oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
VARIABLE COSTING INTEGRATED WITH ACTIVITY-BASED COSTING: A CASE STUDY IN THE PRESENTS PACKAGING INDUSTRY CUSTEIO VARIáVEL INTEGRADO AO CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES: ESTUDO DE CASO EM INDúSTRIA DE EMBALAGEM PARA PRESENTES
Lorimar Francisco Munaretto,Márcia Diedrich
Revista Universo Contábil , 2007,
Abstract: The objective of the present work was to present a study on the ABC Costing (Activity Based Costing), integrated with Variable Costing. It is an exploratory case study using a quantitative approach, made in an industry where presents are packaged. In order to carry out the proposal, costs and expenses of the presents packaging company were determined. They were then separated into fixed and variable costs. Afterwards, the direction of resources and activities were identified. Finally, the cost of activities and objects was verified. With variable costs integrated with ABC Costing, it was also possible to identify the margin of contribution, the point of balance and the profitability of the industrial products under study. Results show the stages of operation of ABC Costing, as well as additional possibilities for analysis of costs resulting from ABC Costing integrating with Variable Costing. It was concluded that besides the costing of activities and cost objects, data obtained from Variable Costing integrated with ABC Costing allows calculation of the margin of contribution, the balance point and the profitability of products used in the industry. Keywords: Activity Based Costing. Variable Costing. Industry. O artigo objetiva demonstrar o Custeio Variável integrado ao Custeio Baseado em Atividades (Activity Based Costing – ABC) em indústria de embalagens para presentes. Trata-se de um estudo exploratório, realizado por meio de um estudo de caso, com abordagem quantitativa. Para a operacionaliza o da proposta, inicialmente, levantaram-se os custos e despesas da indústria de embalagens para presentes. Em seguida, foram separados em gastos fixos e variáveis. Após, identificaram-se os direcionadores de recursos e de atividades. Por fim, foi apurado o custo das atividades e dos objetos de custeio. Com o Custeio Variável integrado ao Custeio ABC, também foi possível identificar a margem de contribui o, o ponto de equilíbrio e a lucratividade dos produtos da indústria em estudo. Os resultados demonstram as etapas de operacionaliza o do Custeio ABC, bem como possibilidades adicionais de análise dos custos em decorrência da sua integra o com o Custeio Variável. Conclui-se que as informa es obtidas com o Custeio Variável integrado ao Custeio ABC permitiram, além do custeamento das atividades e dos objetos de custeio, o cálculo da margem de contribui o, o ponto de equilíbrio e a lucratividade dos produtos da indústria. Palavras-chave: Custeio baseado em atividades. Custeio variável. Indústria.
Custeio Baseado em Atividades (ABC) Aplicado ao Setor Público: Estudo de Caso no Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ)  [cached]
Luis Paulo Faria Carmo, Lino Martins Silva
Revista UNIABEU , 2011,
Abstract: O objetivo desta pesquisa foi verificar se o método de Custeio Baseado em Atividades (ABC) é adequado para ser aplicado na mensura o dos custos educacionais no Colégio Militar do Rio de Janeiro. Embora a Lei federal no. 4.320/64 já determinasse a necessidade de apura o dos custos, ingressos e resultados, a Administra o Pública ainda n o sabe quanto custa cada uma de suas atividades. A relevancia do tema deriva da necessidade de as Organiza es Públicas de permitir o acompanhamento e a avalia o de sua gest o. Porém, o Sistema Integrado de Administra o Financeira do Governo Federal (SIAFI), principal ferramenta do governo, n o evidencia em suas contas o custo de cada atividade. A metodologia utilizada teve como “principal finalidade desenvolver, esclarecer e modificar idéias a fim de fornecer hipótese pesquisável para estudos posteriores” (Tripodi, Fellin e Meyer, 1981, p.64) e como fontes de pesquisa a revis o bibliográfica e a análise documental, sendo utilizado como estratégia metodológica de um estudo de caso real no Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ). A análise dos resultados aponta ser adequada a aplica o do método de Custeio Baseado em Atividades (ABC) para evidencia o dos custos das atividades educacionais, bem como subsidiar a avalia o da qualidade do gasto Público.
CáLCULO DO CUSTO DAS ATIVIDADES DE GEST O AMBIENTAL: APLICA O DO CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES NUMA MONTADORA DE NIBUS ENVIRONMENTAL MANAGEMENT COST CALCULATION: ACTIVITY BASED COSTING APPLIED TO BUS ASSEMBLY PROCESS  [cached]
Orlando Durán,Jorge Telles,Liziane Lanza
Ingeniare : Revista Chilena de Ingeniería , 2007,
Abstract: Este trabalho apresenta os resultados da aplica o da metodologia de custeio baseado em atividades para medir o impacto que as atividades de gest o ambiental podem ter no custo industrial dos produtos. Um estudo de caso é apresentado junto com a utiliza o de um software comercial para o cálculo dos custos. This manuscript presents an Activity Based Costing application in an environmental protection context. The aim of this work is measuring the impact of environmental management activities on product costs. Also, a case study is discussed and the utilization of commercial software is presented.
Integrando o custeio baseado em atividades com a Teoria das Restri es: a aplica o do ABC operacional em uma odontoclínica.
Anderson Soares Silva,Luiz Claudio Otranto Alves,Samuel Cogan
Revista de Administra??o Mackenzie , 2007,
Abstract: O custeio baseado em atividades (ABC) tem sido criticado por sua incapacidade de dar suporte às decis es de produ o baseadas no curto prazo, sendo, por isso, considerado uma sistemática de aloca o de custos para o longo prazo. Robert Kee, no artigo “Evaluating the economics of short-and long-run production decisions”, desenvolve um modelo de ABC, denominado operacional, que incorpora custos flexíveis de recursos de atividades e restri o de capacidade para decis es de mix ótimo de produ o no curto prazo. Ao apresentar um exemplo numérico hipotético, Kee mostra que seu modelo de ABC operacional apresenta, no curto prazo, resultados superiores ao modelo de ABC tradicional e a outro modelo de ABC que leva em conta t o-somente a restri o de capacidade. O presente artigo analisa o modelo proposto por Kee (2001) mediante sua aplica o em uma odontoclínica da administra o pública federal, comparando os resultados obtidos pela referida sistemática com os encontrados pelo ABC tradicional e pela teoria das restri es (TOC), aplicados à mesma organiza o, concluindo pela superioridade do modelo de Kee.
A Utiliza o do Custeio Integral no Processo de Apura o e Evidencia o de Custos em Entidades do Terceiro Setor: o Caso de uma Institui o de Longa Permanência de Idosos
Fábio Lúcio Braido Zacarias,Vera Sirlene Leonardo,Almir Teles da Silva,Márcio Luiz Borineli
Contabilidade Vista & Revista , 2008,
Abstract: Terceiro setor é a designa o atribuída às entidades sem fins lucrativos que se preocupam com as causassociais. Dentre as suas áreas de atua o, está o atendimento a Institui es de Longa Permanência de Idosos(ILPI’s). A ausência de estudos relacionados à apura o e evidencia o dos custos nessas entidades remete àseguinte quest o da pesquisa: quais informa es de custos s o relevantes para o processo decisório em ILPI’se como podem ser produzidas e relatadas pela contabilidade gerencial? Assim, o objetivo do estudo consisteem apresentar uma proposta de apura o e evidencia o de custos em entidades do terceiro setor (ILPI′s),utilizando o Custeio Integral como instrumento de apoio à decis o. A pesquisa, do tipo descritiva, foidesenvolvida por meio de estudo de caso realizado em uma ILPI estabelecida no município de Maringá/PR. Odesenvolvimento prático do trabalho considerou os procedimentos estabelecidos na Resolu o no. 283/2005-ANVISA, que estabelece a estrutura e forma para aplica o e administra o dos recursos nessas entidades. Osresultados alcan ados possibilitaram identificar os custos presentes na entidade, bem como os custos com aassistência aos idosos nas três categorias previstas na Resolu o 283/2005: acamados, cadeirantes e habilitados.O estudo proporcionou uma informa o até ent o desconhecida pelos gestores daquela entidade, podendo serutilizada como ferramenta de apoio ao processo decisório, além de contribuir para o preenchimento de umalacuna na literatura ante a existência limitada de estudos de custos no terceiro setor e da aplica o em ILPI’s.
Os congressos brasileiros: pontes para a liberdade e transforma o da enfermagem  [cached]
Padilha Maria Itayra Coelho de Souza,Silva Alcione Leite da,Borenstein Miriam Süsskind
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2001,
Abstract: O estudo trata da compreens o dos pontos de convergências dos Congressos Brasileiros de Enfermagem e a forma como se apresentam na produ o do conhecimento em Enfermagem. O método de investiga o utilizado é a pesquisa histórica, com análise documental dos Anais dos Congressos Brasileiros de Enfermagem no período de 1977 a 1987. Os principais pontos de convergência presentes nos discursos dos palestrantes referem-se a: educa o superior e de nível médio; assistência de enfermagem hospitalar e de saúde pública; políticas de saúde e; a imagem da/o enfermeira/o e suas transforma es ao longo dos anos.
Gerenciamento de custos: aplica??o do método de Custeio Baseado em Atividades em Centro de Material Esterilizado
Jericó, Marli de Carvalho;Castilho, Valéria;
Revista da Escola de Enfermagem da USP , 2010, DOI: 10.1590/S0080-62342010000300028
Abstract: this exploratory case study was performed aiming at implementing the activity-based costing (abc) method in a sterile processing department (spd) of a major teaching hospital. data collection was performed throughout 2006. documentary research techniques and non participant closed observation were used. the abc implementation allowed for learning the activity-based costing of both the chemical and physical disinfection cycle/load: ($9.95) and ($12.63), respectively; as well as the cost for sterilization by steam under pressure (autoclave) ($31.37) and low temperature steam and gaseous formaldehyde sterilization (ltsf) ($255.28). the information provided by the abc method has optimized the overall understanding of the cost driver process and provided the foundation for assessing performance and improvement in the spd processes.
Integra o do custeio baseado em atividades com a Teoria das Restri es.
Welington Rocha,Patricia Gonzalez Gonzalez
Revista de Administra??o Mackenzie , 2006,
Abstract: Neste trabalho os autores analisam um modelo de mensura o e de informa o, integrando elementos do custeio baseado em atividades e da teoria das restri es, para dar suporte ao processo decisório das organiza es. Inicialmente o trabalho resgata, do ponto de vista histórico, quando, como e por que foram criados o ABC e a TOC; em seguida, os dois s o comparados, evidenciando-se suas diferen as e semelhan as. Como métodos e técnicas de pesquisa utilizam pesquisa bibliográfica, reflex o dialética com base nos textos selecionados e um exemplo numérico ilustrativo. Conclui-se que o ABC e a TOC s o instrumentos gerenciais complementares, n o incompatíveis, ao contrário do que afirmam Goldratt e outros estudiosos. O produto final do estudo representa uma contribui o científica para a teoria e a prática em Administra o na medida em que destrói o mito da incompatibilidade daqueles dois conceitos e oferece aos acadêmicos e aos profissionais uma nova alternativa de relatório gerencial.
GEST O ESTRATéGICA HOSPITALAR: APLICA O DE CUSTOS NA SAúDE
Márcio Augusto Gon?alves,Jaime Indelicato Zac,Cyntia Aparecida de Amorim
Revista de Administra??o FACES Journal , 2009,
Abstract: Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como objetivo a constru o de uma base de conhecimento a partir da aplica o do Activity-Based Costing (ABC) como ferramenta de implementa o de estratégia em uma organiza o hospitalar. Especificamente, foi estudado o desenho e custeamento dos processos para dar sustenta o, num segundo momento, à acredita o hospitalar (ONA) e à "competitividade" por custos proposto no Mapa Estratégico da Funda o Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG), para o caso do bloco cirúrgico do Hospital Maria Amélia Lins (HMAL) da FHEMIG. Dentre as conclus es, destacam-se: o custeio ABC apresenta informa es muito mais específicas e exatas do que o atual sistema de custeio por absor o aplicado no Hospital, e, o custeio ABC permite identificar problemas que ocorrem em toda a estrutura de gest o, uma vez que, envolve todo o desenho de processos críticos internos.
CUSTEIO DAS MODALIDADES DE CONSUMO DE RECURSOS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE ABC EM BANCOS COSTING MODALITIES IN CONSUMPTION OF RESOURCES: A CASE STUDY OF ABC IN BANKS
Francisco Antonio Bezerra,Diogo Toledo do Nascimento,Marines Lucia Boff,Edison Ryu Ishikura
Revista Universo Contábil , 2008,
Abstract: Com o acirramento da competi o e motivados pela altera o na finalidade dos sistemas de informa o de custos, as empresas de servi os viram-se obrigadas a desenvolver ou, na melhor das hipóteses, redesenhar seus sistemas de custeio. Em fun o de suas características na aloca o de custos indiretos, a metodologia ABC tem sido utilizada no tratamento deste tipo de informa o em empresas de servi os. O custeio baseado em atividades (Activity-Based Costing – ABC) pode ser útil na determina o e avalia o da estrutura de custos de uma empresa, auxiliando nas decis es que venham permitir o estabelecimento de vantagens competitivas sustentáveis. Esse artigo, descreve-se um exemplo de como os sistemas de informa o de custos baseados em atividades podem ser utilizados por empresas de servi os, em especial em institui es financeiras, para custear as diferentes formas de consumo de recursos impostas pelos clientes, neste artigo denominadas de Modalidades de Custeio. O estudo pode ser classificado como uma pesquisa exploratória, com abordagem quantitativa, realizada em uma situa o real de uma institui o financeira. Palavras-chave: Activity-Based Costing. Gest o de custos. Gest o de processos. Bancos. Custo de clientes. With the incitement in competition and motivated by the changes in objectives of cost information systems, service companies have become obliged to develop or, under the best of hypotheses, re-design their systems of costing. As a function of its characteristics in the allocation of indirect costs, the ABC methodology has been used in dealing with this type of information in service companies. Costing based on activities (Activity-Based Costing – ABC) can be useful in determining and evaluating a company’s cost structure, assisting in decisions that permit the establishment of sustainable competitive advantages. This article describes an example of how cost information systems based on activities can be used by service companies, especially in financial institutions, to set costs of the different forms of consumption of resources imposed by clients, referred to in this article as Cost Modalities. The study can be classified as exploratory research, with a quantitative approach, realized in a real world situation in a financial institution. Keywords: Activity-Based Costing. Cost management. Management of Bank processes. Cost of clients.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.