oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Progresso da brusone nas folhas no plantio direto e convencional de arroz de terras altas  [cached]
Silva Gisele B. da,Prabhu Anne S.
Fitopatologia Brasileira , 2004,
Abstract: Foram estudados o progresso da brusone (Pyricularia grisea) e o conteúdo de clorofila nas folhas em experimentos de campo, com arroz (Oryza sativa) de terras altas, nos sistemas de plantio direto (PD) e convencional (PC), durante as safras de 1998/1999 e 1999/2000. As taxas aparente de infec o da brusone nas folhas na primeira safra no PC e no PD formam de b = 0,099 (r = 0,97**) e de b = 0,066(r = 0,90**), respectivamente. Na segunda safra foram de b = 0,054(r = 0,99**) no PC e no PD de b = 0,055(r = 0,99**). Entretanto as taxas de progresso da brusone nas folhas n o diferiram estatisticamente nos dois sistemas de plantio. Foi observada uma rela o linear, positiva e significativa entre conteúdo de clorofila e a severidade da brusone nas folhas.
Comportamento de somaclones de arroz derivados de híbridos da gera o F1 para resistência à brusone
Araújo Leila Garcês de,Prabhu Anne Sitarama
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2002,
Abstract: A indu o de variabilidade genética em rela o à resistência à brusone, utilizando cultura de tecidos como material, constitui uma das alternativas para a obten o de novas fontes de genes de resistência. O objetivo deste estudo foi aumentar a freqüência de variantes usando como explante panículas imaturas da gera o F1 de cruzamentos envolvendo fontes altamente suscetíveis e moderadamente resistentes à brusone como parentais. Somaclones de arroz derivados de plantas F1 dos cruzamentos Bluebelle/Araguaia e Maratelli/Basmati-370 foram avaliados, nas gera es avan adas, quanto à resistência à brusone e a algumas características agron micas. Nos testes de inocula es em casa de vegeta o, todos os somaclones, de ambos os cruzamentos, na gera o R4, apresentaram alto grau de resistência aos patótipos IB-1 e IB-9. Alguns dos somaclones mantiveram-se resistentes na gera o R5, em avalia es realizadas com alta press o de brusone. No campo, os somaclones R5 e R6 mostraram alta freqüência de varia o quanto à resistência à doen a, altura da planta, produtividade, peso e tipo de gr os. Dois somaclones derivados do cruzamento Bluebelle/Araguaia e 31 somaclones derivados do cruzamento Maratelli/Basmati-370 foram identificados como novas fontes de resistência à brusone, e podem ser utilizados no programa de melhoramento de arroz irrigado.
Resistência parcial à brusone em somaclones da cultivar de arroz CICA-8  [cached]
Araújo Leila G.,Prabhu Anne S.
Fitopatologia Brasileira , 2004,
Abstract: A obten o de novas fontes de resistência à brusone é requerimento básico para melhoramento do arroz (Oryza sativa). O objetivo do trabalho foi avaliar, para resistência à brusone, 39 somaclones da cultivar CICA-8, desenvolvidos a partir de calos de panículas imaturas. Os somaclones, nas gera es avan adas de R5 a R7, foram avaliados sob condi es naturais de infec o e em testes de inocula o artificial em casa de vegeta o, utilizando cinco isolados, pertencentes a quatro patótipos (ID-14, II-1, IB-1 e IB-45) de Pyricularia grisea. No viveiro de brusone os somaclones apresentaram diferentes rea es à doen a. Nos testes de inocula o os somaclones mostraram intera o diferencial com os isolados do patógeno. Dois isolados altamente virulentos a cinco somaclones foram selecionados para determinar a resistência parcial. N o houve intera o significativa entre genótipos e isolados para o índice de resistência parcial determinado com base no número de les es/cm2 de folha. Quatro somaclones mostraram graus significativamente maiores de resistência parcial à brusone quando comparados à cultivar parental CICA-8.
Somaclones da cultivar de arroz aromático Basmati-370 resistentes à brusone
Araújo Leila Garcês de,Prabhu Anne Sitarama
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2002,
Abstract: A cultivar de arroz aromático Basmati-370 é uma das preferidas no mercado mundial. Possui aroma agradável, gr o extra-fino, e característica de alongamento após o cozimento; porém, é suscetível a alguns patótipos de Pyricularia grisea no Brasil. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o grau de resistência à brusone, e algumas características agron micas nas gera es avan adas de seus somaclones. Foram estudadas gera es R5 a R9, no campo, em viveiro de brusone e em casa de vegeta o. N o foram observadas varia es significativas na qualidade de gr os e outras características agron micas. Entretanto, alguns somaclones apresentaram alto grau de resistência à brusone. Foram registrados no Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feij o 19 somaclones como novas fontes de arroz aromático. Dois somaclones, SCBAS04 e SBAS16, exibiram alto grau de resistência à brusone, e foram superiores à cultivar Basmati-370 quanto ao aroma.
Graus de resistência à brusone e produtividade de cultivares melhoradas de arroz de terras altas
Prabhu Anne Sitarama,Filippi Marta Cristina
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2001,
Abstract: O objetivo deste trabalho foi estudar o nível de resistência à brusone nas folhas e panículas e seu efeito sobre a produtividade de 12 cultivares de arroz, em experimento de campo, durante três anos consecutivos. O grau de resistência das cultivares à brusone nas folhas e panículas foi determinado utilizando-se o critério de área sob curva de progresso e severidade de brusone nas panículas dez dias antes de colheita, respectivamente. As cultivares Progresso, Cuiabana, Caiapó, Carajás e Araguaia, em ordem decrescente, foram as mais resistentes à brusone nas folhas. As cultivares Carajás e Progresso apresentaram severidades da brusone, nas panículas, menores do que as demais cultivares em dois anos. A produtividade das cultivares nos três anos de avalia es, que variou de 83 kg/ha na IAC 201 a 3.617 kg/ha na Rio Paraguai, é explicada principalmente pela severidade da brusone nas panículas, já que as correla es foram negativas e significativas. As ra as de Pyricularia grisea, IB-9, IB-41, IB-13 e IC-27, provenientes de 13 cultivares, apresentaram intera es diferenciais. Os resultados permitiram concluir que o grau de resistência de algumas cultivares é inadequado e necessita de outras medidas de controle.
Eficiência relativa de fontes de silício no controle de brusone nas folhas em arroz
Berni Rodrigo Fascin,Prabhu Anne Sitarama
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2003,
Abstract: A aduba o silicatada constitui uma das alternativas para diminuir o uso de fungicidas no controle da brusone em arroz. Foi realizado um experimento, durante 1999/2000 e repetido durante 2000/2001, com o objetivo de estudar a eficiência relativa de fontes de silício (Si) na redu o da severidade da brusone nas folhas da cultivar Metica-1, em área de várzea. Os tratamentos foram três fontes de Si (silicato de alto forno; serpentinito, minério rico em Si e wollastonita, um metasilicato de cálcio natural), em cinco doses (0, 0,5, 1,0, 2,0 e 4,0 Mg ha-1) sem tratamento das sementes ou com tratamento das sementes com o fungicida pyroquilon 200 g de i.a. por 100 kg. A severidade da brusone diminuiu significativamente com o aumento de doses de silício. As rela es entre a área sob curva de progresso da doen a e as doses, tanto do silicato de alto forno quanto da wollastonita, foram lineares e negativas, com ou sem tratamento de sementes, em ambos os anos do experimento. Os resultados revelam o aumento da eficiência do tratamento das sementes com fungicida na redu o da brusone nas folhas com a fertiliza o silicatada.
Variantes somaclonais da cultivar de arroz Bluebelle resistentes à brusone  [cached]
Araújo Leila Garcês de,Prabhu Anne Sitarama,Filippi Marta Cristina,Oliveira Wilson Ferreira de
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2001,
Abstract: A brusone, causada por Pyricularia grisea, constitui fator limitante da produtividade do arroz irrigado, principalmente no Estado do Tocantins. A detec o de variabilidade genética quanto à resistência à brusone em cultivares suscetíveis, como a Bluebelle, considerada uma das cultivares-padr es quanto à qualidade dos gr os, foi o principal objetivo deste trabalho. O procedimento adotado incluiu a indu o de calos provenientes de panículas imaturas, regenera o, avalia o e sele o das plantas R2 resistentes à doen a. O mesmo procedimento foi utilizado para nova indu o de calos e regenera o de plantas a partir de três plantas R2 selecionadas. Foi realizada a avalia o e a sele o de plantas resistentes nas gera es R2 e R4 em viveiro de brusone. Nos testes realizados em casa de vegeta o com três isolados coletados da cultivar Metica1, pertencentes aos patótipos IB41 e IB45 de P. grisea, todos os 47 somaclones R6 foram resistentes. Por outro lado, os somaclones apresentaram rea es diferenciais frente a cinco isolados provenientes de somaclones da cultivar Bluebelle, e resistência a um isolado proveniente da cultivar Bluebelle, enquanto a cultivar Bluebelle foi suscetível a todos os isolados. Estes resultados indicaram varia o genética no que diz respeito à resistência à brusone, na segunda fase de indu o de calos e na regenera o de plantas. Dos 47 somaclones R6, 22 apresentaram alto grau de resistência vertical nos testes conduzidos nos viveiros de brusone em quatro locais, e poder o ser utilizados como novas fontes de resistência.
Associa o entre a incidência de brusone e a presen a de Pyricularia grisea nas sementes de arroz
CORNéLIO VANDA MARIA DE OLIVEIRA,SANTOS PATRíCIA GUIMAR?ES,SOARES ANT?NIO ALVES,LOPES THADEU LUIS VIEIRA
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2000,
Abstract: Este trabalho foi conduzido no Estado de Minas Gerais, em Lavras, nos anos agrícolas 1994 a 1997, e Lambari, de 1995 a 1997, onde testaram-se de 16 a 25 genótipos de arroz (Oryza sativa L.), em dois sistemas de cultivo: sequeiro tradicional e sequeiro irrigado por aspers o. O objetivo foi determinar a rela o entre a incidência de brusone na panícula no campo e a ocorrência de Pyricularia grisea nas sementes colhidas. A ocorrência da brusone foi medida por meio de uma escala de notas, e a presen a do fungo na semente, pelo método do papel de filtro. Houve correla o positiva e significativa entre os materiais nos dois sistemas de cultivo. A correla o entre a incidência de brusone e a presen a do fungo na semente n o se mostrou consistente nos ensaios avaliados.
Estimativa de danos causados pela brusone na produtividade de arroz de terras altas
Prabhu Anne Sitarama,Araújo Leila Garcês de,Faustina Cláudia,Berni Rodrigo Fascin
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2003,
Abstract: Este trabalho teve como objetivos determinar as perdas na produtividade de arroz causadas pela brusone (Pyricularia grisea) e estabelecer as rela es entre a severidade da doen a e alguns componentes de produtividade, nas condi es naturais de infec o no campo. Foram realizados dois experimentos em solos de cerrado, com e sem irriga o suplementar, com as cultivares melhoradas de arroz de terras altas (Bonan a, Canastra, Caiapó e Primavera). O método de regress o múltipla foi utilizado, incluindo severidade de brusone nas folhas e de brusone nas panículas como variáveis independentes e produtividade como variável dependente, para estimativa das perdas na produtividade. No experimento com irriga o suplementar, a severidade de brusone nas folhas n o contribuiu para varia o da produtividade. No experimento sem irriga o, a perda média na produtividade das quatro cultivares, estimada com base na equa o de regress o, foi de 59,6%, considerando as médias de 33,6% e 49,9% de brusone nas folhas e panículas, respectivamente. A perda estimada em biomassa, causada pela brusone nas folhas, foi de 28,6%. As rela es entre severidade de brusone nas panículas e a porcentagem de espiguetas vazias foram lineares e positivas e resultaram em 5,0% e 43,9% de perdas, nos experimentos com e sem irriga o, respectivamente. A brusone nas panículas reduziu a massa de 100 gr os em 5,9% no experimento irrigado e em 47,8% no experimento n o irrigado.
Resistência parcial à brusone em somaclones da cultivar de arroz CICA-8
Araújo, Leila G.;Prabhu, Anne S.;
Fitopatologia Brasileira , 2004, DOI: 10.1590/S0100-41582004000400006
Abstract: the development of rice blast resistance sources is a basic requirement for rice (oryza sativa) breeding. the main objective of this investigation was to evaluate somaclones of rice cultivar cica-8, developed from callus cultures of immature panicles for blast resistance. rice blast in 39 somaclones was assessed in the advanced generations from r5 to r7, in the blast nursery under natural conditions of infection and in greenhouse inoculation tests, using five isolates pertaining to four pathotypes (id-14, ii-1, ib-1 and ib-45) of pyricularia grisea. in the rice blast nursery, somaclones exhibited differences in disease reactions. in inoculation tests, somaclones showed differential interaction between isolates of the pathogen and genotypes. two isolates highly virulent to five somaclones including cica-8 and co 39 were selected to determine the partial resistance. there was no significant interaction between isolates and somaclones for partial resistance index, determined based on leaf lesion number per cm2. four somaclones showed significantly higher degree of partial resistance when compared with the parent cultivar cica-8.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.