oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Neste artigo, a partir da análise de depoimentos colhidos nos inquéritos policiais de vítimas e indiciados que se enquadram na categoria “casais”, buscou-se entender como se constituem as interpreta es de caso descrito (por eles mesmos) enquanto vítimas A fala de vítimas e indiciados em uma delegacia da mulher  [cached]
M?nica Prates Conrado
Diálogos , 2010, DOI: 10.4025/dialogos.v4i1.280
Abstract: Based on the analysis of the statements by victims and indictees, forming a marital couple, in police inquiries, this article to understand how these reported cases are interpreted in the judicial framework. The marital violence depicted in the inquiries is intrinsically dependent on the relationship between victims and indictees. There is rearrangement in the procedural dynamics by displacing the focus of attention and the starting poiht from the crime in itself to the bases of the relationship between victims and indictees, as was verified in the inquiries carried out at a police station for women. Neste artigo, a partir da análise de depoimentos colhidos nos inquéritos policiais de vítimas e indiciados que se enquadram na categoria “casais”, buscou-se entender como se constituem as interpreta es de caso descrito (por eles mesmos) enquanto vítimas e indiciados sob o jugo do enquadramento judicial. A violência conjugal se configura nos inquéritos observados intrinsecamente dependente das rela es existentes entre vítimas e indiciados. Na dinamica processual há um rearranjo - um deslocamento do foco de aten o e ponto de partida do delito propriamente dito (o crime em si) para as bases que constituem as rela es entre vítimas e indiciados. Este foi o ponto de partida da análise dos inquéritos policiais em uma delegacia da mulher entre 1986 a 1995.
Homologias entre a organiza o do espa o, rela o entre colegas, com a clientela e com a lei em uma delegacia de mulheres  [PDF]
Vieira, Míriam Steffen
Civitas , 2008,
Abstract: Este paper está referenciado numa etnografia da delegacia da mulher de Porto Alegre (2004-2006) e tem por objetivo analisar as concep es de agentes policiais sobre o trabalho que realizam. Primeiramente, apresenta as no es que embassam o projeto político que originou as delegacias de mulheres e as nuan as a partir das práticas de atendimento policial. Posteriormente, correlaciona diversos aspectos que integram este universo - organiza o do espa o, proximidade com a clientela e sua demanda, prestígio das fun es e concep es de direito - para desenvolver o argumento da existência de uma hierarquia interna transposta na organiza o do espa o e também no processo de constru o de categorias jurídicas no campo dos direitos das mulheres.
O trabalho da mulher e as negocia es coletivas  [cached]
Sanches Solange,Gebrim Vera Lucia Mattar
Estudos Avan?ados , 2003,
Abstract: MUITOS motivos têm levado a mulher para o mercado de trabalho: a emancipa o feminina e a op o por um projeto profissional, o desemprego ou a perda de renda do c njuge e o crescimento do número de mulheres chefes de famílias. Este ingresso da mulher no mercado de trabalho, no entanto, n o tem sido fácil, devido à conjuntura político-econ mica dos últimos anos, que tem criado muitas barreiras para todas as pessoas que procuram ocupa o. Outras adversidades, porém, agravam ainda mais a situa o da participa o feminina no mercado de trabalho. Traduzidas em diversas formas de discrimina o, revelam-se por meio de baixos salários, ocupa o de postos precários, discrimina o na contrata o e ascens o, desemprego. Para mostrar essa inser o diferenciada da mulher do mercado de trabalho, o Dieese reuniu e analisou os resultados das negocia es coletivas no país, de 1996 a 2000, sob o enfoque da quest o de gênero. Os resultados mostram o quanto ainda é necessário caminhar para condi es mais igualitárias entre os sexos e a importancia da negocia o coletiva na regulamenta o das rela es de trabalho.
A violência contra a mulher na perspectiva de policiais militares: espa o para a promo o da saúde = The violence against women from the perspective of police officers: a gap to health promotion  [cached]
Marisa Signori,Valéria Silvana Faganello Madureira
Acta Scientiarum : Health Sciences , 2007,
Abstract: Trata-se de uma pesquisa qualitativa desenvolvida na cidade de Concórdia, Estado de Santa Catarina, com 10 policiais militares e com o objetivo de analisar a concep o de violência contra a mulher na perspectiva dos mesmos. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada e analisados com a técnica do Discurso doSujeito Coletivo – DSC. Os discursos expressam os motivos da violência, a concep o dos policiais sobre ela e por que a mulher n o denuncia o agressor. O álcool é apontado como o principal motivo da violência, bem como a cultura machista e o descumprimento dasobriga es femininas pela mulher. A análise revela que a mulher n o denuncia a violência sofrida principalmente por dependência financeira, medo de sofrer nova violência, vergonha e esperan a que o companheiro mude de atitude. Família e violência ainda permanecemcomo quest es de ambito privado. This qualitative research was developed at Concórdia, state of Santa Catarina, Brazil, with 10 police officers. It aimed to analyze the conception of violence against women from their perspective. The data was collected through a semi-structured interview and analyzed with the Collective Subject Speech technique – DSC. The speeches expressed the reasons of violence, the participants’ conception of it and why women do not denounce the aggressor. The alcohol, the male chauvinist culture and the non-execution of female obligations were pointed out as reasons to violence. Data analysis revealed that women do not denounce mainly because of financial dependence, fear of suffering more violence, for being ashamed and for hope in the partners’ change of attitude. Family and violence still remain considered as private issues.
O ensino da metodologia com filmes policiais  [cached]
Marcílio Rocha Ramos
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2008,
Abstract: O desafio de se construir novas metodologias de ensino através de novos espa os de aprendizagem com as tecnologias da informa o e da comunica o se imp e também para as disciplinas voltadas para a introdu o à pesquisa. Este artigo visa debater novas formas de docência das disciplinas de metodologia nas gradua es, relatando uma experiência numa faculdade particular de Pedagogia com a utiliza o de filmes policiais como referência e sensibiliza o para as práticas da pesquisa. A discuss o se justifica diante das práticas focadas apenas em referências teóricas impressas e fundamentadas numa concep o tecnicista e disciplinar, que acabam gerando uma ojeriza à metodologia e por extens o à pesquisa. As atividades foram realizadas como pesquisa-a o e possibilitaram avaliar a fertilidade proporcionada pela experiência do cinema como objeto de espelhamento para defini o de métodos, tratamento de fontes e aproxima o com as teorias da metodologia da pesquisa. Palavras-chave: Metodologia. Pesquisa. Espelhamento. Filmes policiais.
A negocia o que n o houve
Lic. Clea Beatriz Macagnan Pretto
Revista Latina de Comunicación Social , 1999,
Abstract: Este texto constitui um exercício teórico, com base no estudo de caso, que permite refletir o tipo de rela o comercial estabelecida entre governo e empresa. Distingue-se a rela o comercial venda de negocia o.
Perspectivas quanto a negocia es entre israelenses e palestinos  [cached]
Heitor Figueiredo Sobral Torres
Meridiano 47 : Boletim de Análise de Conjuntura em Rela??es Internacionais , 2009,
Abstract: Como a política externa norteamericana pode estimular novas dinamicas nas negocia es entre israelenses e palestinos.
Vênus revisitada: negocia es sobre o corpo na experiência do cancer de mama
Waleska de Araújo Aureliano
Barbarói , 2007,
Abstract: Este trabalho procura mostrar como a mulher mastectomizada negocia a representa o e a apresenta o de seu corpo nos espa os público e privado após o diagnóstico do cancer, observando os aspectos relacionais envolvidos neste processo. Ser o abordados especificamente os aspectos relacionados à mastectomia e ao tratamento de quimioterapia, que torna a doen a visível através da queda do cabelo. O objetivo é mostrar como se d o certas rela es, estratégias e disputas em torno do corpo mutilado e como esse corpo passa a ser significado a partir da experiência da doen a. Abstract This work searches to show the way in which the mastectomized woman negotiates the representation and the presentation of her body in public and private spaces after the diagnosis of cancer, observing the relational aspects involved in this process. It will be specifically approached here the aspects related to the mastectomy and to the chemotherapy treatment, that makes the disease visible through the hair fall. The objective is to show how certain relationships, strategies and disputes around the mutilated body happen and in which way that body begins to be meant starting from the experience of the disease.
Associa o entre bruxismo e estresse em policiais militares  [PDF]
Carvalho, Swellya da Costa Aroucha et al.
Revista Odonto Ciência , 2008,
Abstract: Objetivo: O trabalho teve por objetivo mensurar a prevalência de bruxismo e de estresse em policiais militares e sua possível associa o. Metodologia: Um estudo transversal foi conduzido na cidade de S o Luís, MA, com membros da Polícia Militar do Estado do Maranh o. Foram selecionados 81 policiais do sexo masculino (idade média = 33,5 anos), os quais foram diagnosticados como bruxistas de acordo com os critérios clínicos: presen a de facetas de desgaste dental associadas ao auto-relato de ranger de dentes, sensibilidade dolorosa nos músculos masseter e temporal e desconforto na musculatura da mandíbula ao despertar. Para o diagnóstico de estresse foi aplicado o Inventário de Sintomas do Stress (Stress Symptoms Inventory – SSI). Resultados: A prevalência de bruxismo foi de 33,3% e a de estresse emocional, 13,6%. A prevalência de estresse em indivíduos com bruxismo foi significativamente maior em rela o aos indivíduos sem bruxismo (teste qui-quadrado, P= 0,003). Conclus o: Dentro das limita es do estudo, concluiu-se que o estresse esteve associado à presen a de bruxismo nesta amostra de policiais militares.
Modelagem de aspectos qualitativos do processo de negocia o.
Carlos Francisco Sim?es Gomes,Luiz Flavio Autran Monteiro Gomes
Revista de Administra??o Mackenzie , 2004,
Abstract: A obten o do consenso em uma negocia o é um problema complexo que envolve vários agentes, critérios, interesses e pontos de vista conflitantes. Ferramentas que tratem imprecis es e/ou indiscernibilidades e sistemas de apoio à decis o e/ou negocia o podem e devem ser utilizados para facilitar a obten o de um consenso. Este artigo mostra como usar as teorias dos conjuntos aproximativos, a teoria da utilidade multiatributo, a teoria dos jogos, bem como a teoria dos conjuntos nebulosos em um processo de negocia o.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.