oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
DIMENS O AMBIENTAL DA URBANIZA O LATINO-AMERICANA  [cached]
Amália Inés Geraiges de Lemos
Revista do Departamento de Geografia , 1994, DOI: 10.7154/rdg.v0i8.227
Abstract: DIMENS O AMBIENTAL DA URBANIZA O LATINO-AMERICANA
A dimens o da pobreza, da desnutri o e da fome no Brasil  [cached]
Monteiro Carlos Augusto
Estudos Avan?ados , 2003,
Abstract: Este trabalho pretende contribuir para um melhor entendimento da dimens o e possíveis solu es para a fome e a desnutri o no Brasil. Inicialmente, procuramos esclarecer a natureza distinta de cada um desses problemas e o que os distingue conceitualmente da pobreza. A seguir, examinamos as alternativas disponíveis para operacionalizar os conceitos de pobreza, desnutri o e fome em estudos empíricos que buscam aferir a freqüência desses problemas na popula o. Finalmente, apresentamos e comparamos resultados relativos à freqüência, distribui o geográfica e tendência secular da pobreza, da desnutri o e da fome no Brasil e destacamos suas principais implica es para o delineamento de políticas públicas que busquem o controle desses problemas em nosso meio.
Refletindo sobre a provinha Brasil a partir das dimens es sociocultural, linguística e cognitiva da leitura  [cached]
Carla Cristofolini
Alfa : Revista de Linguística , 2012,
Abstract: Este artigo prop e-se a interpretar como a leitura, em suas dimens es sociocultural, linguística e cognitiva (CERUTTI-RIZZATTI, 2009), está contemplada na avalia o nacional padronizada da alfabetiza o, a Provinha Brasil, em sua primeira edi o do ano de 2009. Para tanto, s o tra adas algumas reflex es a partir de documentos norteadores da a o pedagógica tanto federais (BRASIL, 2007) quanto municipais (SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCA O, 2000, 2007), dos Guias que acompanham o kit da Provinha e dos resultados obtidos nessa avalia o por cinco turmas de 2o ano de uma escola pública, municipal, da grande Florianópolis. As quest es da Provinha foram classificadas em dois grandes grupos (quest es focadas nas habilidades de decodifica o e aquelas envolvendo textualiza o) e s o discutidas individualmente, aliando discuss o teórica (conceitos pertinentes à alfabetiza o e letramento) com os resultados apresentados pelos alunos. Como principal conclus o, observa-se que essa edi o da Provinha Brasil foca principalmente as dimens es linguística e cognitiva da leitura, em detrimento da dimens o sociocultural.
Dimens es da biblioteca escolar no ensino fundamental
Neiva Helena Ely
Revista ACB , 2003,
Abstract: [Portuguese] Considera aspectos da biblioteca escolar e do bibliotecário escolar. Apresenta as dimens es social, informativa, pedagógica, recreativa e criativa da biblioteca escolar no ensino fundamental. [English] Considers aspects of school library and school librarían. Presents social, informative, pedagogie, recreative and creative dimensions of school library in basic Learning.
Educa o política de professores: conceitos e importancia  [PDF]
Rangel, Mary,Petry, Paulo
Educa??o , 2005,
Abstract: Este artigo traz aos leitores conceitos da teoria política de Hannad Arendt, demonstrando a sua relevancia para a educa o de professores. A argumenta o do texto contempla a importancia da dimens o política do magistério e dos seus fundamentos. Assim, abordam-se conceitos arendtianos sobre política, poder e violência, enfatizando-os na forma o e na prática docente, seja para os professores possam incorporá-los ao processo de ensino-aprendizagem, seja para que possam exercer, de modo consciente e fundamentado, a educa o para a vida cidad .
Dimens es da aprendizagem em organiza es: valida o do dimensions of the learning organization questionnaire (DLOQ) no contexto brasileiro.
Elisabeth Aparecida Corrêa Menezes,Tomas de Aquino Guimar?es,Diógenes de Souza Bido
Revista de Administra??o Mackenzie , 2011,
Abstract: Este artigo descreve resultados de um estudo que teve por objetivo validar a escala de medida de cultura de aprendizagem e sua rela o com desempenho em organiza o brasileira. O instrumento dimensions of the learning organization questionnaire (Dloq) ou questionário das dimens es da organiza o que aprende, proposto por Marsick e Watkins (2003), foi traduzido da língua inglesa para a portuguesa e em seguida semanticamente validado. O questionário foi respondido por 566 empregados de uma organiza o do setor elétrico. Os dados foram coletados via intranet da organiza o pesquisada no segundo semestre de 2005. O instrumento, em sua vers o completa, possui 55 itens, sendo 43 da cultura de aprendizagem e 12 do desempenho organizacional. O referencial teórico discute inicialmente conceitos de cultura de aprendizagem organizacional e apresenta estudos que utilizaram o Dloq em outros contextos. Na sequência, s o discutidos conceitos de desempenho organizacional utilizados por Marsick e Watkins (2003) na constru o do instrumento. A aplica o do Dloq no contexto brasileiro com sua vers o completa apresentou validade convergente e confiabilidade adequada, no entanto n o apresentou validade discriminante (CORRêA; GUIMAR ES, 2006). Para resolver esse problema, neste estudo foi utilizada uma vers o simplificada desse instrumento, criada por Yang (2003), chamado pela autora de Dloq-A. Essa vers o é composta de 27 itens distribuídos nas sete dimens es da cultura de aprendizagem – oportunidades para a aprendizagem contínua, questionamento e diálogo, colabora o e aprendizagem em equipe, sistemas para capturar e compartilhar a aprendizagem, delega o de poder e responsabilidade, desenvolvimento da vis o sistêmica da organiza o e estímulo à lideran a estratégica para a aprendizagem – e nas duas dimens es do desempenho organizacional – desempenho financeiro e ganho de conhecimento organizacional. Os resultados deste estudo apresentaram validade convergente, validade discriminante, confiabilidade e validade de critério, além de ser parcimonioso. Dessa forma, conclui-se que o Dloq-A foi validado no contexto brasileiro. Os resultados da pesquisa mostraram que a cultura de aprendizagem explica 43% da variancia do desempenho organizacional.
Dimens es da cibercultura no Brasil
Echegaray Fabián
Opini?o Pública , 2003,
Abstract: Este artigo ilustra os efeitos do uso da Internet sobre aspectos atitudinais e comportamentais e descreve diferentes formas nas quais o modo de rela o dos usuários com a Internet podem ser descritas e classificadas para os propósitos da análise de segmenta o, no Brasil. Primeiro, diferen as entre grupos de usuários e n o-usuários s o examinadas baseadas em um conjunto de surveys com a popula o global. Em seguida, uma nova categoriza o de modos de relacionamento com a Internet, é proposta, usando padr es de informa o de uso. Finalmente, o peso relativo desta abordagem, vis-à-vis classifica es padr o, explicando hábitos e posturas dos usuários sobre quest es relacionadas às esferas do consumo e da política.
ética e reformula o-fundamenta o dos princípios da educa o ambiental  [cached]
Sirio Lopez Velasco
Literatura y lingüística , 2007,
Abstract: Neste trabalho nos propomos reformular os principios da educa o ambiental explicitados na Lei brasileira de Política Nacional de Educa o Ambiental em termos da forma de Quase-raciocínios Causais que temos conferido às normas éti s aos efeitos de fundamentá-los nas três normas bási s da ética, explicitando os conceitos decisivos que aparecem nos ditos principios. In this paper we makes a reformulation of environmental education principles presented by the brazilian law about the National Policy on Environmental Education by the introduction of three fundamental ethic norms constructed like Quasi Causal Arguments, and we explicated the basic concepts that appears in these principles.
A dimens o social da responsabilidade pessoal  [cached]
Gouveia Valdiney Veloso,Vasconcelos Tatiana Cristina,Queiroga Fabiana,Fran?a Maria Luiza Pontes de
Psicologia em Estudo , 2003,
Abstract: A responsabilidade pessoal é um construto importante para compreender o comportamento das pessoas no cotidiano; portanto, mereceria aten o dos pesquisadores. A escassez de informa o a respeito motivou a presente pesquisa, cujo objetivo foi conhecer em que medida a responsabilidade pessoal se correlaciona com os valores e o individualismo-coletivismo apresentados pelas pessoas. Participaram 250 estudantes universitários de diferentes áreas do conhecimento, sendo a maioria do sexo feminino (82%), com idade média de 20 anos (DP= 2,94). Estes responderam a três instrumentos: Escala de Responsabilidade Pessoal, Questionário dos Valores Básicos e Questionário de Individualismo-Coletivismo, além de perguntas demográficas. Como esperado, a responsabilidade pessoal se correlacionou diretamente com os valores sociais, tendo feito inversamente com os pessoais e o índice de individualismo. Concluiu-se que a dimens o da responsabilidade pessoal tem uma natureza eminentemente social, principalmente em culturas como a espanhola, que dá ênfase às rela es interpessoais. Sugere-se a replica o deste estudo no Brasil.
Dimens o da maturidade à luz da logoterapia
Libardi, Tadeu Antonio
Teocomunica??o , 2008,
Abstract: O artigo aborda o tema da maturidade humana à luz da logoterapia, fundada por Viktor Emil Frankl. Nos dias de hoje, existe a frustra o existencial, n o mais a sexual, como analisada por Freud. Cada ser humano, como pessoa livre e responsável e tendo como meta a busca da maturidade, vai percorrendo seu próprio caminho, que o leva à ceita o de si, de seus limites e potencialidades e ao relacionamento social e religioso, capacitando-o ao confronto com o sofrimento humano. This paper deals with the problem of human maturity by the light of Viktor Frankl’s logotherapy. Today prevails the frustration of existence and not that of sexuality as analysed by S. Freud. Every human being, as a free and responsible person, aims to maturity, going its own way, which leads to self-acceptance and its limits, its potentialities and to the social as well religious relation, making it able to face the human sufferings.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.