oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Tecnologias na forma o de professores: o discurso do MEC  [cached]
Barreto Raquel Goulart
Educa??o e Pesquisa , 2003,
Abstract: Como síntese da pesquisa Tecnologias da informa o e da comunica o e educa o a distancia: o discurso do MEC, o presente artigo analisa o discurso das políticas de forma o de professores em curso no Brasil. Está organizado em quatro se es. A primeira aborda os sentidos atribuídos às tecnologias na educa o, na sua rela o com os modos pelos quais as tecnologias da informa o e da comunica o (TIC) têm sido incorporadas aos processos educacionais. Para tanto, focaliza as perspectivas e propostas definidoras da recontextualiza o das TIC no discurso pedagógico. A segunda se o discute o conjunto das ressignifica es que têm sustentado as políticas de forma o de professores, com especial destaque para no es como a do ''divisor digital'', bem como para as rela es entre o deslocamento do trabalho docente para atividade e tarefa, a proposta da forma o baseada em competências e o uso intensivo de tecnologias. Em outras palavras, está centrada na rela o entre as TIC e a educa o a distancia (EaD), nas suas múltiplas dimens es. A terceira se o explicita as redu es operadas na incorpora o das tecnologias na educa o, a partir da análise de discurso dos textos do MEC, cujo movimento principal tem sido o de priorizar a forma o de professores à distancia, em consonancia com as recomenda es dos organismos internacionais aos países em desenvolvimento. Finalmente, a quarta se o pontua as tendências atuais das políticas de forma o de professores, retomando e remetendo às quest es relativas aos sentidos das tecnologias e aos modos da sua apropria o educacional, em diferentes contextos.
Novas tecnologias de informa o e gest o em tempos de globaliza o Nuevas tecnologias de información y gestión en tiempos de globalización  [cached]
Edmeire Cristina Pereira,Raquel Rutina
Informa??o & Informa??o , 2001, DOI: 10.5433/1981-8920.2001v6n2p
Abstract: Analisa os efeitos da globaliza o da economia sobre as novas tecnologias de informa o e gest o. Procura caracterizar algumas tendências que parecem relacionar-se diretamente ao estudo da biblioteconomia brasileira e, por conseguinte, do mercado de trabalho de seus profissionais, a saber: a informa o como instrumento estratégico da política econ mica, novas tecnologias de armazenagem, recupera o e dissemina o da informa o, novas formas de a o/gest o dos recursos informacionais e o Mercosul, como uma excelente oportunidade de negócios para os profissionais da informa o. Conclui e sugere aos bibliotecários ou profissionais da informa o que, estes devem se comprometer com as transforma es sociais e apresentar nesta década de 90 um comportamento profissional pró-ativo, em termos de: inova o, criatividade, vis o estratégica, comportamento empreendedor e educa o continuada, nas unidades de informa o sob sua responsabilidade.
Revolu es tecnológicas e transforma es subjetivas  [cached]
Nicolaci-da-Costa Ana Maria
Psicologia: Teoria e Pesquisa , 2002,
Abstract: Muitos psicólogos acham difícil acreditar que as tecnologias digitais, e principalmente a Internet, possam gerar mudan as na organiza o subjetiva de homens e mulheres contemporaneos. Paradoxalmente, estes psicólogos reconhecem que a organiza o subjetiva característica dos séculos XIX e XX - a do indivíduo - emergiu como resultado das mudan as desencadeadas pela Revolu o Industrial. Por isso mesmo, este trabalho examina os aspectos que a Revolu o das Tecnologias da Informa o e a Revolu o Industrial têm em comum. Explora, principalmente, as conseqüências humanas de ambas procurando tornar claro que algumas tecnologias podem gerar profundas transforma es subjetivas, cuja compreens o é fundamental para a psicologia.
Uso das tecnologias de informa o e comunica o para pessoas com necessidades educacionais especiais como contribui o para inclus o social, educacional e digital  [cached]
Daniela Cristina Barros de Souza,Danielle Aparecida do Nascimento dos Santos,Elisa Tomoe Moriya Schlünzen
Revista Educa??o Especial , 2005,
Abstract: Este artigo visa demonstrar um trabalho realizado em um laboratório didático de pesquisa da FCT/Unesp - Presidente Prudente/ Brasil, cujo objetivo é usar as Tecnologias de Informa o e Comunica o (TIC) para a inclus o digital e social de pessoas com necessidades especiais. Os alunos com Síndrome de Down e atraso cognitivo, inseridos em um ambiente Construcionista Contextualizado e Significativo (CCS), participam de atividades construídas a partir dos seus interesses e desejos, onde o computador torna-se um potencializador de habilidades, de forma a favorecer a constru o do conhecimento. Para tanto, fizemos um estudo de caso de cada aluno, considerando suas dificuldades mentais, vivência social e familiar, e com isto temos a possibilidade de elaborar atividades significativas e que levem em considera o o seu contexto. Logo, o nosso objetivo foi criar possibilidades para que os alunos fossem capazes de explorar suas habilidades e competências independentemente de suas características físicas e/ou mentais, utilizando recursos como a rede Internet para pesquisas e uso de softwares diferenciados. Assim, este trabalho nos proporcionou resultados positivos, como a socializa o e desenvolvimento afetivo e cognitivo dos alunos. Nosso trabalho com essas pessoas permitiu o acesso às diversas habilidades, possibilitando que os alunos se descobrissem como membros ativos e participantes da sociedade, por meio de um método capaz de superar padr es de inteligência estabelecidos pela mesma sociedade e proporcionar sua Inclus o Digital e Social, evidenciando seus potenciais e competências, desenvolvidos em um ambiente de aprendizado diferenciado com o uso das TIC. Palavras-chave: Informática Educacional. Educa o Especial. Abordagem Construcionista.
A revolu o das tecnologias de informa o e comunica o: conseqüências sociais, econ micas e culturais / The revolution of information and communication technologies: social, economic and cultural consequences
Lívia Bergo Coelho Ferreira
Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informa??o , 2009,
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo analisar as conseqüências do surgimento e utiliza o das novas tecnologias de informa o e comunica o (NTIC), nos dias de hoje e num futuro próximo. Questionamos quais seriam os efeitos mais profundos e altera es irreversíveis ocasionadas pela incorpora o desse tipo de tecnologia. Para tanto, identificamos os processos dominantes em nossa atual realidade, cada vez mais baseados na lógica das redes, que se tornaram o modo principal de organiza o das atividades humanas. Também as influências sociais, econ micas e culturais s o quest es fundamentais a serem pautadas quando estudamos elementos com tamanha penetra o e com estreita rela o com as formas de poder. Por fim, discutimos o acesso às NTIC, que, ao mesmo tempo que conectam indivíduos de todas as partes do mundo, fazem daqueles já excluídos do acesso às tecnologias pessoas ainda mais desconectadas. Um dos objetivos é entender como essa exclus o se dá, neste espa o cada vez menos físico.
As tecnologias da informa o e comunica o no novo espa o educacional: reflex o a partir da proposi o dos centros de recursos para el aprendizaje y la investigación (CRAIs)
Claudio Marcondes Castro Filho,Waldomiro Vergueiro
Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informa??o , 2007,
Abstract: A tecnologia de informa o e comunica o desenvolve mecanismos que auxiliam no ensino e aprendizagem em ambientes universitários, que, a partir da Declara o de Bologna, geraram mudan as no sistema de ensino superior na Uni o Européia. Como suporte informacional no ensino superior, os Centros de Recursos para el Aprendizaje y la Investigación – CRAI prop em um modelo de intersec o e intera o utilizando as tecnologias de informa o e comunica o, criando servi os que d o suporte ao ensino e à pesquisa. Esse modelo inclui tanto a sele o e organiza o dos conteúdos, como, também, processos de intera o e comunica o que favore am a cria o de comunidades críticas na aprendizagem. Neste sentido verificamos o papel dos CRAIs utilizando os recursos midiáticos no processo educacional, criando uma nova distribui o de espa o, rela o de tempo entre o trabalho do professor com o aluno e na constru o da virtualiza o no sentido da amplia o do conhecimento e da informa o.
Estados Unidos: um possível significado para a Quarta Frota  [cached]
Virgílio Caixeta Arraes
Meridiano 47 : Boletim de Análise de Conjuntura em Rela??es Internacionais , 2008,
Abstract: O artigo trata da reativa o da Quarta Frota, destinada a patrulhar o Atlantico Sul. Nesse sentido, o artigo aborda os objetivos de sua recria o.
Considera es sobre o bibliotecário frente às tecnologias da informa o p. 98-110
Helena Pereira da Silva,Aline Fran?a de Abreu
Revista ACB , 2005,
Abstract: Diante de uma nova ordem organizacional e comportamental, que está transformando o cenário mundial, e que encaminha para a necessidade de "mudar para sobreviver", este artigo tra a algumas considera es / indaga es para reflex o, sobre o bibliotecário diante dessa nova revolu o ocasionada pelas tecnologias da informa o.
Da Revolu o Cultural Chinesa à Revolu o Sexual hoje
Raymundo de Lima
Revista Espa?o Acadêmico , 2009,
Abstract: A revolu o cultural promovida por Mao Tsé-tung também contribuiu para o fracasso da economia libidinal do povo chinês. Noutros termos, ela reprimiu a psicossexualidade e aumentou a ignorancia sexual da popula o.
RESENHA: A revolu o urbana  [cached]
Amélia Luisa Damiani,Odette Carvalho de Lima Seabra
Revista do Departamento de Geografia , 2001, DOI: 10.7154/rdg.v0i14.92
Abstract: LEFéBVRE, Henri. A revolu o urbana. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999. 178 p. Tradu o de Sérgio Martins e revis o técnica de Margarida Maria de Andrade.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.