oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
ESTUDO COMPARATIVO DA EVOLU O DO NíVEL DE TRIPTOFANO EM RAMOS DE AMEIXEIRA (Prunus salicina Lindl.)  [cached]
ROSSAL P.A.L.,KERSTEN E.,CONTER P.F.
Scientia Agricola , 1997,
Abstract: Foram coletados ramos das cultivares de ameixa, "Sangall", "All producer", "Ace", "Beauty" e "Roxo Itaquera", em pomar da Fazenda Palma da UFPel, Pelotas, RS, para um estudo comparativo vizando a propaga o por estaquia. As coletas foram realizadas em intervalos de 15 dias de julho à dezembro de 1994. Através da determina o dos níveis de triptofano nas estacas concluiu-se que a melhor época para retirada de ramos para estaquia é de 14 à 28 de setembro.
Responsabilidade Social Corporativa: estudo comparativo das normas socioambientais  [cached]
Leonel Gois Lima Oliveira,Marcelle Colares Oliveira,Francisco Roberto Pinto,Dorelland Ponte Lima
Contextus , 2007,
Abstract: A utiliza o de normas socioambientais visa dar maior credibilidade às práticas de Responsabilidade Social Corporativa (RSC). Neste estudo, levantaram-se os seguintes questionamentos: Quais as características das normas socioambientais existentes quanto à avalia o do processo produtivo, das rela es com a comunidade, das rela es com os empregados e dependentes? Quais os aspectos convergentes e divergentes dessas características no tocante à integra o dos sistemas de gest o da RSC propugnados nas normas socioambientais? Trata-se de um estudo exploratório, com abordagem qualitativa, em que se realizou pesquisa bibliográfica e documental, e análise comparativa do conteúdo dos documentos pesquisados. As normas estudadas foram SA 8000, AA 1000, ISO 14001, NBR 16001 e ISO 26000, esta ainda em fase de elabora o. Concluiu-se que as normas apresentam semelhan as quanto ao processo produtivo, rela o com a comunidade e integra o dos sistemas de gest o, sendo recomendável a aplica o complementar das mesmas.
Estudo comparativo das normas técnicas de documenta o: uma atualiza o A comparative study of the technical norms for documentation  [cached]
Silvana Drumond Monteiro
Informa??o & Informa??o , 1997, DOI: 10.5433/1981-8920.1997v2n1p
Abstract: Estudo comparativo das normas técnicas de documenta oemanadas dos Sub-Comitês deEstudos de Documenta o e Editora o. O método comparativo foi utilizado para a análise da evolu o das normas de Documenta o e Editora o, sendo estudadas, neste momento, as normasde apresenta o de documentos, controle bibliográfico, servi os em sistemas de informa o e arquivologia. As normas de apresenta o dos originais s o estudadas à parte, para fornecer elementos de discuss o, face à importancia da matéria no ambito da normaliza o. Encontrou-se divergências nas normas de apresenta o de originais no tocante à ordem dos elementos e apresenta o material do texto.
Aten o ao pré-natal na percep o das usuárias do Sistema único de Saúde: um estudo comparativo  [cached]
Ribeiro José Mendes,Costa Nílson do Rosário,Pinto Luiz Felipe da Silva,Silva Pedro Luiz Barros
Cadernos de Saúde Pública , 2004,
Abstract: Estudo comparativo transversal com usuárias do pré-natal de servi os do SUS em unidades básicas de saúde e módulos de saúde da família (MSF), para determinar diferen as na percep o sobre a qualidade desses servi os, segundo as disposi es normativas do Ministério da Saúde para esse programa. Uma amostra de 203 gestantes usuárias da rede básica pública, distribuída por 22 municípios nas cinco regi es do país foi estuda por meio de entrevistas em salas de espera dos servi os. Além de analisar as opini es das gestantes, busca observar as possíveis vantagens das inova es em aten o familiar em termos de ades o e acesso das usuárias. A aprova o das usuárias ao atendimento recebido em ambos os modelos sugere solidez nas a es de aten o básica. A baixa cobertura de consultas odontológicas (18,9%), preventivos ginecológicos (39,6%) e testes de HIV (52,6%) revelam obstáculos da política. Em termos comparativos, os MSF foram melhor avaliados significativamente quanto à qualidade da última consulta (p = 0,0432), acesso a maternidades (p = 0,0106), vacina o atualizada (p = 0,0023), distribui o de medicamentos (p = 0,0053), determina o de glicemia (p = 0,0309), consulta de enfermagem (p = 0,0469) e visitas domiciliares (p < 0,0001).
UM ESTUDO COMPARATIVO DAS PRáTICAS DE LOGíSTICA REVERSA NO VAREJO DE MéDIO PORTE
Sergio Silva Braga Junior,Edgard Monforte Merlo,Marcelo Seido Nagan
Revista da Micro e Pequena Empresa , 2011,
Abstract: Quest es ligadas ao meio ambiente têm ganhado espa o, seja por press o ambiental ou pelo retorno financeiro proporcionado pela reciclagem de materiais. Com o objetivo de analisar as práticas de logística reversa no varejo e como elas podem ser usadas na gest o ambiental, através de um estudo de múltiplos casos, o estudo analisou e descreveu três casos (supermercados de médio porte) que adotam práticas de gest o ambiental. Comparando, podem-se evidenciar possíveis explica es das diferen as de resultados obtidos nos casos. Embora os ganhos ambientais, sociais e econ micos tenham variado, o estudo mostrou que pode ser um campo explorado por outras organiza es do varejo
Estudo comparativo dos procedimentos percutaneos orientados por métodos de imagem no tratamento das cole es intraperitoneais  [cached]
Mello Giselle Guedes Netto de,Meirelles Gustavo de Souza Portes,Oliveira José Marcelo Amatuzzi de,Ajzen Sergio
Radiologia Brasileira , 2004,
Abstract: OBJETIVO: Verificar e comparar a eficácia da aspira o percutanea (AP) e da drenagem percutanea (DP), orientadas por métodos de imagem, no tratamento das cole es intraperitoneais. MATERIAIS E MéTODOS: Foram encaminhados ao nosso setor 52 pacientes para tratamento percutaneo de cole es abdominais. Destes, 16 apresentavam cole es intraperitoneais, sendo dez complexas (multiloculadas ou múltiplas) e seis, simples. O volume das cole es variou de 40 a 1.200 ml, com mediana de 200 ml. Foram submetidas a AP seis cole es (37,5%) e a DP, dez (62,5%). Considerou-se como sucesso do método a resolu o completa da cole o, com melhora clínico-laboratorial do paciente. RESULTADOS: O sucesso do procedimento ocorreu em 75% dos casos. Nas cole es submetidas a AP houve sucesso em 100%, e nas submetidas a DP o sucesso foi de 60%. O índice de sucesso no grupo submetido a DP foi de 50% nas cole es menores ou iguais a 200 ml e de 75% nas de maior volume. Obteve-se sucesso com a DP em 33,3% das cole es complexas, em 42,9% das infectadas e em 100% das n o infectadas e simples. Foram observadas apenas duas complica es menores (bacteremia transitória e infec o cutanea) após os procedimentos. CONCLUS O: A AP e a DP s o métodos eficazes e seguros para tratamento das cole es intraperitoneais. No nosso estudo, a AP foi mais eficaz que a DP, principalmente nas cole es de menor volume.
ESTRATéGIAS DE INOVA O TECNOLóGICA DAS SUBSIDIáRIAS ESTRANGEIRAS NO BRASIL: estudo comparativo das primeiras e últimas entrantes
FELIPE MENDES BORINI,MOACIR MIRANDA DE OLIVEIRA JUNIOR
InternexT : Revista Eletr?nica de Negócios Internacionais da ESPM , 2007,
Abstract: O presente artigo parte do pressuposto que as subsidiárias estrangeiras primeiras entrantes nomercado brasileiro desenvolvem atividades de maior intensidade tecnológica e de inova oque as últimas entrantes. Entenda por primeiro entrante as subsidiárias que entraram no Brasilantes de 1990 e último entrante as subsidiárias que iniciaram suas opera es no Brasil após1990. Um survey com as maiores multinacionais estrangeiras no Brasil foi conduzido paratestar a pressuposi o. Estudo de casos em duas subsidiárias estrangeiras, uma com estratégiade primeira entrante, outra última entrante, comprovam alguns dos resultados do survey emostram alguns pontos divergentes, mas que podem servir de grande aprendizado para osgerentes das subsidiárias, como apontam caminhos para novas pesquisas.
Estudo comparativo das rea es teciduais à implanta o de silicone e politetrafluoroetileno no dorso de ratos  [cached]
Kafejian Andréa Paula,Haddad Filho Douglas,Guidugli Neto Jo?o,Goldenberg Saul
Acta Cirurgica Brasileira , 1997,
Abstract: A importancia das biopróteses na medicina abrange diversas áreas cirúrgicas. Com o objetivo de comparar a rea o tecidual do implante de silicone, um dos mais utilizados, com o implante de politetrafluoroetileno expandido (PTFE-E), de uso mais recente, nos propusemos a realizar este estudo. Foram utilizados trinta ratos (Rattus norvegicus albinus) machos, distribuídos em três grupos iguais, com implantes de fragmentos discóides dos materiais citados, no dorso de cada rato. Os grupos diferiram entre si quanto ao período de eutanásia: três, sete e trinta dias. Com base no modelo experimental e utilizando metodologia morfométrica, do ponto de vista histológico n o houve rea o inflamatória aguda importante que se pudesse correlacionar aos materiais de implantes. A prolifera o vascular e a presen a de fibrose foram prolongadas em rela o à cicatriza o normal. A irregularidade do PTFE-E, provavelmente relaciona-se à maior quantidade de vasos e de fibrose tardia constatada neste material, quando comparado ao implante de silicone.
Estudo comparativo das inclus?es do alastrim e da variola vera
Torres, C. Magarinos;Teixeira, J. de Castro;
Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , 1935, DOI: 10.1590/S0074-02761935000800003
Abstract: resulta das descrip??es e documentos examinados que as inclus?es cytoplasmaticas da variola vera, no material humano examinado, apresentam caracteres geraes que poder?o ser assim resumidos: 1. intensa colora??o pela safranina nos preparados pelo methodo de unna modificado (fig. 42), mostrando a inclus?o matiz semelhante ao dos nucleolos da mesma cellula. 2. reac??o predominantemente acidophila nos preparados pela hematoxylina-eosina, traduzida pela tonalidade rosea ou vermelha de colora??o (figs. 27, 29, 30, 31 e 31). 3. frequente multiplicidade de inclus?es de fórma e dimens?es variadas na mesma cellula (figs. 29 e 30), as maiores inclus?es (figs. 29 e 32), sendo menores que as grandes inclus?es cytoplasmaticas solitarias do alastrim (figs. 15, 16 e 18). é a regra, ainda, observar-se desapparecimento de qualquer estructura no cytoplasma das cellulas com inclus?es em zona muito extensa, tornando-se difficil explicar tal aspecto unicamente pela retrac??o das inclus?es no acto da fixa??o (figs. 31 e 32). quanto ás inclus?es intranucleares, ellas se apresentam sob tres aspectos, dois dos quaes bem reconhecidos por luger e lauda (1926). em um primeiro aspecto, o nucleo conserva, em parte, o reticulo de linina e encerra uma massa irregular (fig. 35) ou, ent?o, pequenas massas e granulos de dimens?es variaveis (figs. 33 e 34) constituidos por material acidophilo que ali n?o existe em condi??es normaes. a membrana nuclear tem espessura visinha do normal. em um segundo aspecto, a inclus?o occupa a totalidade do nucleoplasma (fig. 3), apenas separado da membrana nuclear, em alguns casos (fig. 38), por um estreito espa?o claro (zona de retrac??o). por vezes apresenta um aspecto homogeneo (fig. 37); outras vezes a inclus?o mostra pequenas areas chromophobas ( fig. 38). a hyperchromatose da membrana nuclear é accentuada, tanto neste como no aspecto seguinte. no terceiro aspecto (aspecto corpuscular) (figs. 39, 40, 48 e 50), a inclus?o intranuiclear é formada por um ou mais corp
Estudos anat?micos e histológicos s?bre a subfamília Triatominae (Hemiptera, Reduviidae); VI parte: estudo comparativo s?bre a espermiocitogênese das espécies mais importantes
Barth, Rudolf;
Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , 1956, DOI: 10.1590/S0074-02761956000300009
Abstract: neste estudo comparativo s?bre certos pontos acentuados da espermiocitogênese de sete espécies de triatominae, chegamos à conclus?o que, considerando, concomitantemente, vários característicos dos acontecimentos celulares e nucleares, estas observa??es permitem uma classifica??o das espécies ou, pelo menos, uma separa??o de espécies duvidosas. os característicos estudados foram: 1. a placas equatoriais das primeira e segunda divis?es de matura??o. 2. número e forma dos autosomas e heterocromosomas. 3. número, tamanho e forma das células apicais. os resultados encontram-se nos quadros incluídos no texto e no capítulo iv. a espermiocitogênese de triatoma vitticeps é apresentada na segunda parte, com o especial objetivo de comprovar que o heterocromosoma x n?o é simplesmente fragmentado mas, ao contrário, representado por três cromosomas verdadeiros que se comportam exatamente da mesma maneira como o y. em compara??o com triatoma infestans, n?o encontramos, nesta espécie, heteropicnose de três autosomas e dos heterocromosomas, porém bem acentuada dos quatro heterocromosomas.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.