oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Percep??o de risco: maneiras de pensar e agir no manejo de agrotóxicos
Fonseca,Maria das Gra?as Uchoa; Peres,Frederico; Firmo,Josélia Oliveira Araújo; Uch?a,Elizabeth;
Ciência & Saúde Coletiva , 2007, DOI: 10.1590/S1413-81232007000100009
Abstract: the object of this study was to identify context elements that have an influence on pesticide use, related perceptions, and actions in flower production. the study was carried out in barbacena, minas gerais state. the method used was based on an anthropological fast diagnosis approach inspired on the signs, meanings and actions model and on the analysis of semi-structured interviews with 20 workers from four different flower-growing fields. the field data analysis indicates that these workers face two realities: the need for pesticides and suffering generated by pesticide management. furthermore, there is clearly no direct relation between risk awareness and the effective hazards associated with pesticides. this gap is filled by beliefs which are at the basis of their actions. these beliefs reinterpret information and risk, influence behavior, and make it possible for these workers to move between these two paradoxical realities and pesticide. attributing new meanings to pesticide management risks, however, may imply in positively valuing potentially harmful behaviors.
Do sedentarismo ao nomadismo: interven es para se pensar e agir de outros modos na educa o / From sedentarism to nomadism: some interventions to think and act differently in education  [cached]
Alexandre Filordi de Carvalho,Sílvio Gallo
ETD : Educa??o Temática Digital , 2010,
Abstract: Com o intuito de diagnosticar o que se denomina de representa o sedentária na educa o, por intermédio do pensamento de Foucault, o artigo analisa a pastoral crist como diagnóstico da presen a da arte de conduzir no campo da educa o. Destaca a heran a do controle nas condi es de constitui o de subjetividades, na fixa o de significa es dominantes e na regula o de a es independentes como estratégias responsáveis por condicionar o “fazer pensar” na educa o a um conjunto de estruturas fixas. A partir daí, tendo por base o pensamento de Deleuze e Guattari, busca-se pensar a educa o como experiência, espa o e movimento para além das estruturas sedentárias de representa o, visando um tipo de nomadismo como interven o para se pensar e agir de outros modos na educa o. Abstract Intending to diagnose what is called sedentary representation in Education, through Foucault’s thought, this article examines the Christian pastoral as a diagnosis of the art of conduction in the field of Education. At same time, it highlights the legacy of control in terms of subjectivity constitution, by fixing dominant significations and in the regulation of independent action as well as the strategies responsible to making condicioned "the thinking" in education in a frame of fixed structures. Thereafter, based on the thought of Deleuze and Guattari, the article tries to think the education as experience, space and movement beyond the sedentary structures of representation, seeking for a kind of nomadism as an intervention to think and act in other ways Education.
Thinking of socioeconomics addressed to organizations: a comparative study between an incipient brazilian experience and a demonstrative chilean project Para pensar a socioeconomia das organiza es: estudo comparativo de uma experiência incipiente brasileira com um projeto demonstrativo chileno  [cached]
Carlos Alberto Cioce Sampaio,Ivan Sidney Dallabrida,Valdino Pellin
Revista Paranaense de Desenvolvimento , 2005,
Abstract: How to transit between utilitarian economic actions and other actions that have to do with a different type of economics or socio-economy? The answer lies in building a theory that enables thinking of socioeconomics within organizations. The objective is to demonstrate this theory in practice by comparing an incipient Brazilian experience to a demonstrative Chilean project. The experiences took into consideration the following similarities: the creation of cooperatives as work and income generation alternatives; care addressed to local historical-cultural traditions; and, effort to establish a rural-urban spatial sustainability. While the Brazilian experience was based in an isolated local organization supported by the municipal government, the Chilean experience was built within a network of social movements based in the Fair Trade concept A pergunta que se faz neste artigo é: como transitar entre o agir utilitarista econ mico e o agir sensível à Outra Economia ou à Socioeconomia? Neste sentido, objetiva-se propor um construto teórico para se pensar a socioeconomia das organiza es e visualizá-la na prática quando se compara uma experiência incipiente brasileira com um projeto demonstrativo chileno. Entre as experiências destacaram-se as seguintes semelhan as: cria o de cooperativas como alternativa geradora de trabalho e renda; preocupa o com a preserva o das tradi es histórico-culturais locais; e tentativa de estabelecer uma sustentabilidade espacial rural-urbana. Enquanto a experiência brasileira constitui-se numa organiza o isolada de ambito local com apoio governamental municipal, a experiência chilena vale-se da rede formada por movimentos sociais a partir da concep o do Comércio Justo
Cenários, espa os e linguagens: uma nova agenda para pensar-conhecer-agir sobre percursos de forma o na sociedade da aprendizagem Escenarios, espacios y lenguajes: una nueva agenda para pensar-conocer-actuar sobre las vías de formación en la sociedad  [cached]
Mirian de Albuquerque Aquino
Informa??o & Informa??o , 2012,
Abstract: Introdu o: Diferentes cenários, espa os e linguagens norteiam os percursos de forma o de aprendentes. Trata-se de um novo tempo, redesenhado a partir da lógica de reestrutura o do capitalismo informacional e suas imbrica es com a globaliza o e tecnologias intelectuais. Objetivo: Discute a problemática do percurso de forma o nas novas configura es da sociedade da aprendizagem. Metodologia: Reflex o sobre o percurso de forma o para pensar-conhecer-agir sobre a informa o, nas institui es de ensino superior, com base em novas abordagens teóricas. Resultados: Exige-se uma atitude crítica, reflexiva e colaborativa em constante intera o como parte das condi es prioritárias para os indivíduos se adaptarem aos contextos de aprendizagens. Temos de nos apropriar de novas habilidades e competências como eixos importantes para o percurso da forma o, pois é a condi o fundamental para os indivíduos imergirem na era das redes de informa o e construírem o conhecimento. Conclus es: Os indivíduos necessitam situar-se como ensinantes e aprendentes para pensar-conhecer-agir sobre a informa o e produzir conhecimento, quando as regras para forma o humana s o bem mais exigentes.
Consciência moral e agir comunicativo  [cached]
Rosane da Concei??o Pereira
Ciberlegenda , 2011,
Abstract: HABERMAS, Jürgen. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989.
Instaurando maneiras de ser, conhecer e interpretar  [cached]
Stephanou Maria
Revista Brasileira de História , 1998,
Abstract: O artigo prop e a discuss o e a problematiza o do tema "currículo e história". Na primeira parte explicita os fundamentos propostos para a abordagem, as concep es de currículo e história. Na segunda, privilegia as indica es de autores e a experiência pessoal para: a) caracterizar o que têm sido os currículos e o ensino de história, particularmente no ensino fundamental, comentan-do suas implica es; b) examinar alternativas e encaminhamentos propostos pelos debates da atualidade. Sugere que a aprendizagem de conteúdos históricos na escola, para além da mera aquisi o de informa es, implica a produ o ativa de subjetividades, ou maneiras de ser, conhecer e interpretar o mundo e a si próprio.
Início e fim do século XX: maneiras de fazer educa o física na escola  [cached]
Vago Tarcísio Mauro
Cadernos CEDES , 1999,
Abstract: Neste texto problematiza-se o enraizamento escolar da educa o física, cotejando-se dois momentos históricos importantes da educa o: um em Minas Gerais (a reforma do ensino de 1906) e o outro no Brasil (os novos ordenamentos legais). Ancorado em procedimentos da história cultural da educa o, indica-se que a educa o física, no princípio do século XX, foi inicialmente representada como recurso de regenera o da ra a e de prepara o para o trabalho, contribuindo para o projeto social republicano. Ao final do século, novas maneiras de representar a educa o e a sociedade colocam desafios para a permanência da educa o física nas práticas escolares, e neste artigo defende-se sua inser o como área do conhecimento responsável pela escolariza o da cultura corporal de movimento.
PROJETO EDUCATIVO ESCOLAR  [cached]
Fabio Perboni
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2013,
Abstract: Resenha livre da obra SANTOS FILHO, José Camilo dos (Org.). Projeto educativo escolar. Petrópolis: Vozes, 2012.
Projeto Bambuí: fatores associados ao conhecimento da condi o de hipertenso entre idosos  [cached]
Firmo Josélia Oliveira Araújo,Uch?a Elizabeth,Lima-Costa Maria Fernanda
Cadernos de Saúde Pública , 2004,
Abstract: O objetivo deste estudo foi determinar os fatores associados ao conhecimento da condi o de hipertenso entre idosos residentes na comunidade. Foram selecionados todos os 919 idosos (> 60 anos) hipertensos participantes da linha de base da coorte de Bambuí, Minas Gerais, Brasil. Destes, somente 76,6% sabiam ser hipertensos. As seguintes variáveis apresentaram associa es positivas e independentes com saber ser hipertenso: sexo feminino (OR = 2,04; 145-2,87), percep o da saúde como ruim/muito ruim (OR = 1,93; 1,16-3,20), tentativa de perder peso nos últimos 12 meses (OR = 1,86; 1,14-3,04), número de consultas médicas neste período (1-3: OR = 2,14, 1,34-3,41; > 4: OR = 2,23, 1,76-5,03) e menor tempo decorrido após a última medida da press o arterial (OR = 2,97, 1,69-4,93). Associa o negativa foi encontrada para faixa etária > 80 anos (OR = 0,40, 0,24-0,68). Estes resultados chamam a aten o para a importancia: (1) do acesso dos idosos aos servi os de saúde para que a sua condi o de hipertenso possa ser diagnosticada e tratada e (2) da informa o prestada por este servi o ao idoso para que este, sabendo ser hipertenso, possa aderir satisfatoriamente ao tratamento.
Resistência, inova??o e clínica no pensar e no agir de Nise da Silveira
Castro, Eliane Dias de;Lima, Elizabeth Maria Freire de Araújo;
Interface - Comunica??o, Saúde, Educa??o , 2007, DOI: 10.1590/S1414-32832007000200017
Abstract: in the 40s, hegemonic psychiatry in brazil turned to scientific and technological innovations and the consolidation of an organic vision of mental illness. within this context, nise da silveira researched the development of clinical practice in the field of occupational therapy and analyzed results with an open mind. she organized and cared for the arenas and time required for developing the creative capacities, experimentation and artistic learning of the mentally ill. the high number and quality of the drawings and paintings produced in her studios have triggered intense scientific and artistic interest. her work changed the monotonous and repetitive activities conducted within the framework of a mental hospital, bringing them closer to patients' actual needs and creating new possibilities of activity and participation in the world. her work is a benchmark reference for current practices in occupational therapy. art, culture and madness acquired new meanings after her.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.