oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A racionaliza o das tradi es na modernidade: o diálogo entre Anthony Giddens e Jürgen Habermas The rationalization of traditions in modernity: the dialogue between Anthony Giddens and Jürgen Habermas
Caroline Kraus Luvizotto
Trans/Form/A??o , 2013,
Abstract: Partindo das reflex es de Habermas e sua concep o de modernidade, compreendida como um projeto inacabado, Giddens salienta que, em todas as sociedades, a manuten o da identidade pessoal e sua conex o com identidades sociais mais amplas é um requisito primordial para a seguran a ontológica. Para alcan ar a seguran a ontológica, a modernidade teve que (re)inventar tradi es e se afastar de "tradi es genuínas", isto é, aqueles valores radicalmente vinculados ao passado pré-moderno. Este é um caráter de descontinuidade da modernidade - a separa o entre o que se apresenta como o novo e o que persiste como heran a do velho. é sobre a rela o entre tradi o e modernidade e sobre um diálogo entre Giddens e Habermas que trata este texto. O objetivo é identificar os pontos de contato e as diferen as das teses defendidas por ambos, a fim de avaliar as contribui es de cada um para se pensar a racionaliza o das sociedades contemporaneas. A modernidade tardia ou reflexiva é um processo de mudan as ininterruptas que afetam as bases da sociedade ocidental. Frente a uma realidade em constante altera o, faz-se necessário escolher entre uma certeza do passado e uma nova realidade, em contínua muta o. Nesse sentido, e segundo a perspectiva habermasiana, o caráter reflexivo da modernidade está nesse processo de escolha entre as certezas herdadas do passado e as novas formas sociais que conduz à reflex o ou, até mesmo, à reformula o das práticas sociais, provocando a racionaliza o e a (re)inven o de diversos aspectos da vida em sociedade. Based on the reflections of Habermas and his conception of modernity, understood as an unfinished project, Giddens stresses that in all societies the maintenance of personal identity and its connection to broader social identities is a primordial requirement for ontological security. To achieve ontological security, modernity had to (re) invent traditions and get away from "genuine traditions", that is, those values radically linked to the pre-modern past. This is a character of the discontinuity of modernity, the separation between what is presented as the new and that which persists as the legacy of the old. This article discusses the relationship between tradition and modernity and the dialogue between Giddens and Habermas. The goal is to identify the points of contact and the differences in the theses defended by both authors, in order to assess their contributions to discussions of the rationalization of contemporary societies. Late or reflexive modernity is an uninterrupted process of changes that affect the foundations o
Tradi o e modernidade: a imagem e a quest o da representa o
Kern, Maria Lúcia Bastos
Estudos Ibero Americanos , 2005,
Abstract: O presente ensaio tem o fim de refletir sobre a imagem artística a partir de suas primeiras fun es sociais e concep es até a modernidade, quando o artista estabeleceu a sua autonomia e tratou as quest es internas à própria arte. Esta passou, assim por um processo de mudan a de paradigma, ao n o se direcionar mais à representa o e se tornar a express o de idéias teóricas. é de interesse questionar os métodos de interpreta o da imagem que os historiadores utilizam, bem como evidenciar na arte moderna as potencialidades para fornecer subsídios, apesar de sua simbologia mais hermética.
NOMES PRóPRIOS
Celso R. Braida
Philósophos : Revista de Filosofia , 2007, DOI: 10.5216/phi.v9i2.3044
Abstract: Resenha do livro "Nomes próprios: semantica e ontologia" do prof. Adriano Naves Brito publicado em 2003 pela Editora da Universidade de Brasília, 208p.
MODERNIDADE, PóS-MODERNIDADE E CIêNCIAS SOCIAIS  [cached]
Georges Benko
Revista do Departamento de Geografia , 1999, DOI: 10.7154/rdg.v0i13.154
Abstract: MODERNIDADE, PóS-MODERNIDADE E CIêNCIAS SOCIAIS
Modernidade, tradi??o e reflexividade no Brasil contemporaneo
Domingues, José Maurício;
Tempo Social , 1998, DOI: 10.1590/S0103-20701998000200012
Abstract: modernity consists in a world civilization, constituting as such a tradition. reflexivity, in several ways, has become ever more important in the development of modernity, which must be defined as a process, whose precise directions are taken according to more or less intentional movements of more or less (de) centred collective subjectivities. moreover, previous traditions have not necessarily become spent forces with the advent of modernity. through an analysis of the empirically oriented bibliography about the brazilian contemporary society, this text tries to develop a general theoretical argument about the meaning of the brazilian contemporary modernity.
Modernidade-mundo insustentável  [cached]
Alberto Teixeira da Silva
Meridiano 47 : Boletim de Análise de Conjuntura em Rela??es Internacionais , 2009,
Abstract: Outra modernidade está alterando as formas de convivência da sociedade contemporanea. Dos escombros da primeira modernidade (industrial) e suas promessas de progresso e felicidade, emerge uma modernidade de risco, distribuidora de malefícios e turbulências. Desordens climáticas aliadas às diversas manifesta es de desigualdades sociais e aliena es cotidianas tornam a modernidade do século XXI perigosa e insustentável.
Uma história de nomes: a alcunha, o primeiro nome e o apelido no Pará, norte do Brasil A story in names: the nickname, the first name and the surname in Pará, northern Brazil  [cached]
Mark Harris
Etnográfica , 2008,
Abstract: Este artigo analisa três partes do nome de uma pessoa em três períodos diferentes no Pará, Brasil. O objectivo é verificar se os diferentes aspectos de um nome formam um sistema de rela es e como é que esse sistema pode ser afectado por press es e influências alheias. O que é que as práticas de atribui o dos nomes revelam sobre a pessoa e sobre o jogo de identidades? A discuss o procura demonstrar o poder transgressivo dos nomes, a forma como se movem entre contextos e subvertem as conven es. Qual o papel desempenhado pelos nomes entre aqueles que sobreviveram à conquista e aqueles que se instalaram na Amazónia Portuguesa? O Pará é um local interessante para se reflectir sobre estas quest es devido à razoável for a da cultura ameríndia no período colonial e início do imperial e à sua mistura com as tradi es portuguesas. A conclus o sugere que os nomes s o veículos fulcrais da continuidade cultural. This article examines three parts of a person’s name across three different periods in Pará, Brazil. The purpose is to consider whether the different aspects of a name form a system of relations, and how this system may be affected by extraneous pressures and influences. What do naming practices reveal about the person and the play of identities? The argument seeks to demonstrate the transgressive power of names, the way they move between contexts and subvert conventions. What role did names play amongst those that survived conquest and those that settled in the Portuguese Amazon? Pará is an interesting place to reflect on such questions because of the relative strength of Amerindian culture in the colonial and early imperial period and its mingling with Portuguese traditions. The conclusion suggests that names are central vehicles of cultural continuity.
Nomes atributivos no português brasileiro falado  [cached]
Beatriz Nunes de Oliveira Longo
Alfa : Revista de Linguística , 2001,
Abstract: Apresentam-se os resultados do estudo de um corpus de constru es N1N2, do português brasileiro falado, em que se focalizaram os nomes em fun o adjetiva com o intuito de discutir as suas propriedades sintáticosemantícas e algumas condi es que favorecem ou inibem seu emprego.
Juventude brasileira, entre a tradi??o e a modernidade
Gon?alves, Hebe Signorini;
Tempo Social , 2005, DOI: 10.1590/S0103-20702005000200009
Abstract: data provided by two different surveys, both conducted in rio de janeiro, are compared in order to analyze the relations between parents and their children. the first survey provides data on how parents raise their children and which values they believe important to sustain their actions. the second survey provides data on which are the main problems youth people have to face, and how they deal with them. brought together, they show that family values are still very important to children and youth. in conclusion, the paper indicates that individualism may not explain the main questions on brazilian youth.
A modernidade técnica
Brüseke Franz Josef
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 2002,
Abstract: O fato de que a modernidade, como época histórica, nasce com a ciência e técnica moderna, mostra hoje toda sua virulência. Podemos até dizer que essa modernidade é t o penetrada pela "técnica" que ela pode ser denominada e caracterizada como "modernidade técnica". Propomos este conceito para evidenciar sua essência e falamos sobre a emergência desta modernidade para evocar, por um lado, seu advento processual e histórico e, por outro, seu alto grau de instabilidade e imprevisibilidade. A técnica contribui, em fun o de seu caráter contingente, para uma destitui o da predominancia da racionalidade de fins, t o característica da fase histórica na qual surgiu o capitalismo, por uma racionalidade contingente. Essa racionalidade desoculta científica e tecnicamente o Ser, sem dispor de um fim que daria dire o ou identificaria limites. Sem dire o e limites a modernidade técnica desenvolve-se racionalmente, sem que haja uma prote o contra oscila es irracionalizantes que castigam cada vez mais seu percurso. Apresentamos o nacional-socialismo alem o, o comunismo russo e a democracia americana como três tipos ideais da modernidade técnica. Um olhar comparativo na dire o da tríade modernizante do século XX demonstra tanto a indiferen a valorativa da modernidade técnica, quanto nos faz compreender melhor os fen menos contingentes e irracionais gerados no seu bojo.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.