oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Dermolipoma e prolapso de gordura orbital: duas entidades distintas
Ferraz Lucieni Cristina Barbarini,Schellini Silvana Artioli,Wludarski Sheila Cristina Lordelo,Marques Mariangela Esther Alencar
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia , 2002,
Abstract: Objetivo: Relatar 20 pacientes portadores de dermolipoma e 10 pacientes com prolapso de gordura orbitária, ressaltando aspectos que podem auxiliar para o diferencial clínico destas duas entidades. Métodos: Foi realizado estudo retrospectivo de 12 anos, avaliando-se portadores de dermolipoma e de prolapso de gordura orbitária, atendidos na Faculdade de Medicina de Botucatu-SP. Resultados: No período foram detectados 20 (1,6 pacientes/ano) portadores de dermolipoma e 10 (0,8 pacientes/ano), de prolapso de gordura orbitária. Quanto ao sexo, o dermolipoma acometeu mais mulheres e o prolapso de gordura orbital ocorreu mais em homens. Nos portadores de dermolipoma, a les o foi encontrada no canto externo em todos os pacientes, sendo bilateral em apenas um caso; nos com prolapso de gordura orbital, a les o localizava-se no canto externo em 9 dos 10 portadores. Sete pacientes com dermolipoma possuíam associa o com outras doen as oculares e em dez pacientes a les o estava presente desde o nascimento. Conclus o: O dermolipoma é semelhante ao prolapso de gordura orbitária quanto à localiza o e aparência clínica. Porém, o dermolipoma está presente desde o nascimento, ocorre mais no sexo feminino, podendo estar associado a outras doen as oculares. O prolapso de gordura orbitária é altera o que ocorre em indivíduos idosos, geralmente do sexo masculino.
Estenose bilateral de seio venoso transverso associado a papiledema: relato de caso
Gouveia Enéias Bezerra,Lobato Frederico José Corrêa,Veras José Filho de Sousa Lob?o,Nunes Jo?o Claudio
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia , 2003,
Abstract: Relatar um caso de estenose bilateral de seio venoso transverso cursando com papiledema e discutir evolu o clínica, altera es fundoscópicas, diagnóstico diferencial com pseudotumor cerebral e descrever nova proposta terapêutica (por meio do uso de "stent"). RELATO DE CASO: Paciente de 39 anos, do sexo feminino, portador de estenose bilateral de seio transverso associada a papiledema, apresentando baixa de acuidade visual, restri o de campos visuais e cefaléia. O diagnóstico foi confirmado por meio de angiografia cerebral. Instituiu-se terapêutica intervencionista, por meio do implante de "stent" via angiográfica cerebral, com remiss o dos sinais e sintomas aos exames oftalmológico e neurológico. DISCUSS O: Neste trabalho descrevemos os achados radiológicos e oftalmológicos da estenose bilateral do seio transverso e apresentamos nova terapêutica por meio de implante de "stent" via angiografia cerebral, com melhora documentada dos níveis pressóricos intracranianos, dos achados campimétricos visuais e dados do exame oftalmológico após o procedimento. N o há relato na literatura internacional de estenose bilateral do seio venoso associado a papiledema. Por se tratar do primeiro relato na literatura, os achados descritos sugerem fortemente que esta associa o possa ser parte de uma nova entidade nosológica.
Descolamento de retina exsudativo bilateral associado a altera es de comportamento em paciente com diagnóstico de neurossífilis: relato de caso
Malerbi Fernando Korn,Ghanem Ramon Coral,Chiang Jeane,Takahashi Walter Yukihiko
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia , 2006,
Abstract: OBJETIVO: Descrever caso de descolamento de retina bilateral associado a altera es de comportamento. RESULTADO: Paciente de 62 anos, sexo feminino, apresentou-se com baixa de vis o bilateral, progressiva, de 3 meses de dura o, associada a altera es de comportamento e agita o psicomotora. Ao exame oftalmológico apresentava acuidade visual de percep o luminosa em olho direito; e conta dedos a 30 cm em olho esquerdo. A biomicroscopia evidenciou rea o de camara anterior; à fundoscopia, apresentava edema e hiperemia do disco óptico bilateralmente, áreas extensas de descolamento de retina seroso, placas sub-retinianas amareladas peripapilares e exsuda o sub-retiniana e intra-retiniana em ambos os olhos. O exame sorológico para sífilis foi positivo (FTA-Abs e VDRL). A análise liquórica revelou FTA-Abs e teste de hemaglutina o indireta positivos. Foi feito, ent o, diagnóstico de neurossífilis, e a paciente foi internada para antibioticoterapia endovenosa, e prednisona oral 40 mg/dia (0,5 mg/kg). Após 2 semanas, a paciente passou a apresentar melhora importante do quadro ocular com reabsor o da exsuda o e melhora da acuidade visual. CONCLUS O: A sífilis é doen a pleomórfica, podendo ter como manifesta o ocular uma uveíte difusa associada a descolamento de retina exsudativo bilateral. O envolvimento do sistema nervoso central deve sempre ser considerado e descartado, e o tratamento eficaz da doen a pode promover melhora da fun o visual e diminuir suas seqüelas.
Dermolipoma e prolapso de gordura orbital: duas entidades distintas
Ferraz, Lucieni Cristina Barbarini;Schellini, Silvana Artioli;Wludarski, Sheila Cristina Lordelo;Marques, Mariangela Esther Alencar;Moraes-Silva, Maria Rosa Bet;
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia , 2002, DOI: 10.1590/S0004-27492002000300009
Abstract: purpose: to describe the clinical features of patients with dermolipoma and orbital fat prolapse. methods: a retrospective 12-years survey was done concerning patients with dermolipoma and orbital fat prolapse, at the faculdade de medicina de botucatu - unesp. results: during that time we found 20 patients with dermolipoma and 10 with orbital fat prolapse. dermolipoma occurred mainly in children, more in female, and was frequently located at the external canthus, 7 patients had other ocular associated diseases. the orbital fat prolapse occurred also in caucasians, more in males, the elderly, and in all but one occurred temporally. conclusion: dermolipoma and orbital fat prolapse have similar clinical appearances, but they are clearly distinct. dermolipoma affects children, female, and orbital fat prolapse, elderly and males.
Prolapso de tuba uterina após histerectomia vaginal: relato de caso  [cached]
Noviello Maurício B.,Silva-Filho Agnaldo L.,Santos-Filho Admário S.,Candido Eduardo B.
Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , 2003,
Abstract: O prolapso de tuba uterina é complica o rara após histerectomia, com aproximadamente 80 casos descritos na literatura. A sintomatologia é inespecífica, podendo incluir sangramento genital, dispareunia e dor pélvica cr nica. O diagnóstico diferencial deve ser feito com granuloma de cúpula vaginal e carcinoma de vagina. O tratamento deve ser individualizado, podendo ser realizado por via vaginal, abdominal ou laparoscópica. Relatamos o caso de uma paciente, 47 anos, com miomatose uterina, submetida a histerectomia vaginal, evoluindo com prolapso de tuba uterina após 11 meses de pós-operatório. O exame especular evidenciava les o vegetante, friável e sangrante localizada na cúpula vaginal. Esses achados clínicos sugeriam o diagnóstico de prolapso de tuba uterina. A paciente foi submetida a nova interven o cirúrgica, com ressec o da tuba uterina por via vaginal. O exame natomopatológico confirmou o diagnóstico e a paciente evoluiu com remiss o completa da sintomatologia.
Espasmo hemifacial bilateral: relato de caso
Machado Flavia Costa Nunes,Fregni Felipe,Campos Cynthia Resende,Limongi Jo?o Carlos Papaterra
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2003,
Abstract: Espasmo hemifacial bilateral é um distúrbio de movimento raro geralmente associado à compress o vascular dos nervos faciais. Caracteriza-se clinicamente por contra es assimétricas e assíncronas da musculatura facial e por longa latência entre a instala o dos movimentos em cada hemiface. Deve ser diferenciado de outras condi es como blefaroespasmo, miocimia facial, tiques faciais, distonia oromandibular e espasmo hemimastigatório. O tratamento sintomático mais eficaz e menos invasivo consiste em aplica es de toxina botulínica mas abordagem cirúrgica de descompress o microvascular é outra alternativa terapêutica. Relatamos o caso de homem de 70 anos com espasmo hemifacial bilateral e fazemos uma breve revis o da literatura.
Estenose bilateral de seio venoso transverso associado a papiledema: relato de caso
Gouveia, Enéias Bezerra;Lobato, Frederico José Corrêa;Veras, José Filho de Sousa Lob?o;Nunes, Jo?o Claudio;Muccioli, Cristina;Melo Filho, Agenor de;
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia , 2003, DOI: 10.1590/S0004-27492003000300023
Abstract: the authors report the case of a female patient, 39 years old, presenting bilateral transverse venous sinus stenosis, associated with papilledema, visual acuity deficit and headache. cerebral angiographic finding of bilateral transverse venous sinus stenosis elucidated the diagnosis. the patient was treated with cerebral angiographic stent implant, with consequent remission of ophthalmologic and neurological clinical findings.
UTERINE PROLAPSE IN QUEEN AND UTERINE PROLAPSO UTERINO EM GATA E RETROFLEX O UTERINA EM CADELA  [cached]
Giuliano Queiroz Mostachio,Wilter Ricardo Russiano Vicente,Diogo José Cardilli,Tathiana Ferguson Motheo
Ciência Animal Brasileira , 2008,
Abstract: Obstetrical emergencies are problem in veterinary clinics and hospital. So, the aim of this report is to describe the clinical-surgical aspect of one of them, the uterine prolapse. Complete protrusion and retroflexion of uterus had been diagnosed in a queen and female dog, respectively. After the stabilization of the animals and reduction of the prolapses followed by ovary-hysterectomy, one of the animals came to death due to septicemia and hypovolemic shock. Rapid assessment and intensive treatments are required to sustain the life of the animal. KEY WORDS: Cat, dog, uterine prolapse, uterine retroflexion. Emergências obstétricas, como o prolapso uterino, constituem um problema em clínicas e hospitais veterinários. Neste relato descreve-se o aspecto clínico-cirúrgico do prolapso uterino. Diagnosticaram-se, em uma gata e em uma cadela, protrus o completa e retroflex o uterina, respectivamente. Após a estabiliza o dos animais e redu o dos prolapsos seguidos de ovário-histerectomia, um dos animais veio a óbito, em decorrência de septicemia e choque hipovolêmico. Portanto, a rápida avalia o e tratamentos intensivos s o requeridos para assegurar a vida do animal. PALAVRAS-CHAVES: C o, gato, prolapso uterino, retroflex o uterina
ULTRASSOM ASSOCIADO à CORRENTE ELéTRICA ESTEREODIN MICA NA ADIPOSIDADE ABDOMINAL: RELATO DE CASO  [cached]
Marina de Mello Carollo,Lorena Pohl Fornazari,Keila Cristiane Deon
Revista Uniandrade , 2013,
Abstract: A obesidade representa o problema nutricional de maior ascens o entre a popula o adulta brasileira e, à medida que a gordura se acumula, aumenta o risco de doen as associadas. Um dos métodos apresentados para reduzir a gordura localizada é a combina o de ultrassom com corrente estereodinamica, que podem promover a lipólise e auxiliar na elimina o da gordura corporal. O objetivo do estudo foi relatar um caso específico de aplica o da referida terapia como forma de interven o para redu o do panículo adiposo abdominal e normaliza o do perfil lipídico. Uma participante foi submetida a 10 interven es. Foram registradas medidas antropométricas e específicas antes de todas as interven es, após a quinta sess o e ao final das 10 sess es, bem como foi analisado o perfil lipídico antes e após o término do total de interven es. Verificou-se redu o nas medidas antropométricas na mensura o após a quinta sess o, e o retorno próximo às medidas iniciais ao final do estudo. No perfil lipídico houve melhora efetiva apenas dos níveis de colesterol total. Houve redu o das circunferências da cintura, abdominal e infra-umbilical até a quinta sess o, contudo houve um retorno aos valores iniciais dessas circunferências ao final do estudo.
Tumor dermóide intramedular associado a diastematomielia: relato de caso
MARTINS ROBERTO S.,MORAES OSMAR,SIQUEIRA MáRIO G.
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2000,
Abstract: A associa o de tumor dermóide intramedular e diastematomielia é rara, descrita anteriormente em 8 casos. Descrevemos novo caso, de um adulto portador desta associa o que apresentou paraparesia crural progressiva e síndrome sensitiva nos membros inferiores, além de cifoescoliose tóraco-lombar. A explora o cirúrgica confirmou a ocorrência de um tumor dermóide intramedular além da diastematomielia identificados na ressonancia magnética. Discutemos aspectos fisiopatológicos e clínicos e as características radiológicas destas patologias destacando a importancia do diagnóstico precoce.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.