oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Ainda sobre a forma o do cidad o: é possível ensinar a ética?
Valle Lílian do
Educa??o & Sociedade , 2001,
Abstract: A forma o ética dos futuros cidad os foi o primeiro e também o mais constante sentido atribuído à a o educativa - ao menos desde que esta deixou de ser uma prática privada, exercida de forma espontanea e dispersa no cotidiano social, dando origem a institui es sociais específicas e a fazeres especializados. Ao ser inaugurado, o longo debate sobre os fins e sobre os procedimentos da educa o era essencialmente movido por interroga es em que ética e política encontravam-se fortemente entrela adas. Tornada atividade social explícita e refletida, a educa o se fez instrumento de constru o de uma nova polis - de realiza o da obra política, pela forma o ética dos futuros cidad os. Mais ainda, a tarefa de forma o ética para a cidadania deve ser associada à própria inven o da no o de escola, quer a entendamos em sua acep o mais ampla - como institui o consagrada a um tipo de educa o que transborda o ambito estritamente doméstico e que é confiada a "especialistas" -, quer a concebamos na acep o muito especial que passou a possuir na modernidade - quando à escola pública é imputada a responsabilidade quase que integral por uma forma o antes confiada ao conjunto dos cidad os.
Acesso a informa o para constru o da cidadania: o abuso sexual infantil em debate
?ngela Torma Pietro,Maria ?ngela Mattar Yunes,Deise Parula Munhoz,Ver?nica Fellipe da Lima Foes
BIBLOS : Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informa??o , 2009,
Abstract: O acesso a educa o, bem como à informa o, legitimam a cidadania ao homem, oferecendo ao indivíduo o conhecimento ou as técnicas para saída de uma situa o desfavorável, na educa o, os professores servem como agentes moderadores na manuten o da cidadania. Desenvolver um programa de atendimento aos professores no que tange à sua obriga o ético-moral em casos de violência sexual para com os seus alunos foi o principal objetivo do programa. Iniciativas como essa corroboram com a idéia que é preciso acompanhamento no preparo de recursos humanos para que os indivíduos envolvidos possam obter conhecimento da sua realidade e contexto social, sugere-se que essa iniciativa sirva como ponto de partida referente à problemática do acesso a informa o direcionada.
A constru o da cidadania no Brasil: entre Império e Primeira República  [cached]
Luciene Dal Ri
Espa?o Jurídico : Journal of Law , 2010,
Abstract: A constru o do instituto da cidadania no Brasil tem início com a independência por meio das suas delinea es no período imperial e no primeiro período republicano. Observa-se, nas constitui es brasileiras do século XIX, a presen a de elementos concernentes à cidadania: os direitos civis e os políticos. O artigo trata, ent o, de aspectos do instituto na legisla o desse período, evidenciando a importancia dos direitos políticos como elemento distintivo da cidadania. O status do estrangeiro imigrante, bem como o do escravo, é tratado em contraposi o ao de nacional-cidad o, evidenciando a política de inser o do estrangeiro e de ambiguidade em rela o ao alforriado. Palavras-chave: Cidadania. Gera es de direitos. Constitui es Brasileiras.
Educa o e cidadania: relato de uma experiência com alunos da classe de acelera o em uma escola de ensino fundamental em Brasília - DF/Education and citizenship: stories from an essay along pupils from an acceleration class of basic education in Brasilia - DF
Alane de Lucena Leal,Ana Maria Falc?o de Arag?o Sadalla,Roberta Gurgel Azzi,Ana Maria Falc?o de Arag?o Sadalla,Leny Magalh?es Mrech,Patrícia Cristina Albieri de Almeida,Sylvia Helena Souza da Silva Batista,Marilene Proen?a Rebello de Souza,Maria Silvia Pinto de Moura Librandi da Rocha,Maria Helena Melhado Stroili,Priscila Larocca,Maria Luiza Fava Lopes Camargo de Assis,Cristina de Carvalho Bar?o,Maria de Fátima Guimar?es Bueno,Andréa Varsone Carreri,Andrea Patapoff Dal Coleto,Valéria Maria Chaves de Figueir
ETD : Educa??o Temática Digital , 2007,
Abstract: O presente trabalho relata os resultados preliminares da realiza o de uma pesquisa de campo em uma escola da rede pública do DF, de uma Classe de Acelera o-CA, como base para um novo modelo da prática de ensino e da forma o da cidadania. Para tanto, desenvolveram-se oficinas com alunos da CA, utilizando-se a prática do Psicodrama Pedagógico bem como exercícios de Tai Chi Chuan. Nesses encontros, foram trabalhados elementos pertinentes ao tema Cidadania, entendido como o próprio direito à vida no sentido pleno. This paper aims reports some results of a counseling program carried out with elementary school as a basic developed under the psychodramatic approach its essence and one’s own citizenship. The paper developed workshops with students from an Acceleration Class in a Public System Elementary School. Those meetings approached to Citizenship, which was understood through broader meanings of the right to live. Keywords Constru o da cidadania --- Cidadania-Educa o --- Cidad o --- Forma o pela educa o --- Citizenship --- Education
O Conselho Municipal de Direitos da Crian a e do Adolescente como espa o de constru o de cidadania  [PDF]
Arruda, Marina Patrício de,Kocourek, Sheila
Textos & Contextos (Porto Alegre) , 2008,
Abstract: Este artigo visa contribuir na reflex o sobre os Conselhos Municipais de Direitos da Crian a e Adolescentes como espa o propício à constru o da cidadania. Nosso objetivo é mostrar que os Conselhos de Direitos sofrem de um esvaziamento e de uma retra o que diz respeito à participa o popular efetiva. O texto tem por base uma pesquisa desenvolvida junto ao Programa de Pós-Gradua o em Servi o Social, da PUCRS, e possibilitou-nos a compreens o de que a prática dos conselhos municipais reflete, de um modo geral, a trajetória brasileira de constitui o da cidadania respaldada por práticas associadas à escravid o e à passividade da popula o. Numa síntese provisória, compreendemos que a constru o da cidadania pode ser possibilitada pelos conselheiros que se disponham a repensar sua prática na condu o das reuni es e delibera es dos Conselhos Municipais, permitindo a participa o ativa da popula o.
Percep es sobre Fumo Passivo: um olhar sobre o ensino de ciências e seu comprometimento na constru o da cidadania para a saúde e qualidade de vida
Jo?o Batista Teixeira Rocha,Lilian Fenalti Salla,Angela Carine Moura Figueira,Letícia Moreira Flores Machado
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2009,
Abstract: Este estudo analisou as percep es acerca do Fumo Passivo entre estudantes de Ensino Fundamental de uma escola pública de Santa Maria (RS) com o objetivo de mensurar os conhecimentos sobre este tipo de polui o e sobre suas implica es na saúde e qualidade de vida da popula o. A amostra constou de 298 alunos das 5a, 6a, 7a e 8a séries com idades variando entre 10 e 15 anos. O instrumento utilizado para coleta de dados foi o questionário semiestruturado. A metodologia utilizada para o tratamento dos dados foi a Análise de Conteúdo. Os resultados demonstraram que a maioria dos estudantes (78,18%) associa o termo “Fumo Passivo” aos bin mios saúde/doen a e vida/ morte; 57,71% dos estudantes associam o termo ao cigarro e fuma a; porém, os dados apreendidos apontam que as percep es acerca do tema s o desencontradas e mal definidas, fato este que requer maiores investiga es. O entendimento da nocividade do Fumo Passivo para o sistema biológico requer da Educa o em Ciências alternativas no ensino que abarquem os efeitos tóxicos do mesmo sobre as células e tecidos. Dada a relevancia do Fumo Passivo enquanto agente causador de doen as, é importante que se conhe am as percep es prévias com o intuito de contribuir na implementa o de políticas socioeducativas, as quais coíbam esse tipo de polui o ambiental. é nesse sentido que a Educa o em Ciências pode contribuir para que os alunos construam uma cidadania voltada para a saúde e para a qualidade de vida. Palavras-chave: Fumo Passivo. Percep es. Educa o.
Pedagogia com ênfase em Educa o Popular: a constru o da utopía = Pedagogy course with emphasis on Popular Education: the construction of utopia  [PDF]
Abrah?o, Maria Helena Menna Barreto,Moraes, Salete Campos de,Loch, Jussara Margareth da Paula
Educa??o , 2007,
Abstract: O presente artigo aborda as inova es implementadas no processo de cria o do Curso de Pedagogia - ênfase em Educa o Popular da PUCRS. A constru o do curso se caracteriza por várias singularidades e pelo estabelecimento de um diálogo inédito entre institui es que ocupam diferentes lugares e se caracterizam por olhares e saberes próprios: duas institui es ligadas ao poder público municipal, uma universidade particular e uma entidade oriunda de movimento comunitário da cidade. Outra singularidade diz respeito à constru o e realiza o de um curso - primeiro e único no país - voltado, inteira e exclusivamente, para a forma o de educadores populares.
Educa o popular e forma o de professores: uma experiência em constru o = Popular education and teachers formation: an experience in construction  [PDF]
Grunennvaldt, Ana Carrilho Romero et al.
Educa??o , 2010,
Abstract: O presente artigo, ao apresentar a constru o de um Curso de Forma o de Professores em Ciências Naturais e Matemática do Campus Universitário de Sinop da Universidade Federal Mato Grosso/UFMT, busca compreender algumas inova es e limita es no tocante ao acesso à forma o acadêmica de jovens trabalhadores à Educa o Superior. O objetivo é estabelecer uma rela o entre a perspectiva de Educa o Popular e a forma o inicial de professores para as Ciências Naturais e a Matemática. No desenho curricular, destacam-se aspectos capazes de se identificar com a “racionalidade cosmopolita”, que, ajustandose à transi o, poderá expandir o presente e contrair o futuro. O currículo em seu desenho se distingue da organiza o dos currículos convencionais no trato que atribui à teoria e à prática, mediado pela significa o de trabalhadores que protagonizam uma situa o singular, como educandos que problematizam temas surgidos das circunstancias do seu mundo de vida, de trabalho e de escolariza o.
O planejamento das a es da escola na perspectiva da constru o da cidadania
Mariane Rodrigues Branco,Arnaldo Nogaro
Roteiro , 2010,
Abstract: Neste artigo tem-se por finalidade refletir sobre a importancia do planejamento escolar, ao mostrar conceitos, as diferentes formas de se planejar e a necessidade do planejamento participativo para a escola. Buscou-se embasamento teórico em obras de grandes autores, dos quais se podem citar Vasconcellos, Gandin, Padilha, entre outros, de suma importancia à pesquisa educacional. No texto aborda-se, em primeira instancia, o planejamento nas escolas e como é utilizado na atualidade, visando apresentar a importancia do gestor educador. Em segundo momento, apresentam-se os conceitos de planejamento, na vis o de diferentes autores, e as formas de sua existência no espa o escolar. Faz-se uma breve retomada histórica sobre as origens do planejamento; na sequência, abordam-se o planejamento e a cidadania, explicita-se a importancia de associar escola e sociedade ao trabalhar a partir da realidade dos educandos e das melhorias em suas vidas, tanto escolar quanto familiar e social. Fica a reflex o sobre a necessidade de se planejar no espa o escolar para uma melhor organiza o e estrutura o dos educadores, desenvolvendo, dessa forma, uma educa o igualitária e justa para todos, formando cidad os justos e honestos.
Cidadania, conhecimento, ciência e educa o CTS: Rumo a "novas" dimens es epistemológicas  [cached]
Maria Eduarda Vaz Moniz dos Santos
Revista iberoamericana de ciencia tecnolog?-a y sociedad , 2005,
Abstract: Numa sociedade que se baseia, cada vez mais, no uso intensivo do conhecimento e num tempo em que os discursos da pós-modernidade se centram na desconstru o da cidadania liberal e potenciam a constru o de "novas" dimens es da cidadania, está a emergir uma nova matriz social e tecnológica da ciência, em ruptura com o paradigma positivista em que se tem apoiado a ciência e a cidadania modernas. Quando a tecnociência se tornou objecto de conflito social e de debate político e quando "civilizar" a ciência e "cientifizar" a cidadania s o condi es para potenciar uma ciência menos arrogante e uma cidadania mais democrática, a educa o CTS emerge como uma esperan a. A constru o de uma cidadania cultural, crítica e activa requer, como estratégia epistemológica, conceptualiza es e racionalidades CTS que, face a uma potente for a cognitiva - a solidariedade de saberes, reposiciona o ser através do saber. In a society increasingly based on the intensive use of knowledge and at a time when the post-modern discourse focuses on the de-construction of liberal citizenship and favors the construction of "new" dimensions of citizenship, a new social, technological matrix of science is surfacing, cutting with the positivist paradigm that has underlain modern science and citizenship. When techno-science has become the object of social conflict and political debate and when "civilizing" science and "scientifying" citizenship are conditions for promoting a less arrogant science and a more democratic citizenship, STS education arises as a hope. The construction of a cultural, critical and active citizenship requires as its epistemological strategy STS conceptualizations and rationalities that, before a potent cognitive force - the solidarity of knowledge - repositions being through knowing.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.