oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Detec o do linfonodo sentinela em cancer da mama: compara o entre métodos  [cached]
Xavier Nilton Leite,Amaral Beatriz Bohrer do,Spiro Bernardo L.,Almeida Maria Janilde de
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2002,
Abstract: Objetivos: avaliar a eficiência da cintilografia mamária, do detector manual de raios gama (probe) e do corante azul vital para a localiza o do linfonodo sentinela (LNS), estabelecendo a sensibilidade, o valor preditivo negativo (VPN) e a acurácia do mapeamento do LNS. Métodos: neste estudo est o incluídas 88 pacientes com cancer de mama atendidas consecutivamente e com axila clinicamente negativa. Foi utilizado o radiofármaco tecnécio ligado ao colóide dextran 500 (Dextran 99mTc), para cintilografia pré-operatória, realizada em 58 pacientes, e detec o transoperatória com o probe em 53 pacientes. Destas, 47 tiveram as contagens de irradia o gama anotadas e também o intervalo de tempo decorrido entre a inje o e a cirurgia. Foram empregados 2 mL do corante vital Bleu Patente V, injetado em torno do tumor, 5 minutos antes da incis o cirúrgica na axila em todos os casos. O LNS foi avaliado por congela o em 77 casos e todos pela colora o por hematoxilina e eosina. Resultados: a linfocintilografia, realizada em 58 casos, foi útil em 62,1%, sendo que em nove ocorreu mapeamento de dois linfonodos, e com o probe foram confirmados 45 casos (84,9%) dos 53 avaliados. Das 47 com anota o de contagens de raios gama e do tempo decorrido da inje o do radiofármaco até a cirurgia, constituíram-se dois grupos para análise, o grupo dia (27 casos) e o grupo outro dia (20 casos), que se mostraram diferentes, com significancia estatística, tanto no tempo decorrido quanto nas contagens de raios gama, porém sem interferência nos resultados de detec o do LNS. A associa o do probe e do corante azul resultou em sucesso nos 53 casos avaliados, assim como em 32 dos 35 casos em que só o corante foi usado. A média de idade das pacientes foi 58 anos. Quarenta e uma pacientes tiveram linfonodos axilares com metástase e apenas duas com LNS falsamente negativo, dando sensibilidade de 95,3%, VPN de 95,5% e acurácia de 97,6. Conclus es: o mapeamento do LNS é factível tanto com o uso do tecnécio, aplicado com intervalo variável de 3:00 a 17:00 horas, quanto com o azul vital. Com a associa o dos métodos a eficácia foi de 100%. A confirma o histopatológica, em 97,6% dos LNS negativos, torna real a possibilidade de evitar a linfadenectomia nestes casos.
Linfonodo sentinela em melanoma de crian a: relato de caso  [cached]
Oliveira Filho Renato Santos de,Paiva Geruza Rezende,Ferreira Lydia M.,Alves Marcos Chaves de Arruda
Jornal de Pediatria , 2002,
Abstract: Objetivo: apresentar um caso de melanoma cutaneo na infancia, submetido à biópsia de linfonodo sentinela. Descri o: crian a de 12 anos de idade, portadora da síndrome do nevo displásico, desenvolveu melanoma em dorso. A biópsia excisional revelou melanoma (Breslow = 1,5 mm), sendo submetida a tratamento cirúrgico da les o, com amplia o de margem de 2cm e biópsia de linfonodo sentinela. O exame anatomopatológico n o mostrou doen a residual. O exame do linfonodo sentinela n o mostrou metástases ao exame histopatológico por hematoxilina eosina, nem à imunohistoquímica (S100 e HMB45). No entanto, a pesquisa de RNA mensageiro da tirosinase por RT-PCR se mostrou positiva. A paciente n o mostrou sinais de metástase ou recidiva local nestes doze meses iniciais de seguimento. Comentários: o melanoma é raro em crian as, corresponde a menos de 1% dos tumores da infancia. Inúmeros trabalhos mostram o aumento da incidência mundial do melanoma. Em cerca de 70%, se originam de nevos melanocíticos pré-existentes, e nos 30% restantes, eles surgem de novo. Dada a agressividade do melanoma, a sobrevida depende do diagnóstico precoce. A biópsia do linfonodo sentinela tem contribuído na decis o de se realizar ou n o a linfadenectomia completa, e alguns autores já est o utilizando a mesma em crian as.
Estudo experimental de linfonodo sentinela na mama da cadela com azul patente e Tecnécio Tc99m  [cached]
Pinheiro Luiz Gonzaga Porto,Moraes Manoel Odorico de,Soares Aléssia Holanda,Lopes Adriano Jorge Teixeira
Acta Cirurgica Brasileira , 2003,
Abstract: Pesquisa do Linfonodo Sentinela (LS) tem se mostrado efetiva na avalia o axilar nas portadoras de neoplasia mamária. O LS negativo torna desnecessário o esvaziamento axilar. OBJETIVO: Identificar o LS da regi o subareolar da mama em cadelas utilizando corante azul patente (AP), Tecnécio Tc99m ou a associa o de ambas as técnicas e compará-las quanto à sensibilidade na detec o do linfonodo sentinela. MéTODOS: Foram estudadas dezessete c es fêmeas. Um total de 55 mamas foram analisadas. Utilizou-se AP (2,5%/0,5 ml) e/ou Tc99m (1,0 mC/0,8ml) para identifica o do LS. A aplica o do Tc99m era realizada duas horas antes da realiza o do experimento. O AP era injetado na regi o subareolar da mama. Localizado o LS, realizava-se sua exérese. RESULTADOS: Dos 44 linfonodos em que se utilizou AP, p de-se verificar que 40 estavam corados (90,90%). Dos 48 linfonodos em que se utilizou Tc99m, 47 linfonodos estavam radioativos (97,91%) (p=0.18; k= - 0.067). Nas 37 mamas em que se associou AP ao Tc99m, apesar de 02 linfonodos n o estarem corados, todos estavam radioativos (AP vs AP+Tc: p=0.12; k=0.083; Tc vs AP+Tc: p=1.0; k=0.018). CONCLUS O: O Tc99m e o corante azul patente, isolados ou associados, prestam-se à identifica o do LS da mama do animal.
Pesquisa do linfonodo sentinela em pacientes com melanoma: experiência com fitato marcado com Tecnécio-99m e revis o da literatura
Sapienza Marcelo T.,Tavares Marcia G. M.,Endo Irene S.,Campos Neto Guilherme C.
Anais Brasileiros de Dermatologia , 2004,
Abstract: FUNDAMENTOS: A progress o linfática do melanoma maligno habitualmente se inicia pelo linfonodo sentinela (LNS), cuja análise histopatológica permite predizer o acometimento de toda a cadeia. OBJETIVO: O trabalho tem por objetivo descrever a utiliza o do 99mTc-Fitato na detec o do LNS em pacientes com melanoma maligno, revisando as indica es e informa es fornecidas por sua biópsia. MéTODO: A pesquisa de LNS foi realizada por meio da linfocintilografia com 99mTc-Fitato em 92 pacientes com melanoma (54,0±14,3 anos). Após 18-24 horas, 88 pacientes foram submetidos à localiza o intra-operatória com detector portátil, seguida da ressec o e análise histopatológica do LNS. RESULTADOS: A linfocintilografia permitiu a identifica o do LNS em todos os estudos, havendo detec o intra-operatória em 98,8% dos casos. O LNS estava acometido em 23 pacientes (26%). O valor preditivo negativo foi de 100% e n o se observaram rea es adversas pelo uso do 99mTc-Fitato. CONCLUS O: A detec o do LNS pode ser realizada com diferentes radiofármacos, incluindo o 99mTc-Fitato, que apresenta vantagens de custo e disponibilidade no Brasil. A pesquisa de LNS resulta em maior acurácia e menor morbidade no estadiamento de pacientes com melanoma maligno
A biópsia de linfonodo sentinela n o deve ser recomendada para pacientes portadores de melanoma espesso Sentinel node biopsy should not be recommended for patients with thick melanoma  [cached]
Renato Santos de Oliveira Filho,Allisson Monteiro da Silva,Daniel Arcuschin de Oliveira,Gustavo Gianotto Oliveira
Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgi?es , 2013,
Abstract: OBJETIVO: verificar se há alguma rela o entre o estado histopatológico do linfonodo sentinela, a recorrência e a mortalidade decorrente do melanoma espesso em pacientes submetidos à BLS ao longo de um seguimento significante. MéTODOS: Oitenta e seis pacientes portadores de melanoma espesso submetidos à BLS foram selecionados de um banco de dados prospectivo. A linfocintilografia, o mapeamento linfático e a detec o gama intraoperatória foram realizados em todos pacientes. O linfonodo sentinela (LS) foi analisado por HE e por imunoistoquímica. Linfadenectomia total foi indicada para os pacientes com LS positivo. O estado histopatológico do LS foi relacionado à taxa de recorrência e de mortalidade por melanoma. RESULTADOS: Cento e sessenta e seis LS foram retirados dos 86 pacientes. As idades variaram de 18 a 73 anos. Havia 47 mulheres e 39 homens. Micrometástases foram encontradas em 44 pacientes. Quarenta e dois pacientes foram submetidos à linfadenectomia total. Sete pacientes tiveram outro linfonodo positivo. Entre os 44 pacientes com LS positivo houve 20 recorrências e 15 mortes. Houve 18 recidivas e 12 mortes no grupo de LS negativo. A espessura de Breslow n o apresentou correla o com o estado histopatológico do LS. O estado histopatológico do LS n o interferiu nas taxas de recorrência e de mortalidade (teste de Fisher, p=1.00). A mediana de seguimento foi 69 meses. CONCLUS O: Considerando a falta de evidência de benefício, a BLS n o deve ser indicada para pacientes com melanoma espesso fora de estudos clínicos. OBJECTIVE: To ascertain whether there is any relationship between the state of the sentinel lymph node histopathology, recurrence and mortality from thick melanoma in patients undergoing SLNB over a long follow-up. METHODS: Eighty-six patients with thick melanoma undergoing SLNB were selected from a prospective database. Lymphoscintigraphy, lymphatic mapping and intraoperative gamma probe detection were performed in all patients. The sentinel lymph node (SLN) was analyzed by HE and immunohistochemistry. Complete lymphadenectomy was indicated for patients with positive sentinel node. The histopathological SLN status was related to the rate of recurrence and mortality from melanoma. RESULTS: One hundred and sixty-six SLNs were taken from the 86 patients. Ages ranged from 18 to 73 years. There were 47 women and 39 men. Micrometastases were found in 44 patients. Forty-two patients underwent complete lymphadenectomy. Seven other patients had positive lymph node. Among the 44 patients with positive sentinel node, there were 20 recurrences and 15
Emprego concomitante da localiza o radioguiada da les o e do estudo do linfonodo sentinela para o carcinoma invasor de mama n o palpável
Piato José Roberto Morales,Barros Alfredo Carlos Sim?es Dornelas de,Nisida Antonio Carlos Toshihiro,Buchpigel Carlos Alberto
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2003,
Abstract: OBJETIVO: analisar o emprego concomitante da localiza o radioguiada de les o n o palpável e do estudo do linfonodo sentinela (LS) em mulheres com cancer de mama. MéTODO: estudo prospectivo de 45 pacientes com carcinoma n o palpável de mama. O radiofármaco utilizado foi o dextram marcado pelo 99mTc. Realizou-se inje o no sítio peritumoral, sob orienta o ultra-sonográfica ou estereotáxica, com auxílio de agulha de raquianestesia de gauge 18. A linfocintilografia, para visualiza o pré-operatória do local da les o e do LS, foi feita em gama camera convencional, com abdu o de 90o do membro superior ipsilateral. A exérese da les o primária e a do LS foram realizadas com auxílio de sonda de detec o de radia o gama. RESULTADOS: quanto à remo o do tumor primário, obteve-se taxa de sucesso em todos os casos. Houve necessidade de amplia o de margem cirúrgica em cinco pacientes. Em rela o ao LS houve falha em quatro casos, com índice de localiza o de 93%. N o foram observadas complica es. CONCLUS O: os resultados obtidos parecem demonstrar que a utiliza o simultanea dos dois procedimentos constitui estratégia eficaz para o tratamento do cancer inicial de mama em uma única sess o
Detec??o do linfonodo sentinela em cancer da mama: compara??o entre métodos
Xavier, Nilton Leite;Amaral, Beatriz Bohrer do;Spiro, Bernardo L.;Almeida, Maria Janilde de;Menke, Carlos Henrique;Biazú, Jorge Villanova;Schwartsmann, Gilberto;
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2002, DOI: 10.1590/S0100-72032002000700008
Abstract: purpose: to evaluate the lymphoscintigraphy, the hand-held probe and the vital blue dye to identify the sentinel lymph node (sln) in breast carcinoma and to establish sensitivity, negative predictive value (npv) and overall accuracy of the sln detection. methods: eighty-eight consecutive attended patients, with clinically negative axillary lymph nodes were enrolled for this study using the technique of mapping with 99mtechnetium dextran for scintigraphic images before surgery. in the operating room, five minutes before axillary incision, we injected 2 ml of 2.5% bleu patente v sodique around the tumor and intradermally. then the gamma probe helped to find out the hot spot where the sln was supposed to be. the pathologic results of sln were obtained by the standard technique with hematoxylin and eosin staining in seventy-seven patients. results: scintigraphy was conclusive for lymphatic basins in 62.1% of 58 cases, concerning sln identification. in these conclusive patients, there were 9 in which 2 nodes appeared simultaneously without lymph vessel delineation. using the gamma probe, at least one axillary sln site could be found preoperatively in 45 cases (84.9%), and intraoperatively, associated with blue dye, in all 53 patients. in 32 of 35 patients only vital blue dye was used with success. concerning the groups "day" and "other day" (when biopsy was performed on the same day or the other day, after the radiolabeled injection), therefore different regarding time and gamma counts, both achieved the same results regarding sln detection. forty-one patients had positive axillary lymph nodes and only two had false negative sln, giving sensitivity of 95.3%, a npv of 95.5% and overall accuracy of 97.7%. conclusions: the lymph node mapping with the use of technetium and patent blue v, alone or associated, is feasible. the time since the injection of technetium up to surgery varied from 3 to 17 h. the pathologic findings confirmed that the biopsied lymph node was the true
Equipamento brasileiro de detec??o gama intra-operatória para biópsia de linfonodo sentinela
Oliveira Filho, Renato Santos de;Farah, Andréia Bufoni;Costa, Fábio Eduardo da;Nahas, Fabio Xerfan;Oliveira, Daniel Arcuschin de;Oliveira, Renan Gianotto de;
Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgi?es , 2010, DOI: 10.1590/S0100-69912010000100007
Abstract: objective: to test the effectiveness of an intra-operative gamma detection brazilian device (ipen) on sentinel lymph node biopsy (slnb) procedures. methods: forty melanoma or breast cancer patients with indication for undergoing slnb were studied. lymphoscintigraphy was done 2 to 24 hours prior to surgery. lymphatic mapping with vital dye and gamma detection were performed intraoperatively. for gamma detection neoprobe ? 1500 was used followed by ipen (equipment under test) in the first 20 patients and for the remaining half ipen was used first to verify its ability to locate the sentinel node (sn). measurements were taken from the radiopharmaceutical product injection site, from sn (in vivo and ex vivo) and from background. it was recorded if the sn was stained or not and if it was found easily by surgeon. results: there were 33 (82.5%) breast cancer and 7 (17.5%) melanoma patients. ages varied from 21 to 68 year-old (median age of 46). sex distribution was 35 (87.5%) women and 5 (12.5%) men. sentinel node was found in all but one patient. there was no statistical difference between the reasons ex vivo/ background obtained with the measures of both equipments (p=0, 2583-ns). the sn was easily found by the surgeon with both devices. conclusion: the slnb was successfully performed using either equipment. it was possible to do slnb with the brazilian device developed by ipen without prejudice for the patient.
Distribui o do dextran-99mTc e do carv o ativado no linfonodo-sentinela em coelho =Distribution of dextran-99mTc and activated carbon in sentinel lymph nodes of rabbits  [PDF]
Rocha, Rogério Porto da et al.
Scientia Medica , 2006,
Abstract: Objetivos: Avaliar a viabilidade do carv o ativado (CA) como marcador intra-operatório para detec o do linfonodo sentinela (LS) e sua distribui o em compara o com o dextran-99mTc. Métodos: Realizou-se a inje o intradérmica de dextran-99mTc e de uma solu o contendo CA e azul patente V na propor o de 1:1 em 16 coelhos da ra a Nova Zelandia de sexo, peso e idade semelhantes. O LS foi identificado e ressecado. Aferiu-se a sua radioatividade e, em seguida, foi submetido a exame histológico convencional para quantifica o e determina o da distribui o do CA. Resultados: Durante a disseca o foi possível observar, em todos os casos, a impregna o do corante azul patente V no LS. A leitura da radioatividade em i/s e as medidas, em cruzes, da quantidade de CA obtidas no LS, permitiram dividi-lo em duas metades, sendo uma hiper (H1) e a outra hipocaptante (H2). Conclus es: A solu o de CA (6%) e corante vital (azul patente V) na propor o 1:1 determinou uma fácil identifica o do LS no intra-operatório. A análise comparativa da distribui o do CA e do dextran-99mTc demonstra que ambos se comportaram da mesma forma concentrando-se na mesma metade do LS. Aims: To determine the distribution of dextran-99mTc in the sentinel lymph node (SLN), and whether activated carbon tends to concentrate more on one side of the SLN and thus could be utilized as an intraoperative marker. Methods: Sixteen rabbits of New Zealand breed were utilized, with ages ranging from three to six months. They underwent administration of 0. 1 ml of dextran-99mTc on the plantar face of the right hind paw, 20 minutes prior to SLN biopsy. One ml of a solution containing 3% activated carbon and patent blue V in the proportions 1:1 was then injected close to the dextran-99mTc injection site. Twenty minutes later, the radioactivity was measured at the injection site and at the popliteal fossa to confirm the time taken for dextran-99mTc to migrate, and for subsequent comparison with the SLN radioactivity levels. The lymph node identified was resected and the points of greatest (H1) and least (H2) radioactivity uptake were measured. Results: Formation of two papules derived from the injections of dextran-99mTc and patent blue V plus activated carbon was observed, thus proving the occurrence of effective lymphatic circulation during the period between application of the dye and SLN dissection. The mean uptakes in the H1 and H2 halves of the SLN were 6139 I/s and 4549 I/s, respectively. Conclusions: Analysis of the radioactivity in the resected SLN suggested that greater dextran-99mTc uptake occurre
Linfonodo sentinela  [cached]
Fonseca Lea Mirian B. da
Radiologia Brasileira , 2002,
Abstract:
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.