oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Níveis decrescentes de proteína em dietas suplementadas com complexo enzimático para coelhos em crescimento. 1. Desempenho produtivo  [cached]
Dias J.C.C.A.,Ferreira W.M.,Santiago G.S.,Valente S.S.
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 2000,
Abstract: Estudou-se o efeito da redu o do nível protéico da dieta, com e sem suplementa o enzimática, sobre o desempenho produtivo de coelhos em crescimento. Em um delineamento inteiramente ao acaso, utilizaram-se 54 coelhos da ra a Nova Zelandia Branco, de ambos os sexos, desmamados aos 35 dias de idade e divididos em cinco grupos (tratamentos), quatro de 11 e um de 10 coelhos. Os tratamentos constituíram-se de dietas calculadas como isoenergéticas e isoaminoacídicas com 17, 16, 15 e 14% de proteína bruta (PB), suplementadas com 0,05% de um complexo enzimático comercial (Vegproò ), com atividade de protease e de celulase, e uma dieta controle com 17% de PB sem adi o de complexo enzimático. Os animais submetidos aos tratamentos com 14 e 15% PB apresentaram melhores resultados no ensaio de crescimento, observando-se influência significativa (P<0,05) do teor de PB sobre o peso vivo final, peso vivo final metabólico, ganho de peso diário, consumo diário de dieta, consumo diário de proteína bruta e convers o alimentar. A redu o do nível de proteína bruta da dieta para 14% com suplementa o enzimática e corrigida quanto aos aminoácidos mais limitantes para os teores recomendados pela literatura n o influenciou negativamente as características estudadas.
Contagem de células somáticas no leite de vacas suplementadas no pré-parto com selênio e vitamina E  [cached]
Paschoal Juliana Jorge,Zanetti Marcus Antonio,Cunha José Aparecido
Ciência Rural , 2006,
Abstract: O selênio e a vitamina E s o antioxidantes importantes na defesa de células e tecidos e atuam diretamente na manuten o da saúde do úbere, influenciando a contagem de células somáticas, indicador no leite da mastite. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da suplementa o do selênio e da vitamina E sobre a contagem de células somáticas no leite de vacas da ra a holandesa, durante o período das águas. Oitenta animais foram distribuídos em quatro tratamentos: controle; suplementa o com 2,5mg Se dia-1; suplementa o com 1000 UI vit. E dia-1 e suplementa o com 2,5mg Se + 1000 UI vit. E dia-1. A suplementa o foi iniciada 30 dias antes da provável data de pari o, prolongando-se até o parto. Amostras do volumoso e do concentrado foram colhidas, quinzenalmente, para análise bromatológica completa e levantamento dos níveis de selênio. O sangue foi colhido antes do início da suplementa o, no parto, 30 e 60 dias após o parto, para determina o dos níveis de Se no soro sangüíneo das vacas. O leite foi colhido semanalmente para determina o da contagem de células somáticas (CCS). O período de colheita iniciou-se logo após o período colostral, prolongando-se até a décima segunda semana de lacta o. Um mês após a suplementa o, as vacas que receberam selênio apresentaram níveis séricos superiores (P<0,05) ao grupo controle. O selênio e a vitamina E n o afetaram (P>0,05) a CCS nas doze primeiras semanas de lacta o e n o foi encontrado efeito de intera o entre os dois elementos.
Atividade funcional neutrofílica em cabras com mastite induzida experimentalmente por Staphylococcus aureus e suplementadas com vitamina E (acetato DL-a-tocoferol)  [cached]
Lopes S.T.A.,Paes P.R.O.,Kohayagawa A.,Lopes R.S.
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 2003,
Abstract: Avaliou-se a fun o neutrofílica em cabras com mastite por Staphylococcus aureus, induzida experimentalmente, suplementadas com vitamina E (acetato DL-a-tocoferol). Foram utilizadas 14 cabras gestantes da ra a Saanen, com idades entre 8 e 12 meses e com cultura bacteriológica do leite negativa. Sete cabras receberam 2000UI de vitamina E, via intramuscular, no dia do parto e no sétimo dia pós-parto. As outras sete n o foram medicadas. No 10o dia pós-parto, os dois grupos foram inoculados com 300 unidades formadoras de col nias de Staphylococcus aureus, cepa ATCC 25923, diluídas em 10ml de solu o fisiológica, na glandula mamária esquerda. A fun o de neutrófilos sangüíneos foi medida pelo teste nitroazul tetrazólio (NBT), antes da inocula o, no momento da infec o e 12, 24, 48 e 72 horas pós-infec o, quando foi instituído o tratamento intramamário com antimicrobiano, por três dias consecutivos. A colheita final de sangue foi realizada 48 horas após a última aplica o do medicamento. Amostras de sangue para determina o da vitamina E foram colhidas no dia do parto, no momento da infec o, 48 horas pós-infec o e 48 horas pós-tratamento e analisadas por cromatografia líquida de alta performance. Na prova n o estimulada do NBT n o foram verificadas diferen as entre grupos e entre momentos. Na prova estimulada do NBT (NBT-E) houve diferen a entre tratamentos às 12 e 72 horas pós-infec o, com valores mais elevados de NBT-E nos animais sem suplementa o. Conclui-se que a suplementa o com vitamina E reduz o percentual de neutrófilos NBT-E positivos.
DIFFERENTIAL LEUKOCYTE COUNTS OF NILE TILAPIA FED DIETS SUPPLEMENTED LEUCOGRAMA DA TILáPIA-DO-NILO ARRA OADA COM DIETAS SUPLEMENTADAS COM NíVEIS DE VITAMINA C E LIPíDEO SUBMETIDAS A ESTRESSE POR BAIXA TEMPERATURA  [cached]
Dario Rocha Falcon,Margarida Maria Barros,Luiz Edvaldo Pezzato,William Vicente Narvaez Solarte
Ciência Animal Brasileira , 2008,
Abstract: This research was realized in two periods, one pre experimental in 112 days and other experimental in 43 days, aiming to evaluate the effects of vitamin C and lipid on differential leukocyte counts of fish submitted to temperature stress. Leukocyte cells were evaluated at the beginning and the end of the experiment. The experiment used a 2 x 3 factorial design with vitamin C (300.0; 600.0 and 1,200.0 mg/kg diet) and lipid levels (8.0 and 12.0%) with four replicates, plus absence of nutrient test and 6.0% lipids and 125.0 mg/kg vitamin C diet. Diets were formulated to contain 32.0% of DP. Fish were stocked into 24 40-L aquaria at a density of two fish/aquarium, with weight of 105.13 ± 19.71 g. Water temperature was kept at 18.0°C during 25 days and at 15.0°C during 11. Low temperature determine a decrease on leucocytes and lymphocytes and an increase on neutrophils and monocytes. There was a significant interaction between phase x vitamin C and phase x lipid. It was concluded that vitamin C and lipid supplementation improve immune response; low temperature determine a decrease in fish resistance; levels of vitamin C supplementation above the requirement and 8.0 and 12.0% of lipid on diet determine a better resistance. KEY WORDS: Ascorbic acid, low temperature, Oreochromis niloticus, resistance, white blood cell. Realizou-se esta pesquisa com período pré-experimental de 112 dias e experimental de 43 dias, objetivando avaliar os efeitos dos níveis de vitamina C e lipídeos na contagem diferencial de leucócitos, antes e após o estresse por baixa temperatura. Distribuíram-se os tratamentos num DIC em esquema fatorial 2 x 3, com níveis de lipídeo (8,0 e 12,0%) e níveis de vitamina C (300; 600 e 1.200 mg de vitamina C/kg dieta), com três repeti es cada, além de outros dois tratamentos, ausente de suplementa o dos nutrientes testes e acrescido de 6,0% de lipídeo e 125 mg de vitamina C/kg, constituindo oito dietas isoprotéicas (32,0% PD). Os peixes foram distribuídos em 24 aquários, dois peixes/aquário, com peso médio de 105,13 ± 19,71 g. A água dos aquários permaneceu a 18,0°C durante 25 dias e por 11 dias a 15,0°C. O estímulo pelo frio determinou leucopenia, linfopenia, neutrofilia e monocitose. Houve intera o significativa para fase versus vitamina C e fase versus lipídeo. Conclui-se que a suplementa o de vitamina C e lipídeo melhora o sistema imunológico; o estresse pelo frio diminui a resistência dos peixes; os níveis de suplementa o de vitamina C na ra o acima da exigência nutricional e níveis de 8,0% e 12,0% de lipídeo determinam melhor resistência.
ERYTHROCYTE OXIDATIVE METABOLISM AND ERITROGRAM IN MASTITIS INDUCED BY STAPHYLOCOCCUS AUREUS ON GOATS WITH ADMINISTRATION OF VITAMIN E. METABOLISMO OXIDATIVO DOS ERITRóCITOS E ERITROGRMA NA MASTITE EXPERIMENTALMENTE INDUZIDA POR Staphylococcus aureus EM CABRAS SUPLEMENTADAS COM VITAMINA E.  [cached]
Paulo Ricardo de Oliveira Paes,S?nia Terezinha dos Anjos Lopes,Raimundo Souza Lopes,Aguemi Kohayagawa
Ciência Animal Brasileira , 2009,
Abstract: The oxidative boom of neutrophils to infection reaction can result in cellular injury and lead to inflammatory disease anemia, among other disorders. The glutathione system and the vitamin E are antioxidants that disable free radicals. The aims of the present study were to evaluate the effects of administration of vitamin E on erythrogram and erithrocyte reduced glutathione (GSH) of 28 Saanen goats, experimentally challenged Staphylococcus aureus trough intramammary route, ten days after parturition. The animals had between ten and sixteen months of age, had their first deliver by the time of the experiment and were randomly divided in four groups: control (CG), vitamin E supplementation (VG), inoculated with S. aureus (MG) and inoculated with S. aureus and vitamin E supplementation and (VMG). It could be concluded that inoculation of S.aureus in mamary glands of Saanen goats produce no change on erythrogram and on erythrocytic reduced glutathione concentration, and the vitamin E causes a better erythrocyte response in goats. KEY WORDS: Erythrocytes, glutathione, goats, vitamin E. A explos o oxidativa dos neutrófilos na rea o à infec o pode resultar em danos celulares e causar, entre outras altera es, a anemia da doen a inflamatória. O sistema glutationa e a vitamina E s o antioxidantes que inativam os radicais livres. O presente trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da administra o de vitamina E sobre o eritrograma e a glutationa reduzida eritrocitária (GSH) de cabras desafiadas com a inocula o intramamária de Staphylococcus aureus ao décimo dia pós-parto. Foram usadas 28 cabras, primíparas, da ra a Saanen, na faixa etária de dez a dezesseis meses, distribuídas, aleatoriamente, para quatro tratamentos, cada um com sete animais, como segue: controle (TC), suplementa o com vitamina E (TV), desafio por Staphylococcus aureus (TM) e suplementa o com vitamina-E e desafio por S.aureus (TVM). Conclui-se que a inocula o de S.aureus na glandula mamária n o altera o eritrograma e a glutationa reduzida eritrocitária e que a vitamina E favorece, positivamente, uma melhor resposta eritrocitária. PALAVRAS-CHAVES: Caprinos, eritrócitos, GSH, mastite, vitamina E.
Qualidade da carne de frangos de corte submetidos a dietas suplementadas com cr mio, criados em diferentes temperaturas ambientais = Meat quality of broiler chicks submeted the supplemented diets with chromium and reared in differents enviromental temperatures
Alexandre Oba,Pedro Alves de Souza,Hirasilva Borba Alves de Souza,Fábio Roberto Leonel
Acta Scientiarum : Animal Sciences , 2007,
Abstract: Foram realizados dois experimentos. O experimento um objetivou avaliar a composi o da carne do peito de frangos alimentados com dietas suplementadas com cr mio (0, 400, 800 e 1.200 μg Cr kg-1) complexado a levedura, criados sob diferentes condi es de temperatura (quente, termoneutra e fria). O experimento dois objetivou avaliar a qualidade da carne do peito de frangos alimentados com dietas suplementadas com cr mio (0 e 400 μg Cr kg-1), criados nas mesmas condi es do experimento um e desossados em diferentes períodos (0, 5 e 24 horas). Os resultados mostram que as aves criadas em ambiente frio apresentaram a carne com menor porcentagem de matéria mineral e cr mio e maior intensidade de vermelho, enquanto as aves criadas em temperatura termoneutra apresentaram carne com menor porcentagem de umidade, e as aves criadas em temperatura quente, carne com maior luminosidade. Já a suplementa o de cr mio n o proporcionou qualquer efeito na composi o e na qualidade de carne, enquanto que o aumento no período de desossa proporcionou um menor comprimento de sarc mero, for a de cisalhamento e intensidade de amarelo, porém uma maior luminosidade. Two experiments were conducted being the objective of the first experiment to evaluate the the composition of breast meat of broiler chicks fed with diets supplemented with chromium yeast (0; 400; 800and 1,200 μg Cr kg-1) reared in different environmental temperatures (hot, thermoneutral and cold). The second experiment aimed to evaluate the quality of breast meat of broiler chicks fed with diets supplemented with chromium yeast (0 and 400 μg Cr kg-1), reared in different environmental temperatures (hot, thermoneutral and cold) and deboned in different periods (0, 5 and 24 hours). The results showed that birds reared in cold environmental temperature showed meat with lower mineral matter percentage and chromium and higher values of redness, whereas the birds reared in thermoneutral environment showed breast meat with lower moistness percentage and the birds reared in hot environmental temperature showed increase values of lightness. The supplementation of chromium presented no effect on the composition and meat quality. Whereas the increase in deboned period provided lower sarcomere length, shear force and yellowness, however higher lightness.
Desempenho produtivo de ovinos alimentados com dietas à base de feno de gramíneas tropicais
Camur?a Daniel Aguiar,Neiva José Neuman Miranda,Pimentel José Carlos Machado,Vasconcelos Vania Rodrigues
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o desempenho produtivo e o consumo de matéria seca e nutrientes em ovinos confinados e alimentados com dietas à base de fenos das gramíneas: capim-elefante, capim-buffel, capim-milh -roxa e capim-urochloa. Foram utilizados 32 animais da ra a Santa Inês (16 machos e 16 femeas) com peso médio de 26,5 kg. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repeti es, sendo cada repeti o composta por dois animais. Os animais apresentaram respostas semelhantes para todos os parametros avaliados. O ganho de peso foi semelhante entre as dietas estudadas, sendo o valor médio para ganho de peso de 95 g/animal/dia. N o foram observadas diferen as nos consumos de matéria seca e fibra detergente neutro entre as várias dietas estudadas. As dietas à base de feno de milh -roxa permitiram maior consumo de proteína bruta. Concluiu-se que os fenos avaliados podem ser utilizados na alimenta o de ovinos.
Desempenho produtivo de vacas 5/8 Holando/Zebu alimentadas com diferentes cultivares de palma forrageira (Opuntia e Nopalea)  [cached]
Santos Djalma Cordeiro dos,Santos Mércia Virginia Ferrreira dos,Farias Iderval,Dias Flávio Marcos
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: Foi estudado o efeito de diferentes cultivares de palma forrageira sobre o desempenho produtivo de vacas mesti as holando/zebu. O delineamento experimental foi de ensaios alternativos, obedecendo a distribui o de quadrado latino, contendo três quadrados, com três períodos de 28 dias cada. Os tratamentos foram constituídos pelas cultivares de palma forrageira redonda, gigante e miúda. De modo geral, foram observadas pequenas varia es na composi o química dos cultivares de palma. N o foi observada diferen a significativa quanto ao consumo de palma in natura, consumo de restolho de milho e consumo de matéria seca, entre os animais alimentados com as diferentes cultivares de palma, sendo de 54,21; 7,91; e 9,04 kg/dia, respectivamente. Também n o foi observada diferen a para as variáveis leite produzido, leite a 4% de gordura e rela o de consumo de matéria seca para leite produzido. Os dados sugerem que vacas leiteiras mesti as podem ser alimentadas com diferentes cultivares de palma forrageira, sem comprometimento do desempenho produtivo das mesmas.
Desempenho produtivo e atividade microbiana cecal de coelhos alimentados com dietas contendo diferentes níveis de amido  [cached]
Arruda Alex Martins Varela de,Carregal Ronaldo Dessimoni,Ferreira Renato Gon?alves
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: Com o objetivo de avaliar a influência do amido dietético sobre o rendimento produtivo e a atividade microbiana cecal de coelhos em crescimento, quatro dietas experimentais foram elaboradas de forma a conter níveis crescentes de amido (23, 28, 33 e 38% de amido total na base da MS), os quais foram fornecidos a 32 coelhos da ra a Nova Zelandia Branco, distribuídos em gaiolas de engorda individuais, seguindo um delineamento em blocos casualizados. Houve efeito linear decrescente para consumo e convers o alimentar, em que valores de 108,67 g/d e 3,216, respectivamente, foram obtidos para os animais alimentados com 38% de amido dietético. No entanto, o ganho de peso e o rendimento de carca a n o foram influenciados pelos tratamentos. Por outro lado, os valores de pH, as concentra es totais e as propor es molares dos ácidos graxos voláteis n o foram influenciados pelos tratamentos, porém, para o ácido propi nico, houve efeito linear decrescente, sendo a maior propor o molar (12,06%) verificada no conteúdo cecal de coelhos alimentados com 23% de amido dietético. O milho-gr o apresentou maior influência sobre a atividade microbiana cecal que o amido de milho purificado, porém, sem alterar o desempenho e rendimento de carca a.
Parametros sangüíneos de pacu Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) alimentados com dietas suplementadas com cromo trivalente em duas densidades de estocagem = Hematological parameters of pacu Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) fed diets supplemented with trivalent chromium in two stocking densities
Rodrigo Yudi Fujimoto,Marcello Pardi de Castro,Mauricio Later?a Martins,Flávio Ruas de Moares
Acta Scientiarum : Animal Sciences , 2007,
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da suplementa o com cromo trivalente (0, 6, 12 e 18 mg kg-1 de ra o) sobre as variáveis hematológicas de Piaractus mesopotamicus, mantidos em duas densidades de estocagem (4 e 20 kg m-3). Os mantidos na maior densidade e alimentados com dietas suplementadas com 0 e 6 mg de cromo kg-1apresentaram redu o do número de linfócitos circulantes, sugerindo má adapta o a essa condi o de alta densidade. Nas dietas suplementadas com 12 e 18 mg kg-1, tal efeito n o foi observado, porém verificou-se aumento do número de trombócitos no tratamento com 12 mg de cromo kg-1. A inexistência de diferen a significativa entre os tratamentos, aos 30 dias, sugere a adapta o dos peixes ao tipo de alimento e à situa o de alta densidade. Portanto, nas condi es deste ensaio, a suplementa o com 12 e 18 mg de cromo kg-1 é interessante como estratégia alimentar durante 15 dias. This work evaluated the effects of chromium supplementation on thehematological parameters of Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887 maintained in two stocking densities. Fish were fed diets supplemented with 0, 6, 12 and 18 mg trivalent chromium kg-1 dry ration and maintained at 4 and 20 kg m-3. The fish under high stockingdensity and fed diets supplemented with 0 and 6 mg kg-1 showed reduction in the number lymphocytes, which suggests non-adaptation to this condition of high density. This was not observed in fish fed diets supplemented with 12 and 18 mg chromium kg-1, but an increasein the number of thrombocytes was evident. The lack of difference between treatments after 30 days may suggest a possible adaptation of fish to the situation. It can be added that supplementation with 12 and 18 mg chromium kg-1 is an interesting feeding strategy for aperiod of 15 days.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.