oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
The teacher's role in the discoursive construction of the argumentation in classroom / O papel do professor na constru o discursiva da argumenta o em sala de aula  [cached]
Sylvia De Chiaro,Selma Leit?o
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 2005,
Abstract: The representation of the topics discussed in classroom as being part of canonical knowledge, the asymmetric teacher/student relationship and the expectation of results stemming from discussion seem to make the classroom a place that is not very propitious to argumentation. Nonetheless, in recognition of the importance of using argumentation as a teaching resource, the present article discusses its construction in instructional situations. The central point is that discourse actions in a pragmatic, argumentative and epistemic realm implement argumentation in the classroom. Two fifth-grade discussion groups are analyzed, one generated by the students and the other mediated by the teacher. The results show that actions facilitating the emergence and sustaining of argumentation appear in both groups, but actions that bring the students' conclusions closer to conventional knowledge depend primarily on the mediation of the teacher.
Prática como componente curricular e sua implementa o em sala de aula na vis o de formadores de um curso de Letras = Practice as a curricular component and its implementation in the classroom in the view of teacher educators from a Language Arts undergraduate course.
Luciana Cabrini Sim?es Calvo,Maria Adelaide de Freitas
Acta Scientiarum : Language and Culture , 2011,
Abstract: Este trabalho visa a investigar a compreens o de formadores de um curso de Letras sobre a prática como componente curricular e como ela, no dizer deles, é implementada em sala de aula. Um questionário com perguntas abertas respondido por esses profissionais foi o instrumento de pesquisa utilizado. Resultados apontam um avan o no sentido de os formadores pesquisados já reconhecerem a importancia e a necessidade de se contemplar o componente prático desde o início do curso e de procurarem desenvolver atividades para que isso se efetue. N o foram observados, porém, exemplos de que é possível partir da própria prática para levantar quest es a serem teorizadas nem propostas ou relatos de prática que sinalizem um trabalho colaborativo com o contexto da educa o básica numa rela o mais dialógica. Considerou-se, ent o, a importancia de se ter clareza doconceito de transposi o didática para o trabalho com a prática como componente curricular, bem como a necessidade e a relevancia de a es coletivas entre os formadores para um maior envolvimento e comprometimento com a forma o docente inicial. The aim of this work is to investigate the understanding of teacher educators from a Language Arts undergraduate course about practice as a curricular component, and how it, in their view, is implemented in their classrooms. A questionnaire, with open questions, answered by those educators, was used for data collection. Results show a progress as the professors acknowledge the importance and the necessity to work with this component since the beginning of the course. However, examples of the possibility to start from practice to raise questions to be theorized or examples of a collaborative work with the context of basic education were not observed. Thus, it was considered the importance of the notion of “didactic transposition” for the work with practice as a curricular component as well as the relevance of collective actions among educators for a greater involvement and commitment with the pre-service teacher education.
O professor intérprete de língua de sinais em sala de aula: ponto de partida para se repensar a rela o ensino, sujeito e linguagem/The sign language teacher/interpreter in the classroom: the starting point for a re-evaluation of teaching, subject and language relations
Regina Maria de Souza,Vanessa Regina de Oliveira Martins,Lílian Cristine Ribeiro Nascimento,Francisca Paula Toledo Monteiro,Márcio Aparecido Mariguela,Adriana Duarte Bonini Mariguela,Adrián Francia Villalba,José Guillermo Milán-Ramos,Nina Virgínia de Araújo Leite,Martina Bailón Goday,Virginia Alonso Sosa,Concei??o Aparecida Costa Azenha,Andréa Cantarelli
ETD : Educa??o Temática Digital , 2007,
Abstract: O presente trabalho discute a necessária participa o educativa do intérprete de língua de sinais em sala de aula. A partir da teoria do Acontecimento Didático sobre o ensino e das idéias de Derrida sobre o ato interpretativo, defende a tese de que tentar estabelecer limites para a atua o do intérprete educacional - na tentativa de fazer com que n o se confunda com a figura do/a professor/a em sala de aula - é submeter-se a uma forma o discursiva de ensino que o reduz ou ao currículo, ou ao método (técnicas) ou a interven es que consideram t o somente a “capacidade” cognitiva do sujeito. The present paper discusses the necessary educational participation by the sign language interpreter in the classroom. Based on the Didactic Event teaching theory and Derrida′s ideas on the interpretive act, we argue that by setting limits for the educational interpreter’s performance – in an attempt to prevent him/her from being mistaken for a teacher in the classroom –, a discursive position about teaching is adopted, which restricts him/her to the curriculum, to the (technical) method or to the interventions that take into account only the cognitive “capacity” of the subject. Keywords Educa o de surdos --- Intérprete de língua de sinais --- Tradu o --- Deaf education --- Sign language interpreter --- Translation
As práticas curriculares no contexto da sala de aula inclusiva: avan os e impasses na inclus o dos educandos com deficiência visual. Curricular Practices in the Context of Inclusive Classroom: advances and impasses in the inclusion of students with visual impairments  [PDF]
Miotto, Ana Cristina Felipe
Revista Eletr?nica de Educa??o , 2010,
Abstract: Este artigo refere-se à pesquisa de mestrado que objetivava investigar como as necessidades educacionais especiais dos educandos com deficiência visual eram abordadas e trabalhadas em uma sala de aula comum da rede pública de ensino, cuja proposta pedagógica fosse anunciada como inclusiva. A pesquisa desenvolve-se em torno das implica es das práticas curriculares desenvolvidas em sala de aula, no processo educacional dos alunos com deficiência visual. Optou-se por assumir uma abordagem metodológica qualitativa, realizada mediante a metodologia do estudo de caso, e privilegiando a técnica de observa o da sala de aula. Como resultado, constatou-se um currículo pouco flexível às necessidades dos alunos com deficiência visual, devido a uma prática curricular guiada por princípios homogeneizadores, definidas para um modelo fixo de aluno, de ensino e de aprendizagem.This article refers to a master thesis research that aimed to investigate how the special educational needs of students with visual impairments were addressed and worked in a regular classroom at a public school, whose educational proposal was advertised as inclusive. The research developed around the implications of the curricular practices developed in the classroom on the educational process of students with visual impairments. It was decided to take a qualitative approach, accomplished through the methodology of case study, focusing on the technique of observation of the classroom. As a result, it appeared a little flexible curriculum to the needs of students with visual impairment due to a practical curriculum guided by homogenizers principles, set to a fixed model of student, teaching and learning.
Instantiation of complexity of students and teachers' learnings in an EFL classroom Instancia o da complexidade da aprendizagem de alunos e professores na sala de aula de inglês como língua estrangeira  [cached]
Nayibe Rosado
Revista Brasileira de Linguística Aplicada , 2013,
Abstract: This article reports on some of the results of a study whose objective was to interpret students' and teachers' learning as it emerged out of the interactions generated in and beyond the context of their EFL class in a state school in Barranquilla, Colombia. In this study I use principles of complex systems (MORIN, 1994) to make sense of the learning systems of students and teachers in an EFL class in Barranquilla, Colombia. The data for this ethnographic case-study include classroom observations, interviews, learning journals and documents (students' notebooks, worksheets, quizzes, and syllabus). A qualitative software program (Atlas.ti 6.0) was used to process data. Results from this study contribute to understand learning as a complex system by approaching students' learning from a complex perspective recursively connected to teachers' learning. Este artigo relata alguns dos resultados de um estudo cujo objetivo foi interpretar a aprendizagem de alunos e professores que emergiram das intera es geradas no e além do contexto de suas salas de aula inglês como língua estrangeira em uma escola estadual em Barranquilla, Col mbia. Neste estudo, uso princípios dos sistemas complexos (MORIN, 1994) para compreender os sistemas de aprendizagem de alunos e de professores. Os dados para este estudo de caso etnográfico incluem observa es de sala de aula, entrevistas, diários de aprendizagem e documentos (cadernos dos alunos, folhas de exercícios, quizzes, e o currículo). Um software para análise qualitativa (Atlas.ti 6.0) foi usado para a análise dos dados. Os resultados deste estudo contribuem para compreender a aprendizagem como um sistema complexo ao abordar a aprendizagem dos alunos por meio de uma perspectiva complexa, recursivamente associada à aprendizagem dos professores.
Sala de aula: espa o da arte e do afeto/Classroom: place of the art and the affection
Gisele Filippini Gomes,ítala Nair Tomei Rizzo,Maristela Mar?al,Carmen Lúcia Fernandez,Clarice Jaeger área,Concei??o A. F. Jer?nimo,Doralice Marcolina de Moraes,Giselda Maria Zuntini Deliza,Maria ?ngela de Melo Pinheiro,Alessandra Vita de Araújo Vita,Eliane de Fátima Sachinelli Scarpini,Sheila Orbetelli,Maria Stela Beraldo de Lima,Andréa Fernandes Sá,Mabel Servidone,Rosana Andréa R. de Oliveira
ETD : Educa??o Temática Digital , 2006,
Abstract: O presente texto discute a quest o da arte como motivadora na rela o de afetividade entre professor e aluno, influenciando a própria dinamica do espa o da sala de aula. A partir da experiência relatada, será possível perceber a importancia do desenvolvimento de projetos relacionado à artes, enquanto um elemento facilitador do processo de aprendizagem, mobilizando o aluno para uma forma o mais humana e sensível. The present text argues the question of the art as motivated in the affectivity between teacher and student, influencing the proper dynamics of the classroom. From the told experience, it will be possible to perceive the importance of the development of projects related to the arts, while a important element of the learning process, mobilizing the student for a formation more sensible. Keywords Rela o professor-aluno --- Afetividade --- Arte --- Relation teacher-student --- Afectivity --- Art’s class
O CRONOTOPO DA SALA DE AULA E OS GêNEROS DISCURSIVOS / THE CLASSROOM CHRONOTOPE AND DISCOURSE GENRES  [cached]
Maria da Penha Casado Alves
Signótica , 2012, DOI: 10.5216/sig.v24i2.19172
Abstract: O artigo tem como objetivo discutir a sala de aula como um cronotopo específico onde as rela es s o tecidas a partir de um tempo/espa o constituidor e constituinte dos sujeitos. Com essa concep o, discutimos as atividades de leitura e de escrita, na sala de aula de língua materna, tendo como referência as postula es de M. Bakhtin e o círculo sobre os gêneros discursivos.
Literatura multicultural e diversidade na sala de aula =Multicultural literature and diversity in the classroom  [PDF]
Naiditch, Fernando
Educa??o , 2009,
Abstract: Este artigo apresenta e discute uma abordagem para o ensino de diversidade através do uso da literatura multicultural. Além de ajudar no desenvolvimento do letramento, a literatura multicultural pode ser usada como um instrumento para desenvolver a consciência e a sensibilidade dos estudantes sobre quest es de diversidade e justi a social em sala de aula e na sociedade (NAIDITCH, 2004; SMALLWOOD, 1996). O pesquisador descreve uma experiência desenvolvida tanto com professores em forma o como professores, já atuando em sala de aula, cujo objetivo foi desenvolver a consciência dos estudantes para multiculturalismo e diversidade e transformá-la em a o social (FREIRE, 2005). O projeto descrito neste artigo resultou, n o somente na capacidade dos estudantes em identificar e compreender símbolos e express es culturais, mas também no desenvolvimento de uma aprecia o de valores culturais e de diferentes formas de se explicar a condi o humana.
As lendas e a imagina o simbólica: uma metodologia para a sala de aula (The legends and symbolic imagination: a methodology for the classroom). DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n26p538
Eunice Sim?es Lins Gomes,Pierre Normando Gomes-da-Silva,Claudiana Soares da Costa
Horizonte : Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religi?o , 2012, DOI: 10.5752/p.2175-5841.2012v10n26p538
Abstract: Entendemos que nenhuma sociedade constrói o presente e alicer a o futuro sem compreender sua cultura e sem conhecer o significado de sua história. O objetivo deste artigo consiste em apresentar uma metodologia aplicada na sala de aula das primeiras séries do ensino fundamental, cujo propósito foi despertar a imagina o simbólica dos alunos através do uso das lendas presentes nos livros didáticos do ensino religioso ministradas pelos docentes. Os temas estudados têm como base teórica a fenomenologia da religi o, a antropologia e a teoria geral do imaginário. Selecionamos para nosso estudo como fundamenta o metodológica a pesquisa descritiva, de campo e a abordagem qualitativa para análise dos dados. Ponderamos que a pesquisa descritiva observa, registra, analisa e correlaciona fatos ou fen menos sem manipulá-los, ela procura descobrir, com precis o possível, a frequência com que um fen meno ocorre, sua rela o e conex o com outros, sua natureza e característica. Nos primeiros resultados de nossa investiga o cientifica foi identificado que as lendas trabalhadas na sala de aula potencializam o imaginário popular resguardando a identidade cultural de uma manifesta o religiosa. Consideramos que esta metodologia de ensino proposta pode ser implantada pelos professores do ensino religioso no seu planejamento. Palavravas-chave: Lendas. Imagina o. Educa o. Abstract No society is able to build the present and set the bases for the future without understanding its culture and without knowing the meaning of its history. The purpose of this article is to present the methodology put into practice in the classrooms of the first grades of the elementary school, which have the sole intention to wake up the symbolic imagination of the students through the use of the legends found in the didactic books of the religious teaching ministered by the faculty members. The topics studied are based upon the religious phenomenology, anthropology and the general theory of imaginary. For our study, we used the field research and the qualitative approach as a methodological foundation, to make the data analysis. We consider that the descriptive research observes, registers, analyses and co-relates facts or phenomena without manipulating them; such approach helps us to discover the frequency in which a phenomenon happens, the connection of the phenomenon with the others, and also its nature and characteristics. Since the first results of our scientific investigation we have identified that the legends seen by the students in their classroom have potentized the popular imaginar
El lugar de la ironía en el aula universitaria O lugar da ironía na sala de aula universitária The Place of Irony in the University Classroom  [cached]
Flor Adelia Torres-Hernández
Educación y Educadores , 2012,
Abstract: En este artículo se exponen los resultados de un proceso de investigación desarrollado con el objetivo de comprender el lugar de la ironía en el aula universitaria mediante un estudio de tipo cualitativo instalado en el paradigma interpretativo-comprensivo. Interpretativo porque se trata de observar algo, buscarle sentidos, en este caso el sentido de algo que se verbaliza en un escenario académico. Lo comprensivo se refiere a la captación de las relaciones internas de un fenómeno y la búsqueda de significados para entender mejor el problema. Los resultados indican que en el aula universitaria se presenta la ironía por parte del docente, con diferentes matices, siendo notable la ironía prototípica, de efecto negativo en el ironizado: el estudiante. Esto implica para la educación universitaria el reconocimiento del joven como sujeto de comunicación, que requiere del docente pistas para enfrentar el mundo paradójico mediante la incorporación de una ironía constructiva, de efecto o intenciones positivas. Neste artigo se exp em os resultados de um processo de pesquisa desenvolvido com o objetivo de compreender o lugar da ironía na sala de aula universitária mediante um estudo de tipo qualitativo instalado no paradigma interpretativo-compreensivo. Interpretativo porque se trata de observar algo, buscar sentidos nele, nesse caso o sentido de algo que se verbaliza em um cenário acadêmico. O compreensivo se refere à capta o das rela es internas de umfen meno e à busca de significados para entender melhor o problema. Os resultados indicam que na sala de aula universitária se apresenta a ironía por parte do docente, com diferentes matizes, sendo notável a ironía prototípica, de efeito negativo no ironizado: o estudante. Isso implica para a educa o universitária o reconhecimento do jovem como sujeito de comunica o, que requer do docente pistas para enfrentar o mundo paradoxo por meio da incorpora o de uma ironía construtiva de efeito ou inten es positivas. This article presents the findings of a research project developed to understand the place of irony in university classrooms, through a qualitative study consistent with the interpretive-understanding paradigm. The study is interpretive, because it tries to observe something; specifically, to find meanings, in this case, the meaning of something verbalized in an academic setting. Understanding refers to capturing the relationships within a phenomenon and the search for meanings to better understand the problem. The findings indicate university teachers use irony in the classroom, with different nuances, but
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.