oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Novos direitos: conceitos operacionais de cinco categorias que lhes s o conexas César Luiz Pasold
César Luiz Pasold
Sequência : Estudos Juridicos e Politicos , 2005,
Abstract: O objetivo deste artigo é expressarpropostas de Conceitos Operacionais para“Novos Direitos” e cinco Categorias que lhess o conexas, buscando estimular reflex essobre o tema em seu aspecto cognitivo nuclearque é a sua concep o conceitual: DireitosHumanos; Tutela de Bens; Instrumentosde Efetiva o; Inova es Tecnológicas; e, Inova esN o Tecnológicas.The purpose of this article is topresent Operational Concepts proposals to“New Rights” as well as to five Categorieslinked to them, trying to stimulate reflectionsabout this theme in its core cognitive aspect,which is its conceptual conception: HumanRights, Goods Tutelage, AccomplishmentInstruments, Technological Innovations andNontechnological Innovations.
Características sociodemográficas e indicadores operacionais de controle da tuberculose entre indígenas e n o indígenas de Rond nia, Amaz nia Ocidental, Brasil Sociodemographic features and operating indicators of tuberculosis control between indigenous and non-indigenous people of Rond nia, Western Amazon, Brazil
Jesem Douglas Yamall Orellana,Maria Jacirema Ferreira Gon?alves,Paulo Cesar Basta
Revista Brasileira de Epidemiologia , 2012,
Abstract: Com a inten o de ampliar o conhecimento sobre a situa o epidemiológica da tuberculose (TB) entre popula es vulneráveis no Brasil, nosso objetivo foi analisar características sociodemográficas e indicadores operacionais referentes ao controle da TB, comparando indígenas e n o indígenas em Rond nia. Realizou-se estudo epidemiológico descritivo e retrospectivo dos casos novos de TB notificados entre 01/01/1997 e 31/12/2006. Foram excluídos os registros duplicados e aqueles para os quais o desfecho foi mudan a de diagnóstico e transferência. Os casos de TB foram classificados em duas categorias: indígenas e n o indígenas, e foi realizada análise, segundo sexo, faixa etária, procedência (urbana/rural), UF de residência, forma clínica, exames diagnósticos, indicadores de acompanhamento e situa o de encerramento. Ao todo foram identificadas 4.832 notifica es, com 322 casos (6,7%) em indígenas. Houve predomínio no sexo masculino (raz es: 1,7 em n o indígenas e 1,3 em indígenas). A maioria das notifica es em indígenas (82,6%) foi da zona rural e houve elevada concentra o (36,0%) em menores de 15 anos. A análise dos exames realizados demonstrou predomínio de baciloscopias positivas em n o indígenas (56,1%) e baciloscopias negativas e n o realizadas entre indígenas (31,7% e 35,4%, respectivamente, P valor = 0,0001). Houve diferen a no acompanhamento em rela o à baciloscopia do 2o mês (6,1% de positividade, P valor = 0,0001) e no exame de pelo menos um contato (69,6%, P valor = 0,017) para n o indígenas. Por outro lado, o tratamento supervisionado esteve mais associado aos casos indígenas (23,6%, P valor = 0,0001). Destaca-se o predomínio de cura em ambos os grupos, com maior concentra o em indígenas (90,4%, P valor = 0,0001), e maior propor o de abandono em n o indígenas (14,7%, P valor = 0,0001). A abordagem empregada mostrou-se útil para elucidar desigualdades e superou as usuais análises realizadas nos servi os de vigilancia que visam delinear a situa o epidemiológica da TB baseadas, apenas, em taxas ou valores absolutos. With the intention of improve knowledge on the epidemiological situation of tuberculosis (TB) among vulnerable populations in Brazil, our objective was to analyze sociodemographic characteristics and operational indicators related to TB control, comparing indigenous and non-indigenous people, in Rond nia. We conducted a retrospective and descriptive epidemiological study of new TB cases reported between 1997, January 1st and 2006, December 31st. We excluded duplicate records and those for whom the results of treatment was change in d
AS TRANSFORMA ES DA METRóPOLE PAULISTANA NOS ANOS 80  [cached]
Amália Inés Geraiges de Lemos
Revista do Departamento de Geografia , 1992, DOI: 10.7154/rdg.v0i6.253
Abstract: AS TRANSFORMA ES DA METRóPOLE PAULISTANA NOS ANOS 80
A inconstitucional administra o pós-constitucional do SUS através de normas operacionais
Carvalho Gilson
Ciência & Saúde Coletiva , 2001,
Abstract: Este artigo é uma opini o de quem, seja por motivo de ofício e cargo público, seja por militancia profissional no campo da saúde, acompanhou e acompanha os passos da reforma sanitária brasileira. Trata do desenho institucional do setor saúde, no interior da seguridade social, um dos capítulos da Constitui o Federal; da lei 8.080 que constituiu os desdobramentos expressos na Constitui o; e analisa uma por uma as chamadas Normas Operacionais Básicas que foram criadas com a justificativa de dar seqüência, ou como o próprio nome indica, operar as transforma es previstas na Constitui o e na Lei Organica. Apresenta um olhar crítico que, possivelmente destoará da vis o de outros atores também engajados neste processo. Mas sua inten o é incrementar o debate e contribuir para que, de uma vez por todas, a saúde seja considerada, no Brasil, direito de todos e dever do estado.
Estudo Comparativo dos Custos Operacionais e Tributários da Securitiza o e dos FIDCs
José Carlos Luxo
Revista de Finan?as Aplicadas , 2010,
Abstract: Estudo Comparativo dos Custos Operacionais e Tributários da Securitiza o e dos FIDCsO objetivo deste trabalho é realizar um estudo comparativo entre as opera es estruturadas de Securitiza o de Recebíveis e os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios – FIDC. Essas modalidades de opera es estruturadas s o conhecidas como off-balance, na medida que n o impactam as contas de passivo circulante, bem como de exigível de longo prazo, em compara o com as opera es de crédito tradicionais, seja pela emiss o de títulos, bem como pelas opera es de empréstimo bancário. O estudo comparativo apresenta um breve roteiro descrevendo as etapas legais para viabiliza o das opera es, os custos envolvidos e os aspectos tributários. Em um segundo plano o trabalho discute as vantagens deste tipo de estrutura na vis o dos agentes captadores de recursos como também na ótica dos investidores
O Professor e a transforma o da realidade
Renê José Trentin Silveira
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: A sociedade em que vivemos é marcada pela presen a de classes sociais antag nicas (luta de classes), cujo conflito se manifesta também no interior da institui o escolar. Desse modo, a escola n o pode ser vista apenas como representante dos interesses da classe dominante, uma mera reprodutora da estrutura social. Ela n o é o "feudo da classe dominante"; ao contrário, é "palco de contradi es", campo de batalha onde se confrontam as for as da domina o e as for as da liberta o. Por esse motivo, é possível (e, de certo modo, até necessária) ao professor, dentro da especificidade do trabalho que realiza, direcioná-lo no sentido da critica e da transforma o da realidade em favor das classes oprimidas.
Categorias de Riscos Evidenciadas nos Relatórios da Administra o de Empresas Brasileiras com ADRs Risk Categories Disclosed in the Administration Reports of Brazilian Companies with ADRs Categorías de Riesgos Constatadas en los Informes de Administración de Empresas Brasile as con ADRs
ZONATTO, Vinícius Costa da Silva,BEUREN, Ilse Maria
Revista Brasileira de Gest?o de Negócios , 2010,
Abstract: RESUMO O estudo objetiva identificar as categorias de riscos evidenciadas no Relatório da Administra o (RA), relativa ao ano de 2007, das empresas brasileiras com emiss o de American Depositary Receipt (ADRs). A pesquisa caracteriza-se como descritiva, realizada por meio de análise documental. A amostra compreende 28 empresas brasileiras com emiss o de ADRs na Bolsa de Valores de Nova Iorque (EUA). Consideraram-se sete categorias de riscos corporativos, identificadas a partir da metodologia do Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (COSO, 2004): riscos estratégicos, riscos de mercado, riscos de crédito, riscos de liquidez, riscos operacionais, riscos legais e riscos de imagem. Os resultados da pesquisa mostram que, em geral, n o há uma padroniza o quanto aos tipos de riscos evidenciados pelas empresas. Ao todo foram identificados 14 tipos de riscos. A categoria predominante na evidencia o foi risco operacional, com 20,72% das observa es. N o foi encontrada evidencia o de riscos de imagem nos RA das empresas pesquisadas. Constatou-se que 19 empresas evidenciam algum tipo de risco a que a empresa está exposta, o que representa 67,86% da amostra. Por outro lado, nove empresas (32,14%) n o evidenciaram nenhum tipo de risco. ABSTRACT The study aims to find the categories of risks disclosed in the Administration Reports of Brazilian companies with the issuance of ADR's. The research is characterized as descriptive, accomplished through documentary analysis. The sample includes 28 Brazilian companies with the issuance of American Depositary Receipt (ADR's) in the Stock Exchange of New York (USA). We have tried to identify the categories of risk, presented by the companies surveyed in the Administration Reports (AR) of 2007. Seven categories of corporate risks were considered, identified through COSO (2004) methodology: strategic risks, market risks, credit risks, liquidity risks, operational risks, legal risks and image risks. The survey results show that in general there is no standardization of the types of risks disclosed by the companies. A total of 14 types of risks have been identified. The predominant category in the disclosure was the operational risk, with 20.72% of the observations. There was no disclosure of image risk in the AR of the companies surveyed. It was found that 19 companies, 67.86% of the surveyed companies, demonstrate some kind of risk to which they are exposed. On the other hand, nine companies (32.14%) did not show any kind of risk. RESUMEN El estudio tiene como objetivo identificar las categorías de rie
As transforma es na agrobusiness no contexto da globaliza o  [cached]
Nilson M. de Paula
Revista Paranaense de Desenvolvimento , 1997,
Abstract: O principal objetivo deste artigo é discutir o sentido das mudan as ocorridas no sistema agroindustrial no contexto da globaliza o. Em primeiro lugar, faz-se um revis o do debate a respeito de competitividade, a fim de contribuir para um melhor entendimento das recentes transforma es nesse setor de atividades, com maior abertura da economia. Nesse contexto, ,um ponto importante se refere ao contraste entre os segmentos de atividades produtores de commodities, ,basicamente ligados ao mercado internacional, e aqueles ligados ao mercado interno, cuja dinamica é determinada por diferencia o de produtos e processos inovativos. Por fim, destaca-se a importancia de políticas competitivas como instrumentos compensadores dos efeitos destrutivos da globaliza o e do processo de integra o regional no conjunto do agrobusiness.
Investiga o epidemiológica e interven o sanitária em saúde do trabalhador: o planejamento segundo bases operacionais  [cached]
Vasconcellos Luiz Carlos Fadel de,Ribeiro Fátima Sueli Neto
Cadernos de Saúde Pública , 1997,
Abstract: O aperfei oamento das interven es em Saúde do Trabalhador pressup e a ado o de abordagens que operacionalizem fiscaliza es dos ambientes de trabalho, sob a forma de Interven es éticas de Impacto, no ambito do Sistema único de Saúde, segundo o mapeamento de riscos; o estabelecimento de fluxos de informa es e o delineamento dos perfis de morbimortalidade dos trabalhadores. Através da utiliza o de quatro Bases Operacionais: Sindical, Ramo Produtivo, Evento Sentinela e Microrregi o, pretende-se adequar o planejamento das a es às características locais, estabelecendo uma nova rela o dinamica entre as investiga es epidemiológicas e as interven es sanitárias, com vistas à transforma o dos processos de trabalho, determinantes do adoecimento dos trabalhadores.
As transforma es matriciais da Política Externa Brasileira recente (2000-2010)  [cached]
André Luiz Reis da Silva
Meridiano 47 : Boletim de Análise de Conjuntura em Rela??es Internacionais , 2010,
Abstract: Este artigo tem como objetivo analisar as transforma es da política externa brasileira da última década (2000-2010), a partir do conceito de matriz de inser o internacional. Identifica as linhas de ruptura e continuidade na política externa dos governos Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010).
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.