oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Uma estratégia para o ensino da ordem dos elementos na frase portuguesa
Rogério Chociay
Alfa : Revista de Linguística , 2001,
Abstract: Neste artigo examinam-se alguns aspectos da ordem dos elementos na frase portuguesa e sugere-se uma estratégia para a abordagem da quest o no ensino de Língua Portuguesa.
Direito social à educa o: elementos iniciais para situar uma política de gênero na universidade  [cached]
Márcia Ondina Vieira Ferreira
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2011, DOI: 10.5902/198464441465
Abstract: O texto tem como objetivo fornecer alguns subsídios para pensar-se uma política de gênero na Universidade. Para tanto, inicialmente s o apresentados alguns conceitos relacionados à desigualdade social, com a inten o de esclarecer quais tipos de desigualdade est o em quest o quando falamos em gênero. Em seguida, discorre-se sobre o conceito de gênero propriamente dito, para depois falar da educa o como produtora e reprodutora das rela es de gênero na sociedade, e sobre como este fen meno pode ser visto na Universidade. Com este propósito ser o apresentados dados a respeito das presen as masculina e feminina na Universidade: estudantes matriculados/as, docentes, pesquisadores/as e bolsistas de produtividade em pesquisa. Finalmente, a título de conclus o, ser o destacadas algumas condi es para um maior empoderamento das mulheres na educa o superior: ampliar a investiga o sobre os mecanismos e as práticas que atribuem lugares específicos para mulheres e homens na Universidade; estabelecer uma política mais efusiva de forma o de docentes; e interferir para o estabelecimento de rela es de gênero mais igualitárias desde a escola, superando o modelo da escola mista em dire o à co-educa o. Palavras-chave: rela es de gênero; desigualdades sociais; educa o superior.
Poe e a contemporaneidade: um cora o sempre delator  [PDF]
Amodeo, Maria Tereza
Letras de Hoje , 2009,
Abstract: Desde o início da história do cinema a obra de Poe constituiu-se como fonte de material para a nova arte. A interface entre literatura e cinema configura-se como uma quest o polêmica na cultura contemporanea, o que, em rela o à obra de Poe assume contornos muitos específicos e determinantes. A análise dos elementos constitutivos da literariedade do conto “O cora o denunciador” orienta a abordagem realizada a respeito da adapta o hom nima para o cinema realizada por Jules Dassin em 1941 e da anima o da UPA (United Productions of America), de 1953. A reflex o, ao mesmo tempo em que pretende explicitar as novas possibilidades de leitura da literatura na contemporaneidade, evidencia os ecos da obra de Poe ao longo dos tempos.
A RELA O DO CORPO COM O COTIDIANO DA POPULA O ADULTA E SUAS IMPLICA ES NO QUE SE REFERE AO CONTEXTO CULTURAL NA CONTEMPORANEIDADE.  [PDF]
SILVA, Munique Teixeira
European Review of Artistic Studies , 2010,
Abstract: This study aims to reflect on the importance of building an awareness about body movement ineveryday social life. Will discuss the bodily actions in contemporary society and its effects in acultural context of the adult population because we realize that awakens important questions foranthropology and sociology. Understand, in part with proceeds of the body with respect to the dailylife of the adult population and its implications in relation to the contemporary cultural context andwhere we can build the elements necessary for the reeducation of movement.ResumoEste estudo tem o objetivo de refletir sobre a importancia da constru o de uma tomada de consciênciaacerca do movimento corporal no cotidiano social. Discorreremos sobre as a es corpóreas nasociedade contemporanea e seus efeitos num contexto cultural sobre a popula o adulta, pois, vemosque desperta questionamentos profícuos para a antropologia e a sociologia. Entenderemos, em parte,com se dá a rela o do corpo com o cotidiano da popula o adulta, suas implica es no que se refereao contexto cultural na contemporaneidade e onde podemos construir os elementos necessários àreeduca o do movimento.
SANTIAGO, COMPETITIVIDADE NA REDE MUNDIAL DE CIDADES - ELEMENTOS PARA UMA ANáLISE CRíTICA Santiago, competitiveness in the global cities network - elements for a critical analysis Santiago, competitividad en la red mundial de ciudades - elementos para un análisis crítico  [cached]
Carlos A. de Mattos
Revista Paranaense de Desenvolvimento , 2011,
Abstract: Português Com a dinamica econ mica globalizada, a competitividade, pautada no aumento da atratividadedos lugares, converteu-se em um instrumento estratégico para impulsionar o crescimentoecon mico de países, regi es, cidades e empresas; evidentemente, trata-se de uma nova maneirade encarar a gest o. Uma nova geografia, estruturada em torno de uma rede mundial decidades transfronteri as se imp s nesse contexto. Neste artigo, a partir da análise de Santiago,procura-se responder: Quais s o os condicionantes básicos da competitividade de um lugar oucidade, determinada pela competitividade de seu respectivo ambito nacional? Como se localizaSantiago nesta dinamica? Para isso, o artigo revisa dois estudos da competitividade urbana decobertura mundial que a incluíram na lista de cidades a avaliar: os realizados por Master Carde por Mercer Human Resource Consulting. Analisam-se as dimens es da atratividade das cidadescomo lugares para realiza o de negócios e a qualidade de vida que cada uma delas podeoferecer a trabalhadores globais que devem expatriar-se em fun o das estratégias de expans oterritorial das empresas das que s o funcionários. à luz das análises, é possível propor algumasconclus es de caráter geral sobre os alcances e limita es das estratégias e políticas decompetitividade urbana, e se coloca em discus o certos aspectos relacionados com a situa o,os alcances e as perspectivas de Santiago no ambito da competitividade entre cidades, tratandoao mesmo tempo de mostrar alguns dos impactos que os avan os realizados nesta dire otiveram nesta aglomera o urbana.English The globalized economic dynamics converted competitivity, guided by locational attractiveness,into a strategic element for economic growth of countries, regions, cities and corporations;evidently, it is a new manner of administration. In this context, a new geography has imposeditself, structured around a global network of cross-border cities. Based on the analysis of thecity of Santiago, this article tries to answer: Which are the basic competitivity conditions fora place or city, determined by the national spectrum? How is Santiago situated in thisdynamic? To this intent, the article examines two globally scaled urban competitivenessstudies, that included Santiago as one the avaliated cities, conducted by MasterCard andMercer Human Resource Consulting. The attractiveness of those cities was analyzed basedon their business environment and quality of life standards - a structure offered to workerswho were expatriated as consequence of their companies’s expansion strategies. In light ofth
AS INFLUêNCIAS DA FILOSOFIA NATURAL E DA NATURPHILOSOPHIE NA CONSTITUI O DO DARWINISMO: ELEMENTOS PARA UMA FILOSOFIA DA GEOGRAFIA FíSICA MODERNA  [cached]
Antonio Carlos Vitte
Boletim Goiano de Geografia , 2009,
Abstract: Esse trabalho argumenta que a teoria da evolu o de Charles Darwin sofreu forte influência da naturphilosophie de Schelling e Hegel, representando um avan o positivo nas concep es de teleologia da natureza. Fortemente influenciado pelas obras de Alexander von Humboldt, de Werner e pelas pesquisas no campo da paleontologia, a Teoria da Evolu o, concebeu a transforma o dos organismos e a sua especia o a partir determinantes geográficos e temporais. Ideologicamente influenciado por Lyell, que acreditava na hipótese da vera causa, Darwin relegou a matriz espacial e concentrou suas argumenta es nas mudan as temporais, basicamente climáticas, como determinante da evolu o. Os impactos da teoria da evolu o atingem tanto o campo da geografia física, quanto da geografia humana, influenciando fortemente na postura metodológica das pesquisas geográficas, mas chamando a aten o para a complexidade das rela es entre o espa o e tempo que est o em constante mudan a.
Elementos para uma geografia penal
Christie, Nils;
Revista de Sociologia e Política , 1999, DOI: 10.1590/S0104-44781999000200005
Abstract: neste artigo, o autor apresenta um novo ramo da criminologia, a "geografia penal", justificando-o pela análise das taxas de encarceramento na europa, na américa do norte e na américa latina. procura-se mostrar como as varia??es dessas taxas, no tempo e no espa?o, respondem antes a fatores culturais e geo-políticos do que ao nível ou à evolu??o da criminalidade nos diferentes países.
Turismo de Base Comunitária (TBC): elementos chaves para aferir seu desempenho na perspectiva da sustentabilidade  [cached]
Nathália Hallack Fabrino,Helena Araújo Costa,Elimar Pinheiro do Nascimento
Revista Brasileira de Ecoturismo , 2012,
Abstract: O turismo de base comunitária (TBC) representa uma proposta de desenvolvimento apoiada na conserva o ambiental, na valoriza o da identidade cultural e na gera o de benefícios diretos para as comunidades receptoras. O presente trabalho, por sua vez, tem como objetivo realizar uma revis o do arcabou o teórico do TBC para, ent o, identificar os elementos chaves de sua conceitua o. A partir da compila o conceitual realizada, foram identificados componentes recorrentes no entendimento do TBC, sob a ótica de diversos atores a ele relacionados: academia, governo, ongs etc. A análise destes componentes possibilitou o delineamento de 6 elementos chaves (dominialidade, interculturalidade, organiza o social, reparti o de benefícios, integra o econ mica e gest o do bem comum) a serem considerados como base para a constru o futura de indicadores capazes de aferir, à luz da sustentabilidade, o desempenho de iniciativas de TBC.
Sistema de transporte rodoviário de cargas: uma proposta para sua estrutura e elementos
Thaís Maria de Andrade Villela,Giovanna Megumi Ishida Tedesco
Transportes , 2011,
Abstract: Sistema de transporte rodoviário de cargas: uma proposta para sua estrutura e elementos
Elementos para uma metapsicologia da interpreta o em análise  [cached]
Lo Bianco Anna Carolina
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 1999,
Abstract: Examinando a base conceitual da obra freudiana sobre a interpreta o-sonho (Traumdeutung), o trabalho procura caracterizar alguns elementos para uma metapsicologia da interpreta o psicanalítica. Conclui que da mesma maneira que o sonho, a interpreta o aponta para as vicissitudes do manejo da angústia, no sentido de facilitar as vias de express o e mobilidade do desejo.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.