oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Características fisiológicas dos cultivares de soja, UFV-1 e IAC-7, no florescimento, em diferentes épocas de semeadura e sua rela??o com a produ??o
Nogueira, S.S.S.;Haag, H.P.;Miranda, M.A.C.;
Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz , 1983, DOI: 10.1590/S0071-12761983000200018
Abstract: a study was made on early, normal and delayed planting dates on the physiological characteristics at flowering of two late soybean varieties, ufv-i and iac-7 and its relation with seed production. the parameters avaluated were: planta height, number of nodes, leaf area index leaf dry weight. the field experiment was carried out at campinas experimental station on an eutrophic latosol roxo, during the years 1979/80 and 1980/81. in the year plantings were made every twenty days starting from october 5 and in the second year every thirty days starting from september 17, the total being eight and seven in the consecutive years. early plantings affected all physiological characteristics yielding lower values than in normal dates, for ufv-1. the values were identical for iac-7 in early and normal planting dates. the delayed planting dates lowered drastically the values of all physiological characteristics in both varieties. all the avaluated parameters at flowering correlated with seed production in both varieties through the planting dates. it was verified that differences between the two varieties for each planting date did not como up to differences of seed production. the physiological characteristics at flowering were suitable to avaluate the seed production of each variety through the planting dates but were not suitable to compare the two varieties in the same planting date.
Sistemas de preparo do solo para o cultivo do milho safrinha  [cached]
POSSAMAI JULIANO MARCOS,SOUZA CAETANO MARCIANO DE,GALV?O JO?O CARLOS CARDOSO
Bragantia , 2001,
Abstract: O estudo foi realizado na Esta o Experimental de Coimbra, da Universidade Federal de Vi osa (UFV), em experimento de longa dura o, com início no ano agrícola de 1995 e término previsto para 2006. As avalia es foram feitas em 1997, utilizando-se o cultivo do milho safrinha em sucess o ao feij o das águas, com o propósito de se verificar os efeitos dos sistemas de semeadura direta (SD), preparo do solo com arado de aivecas (AA), arado de discos (AD), grade pesada (GP) e enxada rotativa (ER) sobre a produtividade e características agron micas da cultura. Observou-se que no sistema de semeadura direta as plantas apresentaram menor número de dias para o florescimento, porém maiores valores para diametro do colmo, altura de inser o da primeira espiga, altura de plantas, número de espigas e de plantas por hectare, massa média de espigas, índice de espigas e produtividade.
Período de estratifica??o e desenvolvimento inicial de Seedlings de pessegueiro em fun??o do número de sementes por endocarpo
Wagner Júnior, Américo;Santos, Carlos Eduardo Magalh?es dos;Silva, José Osmar da Costa;Pimentel, Leonardo Duarte;Bruckner, Claudio Horst;
Ciência e Agrotecnologia , 2008, DOI: 10.1590/S1413-70542008000300019
Abstract: os frutos de pêssego podem apresentar, no interior do endocarpo, uma ou duas sementes. porém, n?o se sabe se o número de sementes por endocarpo pode apresentar diferen?as no comportamento durante sua estratifica??o e posterior desenvolvimento da planta, para uso como porta-enxerto. conduziu-se este trabalho para avaliar o efeito do número de sementes por endocarpo sobre o período de estratifica??o e desenvolvimento inicial de seedlings de pessegueiro, cultivar campinas-1 e progênie 290. os trabalhos foram realizados no departamento de fitotecnia, da ufv, durante o período de fevereiro a agosto de 2005. foram realizados dois experimentos, sendo o primeiro de germina??o e o segundo relacionado ao desenvolvimento inicial de mudas. no primeiro experimento, as sementes foram estratificadas em camara fria, à temperatura de 5°c, avaliando-se a germina??o das sementes e estimando-se a data correspondente à 80% de germina??o. após a germina??o, iniciou-se o segundo experimento, no qual procedeu-se à semeadura das sementes em recipiente plástico (32 cm x 16 cm), contendo a mistura de latossolo vermelho + plantmax? - 3:1 v/v, enriquecido com p2o5 (3,0 kg m-3), no interior da casa de vegeta??o. concluiu-se que o número de sementes por endocarpo teve rela??o com o período de estratifica??o, sendo o menor período para obten??o de 80% de germina??o obtido com as sementes, que eram originárias dos endocarpos. o desenvolvimento inicial do pessegueiro n?o foi influenciado pelo número de sementes, por endocarpo.
Substratos na forma o de mudas para pessegueiro = Substrates in the peach rootstocks production
Américo Wagner Júnior,José Osmar da Costa e Silva,Carlos Eduardo Magalh?es dos Santos,Leonardo Duarte Pimentel
Acta Scientiarum : Agronomy , 2007,
Abstract: Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito de quatro substratos no crescimento inicial de pessegueiro cv. Campinas 1. O trabalho foi realizado no Departamento de Fitotecnia, da UFV. As sementes após a estratifica o foram semeadas em recipiente plástico (2 litros), sendo utilizados como substratos: Plantmaxò; Plantmaxò + Areia (1:2 v/v); Plantmaxò + Latossolo Vermelho (1:2 v/v) e Plantmaxò + Torta de Filtro de Baga o de Cana-de-A úcar (1:1 v/v). Foi utilizado o delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repeti es, considerando-se como unidade experimental, cada cinco recipientes plásticos. Após 120 dias da semeadura, foram analisados ocomprimento total, o da parte aérea e de raiz, diametro do caule, massa da matéria da parte aérea e da raiz e número de ramifica es primárias dos porta-enxertos de pessegueiro. Concluiu-se que o substrato teve influência na forma o de porta-enxertos parapessegueiro, recomendando-se a utiliza o das misturas Plantmaxò + Latossolo Vermelho e Plantmaxò + Torta de Filtro de Baga o de Cana-de-A úcar. This study aimed to evaluate the effect of four substrates in the peach seedling production, cv. Campinas-1. The study was carried out in the Department of Plant Science, at Vi osa Federal University,state of Minas Gerais (Brazil). After stratification, the seeds were sowed in plastic bags (2 liters), using as substrates: Plantmaxò; Plantmaxò + Sand (1:2 v/v); Plantmaxò + Red Latosol (1:2 v/v) and Plantmaxò + Filter Cake from Sugar Cane (1:1 v/v). The experimentwas designed in randomized blocks, with four replications, being each five plastic bags considered as pilot. After 120 days of sowing, the total length, height and root length, stem diameter, aerial part and root mass of thendry matter and, the primary ramification numberwere evaluated. The study concluded that the substrate affected the peach rootstocks production, recommending the use of the mixtures Plantmaxò + Red Latosol and Plantmaxò + Filter Cake from Sugar Cane.
Nutrient uptake and biomass production of black oats in soils under eighteen years of organic and mineral fertilizer Extra o de nutrientes e produ o de biomassa de aveia-preta cultivada em solo submetido a dezoito anos de aduba o organica e mineral  [cached]
Aurélio Vaz de Melo,Jo?o Carlos Cardoso Galv?o,Heder Braun,Manoel Mota dos Santos
Semina : Ciências Agrárias , 2011,
Abstract: This work aimed to quantify the content and accumulation of macronutrients (N, P and K) in the dry biomass of oats-black (Avena strigosa Schreb) and in soil (P and K), recycled by the oats-black after the waste left in the soil by successive fertilizations organic and mineral carried out in maize. The experiment was conducted at the Experimental Field of Coimbra, located in the city of Coimbra / MG from the Department of Plant Science (DFT) of the Federal University of Vi osa (UFV). The planting of oats-black was conducted in the agricultural year 2003/2004. The treatments were: no fertilization, mineral fertilization at 150 kg ha-1 of 8-28-16 formulation with the addition of 50 kg ha-1 N topdressing (AM1); mineral fertilization at 300 kg ha-1 of 8-28-16 formulation with the addition of 100 kg ha-1 N topdressing (AM2) and organic manure (AO) with 40 m3 ha-1 of compost. These treatments were applied sequentially in corn cultivation for a period of eighteen. The treatments were arranged in a randomized block design with four replications. Was determined the accumulation of dry mass of aerial part, content and accumulation of N, P and K in shoots of oats-black, P and K content in soil, base saturation and CTC. The treatment with organic fertilization provided higher accumulation of dry matter of aerial part of oats-black and nutrient uptake. The nutrients determined in the soil were directly proportional to the accumulation of dry mass and specific nutrients in shoots of oats-black. Objetivou-se com este trabalho quantificar a extra o de nutrientes e a produ o de biomassa de aveia-preta em solos submetidos a dezoito anos de aduba es organicas e minerais em cultivo de milho. O experimento foi conduzido no Campo Experimental de Coimbra, localizado no município de Coimbra/MG, pertencente ao Departamento de Fitotecnia (DFT) da Universidade Federal de Vi osa (UFV). A semeadura da aveia-preta foi realizada no ano agrícola de 2003/2004. Os tratamentos foram: sem aduba o; aduba o mineral na dose de 150 kg ha-1 da fórmula 8-28-16 com a adi o de 50 kg ha-1 de N em cobertura (AM1); aduba o mineral na dose de 300 kg ha-1 da fórmula 8-28-16 com a adi o de 100 kg ha-1 de N em cobertura (AM2) e aduba o organica (AO) com 40 m3 ha-1 de composto organico. Esses tratamentos foram aplicado sequencialmente no cultivo do milho por um período de dezoito anos. Os tratamentos foram dispostos no delineamento em blocos casualizados, com quatro repeti es. Foi determinado o acúmulo de massa seca da parte aérea, teor e acúmulo de N, P, K na parte aérea da aveia preta, teor de
Produtividade e componentes da produ o do amendoim da seca em raz o da época de semeadura e da aplica o de cálcio  [cached]
CRUSCIOL CARLOS ALEXANDRE COSTA,LAZARINI EDSON,GOLFETO ALBERTO RICARDO,Sá MARCO EUSTáQUIO DE
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2000,
Abstract: Este trabalho teve por objetivo estudar o efeito do calcário, como fornecedor de cálcio, em diferentes épocas de semeadura, na cultura do amendoim cultivar Tatu, sobre os componentes da produ o e a produtividade de vagens em semeadura na época considerada seca. O experimento foi conduzido em um Latossolo Vermelho-Escuro, argiloso, em Selvíria, MS. Foram estudadas quatro épocas de semeadura do amendoim da seca (21/1, 4/2, 18/2 e 4/3), combinadas com quatro doses de Ca (0, 45, 90 e 135 kg ha-1 de Ca), aplicadas no sulco de semeadura, usando como fonte calcário dolomítico com PRNT de 90,1% e com teores de 21% de CaO e 18% de MgO. Foram avaliados o número de vagens por planta, o número de gr os por vagem e por planta, o peso de 100 gr os, o rendimento e a produtividade das vagens. Conclui-se que: 1) à medida que se atrasa a semeadura, há a probabilidade de ocorrer deficiência hídrica nos períodos vegetativo e reprodutivo, reduzindo a produtividade do amendoim da seca; 2) há boa produtividade de vagens quando a semeadura é realizada até o início do mês de fevereiro; 3) a resposta do amendoim da seca ao Ca é baixa em solos onde inicialmente se tem alto teor de Ca e satura o por bases considerada média, principalmente, quando a disponibilidade hídrica também é um fator limitante; 4) a aplica o de calcário no sulco de semeadura como meio de fornecimento de Ca para a cultura do amendoim é uma prática viável.
A política de treinamento dos servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Vi osa (UFV) na percep o dos treinados e dos dirigentes da institui o Training policy for the technical-administrative staff at the Federal University of Vi osa (UFV) as perceived by trained employees and managers
Elenice Maria de Magalh?es,Adriel Rodrigues de Oliveira,Nina Rosa da Silveira Cunha,Afonso Augusto Teixeira de Freitas de Carvalho Lima
Revista de Administra??o Pública , 2010, DOI: 10.1590/s0034-76122010000100004
Abstract: Desde a década de 1990, o setor público brasileiro tem buscado modificar sua atua o perante a sociedade. Em um contexto de reformas, a área de recursos humanos tornase essencial, pois s o as pessoas que colocam em prática tais mudan as. Uma política de recursos humanos imprescindível para o êxito das reformas é o treinamento, que possibilita a capacita o do funcionário para um melhor desempenho na presta o de servi os aos cidad os. Este artigo identifica o modo como o treinamento dos servidores técnico-administrativos (STAs) influencia a realiza o das atividades na Universidade Federal de Vi osa (UFV), na percep o dos treinados e dos dirigentes da institui o. As informa es foram obtidas por meio de uma revis o da literatura, de visita à diretoria de recursos humanos da UFV, e de entrevistas com alguns treinados e dirigentes da institui o. De acordo com os resultados, existem diversos fatores que interferem positiva e negativamente no processo de treinamento. A falta de uma política de aperfei oamento formalizada e a legisla o contribuem para essa realidade. Como o processo n o é bem estruturado, n o existe um planejamento para as atividades de treinamento, nem mesmo uma avalia o do STA que o fez. Since the 1990s the Brazilian public sector has made an effort to improve its performance. In a context of reforms, the human resources area is essential, because it is people who make the change. A human resource policy crucial for the reforms' success refers to training, which gives the employees the skills needed to improve his/hers performance while serving the public. This article identifies the ways in which the training of technical-administrative staff (TAS) influences the activities at the Federal University of Vi osa, UFV (in the state of Minas Gerais, Brazil), according to the trained employees and the management. The information was obtained by reviewing the literature, visiting the human resources department and by interviewing a few employees and managers. The results show that there are two factors interfering in the training process, both positively and negatively. The lack of an official improvement policy and the legislation contribute to that. Since the process is not well structured, there is no planning for the training activities, as well as no evaluation of the TAS that underwent this process.
época de semeadura nos teores de óleo e proteína de dois cultivares de soja, UFV-1 e IAC-7, de ciclos tardios de maturidade
Nogueira, S.S.S.;Haag, H.P.;Miranda, M.A.C.;
Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz , 1983, DOI: 10.1590/S0071-12761983000200002
Abstract: a study was made on early, normal and delayed plaji ting on the oil protein content of the seeds of two late varieties of soybean, ufv-i and i ac-7. the field experiment was carried out at campinas experimental station in eutrophic latosolo roxo, during the years 1979/80 and 1980/81. in the first year were made every twenty days starting from october 5 and in the second year every thirty days starting from september 17, the total being eight and seven in the consecutive years. the planting date affect the oil content in both years and varieties. the biggest variations were due the year. though the planting dates, the variation was aleatory. the planting date affected only the protein content of the i ac-7 variety in both years. the variation was not tendentious thought the planting dates. on early and normal plantings the oil and protein content of the seeds didn't differ for both the varieties.
Influência da época de semeadura no comportamento de cultivares de arroz irrigado por aspers o em Selvíria, MS
ARF ORIVALDO,RODRIGUES RICARDO ANT?NIO FERREIRA,Sá MARCO EUSTáQUIO DE,CRUSCIOL CARLOS ALEXANDRE COSTA
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2000,
Abstract: Este trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da época da semeadura no comportamento de diferentes cultivares de arroz (Oryza sativa L.) de sequeiro (IAC 201, Carajás, Guarani, IAC 202, CNA 7800, CNA 7801, Caiapó, Rio Paranaíba e Araguaia) irrigados por aspers o, quanto à produ o e qualidade dos gr os. As sementes foram semeadas no início da segunda quinzena dos meses de setembro, outubro, novembro, dezembro, janeiro e fevereiro. Os experimentos foram instalados no Município de Selvíria, MS, durante os anos agrícolas 1995/96 e 1996/97. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com quatro repeti es. O controle da irriga o foi realizado por meio de tensi metros, e a suplementa o hídrica foi realizada quando o potencial matricial atingiu -0,033 MPa, durante a fase reprodutiva e -0,058 MPa, nas demais fases. De acordo com os resultados obtidos, pode-se concluir que as cultivares CNA 7801, Carajás, IAC 201, CNA 7800 e IAC 202 apresentaram comportamento superior; a semeadura realizada em novembro propiciou produtividade mais elevada; semeaduras antecipadas (setembro-outubro) ou retardada (fevereiro) resultaram em menores índices de acamamento; as cultivares IAC 202, CNA 7800 e CNA 7801 apresentaram ausência ou baixo índice de acamamento, nas diferentes épocas de semeadura e, a semeadura retardada (fevereiro) proporcionou a obten o de maior rendimento de inteiros.
Produtividade e qualidade da soja em fun o da calagem na superfície em semeadura direta  [cached]
Caires Eduardo Fávero,Ferrari Roseli Aparecida,Morgano Marcelo Antonio
Bragantia , 2003,
Abstract: As conseqüências da aplica o superficial de calcário na qualidade da soja cultivada em semeadura direta, com base nas concentra es de óleo, proteína e nutrientes, n o s o muito conhecidas. Com o objetivo de estudar a produtividade de gr os, óleo e proteína e a composi o mineral de gr os de soja, em fun o da calagem na superfície, em semeadura direta, foi instalado um experimento em Latossolo Vermelho distrófico textura média, em Ponta Grossa (PR). O delineamento experimental empregado foi o de blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, com três repeti es. Em julho de 1993, foram aplicadas quatro doses de calcário dolomítico, nas parcelas, em superfície (0, 2, 4 e 6 t.ha-1) e, em junho de 2000, reaplicadas duas doses de calcário dolomítico, nas subparcelas, em superfície (0 e 3 t.ha-1). Avaliaram-se os tratamentos por meio da cultura da soja no ano agrícola de 2001/2002. A aplica o superficial de calcário n o alterou a eficiência do processo biológico de fixa o de N2, avaliada pela concentra o de N nas folhas, a produtividade de gr os, óleo e proteína de soja, apesar da elevada acidez (pH em CaCl2 4,3 e 25% de satura o por bases) existente na camada superficial do solo (0-5 cm). A calagem na superfície, em semeadura direta, aumentou o teor de óleo e n o alterou a concentra o de proteína de soja. Houve aumento de P e Ca e redu o de Zn nos gr os de soja, com a calagem na superfície, enquanto os teores de K, Mg, Cu, Mn e Fe n o foram alterados. As varia es de P e Zn nos gr os estiveram relacionadas (P < 0,01) com o aumento do pH, ao passo que a de Ca foi proporcional (P < 0,01) ao aumento do Ca trocável, na camada de solo de 0-5 cm.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.