consumidores de carne ovina, e os dados obtidos foram submetidos à análise fatorial por componentes principais e distribui o de frequências. Os consumidores apontaram como pontos fracos da cadeia de comercializa o: baixa disponibilidade do produto e pre os elevados. Os resultados indicam a possibilidade de segmenta o de mercado em fun o da escolaridade e renda, em que características como a quantidade de gordura e sabor devem ser consideradas.
Estrutura fatorial do questionário de morbidade psiquiátrica de adultos aplicado em amostras populacionais de cidades brasileiras  [cached]
Andreoli Sérgio Baxter,Mari Jair de Jesus,Blay Sérgio Luis,Almeida-Filho Naomar de
Revista de Saúde Pública , 1994,
Abstract: A análise de componentes principais é uma técnica de estatística multivariada utilizada para examinar a interdependência entre variáveis. A sua principal característica é a capacidade de reduzir dados, e tem sido usada para o desenvolvimento de instrumentos de pesquisas psiquiátricas e na classifica o dos transtornos psiquiátricos. Esta técnica foi utilizada para estudar a estrutura fatorial do Questionário de Morbidade Psiquiátrica do Adulto (QMPA). O questionário foi composto de 45 quest es de resposta sim/n o que identificam sintomas psiquiátricos, uso de servi o e de drogas psicotrópicas. O questionário foi aplicado em 6.470 indivíduos maiores de 15 anos, em amostras representativas da popula o de três cidades brasileiras (Brasília, S o Paulo e Porto Alegre). O estudo teve como objetivo comparar a estrutura fatorial do questionário nas três regi es urbanas brasileiras. Sete fatores foram encontrados que explicam 42,7% da variancia total da amostra. O fator 1, Ansiedade/Somatiza o ("eigenvalue" (EV) = 3.812 e variancia explicada (VE) = 10,9%); O fator 2, Irritabilidade/Depress o (EV = 2.412 e VE = 6,9%); O fator 3, Deficiência Mental (EV= 2.014 e VE = 5,8%); O fator 4, Alcoolismo (EV = 1.903 e VE = 5,4%); O fator 5, Exalta o do Humor (EV = 1.621 e VE = 4,6%); O fator 6, Transtorno de Percep o (EV = 1.599 e VE = 4,6%) e o fator 7, Tratamento (EV = 1.592 e VE = 4,5%).O QMPA apresentou estruturas fatoriais semelhantes nas três cidades. Baseados nos achados, s o feitas sugest es para que algumas quest es sejam modificadas e para a exclus o de outras em uma futura vers o do questionário.
Jogos de Empresas com Foco em Marketing Estratégico: uma análise fatorial da percep o dos participantes Strategic Marketing Oriented Business Games: a factor analysis of the participant’s perceptions Juegos de Empresas con Enfoque en Marketing Estratégico: un análisis factorial de la percepción de los participantes
HEMZO, Miguel Angelo,LEPSCH, Sérgio Luiz
Revista Brasileira de Gest?o de Negócios , 2006,
Abstract: RESUMO Este artigo apresenta os resultados obtidos em um estudo de identifica o de valores, atitudes e opini es de 60 graduandos que participaram do curso diurno de “Gerência de Produtos, Servi os e Mercados” da FEA-USP, ministrado no primeiro semestre de 2005, utilizando-se o Jogo de Empresas MARKSTRAT. Seu objetivo foi o de avaliar o uso de ferramentas de ensino mais participativas, criativas e vivenciais, como os Jogos de Empresas, em termos de sua experiência final, comparativamente as proposi es identificadas na revis o bibliográfica. Os resultados demonstraram que o uso de Jogos de Empresas como ferramenta de ensino andragógico estimula as habilidades técnicas estabelecidas como objetivos de ensino da disciplina, como as habilidades decisórias de marketing e estratégia, baseadas em informa es e com perspectivas balanceadas de curto e longo prazo. Já habilidades relativas a trabalho e relacionamento em grupo (que n o estavam contempladas especificamente nos objetivos da disciplina) receberam avalia o indiferente, sugerindo que o papel do professor continua sendo importante na utiliza o adequada e planejada destas ferramentas para melhor aproveitar seu grande potencial. Estes resultados também sugerem que equipes transdisciplinares poderiam aumentar a produtividade do uso desta ferramenta. ABSTRACT Today’s ever-changing environment has led educators in a search for new teaching tools that are more participative, creative and vivencial, as the Business Games. This article presents the results obtained in a study of values, attitudes and opinions’ identification with 60 undergraduate students that took part of the discipline “Products, Services and Markets Management” at FEA-USP, first semester of 2005, using the MARKSTRAT Business Game. Its objective was to evaluate the use of more participative, creative and lively teaching tools, as the Business Games, in terms of the final experience, compared to those proposed in the literature. The results show that the use of business games as an andragogical Today’s ever-changing environment has led educators in the search for new teaching tools that are more participative, creative and living, as the Business Games. This article presents the results obtained in a study of values, attitudes and opinions’ identification with 60 undergraduate students that took part of the discipline “Products, Services and Markets Management” at FEA-USP, first semester of 2005, using the MARKSTRAT Business Game. Its objective was to evaluate the use of more participative, creative and lively teaching tools, as the Business
Identifica o de fatores que influenciam na qualidade do ensino de matemática, através da análise fatorial  [cached]
Luis Felipe Dias Lopes,Andreia Zanella
Sistemas & Gest?o , 2009,
Abstract: A busca por melhores níveis de qualidade no ensino vem crescendo constantemente, a escola que deseja produzir qualidade deve primeiramente conhecer as necessidades dos seus clientes. Este trabalho busca identificar as variáveis que melhor influenciam na qualidade do ensino de matemática, o conhecimento destes aspectos pela escola e pelos professores torna-se fundamental para que seja possível direcionar esfor os para as dimens es destacadas como mais importantes. A coleta de dados foi realizada por meio de questionários fechados que buscavam investigar a percep o dos alunos em rela o ao ensino-aprendizagem da disciplina de matemática. Para análise dos dados utilizou-se a ferramenta estatística de análise fatorial, que possibilitou obter uma estrutura linear reduzida do conjunto original de dados, por meio da sumariza o da informa o contida em um número de variáveis em um conjunto menor de fatores. Com isso, pode-se identificar seis variáveis: eficiência da avalia o, interesse do aluno, prepara o do professor, temas atuais de investiga o, pontualidade do professor e prepara o para provas. O professor da disciplina deve direcionar sua aten o para estas variáveis destacadas, objetivando aprimorar suas atividades e colaborar para a melhoria dos níveis de qualidade no ensino.
Desenvolvimento e valida o de escala percep o de políticas de gest o de pessoas (EPPGP)
Gisela Demo Fiuza
Revista de Administra??o Mackenzie , 2008,
Abstract: Este estudo apresenta o desenvolvimento e a valida o da escala de percep ode políticas de gest o de pessoas (EPPGP) para aferir a percep o dos colaboradoresquanto às políticas organizacionais de gest o de pessoas implementadas,considerando a relevancia estratégica da gest o de pessoas para as organiza esatualmente. O método abrangeu a constru o da escala envolvendo a operacionaliza oda variável e a análise teórica dos itens, bem como a valida o da escala quese remete à coleta dos dados, sua limpeza e tratamento, à análise fatorial e à aferi oda confiabilidade dos fatores. A pesquisa permitiu apresentar um instrumentomultifatorial com 19 itens, distribuídos em quatro fatores, explicando 60,36% davariancia total do construto. O estudo contribui com a produ o científica na áreade gest o de pessoas e correlatas, uma vez que a EPPGP pode ser usada em estudosrelacionais organizacionais e pelos gestores para incrementar o bem-estar doscolaboradores.
Atributos Relevantes de Destinos Turísticos na Percep o de Internautas Brasileiros  [cached]
Iomara Scandelari Lemos,José Roberto Frega,Alceu Souza
Revista Turismo em Análise , 2010,
Abstract: Resumo Este artigo objetiva identificar, na percep o do turista brasileiro, a estrutura subjacente da importancia de atributos que caracterizam os destinos turísticos. Trata-se de uma pesquisa do tipo survey disponibilizada em website e respondida por 471 internautas brasileiros. Utilizaram-se procedimentos estatísticos de análise fatorial; validade de construto; constru o de escalas e análise fatorial confirmatória com modelagem de equa es estruturais. Conclui-se que, tomados isoladamente, os atributos considerados mais relevantes foram: sensa o de seguran a; qualidade do aspecto visual do destino; sensa o de n o estar sendo explorado e facilidade de acesso ao destino turístico, totalizando 70,5% das respostas. Contudo, analisados em conjunto, três fatores respondem por 62,2% da variancia explicada. Palavras-chave: análise fatorial; modelagem de equa o estrutural; atributos relevantes de turismo. Abstract This article aims to identify, in the perception of Brazilian tourists, the subjacent structure of the importance of attributes that characterize the tourist places destinations. This research is a survey available on website and answered by 471 Brazilians internet users. It used statistical procedures such as factorial analysis, construct reliability, construction of scales and structural equation modeling for confirmatory factorial analysis. It was concluded that, taken alone, the attributes considered most important were: sensation of visiting a safety place, visual aspect quality of the tourism destination areas, sensation of not being exploited and facilities concerned to the tourism destination areas. These totalized 70.5% of responses. However, taken together, three factors account for 62.2% of variance explained. Keywords: factorial analysis; structural equation modeling; tourism's relevant attributes.
Análise Fatorial de Uma Medida de Estratégias de Enfrentamento  [cached]
Seidl Eliane Maria Fleury,Tróccoli Bartholomeu T.,Zannon Célia Maria Lana da Costa
Psicologia: Teoria e Pesquisa , 2001,
Abstract: O objetivo do estudo foi investigar a estrutura fatorial da Escala Modos de Enfrentamento de Problemas - EMEP, na vers o adaptada para a popula o brasileira por Gimenes e Queiroz (1997), para mensurar estratégias de enfrentamento em rela o a estressores específicos. A amostra foi composta por 409 adultos de ambos os sexos, onde 252 consideraram como estressor um problema atual que estivesse ocasionando estresse, enquanto 157 foram pessoas portadoras de enfermidades cr nicas, que responderam à escala com base no problema de saúde que estavam apresentando. Foram extraídos quatro fatores pelo método dos eixos principais, rota o ortogonal: estratégias de enfrentamento focalizadas no problema, estratégias de enfrentamento focalizadas na emo o, práticas religiosas/pensamento fantasioso e busca de suporte social. A análise dos achados nas duas sub-amostras, diferenciadas quanto aos estressores dominantes, sugere possibilidades positivas de aplica o em contextos de pesquisa e de interven o profissional, em especial a atua o clínica voltada para manejo do estresse junto a diferentes clientelas.
Análise fatorial e unidimensionalidade da escala de impacto à enurese  [PDF]
De Salvo, Caroline Guisantes,De Toni, Plínio Marco,Silvares, Edwiges Ferreira de Mattos
Psico , 2008,
Abstract: A enurese noturna é uma desordem altamente significativa para crian as e adolescentes, visto das restri es que imp e as atividades e rotinas daqueles que dela sofrem. A escala de impacto a enurese é um dos poucos instrumentos desenvolvivos especificamente para avalia o desta popula o, porém ainda sem avalia o de suas qualidades psicométricas. Com o objetivo de avaliar os parametros psicométricos da presente escala, comp s-se uma amostra de 52 participantes enuréticos. Para avalia o da unidimenionalidade utilizou-se a matriz de correla o dos itens através de Análise Fatorial, método de extra o de componentes principais e rota o Promax. Analisaram-se as cargas fatoriais associadas aos itens da escala, bem como a consistência interna dos mesmos. Os resultados apontam para dois fatores avaliados na escala (físico e psicológico), os quais contam com parametros psicométricos de unidimensionalidade adequados.
Get Phases from Arsenic Anomalous Scattering: de novo SAD Phasing of Two Protein Structures Crystallized in Cacodylate Buffer  [PDF]
Xiang Liu, Heng Zhang, Xiao-Jun Wang, Lan-Fen Li, Xiao-Dong Su
PLOS ONE , 2011, DOI: 10.1371/journal.pone.0024227
Abstract: The crystal structures of two proteins, a putative pyrazinamidase/nicotinamidase from the dental pathogen Streptococcus mutans (SmPncA) and the human caspase-6 (Casp6), were solved by de novo arsenic single-wavelength anomalous diffraction (As-SAD) phasing method. Arsenic (As), an uncommonly used element in SAD phasing, was covalently introduced into proteins by cacodylic acid, the buffering agent in the crystallization reservoirs. In SmPncA, the only cysteine was bound to dimethylarsinoyl, which is a pentavalent arsenic group (As (V)). This arsenic atom and a protein-bound zinc atom both generated anomalous signals. The predominant contribution, however, was from the As anomalous signals, which were sufficient to phase the SmPncA structure alone. In Casp6, four cysteines were found to bind cacodyl, a trivalent arsenic group (As (III)), in the presence of the reducing agent, dithiothreitol (DTT), and arsenic atoms were the only anomalous scatterers for SAD phasing. Analyses and discussion of these two As-SAD phasing examples and comparison of As with other traditional heavy atoms that generate anomalous signals, together with a few arsenic-based de novo phasing cases reported previously strongly suggest that As is an ideal anomalous scatterer for SAD phasing in protein crystallography.
Factorial analysis of the Multidimensional Health Locus of control scale: form C for elderly Análise fatorial da Escala Multidimensional de Locus de controle da saúde: forma C para idosos  [cached]
Leani S. M. Pereira,Louise G. Araújo,Rosana F. Sampaio,Jo?o P. A. Haddad
Brazilian Journal of Physical Therapy , 2011,
Abstract: BACKGROUND: Pain is a multidimensional experience. Locus of control is an important factor related to chronic pain experience and treatment. There is a gap in the literature when discussing issues related to pain evaluation in elderly. OBJECTIVES: To analyze the factorial structure, intra and inter-rater reliability of the Brazilian version of the Pain Locus of Control Scale - Form C for elderly with chronic pain living in the community. METHODS: One hundred and eighty one elderly individuals (71.5±6.8 years of age) answered a clinic and social-demographic questionnaire and the PLOC-C scale. A factorial analysis with varimax rotation of the PLOC-C scale was performed. The scalewas applied twice by two observers to evaluate the intra and inter-rater reliability analyzed using Pearson's Correlation Coefficients. RESULTS: The factorial analysis of the 18 item PLOC-C scale revealed six factors. Four items (1 and 6 from the chance locus of control subscale; 2 and 4 from the internal locus of control subscale) migrated toward unpredictable factors in the original factorial structure. Analysis with the removal of the four items demonstrated a better factorial structure and higher levels of internal consistency (α=0.836 and 0.669) and reliability (intra-examiner: r=0.65 and 0.93; inter-examiner: r=0.82 and 0.92) when compared to the complete subscales. The variance explained was of 48.7% for the 18 items and 62.4% for the 14 items scale. CONCLUSION: The results demonstrate a better applicability of the reduced scale on the sample. The reduced version may contribute to greater knowledge and consequently better chronic pain management in the elderly. CONTEXTUALIZA O: Dor é uma experiência multidimensional. A percep o de locus de controle é um fator importante relacionado à experimenta o e ao tratamento da dor cr nica. Existe uma lacuna na literatura referente à abordagem de aspectos relacionados à avalia o da dor no idoso. OBJETIVOS: Analisar a estrutura fatorial e a confiabilidade intra e interexaminadores da vers o brasileira do instrumento Pain Locus of Control - Forma C (PLOC-C) em idosos comunitários com dor cr nica. MéTODOS: Cento e oitenta e um idosos (71,5±6,8 anos) responderam ao questionário clínico e sociodemográfico e à escala PLOC-C. Realizou-se análise fatorial com rota o varimax da escala, que foi aplicada duas vezes por dois examinadores para a observa o, por meio do Coeficiente de Correla o de Pearson da confiabilidade inter e intraexaminadores. RESULTADOS: A análise fatorial da PLOC-C, composta por 18 itens, mostrou a express o de seis fa
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.