oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A ALIENA O EM FOCO: DISSERTA ES E TESES SOBRE A PRáTICA DA PROFESSORA ALFABETIZADORA  [cached]
S?nia Maria Coelho
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2011,
Abstract: A ALIENA O EM FOCO: DISSERTA ES E TESES SOBRE A PRáTICA DA PROFESSORA ALFABETIZADORA
A diversidade em sala de aula: um olhar para a prática de uma professora de música  [cached]
Viviane Beineke
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2003,
Abstract: Reconhecendo a diversidade inerente ao ser humano, o professor precisa mobilizar diferentes formas de trabalho para estruturar a es educativas condizentes com a realidade de cada aluno. Como isso pode ser feito? Na prática, como podemos trabalhar com a diversidade dos alunos, respeitando e valorizando as diferen as? Procurando refletir sobre essas quest es, s o analisadas a prática educativa e as reflex es de uma professora de música sobre o seu trabalho com uma turma de 4a série da escola fundamental. Palavras-Chave: diversidade, sala de aula, professores de música.
Para além de uma educa o multicultural: teoria racial crítica, pedagogia culturalmente relevante e forma o docente (entrevista com a professora Gloria Ladson-Billings)
Gandin Luís Armando,Diniz-Pereira Júlio Emílio,Hypolito álvaro Moreira
Educa??o & Sociedade , 2002,
Abstract: O presente texto traz a entrevista da Professora Gloria Ladson-Billings, da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. Nessa entrevista, a professora Ladson-Billings analisa conceitos como o de 'teoria racial crítica' e 'pedagogia culturalmente relevante', mostra a importancia desses conceitos para a supera o de modelos conservadores de Educa o Multicultural, bem como discute os desafios que ainda precisam ser enfrentados no campo do currículo e da forma o docente, principalmente em rela o às quest es raciais. Finalmente, ela fala a respeito do que conhece sobre a realidade educacional brasileira e de como o Brasil poderia participar de um movimento de constru o de uma consciência racial crítica mundial.
Trabalho e subjetividade. Nos rituais da inicia o, a constitui o do ser professora  [cached]
Fontana Roseli Ca??o
Cadernos CEDES , 2000,
Abstract: Este texto procurou focalizar o movimento íntimo de constitui o e singulariza o do "ser profissional" em uma jovem professora iniciante, ao longo de seu primeiro ano de trabalho no Ensino Fundamental. Construído numa rela o de proximidade e de confian a, fundada na "comunidade de destinos" - a condi o de mulheres-professoras - existente entre a pesquisadora e o sujeito da pesquisa, ele emerge da dinamica interativa e discursiva tecida nos encontros entre ambas, nos quais a prática docente vivida no cotidiano da escola foi tematizada e analisada em suas condi es sociais de produ o e à luz da categoria de "drama", formulada por Politzer e incorporada por Vygotsky.
Ser professora: representa es e identidades no contexto da cultura visual
Lara Lima Satler,Alice Fátima Martins
Revista Digital do LAV , 2013, DOI: 10.5902/19837348
Abstract: A temática desta reflex o trata da desconstru o de um padr o que normatiza o ser professor universitário a partir de artefatos da cultura visual de uma institui o de ensino superior. Para tanto, foram utilizadas como fonte de dados entrevistas realizadas com professores/as colaboradores/as, recém ingressantes, na Universidade Federal de Goiás – UFG, entre os/as quais a pesquisadora se inclui tanto como respondente, quanto como recém ingressante na mesma institui o. Para todos/as foi perguntado “Você se considera educador/a?”; como segunda fonte, foi analisado o Jornal UFG, na sua comemorativa 50a edi o, buscando a partir das fotografias dos/as seus/suas professores/as, como a institui o constrói as representa es deles/as. Como resultados, ser o apresentadas as análises dialogadas com referenciais bibliográficos objetivando compreender como algumas representa es sociais do que é ser professor universitário interferem na prática docente da pesquisadora.
Concep es da professora acerca do abuso sexual infantil  [cached]
Brino Rachel de Faria,Williams Lúcia Cavalcanti de Albuquerque
Cadernos de Pesquisa , 2003,
Abstract: A escola mostra-se como lugar ideal para detec o e interven o em casos de abuso sexual infantil, uma vez que o principal agressor geralmente encontra-se na família. Considerando que a escola deve ter como objetivo garantir a qualidade de vida de sua clientela, bem como promover a cidadania, para delinear um programa que possa capacitar tais profissionais em casos de abuso sexual, parece necessário, em primeiro lugar, conhecer o universo de informa es que eles detêm sobre o tema, sobre a legisla o a respeito e sobre os direitos da crian a. Este estudo teve como objetivo caracterizar as informa es de 20 educadoras de escolas municipais de educa o infantil sobre o abuso sexual de crian as em uma cidade de médio porte. As informa es obtidas foram analisadas e divididas em sete categorias. Os resultados indicam que a maioria das educadoras possuía informa es insuficientes acerca do tema e afirmava adotar procedimentos inadequados diante dos casos de crian as que sofreram abusos sexuais.
O encontro da professora do ensino básico com alunos da educa o especial: uma rela o (im)possível?
Vieira, Nara Joyce Wellausen
Educa??o , 2004,
Abstract: Os depoimentos de duas professoras do ensino básico que trabalham com alunos com altas habilidades/superdotados s o analisados, considerando as categorias enfocadas na investiga o de Glat e Müller (1999), que mostram as representa es de Educa o Especial e do papel da professora que trabalha com alunos portadores de deficiência. Conclui-se que, muito embora as modalidades de ensino sejam diversas, os sentimentos mobilizados pelos alunos diferentes entre as professoras s o muito semelhantes, pois os mesmos se originam na busca de alternativas para compreender as singularidades.
Os processos de negocia o dos lugares sociais de professora e alunos no contexto da escolariza o formal
Nuernberg Adriano Henrique
Educa??o & Sociedade , 2002,
Abstract: A análise da rela o entre contextos sociais e modos de (inter)subjetividade implica considerar o fato de que os sujeitos engendram suas a es pautando-se nos lugares sociais que ocupam. Nesse estudo pretendeu-se analisar, a partir do movimento de negocia o dos sentidos relacionados às posi es enunciativas assumidas, como os sujeitos significam tais lugares sociais. Para tanto, com base em uma análise microetnográfica de episódios interativos registrados por meio de filmagens de um contexto da escolariza o formal, verificou-se o embate em torno dos lugares sociais de professora e alunos, posto na arena da produ o de sentidos. Constatou-se que os processos de significa o destes lugares apresentam-se pautados pelas contradi es históricas e culturais que marcam as rela es sociais de ensinar e aprender, dentre elas as dicotomias de saber e n o-saber. Tens o, oposi o e resistência marcaram as tramas discursivas analisadas, revelando matizes da produ o de sentidos dos lugares sociais de aluno e professora.
Memorial: Fazendo-me professora  [cached]
Moura Anna Regina Lanner de
Cadernos CEDES , 1998,
Abstract: Este relato mantém a estrutura central do memorial que apresentei por ocasi o do meu exame de qualifica o de doutorado. Com sua publica o tenho como objetivo refletir com o leitor sobre momentos determinantes de minha trajetória de forma o como professora. As lembran as e reflex es reconstroem esse caminho desde os primeiros anos de escola até o momento da qualifica o. Trata-se de alguns fatos que contribuíram para definir o meu perfil de professora e que, sem dúvida, têm suas raízes na minha história de vida, mas n o a ilustram na sua complexidade. Sigo a trilha das supera es deixando emergir as pontas dos avan os, sem me adentrar nos insucessos e erros vividos e nos sofrimentos que lhes s o próprios, ao tentar superar as contradi es que caracterizam os momentos de decis es.
Influências dominantes na constru o da prática pedagógica de uma aluna-professora de Língua Inglesa  [cached]
Suely Ana Ribeiro
Revista Brasileira de Linguística Aplicada , 2006,
Abstract: Nos últimos anos, os pesquisadores têm mostrado um crescente interesse pela natureza do trabalho docente e sobre os tipos de saberes que os professores evocam nos eventos de ensino. Este artigo trata de quest es sobre as diversas experiências de forma o que o professor vivencia ao longo dos anos. Por meio da reflex o guiada por três das quatro perguntas pedagógicas de Smyth (1992), uma aluna-professora do quinto ano de Letras revelou a for a que algumas de suas experiências de forma o têm exercido em sua prática de ensino. Tais experiências foram categorizadas com base em Tardif (1999) e Bailey et al. (1996). Os resultados deste estudo nos fazem refletir sobre a nossa própria prática de ensino de língua inglesa. In the last years there has been a growing interest in research about the nature of teachers' practice and about what kind of knowledge they evoke in their teaching events. This paper deals with issues concerning teacher education experiences. By reflecting and answering three out of Smyth's (1992) four pedagogical questions, one 5th year student-teacher revealed the power some of her education experiences have had in her teaching practice. These experiences were categorized based on Tardif (1999) and Bailey et al. (1996). The results of this study make us reflect about our own English teaching practice.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.