oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Os skinheads analisados pelo cinema contemporaneo: Um Skinhead no Div e Tolerancia Zero (1993- 2001)  [cached]
Rafael Hansen Quinsani,Israel Comaru
Revista Thema , 2011,
Abstract: Como ocorre a representa o dos grupos chamados Skinheads pelo cinema contemporaneo? Partindo dessa quest o Este trabalho busca analisar a representa o do movimento Skinheads, suas origens e vincula es ao neonazismo. Para isto, utilizaremos como fonte os filmes Tolerancia Zero e Um Skinhead no div , que retratam o contexto estadunidense e europeu no final do século XX.
A indetermina o sob suspeita no cinema brasileiro contemporaneo: os distintos casos de Filmefobia e Pan-cinema permanente  [cached]
Ilana Feldman
Galáxia , 2011,
Abstract: Dentre alguns filmes brasileiros recentes - sobretudo aqueles tomados por documentais - que investem na autofic o e na problematiza o das próprias prerrogativas, colocando sob suspeita seus procedimentos ou produzindo suas próprias esquivas, privilegiaremos Filmefobia (Kiko Goifman, 2009) e Pan-cinema permanente (Carlos Nader, 2008), que, a despeito de suas evidentes diferen as e de seus distintos efeitos estéticos e políticos, operam em um horizonte biopolítico de indetermina o: tais como o transito entre autenticidade e encena o, pessoa e personagem, experiência e jogo, vida e performance, documentário e fic o. Longe do simples elogio às potencias estéticas da indetermina o, que, como veremos, podem operar politicamente como condi o do cinismo e de toda sorte de estados de exce o, trata-se de colocar o conceito sob suspei o.
Estratégias da imagem: identidade, corpo e política no cinema contemporaneo japonês  [cached]
André Keiji Kunigami
Ciberlegenda , 2009,
Abstract: A partir de um filme japonês, Ichi, o Assassino (Koroshiya Ichi, 2001), de Takashi Miike, este artigo pretende explorar a rela o possível entre os diversos usos da imagem, identidade e representa o do corpo. Partindo do pressuposto de que para o biopoder, no seu nível estético, o corpo e o olhar s o essenciais para a constitui o de subjetividades controladas em identidades, tentamos propor, a partir o filme, em sua complexidade estética (usos da imagem) e diegética (narrativa e enuncia o), uma leitura que vá além da mera crítica da representa o da violência, percebendo novas possibilidades políticas do cinema narrativo.
Comunica o e imaginário nos contos do cinema contemporaneo: uma estética em transi o  [cached]
Maria Beatriz Furtado Rahde
Comunica??o, Mídia e Consumo , 2008,
Abstract: Este artigo analisa alguns contos do cinema de fic o científica, refletindo sobre hibrida es da comunica o visual desse gênero de filme. Estabelece rela es entre processos comunicativos dos tradicionais contos de fadas com novas possibilidades tecnológicas pós-modernas em Spielberg e Lucas. Uma nova estética visual se expressa, com modelos humanos fragmentados, cibernéticos, heróis rob s. A aceita o desse gênero pelo espectador confere legitimidade à mudan a de estilo, causando, por conseqüência, transi es estético/imagísticas. Palavras-chave: Imaginário; cinema; estética; pós-moderno. ABSTRACT This article analyses some tales in science fiction movies, aiming at a reflection on hybridities within visual communication in this kind of movies. It tries to establish relations between communicative processes of traditional fairy tales with new technological post-modern possibilities, in Spielberg and Lucas. A new visual aesthetics is expressed, with fragmented human models, cybernetics, heroic robots. The acceptance of this genre on the part of the spectator grants legitimacy to a change in style, causing therefore, aesthetic/imagistic transitions. Keywords: Imaginary; movie; aesthetic; postmodern.
Ma vie em rose: identidade, corpo e gênero no cinema francês contemporaneo  [cached]
Adair Marques Filho,Flávio Pereira Camargo
OPSIS : Revista do Departamento de História e Ciências Sociais , 2008,
Abstract: A través de este artículobuscamos analisar, a la partir de lalectura de la película Minha Vida emCor de Rosa, los imagenes acerca delfacto de ser masculino y serfeminino en nuestra sociedad y comoson tratados los sujetos que ousamquedarse em la frontera entre losgêneros. Apreender a partir das cenasdo filme, algumas quest es que giramem torno dos trangenders,possibilitando, ao mesmo tempo,espa o para discuss es sobrediversidade sexual e espa oslimítrofes do corpo, assim como atransgress o dos papéis rígidosdesempenhados pelos gêneros.
A politiza o das categorias raciais no cinema brasileiro contemporaneo  [cached]
Pedro Vinicius Asterito Lapera
Ciberlegenda , 2007,
Abstract: O presente ensaio possui como objeto os filmes Quanto vale ou é por quilo?(Sérgio Bianchi, 2005) e Quase Dois Irm os (Lúcia Murat, 2005) para discutir como osmesmos e o cinema brasileiro contemporaneo atualizam os discursos ligados às categoriasraciais. Para tanto, realiza-se aqui um breve panorama de teorias sociais brasileiras eoutras aplicáveis à teoria cinematográfica e aos estudos culturais (Bhabha), no intuito decompreender como os conflitos e a hierarquia social s o al ados à visibilidade nos filmes.
Por uma ciência do riso e da sabedoria
Paula Corrêa Henning,Attico Inácio Chassot
Revista Espa?o Acadêmico , 2010,
Abstract: O artigo busca problematizar a história das ciências, especialmente o ethos da Modernidade e Pós-modernidade. Para isso, utiliza autores que se anteciparam à Pós-modernidade como Friedrich Nietzsche e Michel Foucault. Na esteira dessa discuss o busca uma problematiza o acerca da Ciência nos rastros da Modernidade e algumas fissuras e fragilidades produzidas na ciência num cenário contemporaneo. Apresenta ainda alguns discursos midiáticos acerca de propagandas televisivas que trazem o discurso científico como legítimo e inabalável. Traz para o campo de discuss o uma ciência alegre, como aprendemos com Nietzsche ou prosaica por vezes, anunciando o riso e a sabedoria na produ o do conhecimento científico.
O ensino contemporaneo da arte e a hipótese de Bergala: diálogos e convergências Contemporary art teaching and Bergala's hypotheses-cinema: dialogues and convergences  [cached]
Greice Cohn
Pro-Posi??es , 2013,
Abstract: Este trabalho pretende estabelecer um diálogo entre o ensino da arte na contemporaneidade e a Hipótese-cinema de Alain Bergala, que prop e a inclus o do cinema como arte no espa o escolar. Constatamos a existência de pontos de convergência entre as propostas de ensino-aprendizagem da arte desenvolvidas no Brasil na atualidade e o plano elaborado pelo professor e cineasta para as escolas públicas francesas em 2001; e este artigo tece uma reflex o sobre esses aspectos, sob a luz do pensamento do cineasta Jean-Luc Godard, com o objetivo de imaginar novas proposi es de arte dentro da escola, a partir da intera o das duas propostas. This work tries to establish a dialogue between contemporary art teaching and Alain Bergala's "Hypotheses-cinema", which proposes the inclusion of cinema as art in the school scenario. We evidence that there are several converging points in the proposals of art teaching developed nowadays in Brazil and in the professor's plan for the French public schools in 2001, and this article presents a reflection on these aspects, illuminated by Jean-Luc Godard's thoughts, intending to conceive new proposals of art inside the school, based on the interaction of both practices.
Rela o, encontro e reciprocidade: algumas reflex es sobre a ética no cinema documentário contemporaneo Relations, encounters and reciprocity: reflections about ethics in contemporary
Marcius Freire
Galáxia , 2008,
Abstract: Um dos tra os mais marcantes do cinema documentário é a sua voca o para tratar do outro, para ter a alteridade como centro de sua constru o. Subjacente a esta última, há o evento sem o qual o filme n o existe: o encontro entre o cineasta e as pessoas filmadas. Qualquer aprecia o sobre as condi es em que se deu esse encontro deve ter como pressuposto básico que aquele que empunha a camera detém um poder inquestionável sobre os sujeitos de sua mirada. Independentemente dos procedimentos de compartilhamento desse poder, em voga já há algum tempo, como distribui o de cameras aos sujeitos observados, ou da bem mais antiga antropologia partilhada de Jean Rouch, em que o filme toma forma a partir da devolu o às pessoas filmadas das imagens registradas e do diálogo que se estabelece entre elas e o cineasta, esse poder está sempre lá, pois, em sua quase totalidade, a edi o final dos filmes fica nas m os do realizador. é sobre essa rela o de for a e seus desdobramentos, e os aspectos éticos e estéticos a ela subjacentes, que nos debru aremos. Relations, encounters and reciprocity: reflections about ethics in contemporary documentary cinema — One of the most noteworthy features of documentary cinema is its ability to deal with the other, to have otherness at the core of its construction. Underlying this is the event without which a movie does not exist: the encounter between the filmmaker and the people he films. Any appreciation of the conditions in which this encounter takes place must be based primarily on the assumption that the person holding the camera wields unquestionable power over those targeted by the camera's viewfinder. This power is always present, independently of the procedures involved in sharing it, which have been in fashion for some time — such as distributing cameras to the subjects under observation, or the much older "shared anthropology" of Jean Rouch, in which the film takes shape by returning the recorded images of the filmed people to them and by means of the dialogue between them and the filmmaker. This is because the final edition of the film is almost entirely in the hands of the filmmaker. We focus here on this "rapport de force" and its unfoldings, and on its underlying ethical and esthetic aspects.
Representa es periféricas do trabalho no cinema latinoamericano contemporaneo  [cached]
Fábio Allan Mendes Ramalho
Ciberlegenda , 2007,
Abstract: Com este artigo, pretende-se abordar as representa es periféricas do trabalho nocinema latino-americano contemporaneo, n o apenas chamando a aten o para apresen a desta temática na produ o recente de diversos países do subcontinente comotambém introduzindo algumas quest es relacionadas a ela, como as especificidades queas discuss es em torno do trabalho assumem na periferia do capitalismo globalizado. Apartir daí, pretende-se relacionar as obras ao contexto em que s o realizadas, com ointuito de problematizar as possíveis conex es entre seus discursos e a conjuntura sociale política latino-americana.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.