oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Forma o de professores principiantes do ensino básico: suas concep es sobre ciência-tecnologia-sociedade  [cached]
Rui Marques Vieira,Isabel P. Martins
Revista iberoamericana de ciencia tecnolog?-a y sociedad , 2005,
Abstract: A forma o de professores é assumida como central na concretiza o de mudan as e reformas na educa o, embora existam várias perspectivas de como concretizá-la. No caso da educa o CTS parece particularmente relevante partir das concep es dos professores sobre as interliga es CTS para desenhar programas de forma o mais eficazes. Neste trabalho relata-se a evolu o ocorrida em quatro professoras principiantes, do ensino básico português, no que respeita às concep es sobre CTS, recorrendo ao questionário VOSTS, seguido de entrevista individual para aprofundamento da compreens o sobre as suas ideias. Após o programa de forma o as ideias iniciais evoluíram favoravelmente para posi es mais consentaneas com a nova didáctica das ciências, o que se considera muito importante para poderem concretizar transposi es didácticas adequadas aos alunos. Com efeito, sabe-se que as representa es sobre ciência e tecnologia se constroem desde cedo e como é importante o papel dos professores nessa constru o por parte dos alunos. Teacher education is regarded as having a central position in the accomplishment of educational changes and reforms, despite the different perspectives of how to improve it. In the case of STS education it seems particularly relevant to start from the teacher conceptions about STS inter-relations in order to conceptualize teacher education programmes. In this study we describe the evolution experienced by four beginning teachers of the basic Portuguese level concerning their STS conceptions. The data were collected through the VOSTS questionnaire followed by an individual interview for a deep understanding. After the teacher education programme the initial ideas developed to more adequate positions regarding the conceptual framework of actual didactics of science. This evolution seems favourable to promote adequate didactic transfer to the students. In fact, it is known that science and technology representations are conceptualized very early and that teachers have an important role in the student conceptualizations.
Forma??o de professores principiantes do ensino básico: suas concep??es sobre ciência-tecnologia-sociedade
Marques Vieira,Rui; Martins,Isabel P.;
Revista iberoamericana de ciencia tecnolog?-a y sociedad , 2005,
Abstract: teacher education is regarded as having a central position in the accomplishment of educational changes and reforms, despite the different perspectives of how to improve it. in the case of sts education it seems particularly relevant to start from the teacher conceptions about sts inter-relations in order to conceptualize teacher education programmes. in this study we describe the evolution experienced by four beginning teachers of the basic portuguese level concerning their sts conceptions. the data were collected through the vosts questionnaire followed by an individual interview for a deep understanding. after the teacher education programme the initial ideas developed to more adequate positions regarding the conceptual framework of actual didactics of science. this evolution seems favourable to promote adequate didactic transfer to the students. in fact, it is known that science and technology representations are conceptualized very early and that teachers have an important role in the student conceptualizations.
A pós-gradua o e suas interlocu es com a educa o básica: (Des)encontros históricos e manuten o do apartheid socioeducacional Graduate studies and their dialogues with basic education: historical (dis)encounters and the perpetuation of the socio-educational apartheid.  [cached]
Dilvo I. Ristoff,Lucídio Bianchetti
Avalia??o: Revista da Avalia??o da Educa??o Superior (Campinas) , 2012, DOI: 10.1590/s1414-40772012000300010
Abstract: Por meio deste texto apresentamos alguns elementos e reflex es, visando evidenciar que as interlocu es entre a pós-gradua o (PG) e a educa o básica (EB) caracterizam-se como (des)encontros históricos e que, no limite, vêm garantindo a manuten o do apartheid socioeducacional desde o Brasil Col nia. A primazia da op o pela educa o das elites e a inexistência ou posterga o de iniciativas voltadas à educa o popular é uma marca dessa trajetória. Do descobrimento, até recentemente, sequer podemos falar em Sistema de Educa o, no Brasil, se o entendemos como rela o organica entre os diversos níveis de ensino, partindo do pré-escolar, passando pela EB, Educa o Superior (ES), incluindo a PG. Nossa hipótese é de que, no Brasil, desde os primórdios, sempre se optou e foram mais eficazes as iniciativas para dar conta das necessidades educacionais daqueles que se encontravam/am no ápice da piramide social, do que àqueles que se situavam/am nos estratos intermediários e muito menos para o grande contingente que comp e a base da piramide. Somente em anos mais recentes, particularmente a partir da redemocratiza o do país é que percebemos sinais cada vez mais concretos de preocupa es com a materializa o de um Sistema de Educa o, com a dilata o do período obrigatório de escolaridade avan ando inclusivamente na dire o dos extremos (PG - EB), mas sem deixar de evidenciar que as prioridades que passam a ganhar contornos mais nítidos s o, preponderantemente, do ápice para a base, exemplarmente representados pelo surgimento da CAPES, para a ES, na década de 1950 e apenas no início dos anos 2000 é que passa a haver uma preocupa o com os estratos sociais/escolaresinferiores, com a cria o da Nova CAPES para a EB. Antes disso predominam dualidades estruturais que evidenciam a inclus o mais qualificada de poucos privilegiados e o abandono ou secundamento de muitos que ficaram de fora ou foram incluídos marginalmente. é esse privilegiamento ou primazia, em termos educacionais - mas n o só! - de aten o àqueles que ocupam os estratos superiores do sistema educacional brasileiro, que nos autoriza a falar de baixa ou inexistente interlocu o entre a PG e a EB e a caracterizarmos esse movimento como uma história de desencontros ou também da manuten o de um apartheid socioeducacional. Os dados sobre o pouco feito e o muito a fazer s o inequívocos. Through this paper we present some reflections and elements in order to show that the dialogues between the graduate studies and basic education are characterized as historical (dis)encounters and that, ultimately, have guara
Esporte: um fen meno heterogêneo: estudo sobre o esporte e suas manifesta es na sociedade contemporanea  [cached]
Renato Francisco Rodrigues Marques,Marco Antonio Bettine de Almeida,Gustavo Luis Gutierrez
Movimento , 2007,
Abstract: El deporte es um fenómeno sócio-cultural con diferentes formas de manifestación, según el sentido y modalidad de la práctica. El sentido se define por el objetivo y significado que los participantes dan a la actividad, diferenciando deporte de alto rendimiento (profesional) y actividades de ócio o tiempo libre (amador y heterogéneo). La modalidad deportiva se caracteriza por reglas y formas de competición específicas. Concluímos que el deporte es un fenómeno heterogéneo y en constante transformación, transmitiendo valores según sus formas de manifestación, lo que indica la necesidad de adecuar su sentido al ambiente social em que se encuentra.
Da transmiss o de representa es à educa o da aten o =From the transmission of representations to the education of attention
Ingold, Timothy
Educa??o , 2010,
Abstract: O artigo discute o papel da experiência e o da transmiss o geracional nos modos pelos quais os seres humanos conhecem e participam da cultura. Questiona o pressuposto da ciência cognitiva de que o conhecimento existe principalmente na forma de ‘conteúdo mental’ que é passado de gera o em gera o, e que a cultura é a heran a que uma popula o recebe de seus antepassados. Dialoga com a biologia neodarwiniana e a psicologia cognitiva para situar o desenvolvimento humano além da dicotomia entre capacidades inatas e competências adquiridas. Prop e o conceito de habilidades humanas como propriedades emergentes de sistemas dinamicos em que cada gera o alcan a e ultrapassa a sabedoria de seus predecessores. Conclui que a contribui o que cada gera o dá à seguinte para o aumento do conhecimento humano se dá menos por um suprimento acumulado de representa es e mais por uma educa o da aten o
Usuários de um Centro de Aten o Psicossocial: um estudo de suas representa es sociais acerca de tratamento psiquiátrico
Mostazo Rubiane Rodrigues,Kirschbaum Débora Isane Ratner
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2003,
Abstract: O objetivo do presente estudo é identificar e analisar as representa es que usuários de um centro de aten o psicossocial constroem acerca do fen meno tratamento psiquiátrico. Foram entrevistados 11 usuários do Centro de Aten o Psicossocial-CAPS/Esta o. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo, segundo Bardin, tendo como suporte referencial teórico-metodológico a teoria moscoviciana de representa o social. Os temas, definidos a partir da análise dos dados, possibilitaram a estrutura o de três categorias. Na primeira delas, tratar é ser medicado, est o contidos temas como o remédio como tratamento psiquiátrico, os efeitos do tratamento, os diferentes profissionais e sua participa o no tratamento. A segunda categoria, tratar é ser cuidado/(des)cuidado, os temas apresentados foram: o cuidado no tratamento psiquiátrico, violência e institui o fechada. A terceira categoria, tratar é estar em atividade, foi constituída a partir dos temas: o tratamento e a atividade ocupacional, o tratamento psiquiátrico e o trabalho. Conclui-se que as representa es de tratamento psiquiátrico est o fortemente ligadas ao uso do medicamento e ao médico, como precursor do tratamento.
Alunos e professores no Orkut: a educa o escolar na arena ciberespacial = Students and teachers on Orkut: school education in the cyber arena
Alessandro Eleutério de Oliveira,Ant?nio álvaro Soares Zuin
Linhas Críticas , 2012,
Abstract: O objetivo deste artigo consiste em investigar as comunidades virtuais da Internet dedicadas à educa o escolar. Assim, analisamos manifesta es escritas de professores e alunos a fim de apreendermos as maneiras como os sujeitos envolvidos no processo ensino-aprendizagem percebem uns aos outros. As lucubra es s o iluminadas por autores da Teoria Crítica como Theodor Adorno e Walter Benjamin, por meio da confluência do material coletado nas comunidades virtuais com temas como desorienta o, fragmenta o e semiforma o na contemporaneidade e os seus reflexos na educa o escolar brasileira.This article aims at analyzing virtual communities about school education. Therefore, we scrutinize manifestations written by teachers and pupils in order to understand the ways in which people involved in the teaching-learning process perceive one another. Our lucubration is illuminated by Critical Theory authors such as Theodor Adorno and Walter Benjamin, by means of the confluence of the collected material in the virtual communities with topics like disorientation, fragmentation and half-formation in contemporaneity, and its reflections on Brazilian school education.
Inclus o escolar: representa es compartilhadas de profissionais da educa o acerca da inclus o escolar School inclusion: representations about school inclusion shared with professionals of education  [cached]
Claudia Gomes,Fernando Luis Gonzalez Rey
Psicologia: Ciência e Profiss?o , 2007, DOI: 10.1590/s1414-98932007000300004
Abstract: Este trabalho objetivou explorar as representa es, compartilhadas por vinte e cinco profissionais da educa o da rede regular de ensino fundamental, acerca da inclus o escolar de alunos com necessidades especiais. Para tanto, priorizaram-se os sistemas conversacionais mantidos na vivência da institui o escolar durante sete meses de desenvolvimento da pesquisa. As análises das informa es constataram que os aspectos implícitos da institui o escolar acerca da inclus o escolar est o atrelados a distintas representa es: possibilidade de desenvolvimento educacional, espa o de socializa o e práticas compensatórias. P de-se concluir que, enquanto n o forem compreendidos as cren as, os desejos, as frustra es e os afetos dos professores quanto a sua a o profissional, eles n o poder o a assumir o papel de educar todo e qualquer aluno e, dessa forma, a institui o escolar continuará reproduzindo o círculo cruel da diferencia o e exclus o dos alunos. Somente seus sentidos singulares direcionar o posturas na constru o e desenvolvimento de uma escola inclusiva aos alunos indistintamente. This article intended to explore some representations shared among twenty-five professionals of education (elementary schools) about the school inclusion of handicapped students. To achieve this goal, it was necessary to focus on a system based on conversation. The work was done through experience inside the school institutions in seven months of research development. The analises of the obtained information established that implicit aspects of schools about the theme are interlaced with different representations: possibility of educational development, place for social meetings and rewarding practices. We can conclude that as long as teacher's beliefs, desires, frustrations and affections to their professional actions are not understood, they will remain in darkness, for they are not able to assure the position of teaching any student; thus, school will certainly be trapped on the cruel circle of selection and exclusion of the handicapped students. Only the teacher's feelings will direct an attitude towards the construction and improvement of a school that can include students without selecting some of them.
Reflex es sobre uma proposta de integra o saúde-escola: o projeto saúde e educa o de Botucatu, S o Paulo  [cached]
Cyrino Eliana Goldfarb,Pereira Maria Lúcia Toralles
Cadernos de Saúde Pública , 1999,
Abstract: Tendo como objeto de estudo a crian a em idade escolar, discute-se, no presente artigo, o processo de elabora o e desenvolvimento de uma programa o em saúde pública a fim de construir uma estratégia de a es que integrem os campos da saúde e da educa o. Tal programa o apresenta-se apoiada em três eixos de atua o: aten o integral à saúde da crian a em idade escolar, priorizando a crian a que está ingressando no sistema público escolar; forma o de recursos humanos nas áreas saúde e educa o, por meio de estágios que possibilitem vivenciar, trabalhar e refletir criticamente a a o programática junto a uma equipe interdisciplinar; trabalho com professores da rede de ensino público fundamental para a implanta o e desenvolvimento de a es inovadoras nos campos da saúde e da educa o que respondam às demandas da escola, da comunidade e de uma atua o crítica em face dos problemas enfrentados pelas crian as em processo de escolariza o.
Apropria o e resistência: ressignifica es das políticas educacionais na prática docente = Appropriation and resistance: resignifications of education politics in teaching practice  [cached]
Jean Mac Cole Tavares Santos
Acta Scientiarum : Education , 2011,
Abstract: Recentemente, discutimos a reforma do Ensino Médio no interior cearense, no Nordeste brasileiro. Vimos que as políticas educacionais desde os anos de 1990 têm como marca principal a tentativa de transformar as a es governamentais em grandes consensos da sociedade. No processo de coleta de dados, especificamente na fase de entrevistas com os professores sobre a reforma, detectamos desencontro entre o que trazia a reforma e o que professores apresentavam como suas características principais. Os professores, por meio de seus relatos, apontam a imposi o dos órg os oficiais condicionando o currículo escolar. Os depoentes revelam o descompasso entre os acontecimentos em sala de aula e o discurso hegem nico apresentado pelo poder público. Assim, nosso artigo discute, por um lado, que o discurso do consenso, de clamor da sociedade pelas reformas, n o encontra defesa quando partimos para dentro dos muros da escola e para dentro da sala de aula e, por outro lado, que as reformas apresentadas vêm sem os elementos necessários para a sua implementa o. O professor estabelece um caminho entre a norma e a realidade, um atalho para a crítica ao discurso oficial. Recently, we discussed the reform of secondary education within Ceara State, northeastern Brazil. We saw that, starting in the 1990s, education policies have been characterized by the attempt to transform government actions into broad societal consensuses. In the process of data collection, specifically during the interviews with teachers regarding the reform, we detected a mismatch between what the reform consisted of and what teachers described as its main features. Teachers, through their reports, suggest the imposition of official agencies conditioning the school curriculum. The interviewees reveal the gap between the events in the classroom and the hegemonic discourse of the public sector. Thus, our paper discusses, on one hand, that the discourse of consensus, the clamor for reforms in society, has no support when taken within the walls of the school and into the classroom; on the other hand, that reforms are presented without the necessary elements for their implementation. Teachers establish a path between the norm and reality, a shortcut to the critique of public discourse.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.