oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Efeitos da dieta proteica na cicatriza o de fraturas distais de fêmur imobilizadas com pinos intramedulares em c o  [cached]
Silveira Iandara Silva,Raiser Alceu Gaspar,Polydoro Alexandre da Silva,Santos Murilo Nogueira dos
Acta Cirurgica Brasileira , 1997,
Abstract: No presente experimento vinte c es sem ra a definida, pesando em média 6kg, com idade variando entre 4 e 12 anos, vindos do Biotério Central da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), foram distribuidos em dois grupos com 10 animais, cada grupo dividido em dois subgrupos com 5 c es, denominados 1A, 1B, 2A e 2B. Os animais do grupo 1 receberam tratamento por 90 dias, e os do grupo 2 por 60 dias após a cirurgia. O subgrupo A correspondem a tratamento com ra o crescimento contendo 27% de proteina bruta e o subgrupo B ra o manuten o com 21% de proteina bruta. Todos os c es sofreram fratura distal de fêmur, experimental, reduzidas com dois pinos intramedulares, introduzidos através da superfície articular da tróclea. Os c es ficaram confinados em canis individuais até a remo o dos pontos e em canis comuns para no máximo 5 c es até o término do experimento. Foi feita avalia o clínica, radiográfica e histológica da evolu o da cicatriza o óssea a qual demonstrou que o tratamento com ra o com maior teor de proteina proporcionou melhor regenera o e que a técnica de osteossíntese utilizada manteve estabilidade na linha de fratura.
Efeitos da dieta proteica na cicatriza??o de fraturas distais de fêmur imobilizadas com pinos intramedulares em c?o
Silveira, Iandara Silva;Raiser, Alceu Gaspar;Polydoro, Alexandre da Silva;Santos, Murilo Nogueira dos;
Acta Cirurgica Brasileira , 1997, DOI: 10.1590/S0102-86501997000300008
Abstract: twenty mongrel dogs were used in this experiment with 6 kg in average, with age among 4 and 12 years old, from universidade federal de santa maria central biotery. they were divided in two groups of 10 animals, and each group subdivided in two subgroups (1a, 1b, 2a and 2b). in group 1 the animals received treatment along 90 days and the group 2 along 60 days after surgery. the subgroup a corresponded a treatment with growth ration with 27% of gross protein and the subgroup b with 21% of gross protein. all dogs suffered experimental fracture in the left femur in its distal portion. the fractures were reduced with two internal pins, inserted trough the troclear joint surface. the dogs were confined in individual cages until the suture removal and in colletive cages each 5 animals until the end of the experiment. the evolution of bone healing was clinical, radiological and histologiacally evalueted, and was demonstred that the treatment with growth ration proporcioned better healing conditions and that the osteosynthesis tecnic that was used cold to maintain the fracture line in stability.
Análise da irradia o de diversos aparelhos fotopolimerizadores  [cached]
VIEIRA Glauco Fioranelli,FREIRE Ismael Antonio,AGRA Carlos Martins,GOVEIA Jane Cleide
Revista de Odontologia da Universidade de S?o Paulo , 1998,
Abstract: Os autores avaliaram cinco diferentes aparelhos fotopolimerizadores, com a inten o de analisar a irradia o por eles emitida. Utilizando-se de um método composto por espectrofot metro, monocromador e uma óptica adequada, analisaram a transmitancia dos filtros, as características da fonte de radia o de luz (lampada) e o desempenho das ponteiras. Concluíram que os aparelhos emitem energia na faixa de comprimento de onda adequada, de 350 nm a 530 nm, e que a concentra o maior de energia ocorre na faixa de 430 nm a 470 nm.
Conhecimento de usuários de aparelhos auditivos sobre o processo de adapta o
Ferreira, Maria Inês Dornelles da Costa,Sant'Anna, Leandro Machado
Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia , 2008,
Abstract: Introdu o: é de conhecimento dos profissionais que atuam na área a importancia da orienta o ao uso do aparelho auditivo que envolve os cuidados necessários, à manipula o e à utiliza o do equipamento e aspectos visando à adapta o. Objetivo: Comparar o conhecimento de antigos e novos usuários sobre o processo de adapta o de aparelho auditivo proporcionando aos fonoaudiólogos maior conhecimento sobre os aspectos que mais influenciam no processo de adapta o. Método: Esta pesquisa constitui-se num estudo observacional, descritivo, transversal, contemporaneo e retrospectivo. Os novos e antigos usuários responderam a um questionário contendo informa es sobre a conserva o do aparelho auditivo e sobre o processo de adapta o. Os resultados foram comparados quantitativamente através da análise estatística e qualitativamente. Resultados: A idade dos sujeitos em estudo varia entre 28 e 90 anos. Em alguns aspectos antigos e novos usuários apresentaram o mesmo nível de conhecimento. Conclus o: Concluí-se que os novos usuários de aparelhos auditivos procuram (re) habilita o auditiva cada vez mais tarde. A atua o da fonoaudiologia no processo de sele o e adapta o de aparelhos auditivos de novos e antigos usuários é de extrema importancia para a eficácia da aclimatiza o.
Microdureza de resina composta: efeito de aparelhos e tempos de polimeriza o em diferentes profundidades
SANTOS Luciana Aily,TURBINO Míriam Lacalle,YOUSSEF Michel Nicolau,MATSON Edmir
Pesquisa Odontológica Brasileira , 2000,
Abstract: As propriedades das resinas compostas têm sido estudadas com freqüência, bem como os fatores que podem influenciar seu grau de polimeriza o. Diante da evolu o desses materiais e da necessidade de buscarmos melhora do seu comportamento na cavidade bucal, objetivamos, por meio deste estudo avaliar a eficácia de dois aparelhos fotopolimerizadores do tipo pistola (de alta intensidade de luz), comparando com a de um aparelho a cabo (de baixa intensidade de luz), com tempos de exposi o de 20 e de 40 segundos e em profundidades de 1 a 4 milímetros. Os testes avaliaram o grau de polimeriza o da resina por meio de testes de microdureza Knoop. Os resultados mostraram haver diferen a estatisticamente significante entre os tempos, sendo que com 40 segundos a dureza foi maior que com 20 segundos para as 4 diferentes profundidades. Para o fator aparelhos, os dois aparelhos tipo pistola se comportaram superiores ao do tipo cabo Fibralux (Dabi Atlante), e entre eles, o XL 1500 (3M) promoveu dureza maior que o Optilight II (Gnatus) no tempo de polimeriza o de 40 segundos. As profundidades de 1, 2, 3 e 4 milímetros mostraram estatisticamente diferen a entre si tendo sido encontrada maior dureza para as menores profundidades (p < 0,05).
A lógica da suspei o: sobre os aparelhos repressivos à época da ditadura militar no Brasil  [cached]
Magalh?es Marionilde Dias Brepohl de
Revista Brasileira de História , 1997,
Abstract: Neste artigo, procura-se apresentar a figura do informante, com ênfase para aquele que colaborou espontaneamente com a polícia política no Brasil à época da ditadura militar, por meio da documenta o arquivada no DOPS - Departamento de Ordem Política e Social, um dos aparelhos repressivos do regime (1964-83). Nesta análise, busca-se evidenciar como suas a es foram relevantes para a tática da repress o preventiva, que consistia em acumular um sem-número de informa es sobre a vida (pública e privada) dos indivíduos considerados potencialmente subversivos. Para tanto, o governo assegurou um governo invisível a seus colaboradores, poder este no entanto controlado pelo regime através de sua segmenta o.
Localiza o sonora em usuários de aparelhos de amplifica o sonora individual Sound localization by hearing aid users  [cached]
Paula Cristina Rodrigues,Aline Cabral de Oliveira,José Fernando Colafêmina,Pedro de Lemos Menezes
Revista CEFAC , 2010,
Abstract: OBJETIVO: comparar o desempenho, no teste de localiza o de fontes sonoras, de usuários de aparelhos de amplifica o sonora individual (AASI) do tipo retroauricular e intracanal, com o desempenho de ouvintes normais, nos planos espaciais horizontal e sagital mediano, para as frequências de 500, 2.000 e 4.500 Hz; e correlacionar os acertos no teste de localiza o sonora com o tempo de uso dos AASI. MéTODOS: foram testados oito ouvintes normais e 20 usuários de próteses auditivas, subdivididos em dois grupos. Um formado por 10 indivíduos usuários de próteses auditivas do tipo intracanal e o outro grupo formado por 10 usuários de próteses auditivas do tipo retroauricular. Todos foram submetidos ao teste de localiza o de fontes sonoras, no qual foram apresentados, aleatoriamente, três tipos de ondas quadradas, com frequências fundamentais em 0,5 kHz, 2 kHz e 4,5 kHz, na intensidade de 70 dBA. RESULTADOS: encontrou-se percentuais de acertos médios de 78,4%, 72,2% e 72,9% para os ouvintes normais, em 0,5 kHz, 2 kHz e 4,5 kHz, respectivamente e 40,1%, 39,4% e 41,7% para os usuários de aparelho de amplifica o sonora individual. Quanto aos tipos de aparelhos, os usuários do modelo intracanal acertaram a origem da fonte sonora em 47,2% das vezes e os usuários do modelo retroauricular em 37,4% das vezes. N o foi observada correla o entre o percentual de acertos no teste de localiza o sonora e o tempo de uso da prótese auditiva. CONCLUS O: ouvintes normais localizam as fontes sonoras de maneira mais eficiente que os usuários de aparelho de amplifica o sonora individual e, dentre estes, os que utilizam o modelo intracanal obtiveram melhor desempenho. Além disso, o tempo de uso n o interferiu no desempenho para localizar a origem das fontes sonoras. PURPOSE: to compare the sound localization performance of hearing aids users, with the performance of normal hearing in the horizontal and sagittal planes, at 0.5, 2 and 4.5 Hz; to correlate the correct responses in sound localization tasks and the use time of hearing aids. METHODS: eight normal hearing subjects and 20 hearing aid users were tested, subdivided into groups of 10 in-the-canal (ITC) hearing aid users and 10 behind-the-ear (BTE) hearing aid users. All subjects were tested with a sound localization device which had three types of square waves with fundamental frequencies at 0.5 kHz, 2 kHz and 4.5 kHz, at 70 dBA. RESULTS: the rate of correct responses in sound localization tasks was 78.4%, 72.2% and 72.9% for normal hearing subjects, at 0.5 kHz, 2 kHz and 4.5 kHz, respectively, and 40.1%, 39.4%, and 41.7%
Lesiones intramedulares que simulan tumores  [cached]
Carlos Routaboul,Jorge Botello,Cuccia Vicente,Graciela Zúccaro
Revista Argentina de Neurocirugía , 2009,
Abstract: Objetivo. Analizar las características clínicas y neurorradiológicas de las distintas lesiones intramedulares con la finalidad de poder diferenciar las lesiones no-tumorales de las tumorales y reservar la exploración quirúrgica sólo para aquellos pacientes sin diagnóstico y con sintomatología rápidamente progresiva. Material y métodos. Se revisaron las historias clínicas de 44 pacientes operados consecutivamente con diagnóstico presuntivo de tumor intramedular entre enero de 1988 y diciembre de 2007. No se incluyeron en el análisis los tumores bulbomedulares ni los del cono y filum ni tampoco los lipomas, teratomas y quistes dermoides. Resultados. Se identificaron 4 pacientes (9.1%), 3 masculinos y 1 femenino, con edad media de 9 a os, que presentaban deterioro neurológico progresivo e IRM espinal compatible con tumor intramedular. El resultado histopatológico confirmó en los cuatro casos lesiones no tumorales: infiltrado inflamatorio inespecífico, edema, micosis y gliosis respectivamente. Conclusiones. El minucioso análisis clínico, de laboratorio y el estudio de las imágenes en IRM puede ayudar a la correcta distinción entre tumores y lesiones no-tumorales evitando la exploración quirúrgica que sólo está justificada en los casos muy dudosos acompa ados de rápido deterioro neurológico funcional del paciente. Objective. To analyze the clinic and neuro-imaging characteristics of the intra spinal lesions in order to differentiate the non-neoplastic lesions from neoplastic lesions and to spare surgical exploration only for non-diagnosed patients with rapid deterioration. Materials and method. Fourty-four medical charts of patients operated on spinal cord lesions between January 1988 and December 2007 have been analyzed. Results. In four patients (3 male, 1 female - mean age: 9 years) who were operated with diagnosis of intra-spinal tumor, their lesions turned out to be non-neoplastic: non-specific inflammation, edema, mycosis and gliosis, respectively. Conclusions. The thorough clinical and laboratory investigation together with the study of the imaging can help distinguish between non-neoplastic lesions from neoplastic lesions in order to avoid surgical exploration which is only suitable in very doubtful cases with rapid deterioration.
Rela o entre rigidez de fixador externo e quantidade de pinos: análise computacional por elementos finitos Relationship between rigidity of external fixator and number of pins: computer analysis using finite elements  [cached]
Marcelo Back Sternick,Darlan Dallacosta,Daniela águida Bento,Marcelo Lemos do Reis
Revista Brasileira de Ortopedia , 2012, DOI: 10.1590/s0102-36162012000500017
Abstract: OBJETIVO: Analisar a rigidez da montagem de um fixador externo tipo plataforma, segundo diferentes números de pinos em cada clamp. MéTODOS: Realizou-se simula o computacional do fixador externo dinamico modelo Cromus tamanho grande (Baumer S.A.) por elementos finitos, conforme a norma ASTM F1541. Os modelos foram gerados com, aproximadamente, 450.000 elementos tetraédricos quadráticos. Compararam-se as montagens com dois, três e quatro pinos tipo Schanz com 5,5mm de diametro em cada clamp. Cada modelo foi submetido à for a máxima de 200N, dividida em 10 sub-steps. Para os componentes foi assumido comportamento do material linear, elástico, isotrópico e homogêneo. Para cada modelo, avaliou-se a rigidez da montagem e a distribui o de tens o de Von Mises. RESULTADOS: A rigidez do sistema foi de 307,6N/mm para dois pinos, 369,0N/mm para três e437,9 N/mm para quatro. CONCLUS O: Os resultados demonstram que quatro pinos tipo Schanz por clamp promovem aumento de rigidez de 19% em rela o à configura o com três e 42% em rela o à configura o com dois. Maiores tens es ocorrem para configura es com menor quantidade de pinos. Nos modelos analisados, a tens o máxima ocorre na superfície do pino, próxima à área de fixa o. OBJECTIVE: To analyze the rigidity of a platform-type external fixator assembly, according to different numbers of pins on each clamp. METHODS: Computer simulation on a large-sized Cromus dynamic external fixator (Baumer SA) was performed using a finite element method, in accordance with the standard ASTM F1541. The models were generated with approximately 450,000 quadratic tetrahedral elements. Assemblies with two, three and four Schanz pins of 5.5 mm in diameter in each clamp were compared. Every model was subjected to a maximum force of 200 N, divided into 10 sub-steps. For the components, the behavior of the material was assumed to be linear, elastic, isotropic and homogeneous. For each model, the rigidity of the assembly and the Von Mises stress distribution were evaluated. RESULTS: The rigidity of the system was 307.6 N/mm for two pins, 369.0 N/mm for three and 437.9 N/mm for four. CONCLUSION: The results showed that four Schanz pins in each clamp promoted rigidity that was 19% greater than in the configuration with three pins and 42% greater than with two pins. Higher tension occurred in configurations with fewer pins. In the models analyzed, the maximum tension occurred on the surface of the pin, close to the fixation area.
Estudo da liga alumínio-zinco como filtra o alternativa em aparelhos de raios X odontológicos
HAITER Claudia Fátima Silva,BóSCOLO Frab Norberto,HAITER NETO Francisco,ALMEIDA Solange Maria de
Pesquisa Odontológica Brasileira , 2002,
Abstract: O objetivo neste trabalho foi avaliar os efeitos da filtra o alternativa da liga alumínio-zinco em aparelhos de raios X odontológicos, em rela o ao espectro de energia dos feixes de raios X, a taxa de kerma no ar, o índice de contraste nas radiografias obtidas e a qualidade das imagens radiográficas. Este estudo foi realizado comparando-se o filtro convencional de alumínio com várias espessuras do filtro de liga alumínio-zinco, em diferentes porcentagens do elemento zinco na liga (2%, 3%, 4% e 5%). Foi utilizado um aparelho de raios X odontológico convencional, operando com 60 kVp e 70 kVp, e filmes radiográficos dos grupos D e E de sensibilidade. Foram realizadas radiografias de um "phantom" e de uma escala de densidade de alumínio. Os resultados mostraram que o uso dos filtros de liga Al-Zn resultou em um n o-endurecimento dos feixes. A taxa de kerma no ar diminuiu em até 18,53%, sem altera o no contraste das radiografias e a qualidade das imagens teve uma boa aceita o pelos examinadores. A análise dos resultados nos levou a concluir que o filtro de liga Al-Zn 2%, com 1,99 mm de espessura, tens o de 60 kVp, quando usado com filme D, foi o que obteve melhor desempenho, reduzindo a taxa de kerma no ar sem variar o índice de contraste das radiografias, mantendo a qualidade da imagem aceitável para diagnóstico, sem contudo aumentar o tempo de exposi o.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.