oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR: UMA EXPERIêNCIA DE FORMA O CONTINUADA EM SERVI O COM PROFESSORES DA EDUCA O INFANTIL1  [cached]
Vivan Hatisuka Imai
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2010,
Abstract: DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR: UMA EXPERIêNCIA DE FORMA O CONTINUADA EM SERVI O COM PROFESSORES DA EDUCA O INFANTIL1
A EDUCA O FíSICA NA EDUCA O ESCOLAR DA CRIAN A PEQUENA: UMA PROPOSTA DE FORMA O E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFESSORES  [cached]
Marynelma Camargo Garanhani,Lorena de Fátima Nadolny
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2011,
Abstract: O presente estudo apresenta a proposta e o desenvolvimento de um projeto de forma o inicial e continuada de professores de Educa o Física, com a parceria entre a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Rede Municipal de Ensino (RME) de Curitiba-Paraná, para a atua o docente com crian as de 4 a 5 anos, inseridas nas turmas de pré-escola das escolas municipais.
A educa o especial na forma o do pedagogo da classe hospitalar: uma quest o a ser discutida  [cached]
Sheila Maria Mazer,Lúcia Maria Santos Tinós
Revista Educa??o Especial , 2011,
Abstract: O presente estudo tem como objetivo discutir se é necessária a forma o em Educa o Especial, como aponta a legisla o, para a atua o do pedagogo na Classe Hospitalar. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa de fundamenta o fenomenológica, que buscou, por meio de entrevistas com duas professoras que atuam em Classe Hospitalar, analisar e discutir a pertinência ou n o da forma o em Educa o Especial na atua o profissional do pedagogo no hospital. Formar-se professor de Classe Hospitalar parece ser um aprendizado que vai muito além dos ensinamentos adquiridos na gradua o em Pedagogia e nas antigas habilita es em Educa o Especial, hoje extintas, sendo que a forma o continuada deve encontrar-se presente para e na atua o do professor da Classe Hospitalar. O estudo mostrou que há a necessidade de mais pesquisas referentes à forma o de professores para atua o em Classe Hospitalar. Palavras-chave: Classe Hospitalar; Forma o de professores; Educa o Especial.
“ESPECIALIZA O EM ESCOLAR” FORMA O CONTINUADA DE PROFESSORES DE EDUCA O FíSICA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIáS: UM ESTUDO DE CASO  [cached]
Amanda Corrêa Patriarca,Tiago Onofre,Fernando Mascarenhas
Pensar a Prática , 2008,
Abstract: Este estudo aborda a temática da forma o continuada em Educa o Física, com especial aten o para a pós-gradua o lato sensu. Busca compreender algumas das cren as, das demandas e das rela es com os saberes que orientam os professores de Educa o Física junto à forma o continuada. Constitui-se como um estudo de caso do tipo etnográfico, pois se concentrou na dinamica curricular construída a partir da experiência do curso de especializa o em Educa o Física Escolar na Faculdade de Educa o Física da Universidade Federal de Goiás.
Forma o Continuada de Professores Alfabetizadores: uma avalia o do Programa Pró-Letramento
Márcia Aparecida Alferes,Jefferson Mainardes
Meta : Avalia??o , 2012,
Abstract: Este artigo apresenta uma análise da concep o e gest o do Programa Pró-Letramento, implantado pelo Governo Federal a partir de 2005. O referido Programa destina-se à forma o continuada de professores alfabetizadores nas áreas de Alfabetiza o/Linguagem e Matemática. O objetivo da pesquisa foi avaliar, em uma perspectiva crítica, os principais aspectos relacionados à concep o e gest o do programa e as concep es nele subjacentes. Utilizou-se como referencial teórico a abordagem do ciclo de políticas (BOWE; BALL; GOLD, 1992; BALL, 1994) e contribui es de autores que fundamentam concep es de alfabetiza o e letramento em uma perspectiva crítica (SOARES, 1998, 2002). Argumenta-se que o Programa Pró-Letramento é uma medida necessária, mas n o suficiente para uma promo o efetiva da qualidade da educa o oferecida às classes trabalhadoras, que demanda o encaminhamento de uma série de outras a es que ultrapassam a forma o continuada dos professores.
O FóRUM DE APOIO à FORMA O DOCENTE DE MATO GROSSO COMO LóCUS DE PRODU O DE POLíTICAS  [PDF]
Márcia Regina Gobatto,Tania Maria Lima Beraldo
Revista Espa?o do Currículo , 2012,
Abstract: O objetivo central do presente estudo é analisar o papel do Fórum Permanente de Apoio à Forma o Docente no estado de Mato Grosso (Fórum/MT) como lócus de produ o de políticas educacionais para a forma o de professores. Parte‐se do pressuposto de que a formula o de políticas é um processo que ocorre em arenas de luta nas quais há sempre possibilidades de resiliências, de ressignifica o e de recontextualiza o. Entende‐se que o Fórum/MT, constitui‐se numa destas arenas de lutas. Este fato abre a possibilidade de caracterizá‐lo como uma comunidade epistêmica. O caminho metodológico adotado no estudofoi definido a partir de análises de textos políticos, que motivaram a cria o do Fórum/MT e de atas das reuni es. No Mato Grosso os dados indicam que as institui es públicas de educa o superior do Estado têm papel preponderante na oferta de cursos de forma o de professores. Foi também definido que o levantamento da demanda será feito pelos Centros de Forma o e Atualiza o dos Profissionais da Educa o Básica de Mato Grosso (Cefapro/MT), assim como a tarefa de forma o continuada.Conclui‐se que a cria o e atua o do Fórum/MT permite reiterar a ideia de política como um processo complexo de recontextualiza o de sentidos e proposi es, uma vez que há influencias de diversos setores e, de forma expressiva, pelo contexto da prática.
Os desafios da forma o continuada de professores visando à inclus o de alunos com necessidades especiais  [cached]
Maria Isabel Castreghini de Freitas,Silvia Elena Ventorini,Carla Rios,Thais Helena Buzzato de Araújo
Revista Ciência em Extens?o , 2010,
Abstract: O presente artigo tem por objetivo divulgar a experiência obtida pelo grupo de pesquisadores em um curso de forma o continuada, apresentado no formato de Curso de Extens o para Professores da Rede Pública de Ensino do Município de Araras-SP,através do Centro de Educa o Continuada em Educa o Matemática, Científica e Ambiental (CECEMCA) da Universidade Estadual Paulista - Unesp. O CECEMCA adotou como estratégia centralizar na Educa o Ambiental e nos estudos voltados para os aspectos ambientais a gera o de seus cursos, que podem ser presenciais, semi-presenciais e à distancia, bem como do material didático a eles relacionados. Este trabalho pretendeu disseminar as técnicas desenvolvidas na constru o e aplica o de material didático, em especial maquetes táteis, em atividades interdisciplinares voltadas para a inclus o de alunos com necessidades especiais, com ênfase a educa o de alunos cegos e de baixa vis o através de uma a o reflexiva, norteando as práticas docentes na A o-Reflex o-A o. As atividades presenciais eram compostas por exposi es teóricas abordando conceitos cartográficos, geográficos e ambientais; atividades práticas nas quais os participantes construíram conjuntos didáticos (maquetes) e momentos de leitura de relatos e discuss es sobre as experiências dos professores nos projetos realizados com os alunos na escola. As atividades a distancia eram compostas por duas etapas denominadas atividades extra-classe que incluíram o desenvolvimento de um projeto englobando a constru o de uma maquete temática com seus alunos, prioritariamente com abordagem interdisciplinar, bem como visita técnica e prática com material cartográfico. A experiência do curso de forma o continuada de professores atingiu seu objetivo ao possibilitar o envolvimento de docentes, atuantes em diferentes áreas do conhecimento. Os projetos temáticos foram desenvolvidos com seus alunos, tendo como tema a cartografia e a inclus o de alunos com necessidades especiais.
Forma o continuada de professores: experiências em alguns países
Luis Eduardo Alvarado Prada,Jim Kyle,Célia Maria Ribeiro,Sidney Reinaldo da Silva,,Rosina Duarte
ETD : Educa??o Temática Digital , 2001,
Abstract: Este é um estudo de experiências de forma o continuada de professores em servi o do Brasil, Chile, Col mbia e Espanha, no qual foram realizadas visitas de observa o aos países mencionados, coletados documentos de nível nacional, relacionados com a educa o e especificamente com a forma o continuada de professores. Dentre estes últimos documentos, se privilegiaram os concernentes às experiências como: o Programa de Educa o Continuada PEC do Estado de S o Paulo, Brasil; as 5000 idéias e os professores no estrangeiro do Chile; o Projeto Educativo Institucional PEI da Col mbia; os Centros de Professores e de Recursos CEPR da Espanha. S o analisadas informa es de caráter geral, em rela o com políticas educacionais de cada país e de ambitos maiores como América Latina: o Chile, a Col mbia e o Brasil e a Comunidade Econ mica Européia para o caso da Espanha. Em geral, as políticas de forma o continuada de professores s o similares em seus objetivos, propósitos e metodologias, o mais comum é delegar esta forma o às universidades, mas estas n o conseguem resolver necessidades e interesses de forma o dos professores do ensino médio. Porém, o problema n o está centrado apenas nas práticas das universidades, mas também no sistema educativo como um todo e nas diversas institui es sociais. Existem numerosas experiências, com riqueza de conhecimentos, em cada país que podem ser aproveitadas para gerar outras novos a partir das aprendizagens que surgem de seus contrastes. Este es um estudio de experiencias de formación continua de profesores en servicio de Brasil, Chile, Colombia y Espa a, para lo cual, fueron realizadas visitas de observación a los paises mencionados, buscados documentos de nivel nacional, relacionados con educación y específicamente con los la formación continuada de profesores. Dentro de estos últimos documentos, se privilegiaron los concernientes a experiencias como: el Programa de Educación Continuada PEC del Estado de S o Paulo, Brasil; las 5000 ideas y los maestros en el extranjero en Chile; el Proyecto Educativo Institucional PEI de Colombia; los Centros de Maestros y de Recursos CEPR de Espa a. Fuerrón analizadas informaciones de carácter generale, en relación con las políticas educativa de cada pais y de ámbitos mayores como: el de América Latina para o Chile, Colombia y Brasil y el de la Comunidad Económica Europea para el caso de Espa a. En general, las políticas de formación continua de profesores son similar en sus objetivos, propósitos y metodologías, lo más común es delegar esta formación a las universidades, pero estas no cons
A experiência de uma formadora de professores de Química: analisando suas a??es e reflex?es num curso de educa??o continuada
Altarugio, Maisa Helena;Villani, Alberto;
Ciência & Educa??o (Bauru) , 2010, DOI: 10.1590/S1516-73132010000300007
Abstract: this paper is meant to analyze a teacher educator's experience when giving a continuing education course for chemistry teachers, held at a public university in s?o paulo, in 2004. the information here has resulted from the observation of the teacher educator's performance and her reflections on their own ideas, conflicts, anguish and impressions concerning her actions throughout the course. the contrasts between the educator's practice and her reflections are the focus of this study. such contrasts are regarded as a result of the presence of unconscious elements that either favor or hinder practice, and show that reflection and action not always lead to the same direction. we believe individuals should be encouraged to take a more questioning and more reflective attitude, enabling better results in teachers' education as well as more effective performance. data analysis was based on concepts belonging to freud's and lacan's psychoanalytic theories.
Forma o continuada de professores: tendências emergentes na década de 1990 = Ongoing teacher training in Brazil: emerging trends in the 1990’s  [PDF]
Araújo, Clarissa Martins de,Silva, Everson Melquíades da
Educa??o , 2009,
Abstract: Realizamos uma pesquisa bibliográfica, onde foram selecionados estudos que buscaram problematizar a forma o continuada de professores na perspectiva do estado do conhecimento e suas diferentes tendências e modalidades. Identificamos duas grandes tendências que surgiram na década de 1990: (1) Liberal-conservadora e (2) Crítico-reflexivo. Nossa compreens o é de que para elevar a qualidade da atua o dos professores é imprescindível mobilizar a es capazes de viabilizar melhorias nas condi es de trabalho, carreira e salário, mas principalmente impulsionar a renova o dos sistemas de forma o continuada, a partir da tendência crítico-reflexivo.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.