oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Desenvolvimento sustentável como uma forma de mitigar o impacto negativo da globaliza o nas comunidades locais  [PDF]
Bonder, Cintia
Textos & Contextos (Porto Alegre) , 2003,
Abstract: Este artigo tem por objetivo mostrar alguns impactos da globaliza o nas comunidades locais e como o desenvolvimento sustentável pode trabalhar estes impactos. Para tanto, apresenta alguns conceitos de globaliza o e suas correntes de pensamento; trata de discutir o desenvolvimento sustentável e a globaliza o; e por fim, discute o impacto da globaliza o nas comunidades locais e como minimizá-los.
O desafio das doen as emergentes e a revaloriza o da epidemiologia descritiva  [cached]
Barata Rita de Cássia Barradas
Revista de Saúde Pública , 1997,
Abstract: Este artigo trata das doen as emergentes e re-emergentes apresentando seu conceito, as principais ocorrências nos últimos 25 anos, e os determinantes dessas ocorrências. Trata também da epidemiologia descritiva e sua utiliza o na investiga o desses problemas de saúde apontando a importancia de sua recupera o pelos epidemiologistas. Finalmente, s o mencionados os desafios que as doen as emergentes colocam para a prática em saúde coletiva e também para o desenvolvimento metodológico da epidemiologia descritiva.
Doen as Emergentes: uma Análise Sobre a Rela o do Homem com o seu Ambiente  [cached]
Jair Antonio de Carvalho,Sandra Regina Farias Teixeira,Márcio Pedrote de Carvalho,Valéria Vieira
Revista Práxis , 2009,
Abstract: Trabalho com o objetivo oportunizar discuss o sobre as doen as emergentes e reemergentes e suas rela es com as quest es ambientais. Justificando-se pela necessidade de trazer à tona discuss es sobre as doen as emergentes e os fatores que as oportunizaram, o mesmo raciocínio se aplica às doen as reemergentes. Doen as emergentes s o doen as que vêm surgindo nos últimos anos ou que já existiam e que vem aumentando sua incidência, ultimamente. O Brasil possui uma grande variedade de ecossistemas, envolvendo tanto da fauna quanto da flora, estando este, sujeito à degrada o em fun o de “grileiros” na busca de riqueza fácil e rápida. Ao tratar de doen as infecciosas emergentes e reemergentes, verificam-se dois focos de aten o: o surgimento ou identifica o de novos problemas de saúde e novos agentes infecciosos. A rapidez dos meios de transporte leva estes agentes espalharem-se de um continente para outro. Medidas preventivas devem ser tomadas a fim de evitar o aparecimento de novas doen as e o reaparecimento das tidas como erradicadas. Medidas educacionais devem ser aplicadas, a fim de minimizar, se n o erradicar o problema das doen as emergentes e reemergentes, garantindo assim uma melhor qualidade de vida
Vigilancia de óbitos infantis em sistemas locais de saúde: avalia o da autópsia verbal e das informa es de agentes de saúde  [cached]
Barrêto Ivana C. H. C.,Pontes Lígia Kerr,Corrêa Luciano
Revista Panamericana de Salud Pública , 2000,
Abstract: Conhecer os eventos vitais de uma popula o é de fundamental importancia para combater a morbimortalidade e melhorar as condi es de vida. Contudo, no Brasil, os sistemas de informa o de saúde têm-se mostrado ineficientes. No presente estudo, realizado em três municípios do Estado do Ceará (Quixadá, Icapuí e Jucás), com boa cobertura de servi os de aten o primária à saúde, foram investigados, através de um instrumento epidemiológico denominado autópsia verbal, 215 óbitos de crian as menores de 1 ano de idade, representando 90% do total dos óbitos em 1993 e 1994. Foram averiguadas as características socioecon micas, cuidados e higiene, estado nutricional, o processo de doen a, assistência e morte, a causa básica do óbito e o funcionamento do sistema de informa o sobre mortalidade e do sistema de informa o de agentes de saúde. Segundo a autópsia verbal, 39% dos óbitos tiveram como causa básica a diarréia, seguida da prematuridade (17%) e infec o respiratória aguda (10%); 49% das crian as morreram no domicílio, embora 79% das famílias tenham procurado os servi os de saúde no decorrer da doen a fatal, sugerindo uma baixa efetividade na identifica o e no tratamento de lactentes com doen as graves. Em 84% dos casos, a família procurou a rezadeira. Os agentes de saúde foram procurados em 29% dos casos, embora tenham notificado 78% dos óbitos investigados. A concordancia estatística entre diagnóstico dos agentes de saúde para a causa básica do óbito e autópsia verbal foi boa para a diarréia, regular para outras causas, e fraca para a infec o respiratória aguda. A incorpora o da autópsia verbal à rotina dos servi os de aten o primária à saúde do Estado propiciaria informa es valiosas para as equipes locais de saúde e geraria uma consciência crítica que favorece a redu o da mortalidade infantil.
Doen as infecciosas emergentes no reino da complexidade: implica es para as políticas científicas e tecnológicas  [cached]
Marques Marília B.
Cadernos de Saúde Pública , 1995,
Abstract: A atual emergência e reemergência de algumas doen as infecciosas ultrapassa fronteiras nacionais, afetando cada vez mais países desenvolvidos e em desenvolvimento. Este estudo alienta que a dissemina o global de novas doen as infecciosas está afetando a previsibilidade implícita nos enfoques dominantes da transi o em saúde. Este trabalho analisa, do ponto-de-vista epistemológico e político, enfoques alternativos para enfrentar estas novas tendências epidemiológicas globais.
Teoría de sistemas y propiedades emergentes en las organizaciones. Una aproximación al estudio de la consistencia interna en los sistemas de gestión de recursos humanos. Teoría de sistemas y propiedades emergentes en las organizaciones. Una aproximación al estudio de la consistencia interna en los sistemas de gestión de recursos humanos.  [cached]
Pablo García Ruiz,Carlos Sánchez Runde
Revista Internacional de Organizaciones , 2008,
Abstract: This paper aims to develop the hypothesis of consistency or “horizontal fit” among human resource management (HRM) practices. Following Delery’s (1998) advice, it focuses on the types of relationships between practices, rather than on the relationships themselves. From an inductive point of view and through content analysis of qualitative data, it establishes six different types of relationships as emergent system properties. By distinguishing between active and passive interactions among practices within the HRM system, light is shed on how the system evolves into newer structural arrangements. Those six properties are proposed as guidelines for the assessment of the internal consistency of a HRM system. Those guidelines help to simplify much of the complexity associated with research and management of the human resource practices within organizations. Este trabajo se propone desarrollar la hipótesis de consistencia o “ajuste horizontal” entre las prácticas de gestión de recursos humanos. Siguiendo las sugerencias de Delery (1998), aún poco exploradas, se centra en los “tipos de relaciones” que se establecen entre prácticas, en lugar de centrarse en las relaciones mismas. Mediante el análisis de contenido de datos cualitativos, se proponen seis diferentes tipos de relaciones, que se consideran como propiedades emergentes de los sistemas de gestión de recursos humanos. Se distingue entre influencias activas y pasivas entre prácticas dentro del sistema. De esa forma se puede entender mejor cómo evoluciona la configuración de cada sistema. Esas seis propiedades se entienden como criterios para la evaluación de la consistencia interna de un sistema dado. Utilizar estas propiedades como criterios de consistencia ayuda a simplificar la complejidad –del estudio y también de la gestión- de los sistemas de recursos humanos.
Fatores influentes e tipos de uso emergentes da constru o social de sistemas de informa o no setor bancário
Elaine Tavares
Organiza??es & Sociedade , 2012,
Abstract: Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada com o objetivo de entender em que condi es se dá a constru o social de sistemas de informa o (SI) no setor bancário no Brasil. Foi realizada uma análise da implanta o, do uso e dos processos de aprimoramento de três sistemas, usados em duas institui es bancárias. Parte-se da premissa de que a tecnologia da informa o (TI) é um fen meno socialmente construído, com uma estrutura de uso formada na prática. A coleta de dados envolveu observa o direta, análise documental e 46 entrevistas. Revelou-se um processo de constru o social que gerou quatro tipos de uso dos SI. A assimila o dos sistemas foi influenciada pela confluência de objetivos individuais e organizacionais e pelo tipo de treinamento aplicado. As atualiza es e revis es dos sistemas parecem seguir estruturas de conformismo com o que foi instituído pela organiza o e de conformidade com processos de solicita es de aprimoramentos. ----- Influence Factors and Emergent Types of Use from Social Construction of Information Systems in the Banking Sector ----- ABSTRACT ----- This article presents the results of research into an understanding of the conditions in which the social construction of information systems in the Brazilian banking sector is developed. It analyses the implementation, use and enhancement process of three information systems at two banks in Brazil. The research was based on the assumption that information technology is a social construction phenomenon, with a structure of use created in practice. Data were collected through observation, analysis of documents and 46 interviews. A process of social construction was found that produced four types of use of information systems. The system adoption was influenced by the confluence of individual and organizational objectives and by the type of training applied. System updates and reviews seem to follow structures of conformism to what was institutionalized by the organization and of conformity with the process of requests for enhancements.
Los problemas públicos emergentes y el desafío de la coordinación en los sistemas federales
Covarrubias-Moreno, Oscar Mauricio,Moreno-Espinosa, Roberto,López-Montoya, Francisco
GIGAPP Estudios Working Papers , 2011,
Abstract: Este artículo trata sobre los problemas de coordinación en los países de tipo federal. Parte de la premisa que los problemas públicos del siglo XXI, son cuestiones sin fronteras debido a que no respetan los límites geográficos, jurisdiccionales, funcionales y temporales que en muchos sentidos, han guiado el estudio y la práctica de la Administración Pública. La emergencia de esta clase de problemas tiene un impacto significativo en la hechura de las políticas, porque una de las consecuencias de su naturaleza transversal, es el aumento de la interdependencia entre las Administraciones Públicas en sus diferentes niveles. A partir de ello se puede anticipar que la coordinación será un tema crítico para el funcionamiento de los sistemas federales. Sin embargo, se requerirá un tipo de coordinación que sólo puede provenir de un enfoque comprehensivo propio de una visión de Estado o país.
Doen as emergentes e hepatite C  [cached]
Passos Afonso Dinis Costa
Cadernos de Saúde Pública , 1999,
Abstract:
Globaliza o e macrossociologia histórica  [cached]
Arrighi Giovanni
Revista de Sociologia e Política , 2003,
Abstract: O artigo discute como o fen meno que se convencionou chamar de "globaliza o" afetou e afeta dois ramos da Macrossociologia Histórica - a Sociologia Histórica e Comparativa (SHC) e a Economia Política dos Sistemas-Mundo (EPSM) -, ao mesmo tempo em que procura determinar os limites da própria "globaliza o". Inicialmente, indica-se que a globaliza o representa a constitui o de um sistema econ mico mundial, em detrimento dos estados nacionais - o que refor aria a EPSM e debilitaria a SHC. Em seguida, procura-se indicar que as características da "globaliza o" justificam sua novidade: a partir de uma perspectiva de longa dura o, considera-se que estamos em um período de expans o das rela es econ micas em nível mundial, da mesma forma como em outras ocasi es no passado. O artigo se encerra considerando que muitas das limita es da SHC e da EPSM devem-se à centralidade que conferem ao construto caracteristicamente ocidental do Estado-na o, embora a atual onda de globaliza o deva muito de sua importancia à atividade de países n o-ocidentais, em especial os do Leste Asiático.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.