oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
SUBSTITUI O DO LIGAMENTO DA CABE A DO FêMUR COM AUTO-ENXERTO DE FáSCIA LATA NA LUXA O COXOFEMORAL EM C ES  [cached]
Brand?o Cláudia Valéria Seullner,Iamaguti Paulo,Figueiredo Laura Maria Alvarez de
Ciência Rural , 2002,
Abstract: Uma técnica cirúrgica para o tratamento da luxa o coxofemoral que substituiu o ligamento da cabe a do fêmur por fáscia lata associada ao enxerto ósseo foi realizada em 20 c es. Estes foram separados em cinco grupos e submetidos à eutanásia para realiza o dos exames macro e microscópicos aos 15, 30, 60, 90 e 120 dias do pós-operatório. Na macroscopia, n o foi observada luxa o da articula o. Em 65% dos animais, o enxerto de fáscia lata estava presente. Microscopicamente, a fáscia lata utilizada como substituto do ligamento da cabe a do fêmur n o desenvolveu rea es inflamatórias, permanecendo preservada e integrada ao tecido ósseo. O uso da fáscia lata como substituto do ligamento da cabe a do fêmur mostrou-se viável, podendo ser utilizada para refor ar a estabilidade articular.
Aelurostrongylus abstrusus induced pneumonia in cats: pathological and epidemiological findings of 38 cases (1987-1996)/ Pneumonia induzida por Aelurostrongylus abstrusus em gatos: achados patológicos e epidemiológicos de 38 casos (1987-1996)  [cached]
Selwyn Arlington Headley
Semina : Ciências Agrárias , 2005,
Abstract: A retrospective study was designed to obtain epidemiological information and describe the main histological alterations of Aelurostrongylus abstrusus induced pneumonia in cats submitted for routine necropsy during 1987-1996 at the Federal University of Santa Maria (UFSM), Santa Maria, Brazil. Prevalence varied from 5.9 to 25%, sexual predominance was not observed, infestation was more predominant in younger than in older cats, and only domestic short hair cats were diagnosed positive for A. abstrusus. Granulomatous pneumonia and hyperplasia and hypertrophy of the smooth muscles of pulmonary arteries and parenchyma were the predominant histological lesions observed, and occurred more frequently in cats that were less than 4 years old. The pathogenesis of the histological alterations is also described. Um estudo retrospectivo foi realizado para obter-se dados epidemiológicos e descrever as principais altera es histológicas na pneumonia induzida por Aelurostrongylus abstrusus em gatos submetidos para necropsia de rotina durante 1987-1996 na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, Brasil. A prevalência variou entre 5,9 a 25%, predominancia sexual n o foi observada, a infesta o foi predominante em gatos jovens em rela o aos velhos e somente gatos sem ra a definida foram diagnosticados como positivos para a infesta o por A. abstrusus. A pneumonia granulomatosa e a hiperplasia e hipertrofia da musculatura lisa das artérias pulmonares e no parenquima pulmonar foram as altera es histológicas predominantes e ocorreram mais frequentemente em gatos com menos de quatro anos de idade. A patogenia das altera es histológicas também é discutida.
Compara??o entre a técnica de substitui??o do ligamento redondo por implante de fascia lata bubalina preservada em glicerina e o uso de pino transarticular na redu??o e na estabiliza??o da luxa??o coxofemoral experimentalmente induzida em c?es
Sia, D.B.;Gomes, C.;Contesini, E.A.;Both, A.C.;Souza, E.M.;Ferreira, M.P.;Gomes, H.M.;Colomé, L.M.;Ferreira, R.R.;
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 2009, DOI: 10.1590/S0102-09352009000400009
Abstract: it was compared both surgical techniques of reduction and stabilization of experimentally luxated coxofemoral join in dog. two groups were submitted to the techniques after surgical induction of the luxation. all animals were clinically and radiografically observed during 60 days. after that, a macroscopic study, an histological exam, and a tensiometry test in the articulations were performed. each group had eight healthy animals, weighting from 5 to 20kg. the most important advantage was related to the deambulation, which the animals submited to the facia lata implant showed a faster evolution after the surgery at the physical exam, and muscular atrophy in a smaller degree. the tensiometry tests, the radiographic and the histological exams did not present important differences between both groups, but they were useful to show that the two techniques did not cause alterations in the studied articulation. it can be concluded that the stabilization of the coxofemoral articulation using bubaline fascia lata implant was clinically efficient and more advantageous compared to the transarticular pin technique.
Retrospective study of anesthetic proceedings realized in dogs and cats undergoing neurosurgeries / Estudo retrospectivo dos procedimentos anestésicos realizados em c es e gatos submetidos a neurocirurgias  [cached]
Daniella Aparecida Godoi,Mariana Isa Poci Palumbo Antunes,M?nica Vicky Bahr Arias,Carmen Esther Grumadas
Semina : Ciências Agrárias , 2009,
Abstract: Neurosurgeries are frequent in the routine of veterinary hospitals and, therefore, knowledge of the different anesthetic protocols to be used for each patient is necessary to prevent the morbity and mortality in the after and trans-surgical period. The objectives of this study were to evaluate the anesthetic protocols used in patients undergoing neurosurgeries; the results of those protocols; the rate of complications, and if those complications are related to the duration of the anesthesia time. We studied the anesthetical data of 52 dogs and two cats submitted to neurosurgery between January of 2003 and December of 2006, in the Veterinary Hospital of UEL. Findings showed that the main protocols used were propofol for induction and halothane or isofluorane for maintenance of the anesthesia. These protocols induced adequate anesthesia for the surgical procedure and did not occur complications during the anesthetic period in 37/54 (68,5%) of the cases. 7/19 (36.8%) of the complications observed occurred in patients submitted to anesthesia with halothane and 8/32 (25.2%) in patients with isofluorane. The complication most observed in this study was bradicardy, which occurred in 15/54 (27.8%) of the patients. Two deaths occurred in patients submitted to “slot” cervical. Good knowledge of the neurological disease and of surgical and anesthetic techniques are essential to prevent alterations in the central nervous system caused by the drugs, disease or association of these factors. Neurocirurgias s o cada vez mais freqüentes na rotina dos hospitais veterinários, sendo necessário o conhecimento dos diferentes protocolos anestésicos para tais procedimentos, com a finalidade de evitar morbidade e mortalidade no período trans e pós-cirúrgico. Os objetivos deste trabalho foram avaliar os protocolos anestésicos utilizados em pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos neurológicos; os resultados obtidos com o uso destes protocolos; a taxa de complica es e se existiu rela o entre sua ocorrência e o tempo de anestesia. Foram analisadas as fichas anestésicas de 52 c es e dois gatos operados entre jan/ 2003 e dez/ 2006, no Hospital Veterinário da UEL. Através da análise dos resultados, observou-se que os principais protocolos utilizados foram propofol para indu o e halotano ou isofluorano para manuten o da anestesia. Estes protocolos mantiveram o plano anestésico desejado para o procedimento cirúrgico e n o causaram complica es durante o período anestésico e pós-operatório imediato em 37 dos 54 casos (68,5%). Entre as complica es observadas, 7/19 (36,8%) oco
Melanoma maligno cutaneo primário: estudo retrospectivo de 1963 a 1997 no Hospital do Servidor Público Estadual de S o Paulo
Criado P. R.,Vasconcellos C.,Sittart J. A. S.,Valente N. Y. S.
Revista da Associa??o Médica Brasileira , 1999,
Abstract: OBJETIVO: Estudar retrospectivamente a ocorrência do melanoma maligno cutaneo primário no nosso Hospital, objetivando analisar os dados referentes a sua distribui o pela idade, sexo, ra a, localiza o cutanea, sobrevida em cinco anos, nível de Clark, índice de Breslow e a taxa de incidência. CASUíSTICA E MéTODO: Foram estudados 222 pacientes com melanoma maligno cutaneo primário, diagnosticados no Hospital do Servidor Público Estadual (FMO)- SP, entre os anos de 1963 a 1997. Elaborou-se um estudo do tipo retrospectivo. A descri o dos dados foi expressa na forma de porcentagens. Para os cálculos dos dados epidemiológicos foram utilizados: · para taxa de incidência anual o número de casos novos no ano (numerador) e o número de consultas ambulatoriais em todo o Hospital no mesmo ano (denominador). · os dados restantes foram calculados por propor o. · a compara o entre as diferentes categorias se efetuou pelo teste de x2 e considerou-se significativo em p < 0,05. RESULTADOS: Encontrou-se um predomínio de caucasóides (98,19%) sobre negróides (1,81%) e do sexo feminino (69,36%) sobre o masculino (30,63%). A idade predominante encontrada à época do diagnóstico foi entre 50 e 60 anos para as mulheres (25,32%) e entre 60 a 69 anos para os homens (22,52%). A localiza o mais freqüente da neoplasia nos homens foi a regi o torácica posterior (29,41%) e os membros inferiores nas mulheres (38,31%). O nível de invas o tumoral (Clark) mais encontrado foi IV (39,77%) e a espessura dos tumores (Breslow) mais freqüente foi <0,75mm (28,4%). Tiveram sobrevida de cinco anos 73,3% dos pacientes. CONCLUS ES: Evidenciou-se o aumento da ocorrência do melanoma maligno cutaneo primário ao longo destes anos no Hospital, sendo estes resultados compatíveis com os mais recentes trabalhos internacionais.
LUXA O UNILATERAL CONGêNITA DA PATELA EM FELINO: RELATO DE CASO
Patrícia Franciscone Mendes,Fabrício Bernardo de Jesus Brasil
Nucleus Animalium , 2011,
Abstract: A luxa o patelar caracteriza-se pelo deslocamento medial ou lateral, intermitente ou permanente da patela, pode ocorrer devido à hipoplasia do sulco troclear, deslocamento do quadríceps ou da crista tibial. Esta afec o pode ser de origem congênita, traumática, evolutiva ou sedentária, apresentando maior prevalência em c es de ra as de pequeno porte sendo raramente diagnosticada em gatos. A sintomatologia é variável conforme o grau de luxa o. O tratamento conservativo contempla repouso, administra o de analgésicos e fisioterapia, o tratamento cirúrgico é mais comumente realizado, visto que na maioria das vezes os sinais clínicos manifestados pelos animais s o mais evidentes somente em uma fase tardia da doen a.The patellar luxation is characterized by the medial or lateral dislocation, intermittent or permanent of patella, it occur due to hypoplasia of the trochlear grooves, quadriceps or tibial crest displacement. It can have a congenital, traumatic, evolutive or sedentary origin, which more prevalent in small dogs breeds andrarely in cats. The symptomatology varies with the degree of luxation. The conservative treatment consists in repose, analgesic administration and fisiotherapy, the surgical treatment is more common because the majority of the clinical signs manifested by the animals are evident just in a late phase of the disease.
Artrodese do carpo em gatos associada à hidroxiapatita  [cached]
Dórea Neto Francisco de Assis,Padilha Filho Jo?o Guilherme,Oriá Arianne Pontes,Furlani Juliana Maziero
Ciência Rural , 2004,
Abstract: Realizaram-se artrodeses carpais em dois gatos como forma de tratamento para altera es severas na articula o carpiana. A hidroxiapatita foi empregada para preenchimento do espa o articular do carpo. Os animais foram encaminhados ao Servi o de Ortopedia do Hospital Veterinário, UNESP, Campus de Jaboticabal, S o Paulo - Brasil. O animal 1, Siamês, 10 anos de idade, apresentava apoio inadequado do membro torácico esquerdo, dor, hiperextens o, instabilidade, luxa o, degenera o articular e osteartrite da articula o radiocárpica. O animal 2, sem ra a definida, 8 meses de idade, apresentava apoio inadequado do membro torácico direito, hiperflex o da articula o cárpica, contra o dos tend es da regi o carpiana, rota o externa do olécrano e o membro voltado para dentro. Foram aplicados fixadores esqueléticos externos (tipo IIb) com barras de polimetilmetacrilato, em ambos os casos. As avalia es clínicas e radiográficas após os procedimentos, demonstraram que a hidroxiapatita é uma alternativa promissora como substituto para os enxertos ósseos.
Fragilidade osmótica eritrocitária em gatos acometidos por hepatopatias e gatos com insuficiência renal  [cached]
Elias Fernanda,Lucas Sílvia Regina Ricci,Hagiwara Mitika Kuribayashi,Kogika Márcia Mery
Ciência Rural , 2004,
Abstract: A fragilidade osmótica eritrocitária (FOE) avalia a resistência osmótica das células vermelhas em concentra es decrescentes de solu o salina. A resistência depende da forma, volume, tamanho, conteúdo de hemoglobina e meia vida dos eritrócitos, e pode ser alterada por vários fatores fisiológicos ou patológicos. Existem poucos relatos sobre a FOE em gatos. O objetivo deste estudo foi avaliar a FOE em gatos hígidos, com enfermidades hepáticas e naqueles com insuficiência renal. Foram estudados 27 animais divididos em três grupos. A hemólise 50% foi notada de forma similar em todos os grupos. Em 100% de hemólise, os eritrócitos de gatos com insuficiência renal e doen a hepática mostraram maior fragilidade osmótica, embora esses animais apresentassem maiores níveis de colesterol sérico quando comparados aos gatos sadios do grupo controle. O achado de maior FOE mesmo com níveis elevados de colesterol pode estar associado a características metabólicas da espécie.
Estudo retrospectivo de c?es com luxa??o patelar medial tratados cirurgicamente
Souza, Mariana Moraes Dionisyio de;Rahal, Sheila Canevese;Padovani, Carlos Roberto;Mortari, Ana Carolina;Mendes, Péricles Nobrega;
Ciência Rural , 2010, DOI: 10.1590/S0103-84782010000600016
Abstract: the aim of this study was to evaluate retrospectively 48 medium to toy breed dogs with developmental medial patellar luxation submitted to corrective surgical procedures. in the grade 1 limbs, 46.7% were treated by lateral retinacular overlap and 53.3% by lateral retinacular overlap and deepening of the femoral groove with no complications. in the grade 2 limbs (n=35) were used the techniques of deepening of the femoral groove and lateral retinacular overlap (100% of the cases), medial desmotomy (28.6%), fabello-patellar sutures (2.8%) with 14.3% of reluxation. the last evaluation varied from 3 to 9 months, and clinical signs of lameness were still observed in 20% of the limbs. in all grade 3 cases (n=11) were performed deepening of the femoral groove, lateral retinacular overlap, partial quadriceps released, medial desmotomy and lateral transposition of the tibial tuberosiy that was fixated with kirschner wire or screw. reluxation occurred in 27.3% of the limbs that were reoperated. in this group 72.7% of the limbs had absence of lameness. in the grade 4 limbs (n=10) were used the same techniques of grade 3, but it was also necessary the femoral corrective osteotomy in 4 limbs. reluxation was observed in 30% of the limbs that were reoperated. although 60% of the limbs showed a positive evolution of the locomotion after 5.2 months of evaluation, in general the dogs showed a posture with the hind limbs in a semi-flexed position, due to the inability to fully extend the stifle. in conclusion, the surgical procedures used allowed an improvement of the locomotion, but except to grade 1, the patellar reluxation may occur in the other degrees suggesting the necessity of other protocols.
Detec o do provírus da Imunodeficiência Felina em gatos domésticos pela técnica de Rea o em Cadeia da Polimerase  [cached]
Caldas Ana Paula Ferrary,Leal élcio de Souza,Silva Eduardo Filipe Avila,Ravazzolo Ana Paula
Pesquisa Veterinária Brasileira , 2000,
Abstract: A infec o de gatos domésticos pelo Vírus da Imunodeficiência Felina (FIV) é um dos modelos mais promissores para o estudo da infec o pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) que causa a Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS). O FIV causa, em gatos, uma enfermidade similar àquela observada em pacientes com AIDS, sobretudo no que diz respeito ao aumento da susceptibilidade a infec es oportunistas. No presente estudo, utilizou-se a Rea o em Cadeia da Polimerase (PCR), com o objetivo de detectar o provírus do FIV em gatos com sinais clínicos de imunodeficiência. O fragmento de DNA escolhido como alvo para amplifica o situa-se no gene gag do lentivírus felino, o qual é conservado entre as diferentes amostras do vírus. O DNA utilizado foi extraído a partir de amostras de sangue e de tecidos de animais com suspeita clínica de imunodeficiência. Das 40 amostras analisadas, 15 foram positivas, das quais 4 foram submetidas à hibridiza o, confirmando a especificidade dos fragmentos amplificados. Esses resultados demonstram a presen a do FIV na popula o de gatos domésticos do Rio Grande do Sul, Brasil.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.