oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Sistemas nacionais de avalia??o e de informa??es educacionais
CASTRO, MARIA HELENA GUIMAR?ES DE;
S?o Paulo em Perspectiva , 2000, DOI: 10.1590/S0102-88392000000100014
Abstract: a estrutura??o de sistemas nacionais de avalia??o e de informa??o cumpre papel estratégico no processo de implementa??o de reformas educacionais, em especial, em países cujos sistemas de ensino caracterizam-se pela extrema descentraliza??o político-institucional e heterogeneidade regional, como o caso do brasil. estes sistemas apresentam-se como ferramenta básica para o planejamento, monitoramento e acompanhamento das políticas públicas, subsidiando a tomada de decis?es.
O cuidado nos centros municipais educacionais infantis em rela o às infec es respiratórias agudas = The care in the municipal centers for children education about acute respiratory infections
Eloeth Kaliska Piva,Cláudia Silveira Viera,Beatriz Rosana Gon?alves de Oliveira,Marlei Fátima Cezarotto Fiewski
Acta Scientiarum : Health Sciences , 2012,
Abstract: As infec es respiratórias agudas (IRA) s o causa de morbidade e mortalidade na infancia, e sua crescente manifesta o e transmiss o nos centros educacionais infantis têm sugestionado maior aten o aos cuidados prestados nesses locais as crian as. Este estudo teve por objetivo conhecer as atitudes preventivas e curativas do cuidado proporcionado pelos monitores educacionais dos Centros Municipais Educacionais Infantis da Cidade de Cascavel - PR diante das IRA. Para tanto, realizamos entre novembro a dezembro de 2008, uma pesquisa qualitativa com 12 monitores educacionais, por meio da entrevista semi-estruturada gravada. Os aspectos emergentes das entrevistas foram pontuados e orientado na ótica do cuidado integral de José Ricardo de Carvalho Mesquita Ayres. As a es das monitoras educacionais em rela o as IRA têm caráter curativo, sendo fundamentadas no cuidado técnico e entendimentos causais. Nessas a es faltam elementos que comp em o cuidado integral como o movimento, a intera o, a reconstru o de identidades e alteridades, a n o-causalidade, a plasticidade, a temporalidade e a responsabilidade. Diante disso, enfatiza-se a necessidade de preparar os monitores e as institui es para o cuidado integral. E, sobretudo, a articula o dos centros educacionais aos setores de saúde promovendo a aplica o de estratégias para o controle, preven o e promo o da saúde das crian as. Acute respiratory infections are the causes of morbidity and mortality during infancy and childhood. Their increasing manifestation and transmission in day-care centers have demanded greater attention for children’ care in such institutions. Current research investigates prevention and care activities provided by educational monitors of day-care center in Cascavel, Paraná State, Brazil, with regard to acute respiratory infections. A qualitative research was undertaken with 12 educational monitors between November and December 2008, by means of a semi-structured recorded interview. Salient aspects of the interviews were analyzed and discussed by José Ricardo Carvalho Mesquita Ayres. The educational monitors’ activities on acute respiratory infections have a curative character since they are based on technical care and an understanding of their causes. However, such factors as movement, interaction, reconstruction of identities and alterity, non-causality, plasticity, temporality and responsibility which are comprised in integral care are still lacking. Emphasis should be given on the preparation of monitors and institutions catering for integral care. The above may be supplemented b
Avalia o em larga escala de alunos com necessidades educacionais especiais no município de Londrina (PR)  [cached]
Mariana Cesar Ver?osa Silva,Silvia Márcia Ferreira Maletti
Revista Educa??o Especial , 2012, DOI: 10.5902/1984686x6531
Abstract: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X6531 A presente pesquisa tem como objetivo analisar os índices de rendimento escolar e frequência nas avalia es em larga escala dos alunos necessidades educacionais especiais incluídos no sistema regular de ensino no município de Londrina-PR, no ano de 2007. Para tanto, foram utilizados os microdados da Prova Brasil (2007) e Enem (2007) disponibilizados pelo Instituto Nacionalde Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira- INEP. Tal proposta tevecomo foco a análise dos dados, a partir das variáveis: tipo de necessidade educacional especial, sexo, ra a, idade, frequência na prova e desempenho. Os resultados apontam que apesar da implementa o das políticas inclusivas, a participa o dos alunos com necessidades educacionais especiais nas avalia es em larga escala é mínima, o que denota a ideia de ambiguidade entre discurso e prática inclusiva. Palavras-chave: Avalia o em larga escala; Inclus o escolar; Necessidades educacionais especiais.
Avalia o da Aprendizagem em Ambientes Virtuais: é possível inovar?
?ngela Carrancho da Silva,Ligia Silva Leite,Christina Marília Teixeira da Silva
Meta : Avalia??o , 2009,
Abstract: O presente trabalho é fruto de estudo em andamento vinculado à linha de pesquisa Avalia o das Tecnologias de Informa o e Comunica o, do Curso de Mestrado Profissional em Avalia o da Funda o Cesgranrio. O artigo tem por objetivo discutir a avalia o da aprendizagem em ambientes virtuais. Para isso, apresenta de forma breve as gera es da Educa o a Distancia (EAD), enfatizando os atuais recursos tecnológicos disponibilizados em AVA. Destaca, também, o processo evolutivo da EAD no Brasil, observando-se uma tendência marcante para a cria o de consórcios, principalmente na esfera pública. Percebe-se que os cursos de gradua o oferecidos na modalidade EAD, de forma geral, adotam abordagens avaliativas tradicionais, atribuindo um peso maior às provas finais presenciais, revelando influência dos princípios tecnicistas, mesmo quando os referidos cursos se autodenominam construtivistas. A partir do quadro exposto, discutem-se abordagens alternativas de avalia o em ambientes virtuais. Finaliza-se o artigo reafirmando a necessidade de se reavaliar as políticas públicas do setor, que muito mais obstaculizam do que contribuem para a qualidade da Educa o a Distancia no país.
Avalia o de Programas Educacionais: duas quest es
Heraldo Marelim Vianna
Meta : Avalia??o , 2010,
Abstract: O problema da avalia o de programas é colocado em rela o ao tardio desenvolvimento da avalia o educacional no Brasil. O texto prop e basicamente duas indaga es: uma ligada ao processo de avalia o em geral; outra, relacionada com a estrutura de uma avalia o de programas. Inicialmente, por ser um trabalho de equipe, a avalia o é vista segundo uma perspectiva democrática e real a a fun o aglutinante do avaliador em um trabalho de equipe. O texto reconhece a existência de inúmeros modelos de avalia o; centra, porém, o seu desenvolvimento no pensamento de Robert L. Stake (1973) e considera em detalhes a importancia de atender à diversidade dos interesses de todas e quaisquer pessoas envolvidas ou afetadas pela avalia o.
Inclus o e avalia o de alunos com necessidades educacionais especiais  [cached]
Felipe Gustsack,Micheli Katiani Rech
Roteiro , 2010,
Abstract: Procura-se discutir, neste artigo, a inclus o de alunos com necessidades educacionais especiais nas redes regulares de ensino, considerando os avan os e impasses diante da capacita o dos profissionais da área, especialmente no que se refere à avalia o. Para tanto, investigam-se as finalidades da avalia o e como esta vem sendo aplicada nas práticas educacionais das redes regulares de ensino. Observa-se que, apesar do progresso na redu o das desigualdades, ainda permanecem substanciais diferen as entre os seres humanos que vivenciam o ensino e a aprendizagem nas escolas e que esse fato tem repercuss es nos processos avaliativos. Além disso, p de-se constatar que os conceitos e procedimentos metodológicos, tradicionalmente utilizados para inserir alunos com algum tipo de necessidade especial nas redes regulares, mostram-se inadequados para estes e, tampouco, ajudam os professores a perceberem a relevancia da inclus o. As conclus es do artigo apontam para o fato de que a inclus o costuma ser marcada pela descontinuidade, em virtude da tentativa de equilíbrio e harmoniza o das rela es pedagógicas entre os diferentes atores que se envolvem nesse processo, o que resulta em uma valoriza o centrada sobre as capacidades produtivas e reprodutivas que lhes s o socialmente atribuídos e que definem um comportamento-aprendizagem esperados.
Avalia o da intera o de crian as em pátios de escolas infantis: uma abordagem da psicologia ambiental  [cached]
Sager Fabio,Sperb Tania Mara,Roazzi Antonio,Martins Fernanda Marques
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 2003,
Abstract: O estudo dos aspectos físico-espaciais dos ambientes e suas rela es com a subjetividade e o comportamento humanos têm sido cada vez mais investigados pela psicologia. Assim, este estudo investigou a rela o entre os pátios de duas escolas infantis municipais de Porto Alegre e a intera o de 50 crian as de 5 a 6 anos que frequentavam a escola. Estas foram observadas nos pátios das escolas, os quais apresentavam diferen as em termos de área, densidade de crian as e materiais. Foram observados os tipos de brincadeiras e brinquedos utilizados pelas crian as e os tipos de intera es estabelecidos entre elas. Os resultados, provenientes de análises quantitativas, mostraram que as crian as estabeleceram mais intera es associativas e paralelas no pátio grande e mais do tipo desocupada e solitária no pátio pequeno. Quanto ao tipo de brinquedo, no pátio grande a associa o desse aspecto com os tipos de intera o foi menor do que no pátio pequeno. Houve maior associa o entre as intera es e os tipos de brincadeiras no pátio pequeno. Concluiu-se que, com rela o aos aspectos ambientais, o pátio grande favorece uma maior varia o de intera es.
A educa o do corpo em ambientes educacionais The Education of the body in education atmospheres Educación del cuerpo em ambientes educacionales  [cached]
Ari Lazzarotti Filho,Lilian Brand?o Bandeira,Antonio Chadud Jorge
Pensar a Prática , 2006, DOI: 19806183/rpp.v8i2.111
Abstract: Este trabalho apresenta as principais quest es oriundas de pesquisa que objetivou investigar, em perspectiva comparada, os cuidados com o corpo e as técnicas corporais na educa o escolar de crian as e jovens. Procuramos correlacionar aspectos de conteúdos e metodologias do ensino de Educa o Física com as disciplinas Ciências e Ensino Religioso, assim como do esporte escolar e sua presen a nas aulas de Educa o Física. A pesquisa foi realizada com alunos e professores da segunda fase do Ensino Fundamental, em escola pública de Goiania, onde percebemos a educa o do corpo sustentada por uma concep o biológica, com valoriza o da disciplina Ciências. O esporte escolar mantém, através do sistema esportivo, o modelo de manifesta o e express o na escola por intermédio das competi es, da forma o dos ídolos, da racionaliza o, do treinamento e do desenvolvimento dos seus valores. Ao final, constatamos a necessidade de entender a educa o do corpo de forma multidisciplinar e de ampliar o foco de ensino do esporte na escola. PALAVRAS-CHAVE: educa o do corpo – escola – educa o física – esporte escolar This work presents the main subjects originating from of a research that it aimed at to investigate, in compared perspective, the cares with the body and the corporal techniques in the children’s school education and young, correlating aspects of contents and methodologies of the teaching of Physical education with the disciplines Sciences and Religious Teaching, as well as of the school sport and your presence in the classes of Physical education. The research was carried out a public school of Goiania with students and teachers of the second phase of the Fundamental Teaching. We understood an education of the body in the school sustained in a biological conception, with valorization of the discipline of Sciences and strongly present in the school sport which maintains, through the sporting system, the manifestation model and expression in the school: through the competitions, of the formation of the idols, of the rationalization, of the training and of the development of their values. At the end, we understood the need to understand the education of the body of discipline form and of enlarging the focus of teaching of the sport in the school. KEY-WORDS: education of the body – school – physical education – school sport Este trabajo presenta las principales cuestiones originarias de una pesquisa con el objetivo de investigar, en perspectiva comparada, los cuidados con el cuerpo y las técnicas corporales en la educación escolar de ni os y jóvenes, haciendo la
Considera es ergon micas para aplica o de mídia em ambientes educacionais para crian as do ensino fundamental Ergonomic considerations for media application in the educational environments of elementary school students  [cached]
Joyce Lara Araújo da Fonseca Garcez,Francimar Rodrigues Maciel,Vania Maria Batalha Cardoso
Produ??o , 2012,
Abstract: As tecnologias educacionais têm se aprimorando, cada vez mais de maneira funcional. A importancia desses ambientes virtuais na atualidade, em se tratando de um tempo informatizado, tem grande destaque quanto ao uso educacional, para o entretenimento e no ofício. Tendo em vista a importancia da utiliza o de novas tecnologias na educa o, como uma alternativa pedagógica, envolvendo o lúdico e alguns assuntos voltados para a Educa o Ambiental, é que esta pesquisa tem por objetivo analisar a aplicabilidade ergon mica em interfaces digitais educacionais para crian as do ensino fundamental. Considerando a ergonomia uma ciência capaz de levantar quest es de melhoria ligadas ao sistema ferramenta - interface - usuário, os registros comportamentais, entrevistas, análises da tarefa, observa es sistemáticas e assistemáticas ocorreram em um laboratório multimídia com a finalidade de análise de fatores interfaciais e cognitivos que limitam o usuário na intera o e realiza o de a es em interfaces midiáticas. Educational technologies have been improvingfunctionally.The importance of these virtual environments in today's computerized world has a major emphasis concerning their educational, entertaining and working uses. Considering the use of technology in education as a pedagogical alternative involving playfulness and some matters facing Environmental Education, this research aims to analyze the applicability of ergonomics in digital educational interfaces for elementary school students. Regarding the ergonomics- a science capable of raising improvement issues related to the tool/interface/user system- the behavioral records, interviews, task assessments, systematic and unsystematic observations occurred in a multimedia laboratory in order to analyze the interfacial and cognitive factors that limit the users' interaction with mediatic interfaces.
Utiliza o de Objetos de Aprendizagem Abertos SCORM para dar suporte à Avalia o Formativa
Renato Luis de Souza Dutra,Liane Margarida Rockenbach Tarouco,Liliana Passerino
Revista Brasileira de Informática na Educa??o , 2011,
Abstract: A avalia o formativa, apesar de ter sido inicialmente pensada por Scriven há mais de 30 anos, e ser discutida por diversos autores nas últimas décadas, ainda é pouco utilizada, tanto nos cursos presenciais como a distancia. Somente nos últimos anos, com a ado o de ciclos de aprendizagem, a preocupa o maior com o processo de ensino-aprendizagem e com o crescimento dos cursos a distancia, essa abordagem de avalia o come ou a ganhar mais importancia. Na Educa o a Distancia, a avalia o formativa tem se mostrado uma excelente alternativa, por propiciar aos professores um acompanhamento mais próximo e mais individualizado de seus alunos e por permitir que professores e alunos regulem o processo de ensino-aprendizagem. Independente do processo avaliativo, o desenvolvimento de conteúdos digitais educacionais na forma de objetos de aprendizagem tem sido uma solu o crescente na EAD. Para tanto, modelos de portabilidade e interoperabilidade, como o SCORM, proporcionaram uma grande evolu o em termos de reusabilidade, portabilidade e interoperabilidade. Dessa forma, o desenvolvimento de objetos de aprendizagem, largamente utilizados na EAD, deveria levar em considera o o processo de avalia o formativa. Com base nessas constata es, a presente pesquisa buscou identificar quais critérios deveriam ser levados em considera o para o encapsulamento e a utiliza o de Objetos de Aprendizagem SCORM em Ambientes Virtuais de Aprendizagem, a fim de apoiar o processo de avalia o formativa.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.