oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Tecnologias da n o-violência e moderniza o da justi a no Brasil: o caso da justi a restaurativa  [PDF]
Schuch, Patrice
Civitas , 2008,
Abstract: Este artigo investiga, sob o ponto de vista antropológico, alguns aspectos da implementa o da justi a restaurativa no Brasil. Através da pesquisa etnográfica, pode-se salientar que a justi a restaurativa articula um conjunto de atores diversos e conjuga ideários de autogest o e transforma o individual com moderniza o da justi a e promo o de uma cultura de paz. Este texto objetiva entender como se dá a emergência dessa nova tecnologia de gerenciamento da vida, assim como discutir certas tens es próprias ao processo de sua dissemina o.
A moderniza o na era das incertezas: crise e desafios da teoria social
Brito Daniel Chaves de,Ribeiro Tania Guimar?es
Ambiente & Sociedade , 2003,
Abstract: O artigo discute os desafios colocados às teorias sociais modernas gerados pela crise nas teorias do planejamento do desenvolvimento, diante da conforma o de uma sociedade de risco _ individual, social e ambiental. Neste sentido as teses formuladas no ambito das teorias desenvolvimentistas, que prometiam realizar a felicidade da humanidade, transformaram-se em um projeto normativo e teórico de moderniza o-racionaliza o, pela via da certeza de seus resultados através do planejamento. No entanto, contrariamente a esta perspectiva concebida no seio da filosofia iluminista, acaba por constituir a idéia de progresso paralelamente a uma situa o iminente de riscos sociais, que ent o, contra-argumenta as teorias sociais modernas e sua perspectiva de análise globalizante.
APONTAMENTOS SOBRE O PAPEL DAS ARTES COMO PRECURSORAS E AGENTES DA MODERNIZA O  [cached]
Paulo Marques
Revista do Departamento de Geografia , 1999, DOI: 10.7154/rdg.v0i13.149
Abstract: APONTAMENTOS SOBRE O PAPEL DAS ARTES COMO PRECURSORAS E AGENTES DA MODERNIZA O
Vigilancia em saúde do trabalhador e promo o da saúde: aproxima es possíveis e desafios  [cached]
Alves Roberta Belizário
Cadernos de Saúde Pública , 2003,
Abstract: O trabalho pretende discutir as aproxima es possíveis entre as práticas de Vigilancia em Saúde do Trabalhador e o enfoque da promo o da saúde, bem como os distanciamentos e desafios da Vigilancia em Saúde do Trabalhador em face dessa outra concep o de saúde pública, procurando refletir sobre a pertinência, a relevancia e a viabilidade de tal perspectiva para a Saúde do Trabalhador. A discuss o empreendida defende que existem muitos pontos em comum entre essas abordagens, em termos teóricos e metodológicos, e aponta a necessidade para a Vigilancia em Saúde do Trabalhador de se integrar de forma mais efetiva às a es de promo o da saúde, a fim de a buscar uma maior viabiliza o de suas a es e sua consolida o como área da saúde pública.
Território e moderniza o da agricultura no Sudoeste do Paraná
Roselí Alves Santos
Revista Espa?o Acadêmico , 2011,
Abstract: A característica mais reconhecida da moderniza o da agricultura é a mudan a na base técnica da produ o e suas conseqüências econ micas. Entretanto, é resultado de um processo histórico de articula es de poder, estruturado a partir de uma concep o de desenvolvimento, que se repercute territorialmente. Na moderniza o da agricultura brasileira, a política é uma dimens o expressiva tanto quanto a econ mica e a cultural, as quais se manifestam no cotidiano da sociedade brasileira, alterando a organiza o territorial: o trabalho, a produ o, a tecnologia, o consumo, as rela es sociais. O Sudoeste do Paraná é um território formado predominantemente pela agricultura familiar, baseada em pequenas parcelas de terra, as altera es na sua forma de produ o s o precedidas e procedidas por mudan as políticas, culturais, econ micas e ambientais. Palavras-chave: agricultura familiar, moderniza o da agricultura, território, Sudoeste do Paraná.
MODERNIZA O AGRíCOLA, PRODUTIVIDADE ESPACIAL E GUERRA DE MERCADOS, O EXEMPLO DA PATAG NIA NORTE (ARGENTINA)  [cached]
Maria Laura Silveira
Revista do Departamento de Geografia , 1995, DOI: 10.7154/rdg.v0i9.213
Abstract: MODERNIZA O AGRíCOLA, PRODUTIVIDADE ESPACIAL E GUERRA DE MERCADOS, O EXEMPLO DA PATAG NIA NORTE (ARGENTINA)
Cordialidade e familismo amoral: os dilemas da moderniza o
Esteves Paulo Luiz Moreaux Lavigne
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 1998,
Abstract: O artigo tem como objeto os dilemas da moderniza o tal como tratados nas obras de Sérgio Buarque de Holanda e Edward C. Banfield, Raízes do Brasil e The moral basis of a backward society, respectivamente. A análise comparativa procura lan ar luz sobre os conceitos de cordialidade e familismo amoral tal como propostos pelos autores. Estes conceitos, quando remetidos aos seus respectivos modelos teóricos, s o apresentados como express es de tradi es éticas particulares inconsistentes com o ethos civil exigido para a passagem ao moderno. Nesta dire o, conclui-se que The moral basis of a backward society apresenta uma perspectiva na qual a tradi o ética particular deve ser derruída pela a o modernizadora, ao passo que Raízes do Brasil busca reconciliá-las, em um equilíbrio entre tendências aparentemente antag nicas.
CARACTERíSTICAS DA URBANIZA O NA PARAíBA
Lígia Maria Tavares da Silva
Cadernos do Logepa , 2005,
Abstract: O processo de urbaniza o na Paraíba é aqui analisado em suarela o com a dinamica econ mica regional e nacional, destacando aspolíticas públicas intervencionistas enquanto principais agentes de promo o da moderniza o no Estado. O estudo revela, por sua vez, que amoderniza o concentrou a riqueza em poucas cidades paraibanas, emdetrimento do grande número das pequenas e pobres cidades, que s o amaioria no Estado.
Agricultural modernization dynamics in the North of Paraná, 1970-95 Dinamica da moderniza o agropecuária no norte paranaense, 1970-85  [cached]
Marina Silva da Cunha,Mauro Eduardo Del Grossi
Semina : Ciências Sociais e Humanas , 1993, DOI: 10.5433/
Abstract: This study analyses the dynamics of the agricultural modernization in the north of Paraná from 1970 to 1985. Thirty parameters of the modernization were selected, such as: land tenure distribution, use of the land and changes of products, use of technology and capitalization, conditions of the hired labor participation, connected with methods of multivariate analyses. The basic data were obtained from de Agricultural Census (IBGE) in the following years: 1970, 1980 and1985. The results evidence different regions with different degrees of modernization and the way this modernization is carried out among several groups of municipality. In general terms the modernization contributed to change the perennial crops for the annual ones, the pasture, the increase in the inequality of the land tenure distribution, and the growth of the hired labor participation. Este trabalho analisa a dinamica da moderniza o agropecuária do norte paranaense no período de 1970 à 1985. Para tanto foram selecionados trinta indicadores da moderniza o relacionados com: concentra o no acesso à terra, uso da terra e mudan as na pauta de produtos, uso de tecnologia e capitaliza o, e condi o da m o-de-obra; e relacionadas através de métodos de análise multivariada. A fonte de dados constituiu-se basicamente nos Censos Agropecuários do IBGE, dos anos de 1970, 1980 e 1985. Os resultados evidenciam que há nítidas diferen as internas quanto ao grau de incorpora o do processo de moderniza o, ou mesmo da maneira como se expressa essa moderniza o, nos vários grupos de municípios. De maneira geral, a moderniza o no norte paranaense levou à substitui o das lavouras permanentes pelas temporárias, pastagens e a aumentos da concentra o fundiária e da m o-de-obra assalariada.
PROTESTANTISMO, POLíTICA E EDUCA O NO BRASIL: A PROPAGANDA DO PROGRESSO E DA MODERNIZA O  [PDF]
Mariana Ellen Santos Seixas
Revista Brasileira de História das Religi?es , 2010,
Abstract: Repensando as estratégias de consolida o do Protestantismo no Brasil, este artigo tem por objetivo identificar alguns dos principais setores da sociedade oitocentista que foram alvos de investidas de grupos proselitistas, enfatizando a importancia de personagens que, ainda na primeira metade do século XIX, antes de come ar a "pregar", se esmeraram em garantir condi es mínimas de sobrevida jurídica e institucional para os missionários que chegariam nas décadas seguintes. A princípio, tratarei da constru o da rela o direta entre protestantismo e progresso, uma propaganda política que conseguiu adeptos importantes; num segundo momento, mostrarei como as deficiências educacionais do Brasil, foram tomadas como um problema que poderia ser suprido pelas iniciativas protestantes; e, por fim, como a educa o feminina esteve presente no periódico protestante de maior circula o, mostrando as mulheres como parte fundamental do processo de moderniza o e moraliza o do Brasil.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.