oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
CHEMICAL AND FERMENTATIVE CHARACTERISTICS OF ELEPHANT GRASS ENSILED WITH INCREAS-ING LEVELS OF DENIDRATED CASHEW FRUIT BY-PRODUCT CARACTERíSTICAS QUíMICAS E FERMENTATIVAS DO CAPIM-ELEFANTE ENSILADO COM NíVEIS CRESCENTES DE SUBPRODUTO DA AGROINDúSTRIA DO CAJU  [cached]
Ana Cristina Holanda Ferreira,José Neuman Miranda Neiva,Norberto Mário Rodriguez,Warley Efrem Campos
Ciência Animal Brasileira , 2007,
Abstract: Nutritive value of silages of Elephant grass (Pen-nisetum purpureum, Schum.) mixed with 0; 3.5%; 7.0%; 10.5% and 14.0 % of dehydrated by product from juice industry of cashew fruit (Anacardium occidentale, L) (DBC) was determined. A randomized design was used with four replicates. Silages were opened after 65 days and samples taken for analysis of dry matter (DM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), hemicellulose HCEL), cellulose (CEL), lig-nin (LIG), crude energy (CE), ash, neutral detergent inso-luble nitrogen (NDIN) and acid detergent insoluble nitro-gen (ADIN). Were also analyzed, pH, ammonia nitrogen and organic acids (lactic, acetic, butyric and propionic). Regarding fermentative parameters, there was an expected decrease in pH and the increasing levels of DBC did not affect the concentrations of N-NH3/NT and organic acids. It is concluded that dehydrated cashew by product can be ensiled along with Elephant grass without altering its fer-mentative characteristics. On the other side, the increased cell walls and ADIN contents of the silage may affect its nutritional value. Key-words: Cashew byproducts, nutritive value, tropical grass. O trabalho foi desenvolvido com o objetivo de se avaliar o valor nutritivo das silagens de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) com adi o de 0%; 3,5%; 7%; 10,% e 14% do subproduto do pseudofruto do caju (Anacardium occidentale, L.) desidratado (subproduto da agroindústria do suco de caju). Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repeti es. Após 65 dias, os silos foram abertos e coletadas amostras para determina o dos teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), hemicelulose (HCEL), celulose (CEL), lignina (LIG), energia bruta (EB), cinzas, nitrogênio insolúvel em detergente neutro (NIDN) e nitrogênio insolúvel em detergente ácido (NIDA). Para avaliar as características fermentativas das silagens, determinaram-se os valores de pH e os teores de nitrogênio amoniacal (% do nitrogênio total) e dos ácidos lático, acético, butírico e propi nico. A adi o do subproduto do pseudofruto do caju desidratado (SPCD) acarretou o aumento dos teores de MS, PB, FDA, LIG, NIDN e NIDA. Para os parametros fermentativos, observou-se redu o dos valores de pH, porém n o se registrou influência dos níveis de adi o do SPCD sobre os teores de N-NH3/NT e ácidos organicos. Conclui-se que o subproduto do pseudofruto do caju desidratado pode ser ensilado com o capim-elefante, sem comprometer as
Chemical composition and ruminal kinetic of neutral detergent fiber of corn and sorghum silages/ Composi o bromatológica e cinética ruminal da fibra em detergente neutro de silagens de milho e sorgo  [cached]
Elzania Sales Pereira,Alex Martins Varela de Arruda,Ivone Yurika Mizubuti,Fernanda Barros Moreira
Semina : Ciências Agrárias , 2007,
Abstract: The aim of this work was to evaluate the chemical composition and neutral detergent fiber (NDF) degradation of corn and sorghum silages with different percentages of corn cob and panicles, as the following treatments: corn silage with 0% of corn cob; corn silage with 25% of corn cob; corn silage with 50% of corn cob; corn silage with 75% of corn cob; sorghum silage with 0% of panicle; sorghum silage with 30% of panicle; sorghum silage with 60% of panicle; sorghum silage with 90% of panicle. The treatment effect on the NDF in situ degradation was evaluated by the nylon bag technique, using four Holandês-Zebu crossbreed steers, fitted with a ruminal cannula. Dry matter (DM) content of the sorghum silage increased progressively with to addition of 0, 30, 60 and 90% of panicles, presenting 18.37, 35.20, 42.80 and 59.85% of DM, respectively. Similar behavior was observed with the corn silages with values of 19.36; 24.48; 30.96 and 38.48% of DM for treatments with addition of 0, 25, 50 and 75% of corn cob, respectively. The highest content of crude protein (CP) of the sorghum silage were reached in the treatments with 60% (9,39%) and 90% (9,93%) of panicles. The NDF values of sorghum and corn silages decreased with the increase of panicle and corn cob in the sorghum and corn silages, respectively. The estimated NDF effective degradability, considering a passage rate of 5%/h, of the corn silages were 60.28 (0% of corn cob addition); 58.18 (25% of corn cob addition); 55.30 (50% of corn cob addition); 54.00 (75% of corn cob addition) % and for the sorghum silages, 58.22 (0% of panicle addition); 50.01 (30% of panicle addition); 51.51 (60% of panicle addition) and 45.25 (90% of panicle addition) %. The use of 90% of panicle and 75% of corn cob promoted lowest NDF degradation of sorghum and corn silages, respectively. O objetivo deste trabalho foi determinar a composi o bromatológica e a degrada o da fibra em detergente neutro (FDN) de silagens de milho e sorgo com diferentes porcentagens de espigas e panículas, conforme os seguintes tratamentos: silagem de milho com 0% de espiga; silagem de milho com 25% de espiga; silagem de milho com 50% de espiga; silagem de milho com 75% de espiga; silagem de sorgo com 0% de panícula; silagem de sorgo com 30% de panícula; silagem de sorgo com 60% de panícula ; silagem de sorgo com 90% de panícula. O efeito dos tratamentos sobre a degrada o in situ da fibra em detergente neutro foi avaliado pela técnica de sacos de náilon, usando quatro novilhos machos mesti os Holandês - Zebu fistulados no rúmen. Os teores de matéria seca (
Carbohydrate and nitrogen fractions and ruminal kinetics of dry matter and neutral detergent fiber of Tifton 85 grass (Cynodon spp.) silages/ Fra es nitrogenadas e de carboidratos e cinética ruminal da matéria seca e fibra em detergente neutro de silagens de Tifton 85 (Cynodon spp.)  [cached]
Elzania Sales Pereira,Alex Martins Varela de Arruda,Ivone Yurika Mizubuti,Maria Andréa Borges Cavalcante
Semina : Ciências Agrárias , 2007,
Abstract: It was determined the nitrogen and carbohydrate fractions and dry matter (DM), and neutral detergent fiber (NDF) degradation kinetics in five silages prepared with Tifton 85 grass forage: exclusive Tifton 85, Tifton 85 silage added of corn industrial residue, Tifton 85 silage added of corn meal, Tifton 85 silage inoculated with lactobacillus and Tifton 85 silage pré-dry. The values of total carbohydrates varied from 66.32 to 73.12%, the B2 fraction varied from 35.09 a 52.27 %; and non-structural carbohydrates varied from 8.61 to 38.03%. The values obtained for the protein fractions varied from 68.08 to 82.70% for A fraction; from 1.14 to 2.97% for the B1 fraction; from 7.46 to 13.71% for the B2 fraction; from 6.09 to 12.60% for the B3 fraction; and from 0.36 to 6.71% for the C fraction. The values of effective degradability of dry matter varied from 46.93 to 63.49% for the DM, and from 33.47 to 37.84% for the NDF. The corn industrial residue and corn meal used for silage production favored the effective degradation of DM and NDF, and offered highest energy readiness for ruminal microorganisms. Avaliaram-se as fra es nitrogenadas e de carboidratos e os parametros cinéticos de degrada o da matéria seca (MS) e fibra em detergente neutro (FDN) de cinco silagens produzidas com Tifton 85: Tifton 85 exclusivo; Tifton 85 adicionado de resíduo de beneficiamento de milho; Tifton 85 adicionado de fubá de milho; Tifton 85 inoculado com Lactobacillus e Tifton 85 pré-seco. Os carboidratos totais variaram de 66,32 a 73,12%; a fra o B2 de 35,09 a 52,27 %; e os carboidratos n o estruturais de 8,61 a 38,03%. Os valores obtidos para as fra es protéicas variaram de 68,08 a 82,70% para a fra o A; de 1,14 a 2,97% para a fra o B1; de 7,46 a 13,71% para a fra o B2; de 6,09 a 12,60% para a fra o B3; e de 0,36 a 6,71% para a fra o C. Os valores de degrada o efetiva variaram de 46,93 a 63,49% para MS; e de 33,47 a 37,84% para FDN. A utiliza o de resíduos de beneficiamento de milho e fubá de milho para produ o de silagens favoreceu a degrada o efetiva da MS e FDN, proporcionando maior disponibilidade energética para microbiota ruminal.
Consumo de fibra em detergente neutro por bovinos em confinamento  [cached]
Detmann Edenio,Queiroz Augusto César de,Cecon Paulo Roberto,Zervoudakis Joanis Tilemahos
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: Objetivou-se avaliar o consumo de fibra em detergente neutro (FDN) por bovinos em confinamento e os principais fatores que influenciam esta variável, correlacionado-a ao consumo de matéria seca (MS) total. Foram avaliados dados publicados na Revista da Sociedade Brasileira de Zootecnia e Revista Brasileira de Zootecnia, no período de 1991 e 2000, totalizando 45 trabalhos científicos e 181 médias de tratamentos. O nível de nutrientes digestíveis totais mostrou-se negativamente correlacionado ao nível de FDN nas dietas (r = -0,6006; P<0,01). A concentra o de carboidratos n o-fibrosos influenciou de forma negativa a digestibilidade da FDN (DFDN) (r = -0,1631; P<0,09); contudo, nenhum procedimento estatístico empregado permitiu detectar efeitos da DFDN sobre o consumo de MS total (P>0,10). A descri o da rela o entre consumo de MS e nível de FDN na dieta foi realizada de forma bifásica, buscando similaridade às curvas propostas por um modelo estático de predi o do consumo. A interse o das curvas projetou consumo de FDN (CFDN) de 11,93 g/kg PV. No entanto, a avalia o dos CFDN estimados durante a fase atribuída aos controladores físicos do consumo mostrou inconstancia, gerando divergência entre os pontos de consumo máximo de MS e FDN, indicando ser a transi o entre os mecanismos físicos e fisiológicos, possivelmente, determinada por um intervalo com intera o entre mecanismos. A avalia o do CFDN em fun o do nível de volumosos nas dietas mostrou perfis estáveis em concentra es superiores a 60%, sendo de 13,53 g/kg PV no intervalo de 80 a 100%. Possíveis intera es com a fra o indigestível da FDN podem ditar a plasticidade do limite diário de CFDN.
Influ ancia do branqueamento nas caracter -sticas f -sico qu -micas e sensoriais do abacaxi desidratado
In uence of blanching on physicochemical and sensorial characteristics of dehydrated pineapple

S. S. GON??ALVES,J. S. ANDRADE,R. S. SOUZA
Alimentos e Nutri??o , 2011,
Abstract: No Amazonas, o abacaxi vem se destacando entre os Arranjos Produtivos Locais, por m, a produ § £o crescente e a incapacidade do mercado em absorv a-lo assim como a alta perecibilidade do abacaxi in natura contribuem para o baixo pre §o do fruto no per -odo de safra. Neste caso, h necessidade local de industrializa § £o do produto mediante m todos apropriados para a regi £o. Este trabalho objetivou avaliar as caracter -sticas f -sicas e qu -micas do abacaxi e o efeito do branqueamento no fruto desidratado, a m de investigar tecnologia para o abacaxi a€ P rolaa€ produzido no Amazonas. Frutos provenientes de Novo Remanso foram lavados, sanitizados, descascados, fatiados e as fatias submetidas (exceto controle) ao branqueamento (3 minutos em gua a 96 oC), desidratadas em estufa a 65 oC, com circula § £o de ar, avaliadas quanto a composi § £o qu -mica, atividade de gua, colora § £o, textura e an lise sensorial. Os frutos pesaram em m dia 1,6kg, apresentaram umidade de 84%, acidez de 0,54%, teor de s 3lidos sol oveis de 14 oBrix e rela § £o Brix/Acidez igual a 25,9. O abacaxi desidratado apresentou diferen §as signi cativas para a maioria dos constituintes, exceto bras, carotenoides e umidade. Branqueados e n £o branqueados apresentaram, respectivamente, 13,74 e 13,20% de umidade, 0,59 e 0,66 de atividade de gua e 189,2 e 279,88g/kgf de textura. Diferen §as na luminosidade e cromacidade foram observadas entre branqueado (L*43,73; a*3,65; b*18,21) e n £o branqueado (L*29,78; a*2,94; b*8,70). Sem diferen §as signi cativas na an lise sensorial o branqueamento pode ser dispens vel na produ § £o do abacaxi desidratado a partir de frutos provenientes do Amazonas.
Avalia o da determina o da fibra em detergente neutro e da fibra em detergente ácido pelo sistema ANKOM  [cached]
Berchielli Telma Teresinha,Sader Ana Paula de Oliveira,Tonani Flávia Lucyla,Paziani Solidete de Fátima
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O objetivo do trabalho foi comparar os valores de fibra em detergente neutro (FDN) e os de fibra em detergente ácido (FDA) obtidos com o equipamento ANKOM e pelo método convencional (Van Soest). No primeiro ensaio foram analisados cinco materiais diferentes (cana-de-a úcar, capim-braquiária, silagem de milho, polpa cítrica e fezes bovina) e testados quatro tipos de saquinhos para filtragem de amostra. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em um fatorial 5x4 (cinco materiais diferentes e quatro tipos de saquinhos de filtragem), com três repeti es. As médias obtidas foram comparadas àquelas obtidas com método convencional. No segundo ensaio procurou-se avaliar o efeito da quantidade de amostra por saquinho (0,5; 0,8 e 1,0 g) sobre os teores de FDN e FDA em três tipos de alimentos, utilizando o ANKOM. Neste ensaio, o delineamento experimental foi em blocos casualizados em esquema fatorial 3x3 (três alimentos x três quantidades), com três repeti es. Os tipos de saquinhos de filtragem utilizados n o influenciaram os teores de FDN nos diferentes alimentos, com exce o das fezes, cujos saquinhos de náilon resultaram em concentra es de FDN inferiores. N o houve diferen a entre os valores de FDN e FDA, obtidos pelo equipamento ANKOM ou pelo convencional, para os alimentos estudados, com exce o da polpa cítrica, cujo valor médio de FDA pelo ANKOM foi inferior àquele obtido pelo método convencional. A quantidade n o exerceu efeito sobre a concentra o de FDN dos alimentos analisados no equipamento ANKOM.
Degradabilidade ruminal in situ da matéria seca e da fibra em detergente neutro em silagens de híbridos de sorgo colhidos em diferentes épocas  [cached]
Tonani F.L.,Ruggieri A.C.,Queiroz A.C.,Andrade P.
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 2001,
Abstract: O objetivo deste trabalho foi o de avaliar o efeito das silagens de três híbridos de sorgo: granífero (Conti-Silo, de porte baixo), duplo propósito (Conti-Silo-03, de porte médio) e forrageiro (547-F, de porte alto) e de três épocas distintas (aos 105, 112 e 119 dias após a semeadura) sobre a degradabilidade in situ da matéria seca (MS) e da fibra em detergente neutro (FDN). Foram utilizados três bovinos adultos mesti os fistulados no rúmem, distribuídos em um delineamento experimental em parcelas subdivididas, com três tempos de incuba o (6, 24, 96 horas). Houve diferen a (P<0,05) nas fra es de desaparecimento da MS e de FDN após 6, 24 e 96 horas de incuba o ruminal entre as diferentes silagens. Quanto à época de colheita, a diferen a na degrada o de MS foi observada após 96 horas de incuba o, destacando-se a variedade de duplo propósito, superior nos três diferentes cortes. Com a matura o, observou-se tendência de aumento na fra o degradável da MS, porém esse efeito foi menos evidente nas silagens de sorgo forrageiro. Para a FDN n o houve diferen a (P<0,05) entre silagens em nenhum dos tempos de incuba o.
Comportamento ingestivo de cordeiros alimentados com dietas contendo diferentes níveis de fibra em detergente neutro  [cached]
Cardoso Adriano Ramos,Carvalho Sérgio,Galvani Diego Barcelos,Pires Cléber Cassol
Ciência Rural , 2006,
Abstract: Avaliou-se o efeito de diferentes níveis de fibra em detergente neutro (FDN), na dieta sobre o comportamento ingestivo de cordeiros Ile de France x Texel. Foram utilizados 20 cordeiros distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, em um total de quatro tratamentos com cinco repeti es, e alimentados à vontade com dietas que continham 25%, 31%, 37% e 43% de FDN. Foi utilizada uma ra o em mistura completa de silagem de sorgo (AG 2005E) e mistura concentrada constituída por farelo de soja, gr o de milho quebrado e mistura mineral. As dietas eram isoprotéicas contendo 17% de PB. As dietas foram fornecidas duas vezes ao dia, às 8:00 e às 16:00 horas. O comportamento ingestivo foi determinado mediante observa o visual, ocorrido durante 24 horas, a intervalos de 5 minutos, para se determinar o tempo despendido em alimenta o, rumina o e ócio. O aumento do teor de fibra na ra o n o influenciou significativamente (P>0,05) os tempos despendidos em alimenta o, rumina o, ócio e tempo de mastiga o total. Houve efeito linear crescente sobre as variáveis eficiência de alimenta o e de rumina o de FDN (P>0,05). Os ovinos confinados possuem hábito de alimenta o predominantemente diurno e de rumina o noturno.
Comportamento ingestivo de cordeiros alimentados com dietas contendo diferentes níveis de fibra em detergente neutro
Cardoso, Adriano Ramos;Carvalho, Sérgio;Galvani, Diego Barcelos;Pires, Cléber Cassol;Gasperin, Bernardo Garziera;Garcia, Renata Porto Alegre;
Ciência Rural , 2006, DOI: 10.1590/S0103-84782006000200038
Abstract: the effect of different neutral detergent fiber (ndf) levels in the diet on the ile de france x texel lambs ingestive behavior was evaluated. twenty lambs distributed in a fully randomized experimental design were used, in a total of four treatments and five repetitions, fed ad libitum with 25%, 31%, 37% and 43% ndf diets. a ration in a complete mixing in sorghum silage (ag 2005 e) and concentrate mixing of soybean meal, fragmented corn grains and mineral mixing was used. the diets were isoproteic (17% crude protein) and were given twice a day, at 8 am and 4 pm. the ingestive behavior was determined by observation, during 24 hours with 5 minutes intervals, to determine the time spent in feeding, rumination and idleness. the increase of the fiber level in the feed did not effect (p>0.05) on the time spent in feeding, rumination, idleness and total chewing time. the rumination and feeding efficiency increased linearly (p<0.05), as the dietary ndf levels increased. the feedlot sheeps have predominantly diurnal habit of feeding and nocturnal of rumination
Desempenho de leit es submetidos a diferentes níveis de substitui o da proteína do farelo de soja pela proteína do ovo desidratado = Performance of piglets submitted to different replacement levels of soybean meal protein by dehydrated egg protein
Janaína de Cássia Braga Arruda,Terezinha Domiciano Dantas Martins,José Humberto Vilar da Silva,Ludmila da Paz Gomes da Silva
Acta Scientiarum : Animal Sciences , 2008,
Abstract: Objetivou-se determinar o ganho de peso, o consumo de ra o e a convers o alimentar de suínos em fase inicial (15 a 30 kg de peso) alimentados com quatro diferentes níveis de substitui o (0, 3, 6 e 9%) da proteína do farelo de soja pela proteína do ovo desidratado. Foram utilizados 32 suínos (16 machos castrados e 16 fêmeas) em um delineamento em blocos casualizados, com quatro tratamentos e quatro repeti es cada, em que a unidade experimental foi composta por um macho e uma fêmea. Os tratamentos foram 0, 3, 6 e 9% de proteína do ovo desidratado em substitui o à proteína do farelo de soja. Os dados obtidos foram submetidos à regress o linear para os níveis de 3, 6 e 9% de ovo desidratado, e o tratamento-testemunha (0%) foi comparado com os demais aplicando o teste Dunnet a 5% de probabilidade. Os níveis de substitui o da proteína do farelo de sojapela proteína do ovo desidratado n o influenciaram as variáveis de desempenho dos animais na fase inicial, até 9%. Entretanto, avaliando a rela o custo-benefício, o tratamentocontrole foi o mais rentável. This study aimed to determine the average daily weight gain, daily feed intake and the feed conversion ratio of pigs in initialphase (15 to 30 kg of weight) fed with four different levels of substitution (0, 3, 6 and 9%) of soybean meal protein by dehydrated egg protein. Thirty-two pigs (16 castrated males and 16 females) were used in a completely randomized blocks statistical design, with fourtreatments and four repetitions each; the experimental unit was composed by a male and a female. The treatments were 0, 3, 6 and 9% of dehydrated egg protein in replacement of soybean meal protein. The data obtained were subjected to linear regression for the levels 3,6 and 9% of dehydrated egg; the witness (0%) was compared with the other treatments applying Dunnett’s test at 5% probability. The replacement levels of soybean meal protein by dehydrated egg protein did not influence the performance variables of the animals in theinitial phase, up to 9%. However, when evaluating the cost-benefit ratio, the control treatment was the most profitable one.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.